Discutir sobre namoro e como manter um relacionamento feliz e saudável.
Avatar pua

Criador do tópico

MetalHeart

Aprendiz

#1035383 Bom dia, companheiros. Recentemente criei um tópico aqui pedindo ajuda sobre reconquistar minha ex. Até então estou a ignorando.

Acontece que, praticando o PU, acabei conhecendo uma garota. Essa é a quarta HB que fico depois que minha ex terminou comigo. Mas acontece que com nenhuma das três anteriores que eu fiquei eu me importei muito, elas jogavam e acabam se fudendo, pois eu me mantia firme como uma pedra. Mas essa é diferente, ela é melhor que minha ex, mais bonita, mais interessante, mais independente. Enfim. No nosso primeiro encontro já senti uma coisa estranha por ela. E ela se mostrou muito interessada também. Agora, não consigo parar de pensar nessa garota e no quão encantadora ela é. Isso tá parecendo paixonite. Como faço, como resolvo isso? PS: Ela não jogou cmg até agora.

ANÚNCIOS

Avatar pua
gabirull

Veterano - nível 6

#1035385 Cara, pra que essa preocupação? kkkkkkkkkkk
Estar apaixonado é muito bom, sabia? (Apesar do que a galera diz)

Você acha que seria bacana você se tornar um robot sem sentimentos??? Claro que não!

A questão é o que você faz com a paixão! Se vc tá pensando na garota, não tem problema, só não deixe seus pensamentos atrapalharem seu cotidiano e estabeleça prioridades na sua vida. Tipo, se vc tiver que fazer algo e ela quiser te ver, não largue tudo, faça o que tem que fazer e depois, se sobrar tempo veja ela. Enquanto estiver tudo certo entre vocês, trate ela normalmente, mas quando ela tomar atitudes que não te agradam, responda à altura, sem nunca baixar o nível ou ser reativo.

Minnha mãe e o Coringa diziam: "Eu bato porque me importo" kkkkkkkkkkkkk
Isso é um fato, e se ela fizer algo com você, aplique punições (nunca físicas, tá, porque homem que é homem não bate em mulher), mesmo que você não queria, pois isso é para o bem da relação. Agora pra isso você não precisa sufocar seus sentimentos. É só se manter firme em sua palavra.

Por fim eu só te aconselho a aproveitar esse momento, que é maravilhoso.

A Última dica: Quanto mais simples você mantiver as coisas, melhor!

Qualquer coisa, MP

Abrass, Gabirull
R.Oliveira

Aprendiz

#1035773 Ja eu tenho uma visão um pouquinho diferente do Amigo Gabirull acima..

Estar apaixonado é de certa forma vulneravel sim..

A não ser que.. Ela tambem esteja na mesma sintonia (ou mais) Do que vc..

Ai sim a coisa fica boa..

Sabe, Qnd " estamos" apaixonados costumamos esquecer a pessoa que somos..

Então seja pelo menos um apaixonado consciente.. Se é que tem como hahaha..

No mais, Sorte na sua jornada

Abraço

Black.
Avatar pua

Criador do tópico

MetalHeart

Aprendiz

#1035849 Bom, vou resumir a história pra vcs entenderem.

