Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.

Criador do tópico

felipemottad

Aprendiz

#985546 Pessoal, meu nome é Felipe eu sou de Porto Alegre - RS quero relatar uma coisa sobre mim que tem me afligido um pouco... Vou contar uma breve história da minha situação e mais tarde quero a opinião de vocês, ok?

Vamos lá... Eu fumo maconha, eu meu melhor amigo e nossos outros amigos... A maioria de quem eu conheço fuma enfim antigamente eu fumava com mais frequência eu era um tipo mais "viciado" amava fumar toda hora queria fumar toda hora, mas de um tempo pra cá a maconha começou a me causar coisas estranhas no corpo ou na mente, tipo eu comecei a ficar nervoso quando fumava na rua, fiquei preocupado com as pessoas me olhando, comecei a ficar espiado, e eu não era assim quando fumava, comecei a ficar com o corpo tenso, o pescoço tenso, as costas, as vezes o meu corpo está até quente e não está frio, talvez isso seja porque cai a minha pressão ou não, não sei explicar, então eu resolvi diminuir drasticamente a quantidade que eu fumava e notei uma diferença quando saia com meus amigos, mal fumava só bebia, comecei a notar que aquelas coisas ruins não me davam mais e então decidi parar de fumar, só que é meio difiil eu voltei a fumar com tal frequencia e voltou a me dar esse tipo de coisa. Ontem mesmo fomos a um posto onde se reune uma galera e eu fumei lá, comecei a ficar nervoso no local, me tremer um pouco, enfim alguém que saiba algo sobre isso poderia me ajudar? Obrigado irmãos!!!!!

Obs: nunca fui bom de escrever
Tiago Alves

Aprendiz

#985549 Olá parceiro bom dia ou boa tarde, Meu nome é Tiago sou de BH -MG , creio que ninguem me conhece aqui, conheco o pua e sou membro desde 2009 +- mas nunca fui de postar, nesta epoca adiquiri muita experiencia, começei a namorar e parei com pua, e hoje estou voltando jájá me reapresento ao pessoal, agora indo ao assunto que interessa, fumei maconha frequentemente por 9 anos, desde os 14, não sei qual sua idade mas afirmo com toda certeza, que este problema tem haver com o seu psicologico e emocional, eu tambem sinto e comecei a sentir essas coisas de 1 ano pra cá, e dei um tempo, fiquei 20 dias sem fumar, depois fumei um ou dois dias, fiquei mais 1 semana sem fumar depois fumei denovo, e não senti essas coisas.
sugiro que voce tire um tempo, fique 1 ou 2 meses sem fumar, mas nunca pare de uma vez, reduza gradualmente a quantidade que fuma, e tenha convicção que voce irá dar um tempo, a maconha meche muito com nosso sistema nervoso central e como qualquer droga, altera nossa percepção do mundo, se voce é uma pessoa predsposta a ter ansiedade e pensamentos negativos o excesso de maconha irá piorar isso, causando esses sintomas, tremedeiras, sensação de infarto, e medo constante, espero que eu tenha ajudado um pouco e confie em si mesmo, voce pode tudo oque quizer, desde fumar 1 caminhao de maconha até meio baseado por semana oque irá diferenciar serão as consequencias !! basta voce escolher oque será melhor pra voce, sugiro que faça isso, de um tempo, mude sua alimentação para coisas mais saudaveis, frutas legumes, pães integrais, faça exercicios e liberte sua mente de qualquer culpa ou medo, ponha sua cabeça no lugar primeiro para depois procurar alguma forma de relaxar, seja por maconha, cerveja e etc, é claro que o melhor é não usar nada, mas cada um faz oque quer da vida, e só voce pode fazer isso, não deixe o medo ou a loucura te controlar, é voce quem controla tudo isso, o corpo e o cerebro é seu e é voce quem decide oque fazer, sentir e aonde quer chegar ! seja confiante controle voce e os momentos de prazer, maconha todos os dias nao é bom e nunca será, tanto como alcool e outras drogas, deixe somente para momentos recreativos, antes do cinema por exemplo, aonde sua atencao estará voltada para o filme e nao nas sensações negativas que sua mente lhe impoe !
nao sei se falei muita merda aqui mais espero ter ajudado kk, abraço Felipe !!
rodrigo2402

Veterano - nível 9

#985552 O Tiago está certo. Sou estudante de Psicologia e sei alguns dos males e benefícios da maconha. Um dos efeitos é potencialização ou dificuldades para chegada de estímulos no corpo, sendo diferente para cada indivíduo, é claro.
Se você está se sentindo triste ou com medo não creio que seja bom para você fumar, pois pode entrar na famosa Bad trip que acontece com as psicoativas. Se for fumar você tem de se sentir bem com aquilo.
O que provavelmente pode estar acontecendo com você é que no fundo você não está mais se sentindo bem fumando e quer parar, só que você se sente necessitado pela droga, então deve tentar ir reduzindo-a gradativamente, até que ela não estará mais contigo. Espero ter ajudado :D
rfchristofoli

Aprendiz

#989057 Eu fumei diariamente dos 14 anos até os 28, recentemente decidi fazer uma mudança em minha vida, eu achei que nunca pararia de fumar, mas nunca tinha tentado até porque eu gostava, mas depois que me separei de minha esposa e comecei minha "nova" vida notei que fui parando naturalmente, comecei a ocupar a cabeça com outras coisas (voltei a lutar Muay Thai, me dediquei na musculação, comecei a treinar e correr corridas de 3km e 5km, voltei para o inglês, mes inscrevi em um curso de pós graduação), nem tinha vontade até que simplesmente terminou o que eu tinha e nem comprei mais, fiquei dois meses sem fumar, depois saindo com uma garota ela me convidou até fumei com ela, mas só assim, tipo fico várias semanas sem, ai quando rola uma situação especial e alguém oferece até fumo, mas vontade não tenho mais, não vou ser hipócrita e dizer que nunca mais.

Minha amizades de infância todos fumam, sou um cara liberal, não julgo eles, até porque vivi isso por 14 anos, mas na real a maconha tira a vontade de você a fazer as coisas, tipo tu só vai querer ficar em casa ou com os amigos fumando, minha dica é ocupa a cabeça com outras coisas, ai você vai ver que maconha até pode ser boa no momento, mas nunca para fazer ela parte de sua rotina, não combina com a atitude de um alfa.
Igor R

Aprendiz

#989337 Entendo perfeitamente sua situação meu caro, fumo desde os 15 anos com certa frequência e a 2 meses venho lutando para diminuir a frequência de uso, e ja percebi que o segredo é focar em se manter ocupado. Procure algo produtivo e que você goste de fazer, pode ser assistir um filme, uma boa leitura, eu por exemplo curto muito pedalar e sempre que posso saio para dar uma pedalada e quando volto nem lembro que estava com vontade de fumar. Sei que é difícil, mas é preciso insistir. Pratique novas atividades, procure um curso para fazer, frequente novos ambientes. Enfim ocupe-se, é isso que tenho feito e vem dando certo para mim.
Abraço, espero ter ajudado amigo.