Depoimentos de mudança com o PUABASE.
Conte nos nessa área um pouco da sua evolução atingida com os conhecimentos adquiridos no PUABASE. Adoraremos ler a evolução de um membro da nossa irmandade.

O primeiro é fazer você refletir sobre o seu desenvolvimento e o segundo é conhecer um pouco mais a evolução dos outros membros.
Avatar pua

Criador do tópico

HolyEternal

Veterano - nível 2

#902639 Não, este não é um post religioso.

Acredito que todos aqui tenham assistido ao jogo do Brasil contra a Alemanha, em outras palavras: O massacre alemão. Navegando aqui nas noticias de hoje me deparei com uma em que o jogador Mats Hummels zagueiro do Borussia Dortmund, afirmou em uma entrevista que houve um pacto no vestiário depois do 1º tempo do jogo de todos os jogadores alemães, para "tirarem o pé" para respeitar o anfitrião e não humilhá-lo parente seu povo dentro de sua própria casa. E todos nós vimos que poder para fazer mais de 10 gols eles poderiam se quisessem.

Lukas podolski, mostra claramente o carinho que estava e está sentindo pelo povo brasileiro.

"Respeite a AMARELINHA com sua história e tradição, o mundo do futebol deve muito ao futebol brasileiro, que é e sempre será o país do futebol.

A vitória é conseqüência do trabalho, viemos determinados, todos nós crescemos vendo o Brasil jogar, nossos heróis que nos inspiraram são todos daqui.

Brigas nas ruas, confusões, protestos não irão resolver nada ou mudar nada, quando a Copa acabar e nós formos embora, tudo voltará ao normal. Então, muita paz e amor para esse povo maravilhoso. Um povo humilde, batalhador e honesto. Um país que aprendi a amar “.


Os jogadores alemães dançam, comem, brincam se vestem com roupas brasileiras e participam dos costumes do nosso País.

E os argentino perante a lesão de Neymar...Varias mensagens de apoio nas ruas e nos estádios feitos pelos hermanos. Nós brasileiros faríamos o mesmo se Messi estivesse sofrido uma lesão? Sinceramente não sei. Alias comentaram que quebram até uma estatua do Messi e outra do huck após a derrota.

Beleza Holy, isso é tudo muito legal, mas aonde você quer chegar com isso?


Nós vemos brasileiros reclamando do país em que nasceu e vive principalmente dos políticos. Que todo político é safado, que todo político é isso e aquilo, que todos os empresários do Brasil não estão nem ai para a pobreza do mesmo e bla bla bla, e isso não é minoria pois a maioria dos brasileiros gostam desse tipo de conversa.

Mas o que nós, eu, você, estamos fazendo para melhorar? Eu digo que nem a nossa parte estamos fazendo. Percebe-se como estamos mal educados. Ex: Chegamos a uma padaria pedimos a quantidade de pães pagamos e saímos. Mas cadê o bom dia que damos as pessoas que vimos, principalmente os atendentes que acordarão mais cedo para estar ali, até nos feriados, às vezes eles no dão mas sequer percebemos e já pedimos o que queremos. Isso é culpa dos políticos? Da Diuma? Empresários? Não. A culpa é nossa mesmo. Acordamos de madrugada para irmos trabalhar, e nem sequer enxergamos o gari varrendo nossos portões, para dar um bom dia, já saímos com os vidros do carro fechados e com pressa para coisas "mais importantes".

Faltam Hospitais, escolas, qualidade de vida no Brasil? Sim todos sabem disso e isso é de responsabilidade do governo, pois não temos dinheiro para construir uma escola em um bairro que esteja precisando. (e mesmo que alguns de nós tenhamos, dificilmente construiríamos)

Assistindo uma palestra do Don Conejo uma vez, ele menciona uma pesquisa que uma colega formada dele fez sobre a quantidade de livros que nos brasileiros e argentinos lêem. É um absurdo, pois em media os argentinos lêem 27 livros por ano. Já os brasileiros lêem 0.9 por ano, não tem nem o que comentar sobre isso. Os argentinos têm um PIB bem menor do que o Brasil, mas são mais educados e quando querem protestar e exigir algo que lhes é de direito, sabem muito bem o que fazer e como fazer. Quem já visitou Buenos Aires vê como as ruas são limpas e isso já é uma grande prova do respeito e educação do seu povo. O salário argentino é o maior da America latina, mesmo o peso argentino tendo menor valor que o real, a diferença ainda é grande. Culpa do governo sim, mas também nossa, pois os brasileiros acham que estão pagando um absurdo para a empregada, porém achou barato o valor do aeromodelo que deu para o filho por ele ter perdido um dente de leite.

