Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Zantt

PUA Avançado

#773681 What Up Players! :yaaah
Venho por meio deste tópico falar sobre partes FUNDAMENTAIS do jogo de qualquer PUA, seja iniciante, intermediário ou até mesmo mestre.
Calibração e adaptação, duas ferramentas essenciais.

ADAPTAÇÃO

Quando se começa no pick up existem milhares de livros pra serem lidos, inúmeros métodos e técnicas. Então você escolhe um livro e lê.
Em seguida o que você faz? Vai e testa na prática mesmo. Mas por algum motivo deu errado, e o que foi?
Qualquer método que você ler, ou seja um vídeo ou seminário que assistiu você vai ter que adaptar.
1° Adaptar pra sua personalidade.
2° Adaptar pra sua realidade (onde você mora).

Digamos que em algum livro, alguém disse: "Sorria na abertura!"
Okay, mas e se você não gosta de sorrir muito ou fica meio forçado e não natural? Então não sorria.
Um grande PUA, James Marshall até hoje nunca vi o cara sorrir em uma sarge e mesmo assim pega muitas HBs.
Ou então se você não tem a auto estima alta suficiente pra ser C&F, nem adianta tentar, pois vai falhar.

Tem muitos que dizem que tal método não funciona, ou é antigo, ultrapassado...um exemplo é o Mystery Method. O Mystery Method foi criado por quem? Sim, pelo Mystery. Ele criou o método baseado NA PERSONALIDADE DELE e pra funcionar em Cold Approaches no Night Game, mas o foco da criação do seu método foi para que funcionasse perfeitamente com ELE PRÓPRIO.

Depois de adaptar o método a tua personalidade, ver o que funciona e o que não funciona, falta adaptar pra onde você mora também.
Se você mora em um lugar onde as pessoas não são tão receptivas ou mais fechadas, é óbvio que um Direto logo de cara não vai funcionar. Mas você vai poder ser bem mais direto caso onde você mora elas sejam super simpáticas e receptivas.
Todos os livros de pick up e métodos vieram dos EUA então por isso muita coisa não vai funcionar aqui, basta adaptar para a nossa cultura.
Por isso antes de achar que algo funciona ou não, teste e adapte para você mesmo.

CALIBRAÇÃO

Assistindo alguns seminários da RSD, encontrei um onde o Julien diz o seguinte:
"Calibre sua reação pra depois da abertura, não antes" (não são essas as exatas palavras, mas é quase).

Ou seja, na hora da abertura você simplesmente vê a HB, vai até e ela e pronto, lança seu opener. De acordo com a reação que ela vai ter, você vai calibrar o seu jogo até chegar no close.
Mas calibrar de que forma?

Exemplo: Você chega na HB, manda um "Oi, tudo bem?" e nesse exato momento os olhos dela já brilham, ela já manda vários IDIs, afinal sua BL é impecável e o seu Inner Game sólido como uma rocha por isso a atração já foi criada logo na abertura! Então você pode ser mais rápido na escalação até chegar no close.

Exemplo 2: Você chega em mais uma HB, mas ela vira a cara pra você logo de início, o que você faz?
Como você é um jogador treinado para esse tipo de situação, larga um NEG nela, joga um C&F, faz ela ficar receptiva, dá um jeito!

O problema de muitos jogadores é que ficam imaginando diversas situações que podem ocorrer na abertura, mas independente do que acontecer, tu vai precisar calibrar pra depois da abertura, não antes.

Resumindo: CALIBRE SEU JOGO DE ACORDO COM A REAÇÃO DELA DEPOIS DA ABERTURA.

CALIBRAÇÃO DE ENERGIA

Pra todo ambiente que você for, vai ter uma energia nele:
- Energia Alta
Como em baladas, formaturas, carnaval, ambientes noturnos ou até alguns a luz do dia contanto que tenha música alta.

- Energia Baixa
Na rua, no shopping, em lojas, até mesmo na escola.

Por isso você precisa calibrar também sua energia. Caso esteja na balada ou no carnaval, não é necessário falar tanto e sim ser mais direto. A HB pode até pensar: "Por que esse cara tá falando tanto? Me pega logo!". Nesse tipo de ambiente ter uma ENERGIA ALTA é fundamental, afinal as emoções são contagiantes.
Imaginem o seguinte: No meio da balada tem um grupo curtindo e do nada chega um cara de cabeça baixa, desanimado e triste no grupo, o que vai acontecer? Ele vai acabar contagiando os demais, eis o poder das emoções e da energia.

Agora se for em um ambiente mais tranquilo, sua energia deverá ser a mesma, no máximo um pouco a mais, mas nada muito exagerado.
Por isso tem uma última coisa a ser lembrada:
" Quanto mais energia tiver o ambiente, menos palavras terão de ser usadas. "

Por fim, escutem essa música, talvez vocês gostem.

:ae

ANÚNCIOS

Avatar pua
Guilherme S. - MEMBRO EXCLUSIVO
#773685 Salvee Zantt o/

Pow, você falou o que acaba acontecendo muito. Os nego fica criando roteiro e já premeditando tudo o que vai fazer, como você disse ADAPTAR! É isso que ta faltando, galera acha que é decorar quinhentas rotinas e sair por aí usando elas e se esquece de que tua atitude e seu comportamento é muito mais do que você diz. Esse tópico vai ajudar muita gente, vlws e é nóis parça!
Avatar pua
Guilherme S. - MEMBRO EXCLUSIVO
#773690
Zantt escreveu:Pois é galera, é bem aquela frase do Chameleon:
" Improvisar, adaptar, superar. "

Mas o que acharam da música?
kkkkkkkk
:louco


Nem tinha ouvido kkk

Mas já conhecia, ela é foda =)
Avatar pua
PAULO-RS

Aprendiz

#774080 Otimo artigo cara, tudo que tu falou é verdade temos que adaptar pra nossa cultura, porque temos que lembrar que todos esses materiais foram feitos pra culturas diferentes da nossa.