Eu vi ela no facebook, usei um bom extrator e pedi o telefone dela. Esperei um tempo, aí começamos a nos falar. Eu sempre usei boas técnicas de texto (tenho o jogo do texto 2.0) e provavelmente não vacilei nenhuma vez.
Chamei ela pra sair depois de mais ou menos uma semana desde a primeira vez que nos falamos.
Saímos pra tomar açaí, de lá, tomamos uma cerveja e levei ela pra um lugar afastado com uma bela vista da cidade, sempre gerando atração e não sendo beta/reativo. Nisso eu a beijei, e ficamos lá por mais ou menos umas duas horas. Aí fomos dar uma volta pela cidade, quando ela me chamou pra ir em um barzinho aqui da cidade, o melhor da cidade, mais movimentado.
Pra lá fomos, nos beijamos no meio da galera lá, ficamos bem próximos, e tal.
Marcamos de nos ver três dias depois, que dava em um dia anterior ao feriado, fomos novamente ao mesmo barzinho, já que teria um show bacana lá. Ficamos lá por um bom tempo, eu sou bem relacionado lá, os garçons me cohecem, o dono do bar é meu amigo e o músico que estava tocando me conhece bem. Saímos de lá, e como o álcool estava fazendo um belo efeito em nós dois, acabou rolando um FC, que não foi muito bom por causa de estarmos bêbados, eu meio que decidi não terminar, mas ela aproveitou bem.
No dia seguinte ela me chamou pra ir na casa dela, eu fui, conversei com a mãe (nada demais, só cumprimentei e dei certa atenção), e fomos para um lugar com vista bonita, lá ficamos por umas quatro horas conversando e nem vimos o tempo passar. Quando saímos de lá, ela me chamou para sair para comer, e perguntou se poderia levar um casal de amigos. Eu disse que sim, e saímos com esse casal. Eu deixei ela em casa, ela disse que adorou o tempo que passou comigo e tal.
Detalhe, na hora do FC ela deixou escapar que está gostando de mim, mas que isso é estranho, já que nunca sentiu nada tão rápido por ninguém assim, e que não é de namorar e tal. Ela disse que nós estamos em um nível de proximidade surpreendente para tão pouco tempo, e eu concordo plenamente.

Aí a questão é o seguinte: Eu realmente estou gostando dessa menina, nós nos comportamos como namorados, andamos de mãos dadas, no meio de todo mundo, estamos nos vendo com certa frequência, e pelo jeito ela mesmo não gostando de namorar aparentemente tem expectativas quanto à isso. Eu quero realmente namorar com ela, mas não seria cedo demais pra tentar isso? Mas tudo entre nós aconteceu cedo demais, foi tipo um choque. Será que ela não está jogando, demonstrando tanto interesse? Eu tenho muito receio de demonstrar carinho com ela, morro de medo de ser beta, então evito ao máximo, mas ainda assim o fiz por umas duas ou três vezes. Enfim, eu deveria pedí-la em namoro?
Avatar pua
gabirull

Veterano - nível 6

#1035859
MetalHeart escreveu:Bom, vou resumir a história pra vcs entenderem.

Eu vi ela no facebook, usei um bom extrator e pedi o telefone dela. Esperei um tempo, aí começamos a nos falar. Eu sempre usei boas técnicas de texto (tenho o jogo do texto 2.0) e provavelmente não vacilei nenhuma vez.
Chamei ela pra sair depois de mais ou menos uma semana desde a primeira vez que nos falamos.
Saímos pra tomar açaí, de lá, tomamos uma cerveja e levei ela pra um lugar afastado com uma bela vista da cidade, sempre gerando atração e não sendo beta/reativo. Nisso eu a beijei, e ficamos lá por mais ou menos umas duas horas. Aí fomos dar uma volta pela cidade, quando ela me chamou pra ir em um barzinho aqui da cidade, o melhor da cidade, mais movimentado.
Pra lá fomos, nos beijamos no meio da galera lá, ficamos bem próximos, e tal.
Marcamos de nos ver três dias depois, que dava em um dia anterior ao feriado, fomos novamente ao mesmo barzinho, já que teria um show bacana lá. Ficamos lá por um bom tempo, eu sou bem relacionado lá, os garçons me cohecem, o dono do bar é meu amigo e o músico que estava tocando me conhece bem. Saímos de lá, e como o álcool estava fazendo um belo efeito em nós dois, acabou rolando um FC, que não foi muito bom por causa de estarmos bêbados, eu meio que decidi não terminar, mas ela aproveitou bem.
No dia seguinte ela me chamou pra ir na casa dela, eu fui, conversei com a mãe (nada demais, só cumprimentei e dei certa atenção), e fomos para um lugar com vista bonita, lá ficamos por umas quatro horas conversando e nem vimos o tempo passar. Quando saímos de lá, ela me chamou para sair para comer, e perguntou se poderia levar um casal de amigos. Eu disse que sim, e saímos com esse casal. Eu deixei ela em casa, ela disse que adorou o tempo que passou comigo e tal.
Detalhe, na hora do FC ela deixou escapar que está gostando de mim, mas que isso é estranho, já que nunca sentiu nada tão rápido por ninguém assim, e que não é de namorar e tal. Ela disse que nós estamos em um nível de proximidade surpreendente para tão pouco tempo, e eu concordo plenamente.

Aí a questão é o seguinte: Eu realmente estou gostando dessa menina, nós nos comportamos como namorados, andamos de mãos dadas, no meio de todo mundo, estamos nos vendo com certa frequência, e pelo jeito ela mesmo não gostando de namorar aparentemente tem expectativas quanto à isso. Eu quero realmente namorar com ela, mas não seria cedo demais pra tentar isso? Mas tudo entre nós aconteceu cedo demais, foi tipo um choque. Será que ela não está jogando, demonstrando tanto interesse? Eu tenho muito receio de demonstrar carinho com ela, morro de medo de ser beta, então evito ao máximo, mas ainda assim o fiz por umas duas ou três vezes. Enfim, eu deveria pedí-la em namoro?


Primeiro, se ela pode estar jogando? É claro que pode! Elas fazem isso toda hora. Só que será que ela se arriscaria te exibindo pra todo mundo em lugares públicos só pra ter o gostinho de te dispensar depois? É algo pra se pensar.

Na hora do Sexo, mulheres usam muito essa artimanha de "deixar escapar" coisas. Elas fazem isso porque na hora do sexo, o homem fica um pouco mais vulnerável e pode assimilar melhor certas informações. Novamente fica a questão se ela tá te curtindo ou se ela quer que vc pense isso.

Minha dica nesse caso é analisar as atitudes. Uma pessoa mentirosa ou dissimulada se contradiz entre palavras e atitudes, diz uma coisa e faz outra. Se vc pegar ela em uma mentira, provavelmente ela vai dizer que está confusa e tal, se mostrar vulnerável pra quebrar seu psicológico.

Agora quanto ao que eu disse, sobre estar apaixonado, isso não é um problema. A questão é as atitudes. Tem cara que deixa a paixão comprometer a capacidade de julgamento dele e é assim que um cara acaba betando, ele acredita e diz que não aceita tal coisa, aí quando a pessoa quebra a regra ele muda de posição por medo de perder. Isso acaba com a credibilidade do cara e deixa a mina na posição de comando, isso que tem que ser evitado. Quando vc analisar o comportamento dela sempre pense se você aceitaria aquela atitude. Se a resposta for não, esqueça os "mas" que virão depois na sua cabeça e seja firme. Se você for homem o suficiente pra manter sua palavra ela vai saber valorizar isso e te respeitar. Agora se mesmo assim ela desrespeitar, é porque ela não merece sua atenção. Nesse caso é partir pra outra e aprender com a experiência.

Agora quanto à expor seus sentimentos eu acho que não rola ainda. Deixa as coisas acontecerem naturalmente. Agora se você achar que deve pedir ela em namoro, diga isso pra ela diretamente, sem rodeios. O problema não é pedir em namoro, o foda é que os caras falam um monte de coisa antes, como "eu tô gostando de você" ou "você é diferente" entre outras baboseiras. A questão é simples, pede em namoro, se ela quiser vai dizer sim e se não, provavelmente ela vai expor os "motivos" dela e se explicar. Aí se a resposta for negativa vc não vai ter se exposto tanto assim, entendeu?

Acho que é só isso.

Qualquer coisa MP.

Abrass, Gabirull
Avatar pua

Criador do tópico

MetalHeart

Aprendiz

#1035939 Certo, muito obrigado pelo feed. Eu entendi, seguirei tuas dicas.

Agora uma pergunta, a frequência que nos falamos pode afetar em algo?
Tipo, nos falamos todos os dias por whatsapp, sempre mantenho a conversa divertida, e quando ela está bem envolvida na conversa digo que tenho que sair pra fazer algo e largo o celular.

