Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua
Hell Artist

Aprendiz

#1090583 Cara a minha visão do pick up sempre é a seguinte:

Eu tenho que comer mulheres e não gastar nada.
E vem funcionando, eu sempre que vou sair nunca tenho vergonha de falar que to sem dinheiro (mesmo quando as vezes eu tenho, eu até tenho, mas não pra gastar com você.)
Hoje eu já tenho uma que abastece minha moto.
Ou uma que paga os lanches.
Ou uma que me da presentes.
E eu vejo muita limitação masculina a respeito disso (antigamente eu também era assim, me sentia na obrigação social de pagar quando saimos, mas eu pulei fora, sempre odiei gastar meu dinheiro.)
E no final se uma mulher ta comigo pelo que eu posso pagar, não é alguem que eu quero por perto, nem pra comer. Se for pra gastar dinheiro vai ser com prostituta, e eu não saio com putas.
Mas eu adoro tirar onda com isso, um dia sai com uma menina que presumiu que eu ia pagar a boate. Cheguei la na porta e falei "paga um chiclete" tinha um cara vendendo lá na rua, ela falou "não tenho dinheiro"
Eu falei se ta louca? Nem eu, achei que tu ia pagar uai" Ai eu chamei o cara do ciclete e a gente ficou zoando ela, eu falei "Porra, cade seu feminismo? Você tem que me valorizar, sua quebrada" (Tudo com voz de brincadeira e tal mas era verdade)
NOS NÃO ENTRAMOS NA BOATE, dei meia volta, comprei um sorvete PRA MIM, e dividi com ela, fomos dar uma volta num parque, nos pegamos, e transamos aqui em casa (porque eu também não pago motel hahaha)
E vei, namoral, esse é 1 dos 100 relatos que tenho.
Ta louco que eu vou trabalhar pra caralho pra gastar meu dinheiro com mulher?
É só eu fazer o calculo de quanto eu ganho por dia e pensar que eu vou derreter esse dinheiro em um rolêzinho qualquer?

ANÚNCIOS

Avatar pua
Hell Artist

Aprendiz

#1090584 Nem quando eu to namorando eu não gosto de gastar da minha grana, porque (já aconteceu isso)
quando acaba o relacionamento e eu vou contabilizar quando eu já devia ter gasto com a vagabunda (saindo pra comer, mesmo que em lugares baratos, eu só vou em lugares baratos, foda-se o luxo)
Eu fico louco em saber que gastei uma grana que não volta mais atras hahahaha
Eu até aceito raxar a conta, ou pagar em um dia que a pessoa ta sem grana (mas que sei que no futuro ela vai pagar pra mim outra vez e assim equilibrar a conta.)
Avatar pua
DavidDraw

Veterano - nível 9

#1090588
Rica Villa escreveu:
DavidDraw escreveu:Agora se fosse uma comunidade feminina de PUA eu poderia te dizer que existiria tópicos com requintes de crueldade; mulher é um ser emocional e defende as emoções a todo custo mesmo as negativas, na mente dela ela esta certa e acabou, ai rola o efeito manada validando suas decisões antiéticas.


Parece bem claro o que você diz. Só não podemos esquecer que ética é coisa pessoal e ligada ao seu grupo. No momento que você rompe essa barreira a coisa afunda.
Vou lhe dar um exemplo bem exagerado.
O cara que é um Zé Roela rico e que nunca trabalhou na vida. Esse nunca vai saber se come mulher pelo dinheiro ou por ser um homem de verdade. Muitas vezes nem mesmo testado ele vai ser. Agora imagina numa pretensa ética entre os homens que se propusesse que jamais deveriamos pagar a conta de um jantar nas dez primeiras vezes. Nesta "ética" sempre homem e mulher deveriam rachar a conta. O que aconteceria com os que tem dinheiro? O que aconteceria com as mulheres que fazem os apaixonados de trouxa? Percebe o quanto elas fazem bem em aproveitar? Tipo: se eu tou comendo três gostosas e elas não querem nada em troca que não seja sexo, pq eu vou ficar correndo atrás de uma mulher para namorar?