Outro ponto aqui é a taxa altíssima taxa de homicídios que temos no Brasil. Segundo a Wikipédia é de 21.0 no Brasil, 5.5 na Argentina e na Alemanha de 0.8, ou seja, praticamente não existem homicídios por lá. Eles tem uma qualidade muito melhor que nós temos ? Sim, mas isso nem de longe é uma desculpa para nós nos revoltarmos e ficarmos putos e enlouquecidos da vida a ponto de a raiva se instalar nos nossos corações. Ao invés disso deveríamos buscar nossa própria evolução como pessoa e na maneira como tratamos o próximo.

Minha namorada terminou comigo: Vou matá-la
Minha namorada me traiu: Vou matar ela e cara. Quero vingança, pois assisti na novela da globo que é assim que se faz.
O filho da puta do meu vizinho passou na prova que eu reprovei: Tomara que ele se de mal lá na frente.
O desgraçado freou o carro na minha frente no amarelo: Quando o sinal abrir vou fechá-lo e mandar um dedão.
Meu colega de classe tem um puta carro e eu venho em pé no busão: Tomara que ele fure os pneus hoje.
Vi um cara no ônibus com uma tremenda gata no seu colo: Mas ele é feio pra caralho e tem cara de mendigo, ele não a merece, eu a mereço.
Quem essa cara pensa que é pra chamar minha atenção e querer me dar um conselho?

E varias outras coisas que estamos acostumados a ver e fazer.

Isso é culpa dos políticos? NÃO. Isso é culpa da nossa própria ignorância e comodismo. Mandar a presidente tomar no cu com milhares de crianças assistindo e presente no estádio ta "serto", Xingar o hino nacional do Chile ta "serto" também. Mandar o Fred tomar no cu com o mundo inteiro assistindo to ótimo, como se já não bastasse à dor que ele estava sentindo por estar perdendo de maneira humilhante o jogo. Xingar o cara simplesmente por que ele não vem jogando bem e não vem fazendo gols é justo? Tenha plena certeza de que o que ele mais queria ela fazer oito gols para poder virar o jogo, mas não conseguiu, pois era impossível. Ao invés de pesquisar o que ele fez pela sua família e amigos. Imagine a mãe dele vendo o próprio filho ser xingado por milhares de pessoas ao mesmo tempo, sem ter feito algo que realmente merecesse.

Essa é a nossa falta de compaixão que temos ao próximo e que insistimos em por a culpa nos políticos, mas nunca em nós mesmos.

Claro não somos todos assim, conheço e tenho vários amigos com ótimas personalidades. Aqui no PuaBase mesmo podemos ver boas pessoas que estão aqui para nos ajudar a evoluir sem ganhar nada em troca.

Não estou aqui pregando nada sobre religião e muito menos sou adepto aos "bons costumes" e não suporto conversar com gente politicamente correta.

Abraços e até a próxima.

ANÚNCIOS

Guilherme Resende

Veterano - nível 1

#902651 Ótimo texto, é exatamente do jeito que eu penso. Tudo o que você escreveu faz o maior sentido. Eu acho que muita gente deveria ler um texto assim para mudar de ideia.

O brasileiro médio só sabe falar mal dos outros, mas não olha para si mesmo. Costuma falar mal dos políticos, mesmo não tendo prova nenhuma de algo de ruim que eles fizeram. Assim, ninguém de bem quer virar político, pois já sabe que vai ser julgado injustamente. Outra coisa: em relação à isso, o brasileiro médio não consegue perceber que o país vai mal por causa deles mesmos, pois o país são eles, e não por causa da "roubalheira dos políticos".

Você falou sobre a questão do respeito. Concordo também. A maioria dos brasileiros não tem respeito pelos outros e, não perdem uma oportunidade para insultar alguém sem pensar duas vezes. Veja o caso do Fred. Que culpa ele tem pela derrota do Brasil? Se tiver alguma, por que seria maior do que a dos outros? Se for maior do que a dos outros, é necessário mesmo insultar ele?

O brasileiro médio não pensa nos outros. Só quer as coisas que vão beneficiar a própria pessoa. Não torce nenhum pouco para a felicidade do próximo, não faz o mínimo esforço para ajudar o outro e à todo momento quer ser ajudado. Mesmo não ajudando o outro não corre atrás do que quer sozinho, não busca, não batalha, não trabalha duro. E depois fica reclamando da vida; reclamando das condições que "não o favorecem". Mal eles sabem que um dos motivos do Brasil ser um país " fraco", que não proporciona muitas condições, está exatamente no fato da cultura do brasileiro ser uma cultura de reclamar das coisas e não correr atrás delas.

Ótimo texto, Holy Heternal! Abraços.
autodidata - MEMBRO EXCLUSIVO
#902658 Cara entendo o que você quer dizer, e acho que faz muito sentido. Concordo sim que devemos exigir nossos direitos de segurança, saúde e educação porque realmente é um absurdo, mas acredito também que devemos mudar a nós mesmos.
O jeitinho brasileiro infelizmente faz parte da cultura do país, e isso tem que ser mudado, jogar lixo no chão são coisas que temos que deixar para trás, para cobrarmos algo dos nossos governantes....