A questão é, tenho vontade de vê-la várias vezes durante a semana, e, aparentemente ela também. Chamei ela pra sair na sexta depois da aula, e no Domingo chamarei também. Lógico que tenho meus afazeres durante a semana, tipo o trabalho e a faculdade, mas sempre há um tempinho depois da aula, e tem os meus amigos e meus hobbies, que continuo mantendo como prioridade. Só quero saber se chamá-la pra sair mais de uma vez por semana seria estranho ou a sufocaria, ou algo assim.
Avatar pua
gabirull

Veterano - nível 6

#1035942
MetalHeart escreveu:Certo, muito obrigado pelo feed. Eu entendi, seguirei tuas dicas.

Agora uma pergunta, a frequência que nos falamos pode afetar em algo?
Tipo, nos falamos todos os dias por whatsapp, sempre mantenho a conversa divertida, e quando ela está bem envolvida na conversa digo que tenho que sair pra fazer algo e largo o celular.

A questão é, tenho vontade de vê-la várias vezes durante a semana, e, aparentemente ela também. Chamei ela pra sair na sexta depois da aula, e no Domingo chamarei também. Lógico que tenho meus afazeres durante a semana, tipo o trabalho e a faculdade, mas sempre há um tempinho depois da aula, e tem os meus amigos e meus hobbies, que continuo mantendo como prioridade. Só quero saber se chamá-la pra sair mais de uma vez por semana seria estranho ou a sufocaria, ou algo assim.


Olha, aparentemente tá tudo certo. A questão não é o tanto que você conversa com ela e sim o quanto você está disponível. Mas pelo que você está me falando vc tem outras prioridades e afazeres e não se abstem deles pra ficar com ela, isso é bom!

Temos que evitar estar sempre disponível pra pessoa, porque se não, acabamos colocando essa pessoa na posição de comando. Agora não é por isso que você tem sempre que interromper conversas ou dispensar encontros ou outros programas. Isso é só se você realmente tiver afazeres, mas o ideal é que ela quem puxe conversa contigo, pois é quando ela mostra que está afim, que quer falar. Isso tira da gente essa responsabilidade. Então se alguém tem que se expor como necessitado, que seja ela.

Quanto à vê-la com frequência não tem o mínimo problema, desde que você não deixe seus afazeres e não abandone seus amigos, pode encaixá-la tranquilamente na sua agenda mais vezes na semama.

O problema de abdicar de amigos e compromissos pra ficar com a pessoa não é só em relação à se mostrar disponível, na verdade isso é o de menos. A maior questão é que você vai estar deixando uma parte da sua vida por uma pessoa que ainda não é nada pra você. Isso vai fazendo a relação ter um custo, uma espécie de aposta. Agora quando você aposta alto em algo e perde, a frustração é grande. Por isso a gente tem essas regras, pra não apostar alto na pessoa errada.

Então tenha seus compromissos e amigos que não incluam ela, daí quando ela provar que merece mais de você, ela vai ganhando mais espaço na sua vida. É a história do dar pra receber.

É minha opinião e meu estilo de vida, tem dado certo.

Qualquer coisa, MP

Abrass, Gabirull
Avatar pua

Criador do tópico

MetalHeart

Aprendiz

#1036198 Bom amigos, aconteceu que no fim de semana, na sexta, acabei a pedindo em namoro.
Ela aceitou, disse que ficou feliz. Ela me levou para conhecer a mãe dela, e passamos o fim de semana quase todo juntos. No sábado à noite ela me chamou pra sair, eu disse que já havia marcado com os amigos, ela reagiu bem, disse que não é o tipo de pessoa que quer o namorado só pra ela. Enfim, acho que como escrevi no título do tópico, eu realmente estou apaixonado por ela, mas isso não está me cegando (o pua base me ajuda muito, os livros do nessahan tbm). Espero me manter assim.
Avatar pua
gabirull

Veterano - nível 6

#1036201 É isso aí, brother.

Como eu havia dito, a questão não é estar apaixonado, e sim deixar que um sentimento afete seus poderes de julgamento e decisão.

Como diz o ditado, tudo fica bem quando acaba bem. E pelo jeito está tudo bem, então é aproveitar a conquista e viver essa nova fase.

Boa Sorte!
tkcor

Aprendiz

#1036207 Interessante ver o relato seu e os feedbacks nos comentários!
Tô iniciando na arte ainda e ver esses relatos me dá força pra me esforçar mais.