Ou seja: homem que paga tudo pra mulher é apenas um trouxa que vai ficar sozinho no dia que essa realidade terminar.

É, eu vejo que pensamos numa mesma parte do jogo; quer dizer mulher querendo te dar, por vc e não pelo que vc tem e pagando a metade da conta ? Tô dentro.
Cara é um avanço, se ela presta ou não ai é outro conflito que talvez Freud explique com suas psicanálises das origens dos traumas.
Uma boa parada do desenvolvimento pessoal é desenvolver-se por si só, pois no fim ( depois de ter se desenvolvido) as mulheres continuaram as mesmas, ou com adicionais relacionados com as lutas delas tipo feminismo etc.
Avatar pua
DavidDraw

Veterano - nível 9

#1090590
Hell Artist escreveu:Cara a minha visão do pick up sempre é a seguinte:

Eu tenho que comer mulheres e não gastar nada.
E vem funcionando, eu sempre que vou sair nunca tenho vergonha de falar que to sem dinheiro (mesmo quando as vezes eu tenho, eu até tenho, mas não pra gastar com você.)
Hoje eu já tenho uma que abastece minha moto.
Ou uma que paga os lanches.
Ou uma que me da presentes.
E eu vejo muita limitação masculina a respeito disso (antigamente eu também era assim, me sentia na obrigação social de pagar quando saimos, mas eu pulei fora, sempre odiei gastar meu dinheiro.)
E no final se uma mulher ta comigo pelo que eu posso pagar, não é alguem que eu quero por perto, nem pra comer. Se for pra gastar dinheiro vai ser com prostituta, e eu não saio com putas.
Mas eu adoro tirar onda com isso, um dia sai com uma menina que presumiu que eu ia pagar a boate. Cheguei la na porta e falei "paga um chiclete" tinha um cara vendendo lá na rua, ela falou "não tenho dinheiro"
Eu falei se ta louca? Nem eu, achei que tu ia pagar uai" Ai eu chamei o cara do ciclete e a gente ficou zoando ela, eu falei "Porra, cade seu feminismo? Você tem que me valorizar, sua quebrada" (Tudo com voz de brincadeira e tal mas era verdade)
NOS NÃO ENTRAMOS NA BOATE, dei meia volta, comprei um sorvete PRA MIM, e dividi com ela, fomos dar uma volta num parque, nos pegamos, e transamos aqui em casa (porque eu também não pago motel hahaha)
E vei, namoral, esse é 1 dos 100 relatos que tenho.
Ta louco que eu vou trabalhar pra caralho pra gastar meu dinheiro com mulher?
É só eu fazer o calculo de quanto eu ganho por dia e pensar que eu vou derreter esse dinheiro em um rolêzinho qualquer?

É isso ai, eu acho essa atitude bem coerente afinal o sexo é bom pra elas tb; quem inventou esse mercado sexual ?
Tenho um brother que fala que hoje não tem mulher pq ele não passa do day 2, simples. Ele se veste caro, balada cara e claro, atrai minas caras; hora que elas percebem ainda devem o tachar por ai de falso, e é pq demonstra ser uma coisa que não é...um cara de alto status financeiro.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1090591
DavidDraw escreveu:É, eu vejo que pensamos numa mesma parte do jogo; quer dizer mulher querendo te dar, por vc e não pelo que vc tem e pagando a metade da conta ? Tô dentro.
Cara é um avanço, se ela presta ou não ai é outro conflito que talvez Freud explique com suas psicanálises das origens dos traumas.
Uma boa parada do desenvolvimento pessoal é desenvolver-se por si só, pois no fim ( depois de ter se desenvolvido) as mulheres continuaram as mesmas, ou com adicionais relacionados com as lutas delas tipo feminismo etc.


No fundo eu não quero ser pra ela o mesmo que eu não quero dela. Isso simplifica muito as coisas. Nisso você vai achar parceira pra trepa, beber e se tiver saco até pra namorar. Quem paga consome só o que pode ter.
De qualquer forma é até meio óbvio que eu vou pagar uma cervejinha por um boquete daquela putinha que todo mundo quer namorar. Ela vai receber em liquido, primeiro gelado e depois quente. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk