Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua

Criador do tópico

Phill

Puatraining Brasil

#560703 Com o passar do tempo é comum que os seres humanos, enaltecidos com as peripécias da vida, passem a ficar um tanto quanto desacreditados no que tange um sentimento muitas vezes banalizado pelas massas e mídia contemporânea: o famigerado amor.

Quando falo sobre amor, refiro-me ao afeto perante outro ser, em que tudo o que se deseja remete à alegria, afeto e bondade. O que é bom e ruim é uma discussão que nem mesmo Nietzsche e sua incrível mente conseguiram responder, mas em minha simplória e barata interpretação, é apenas aquilo que nos alegra e felicita: um infeliz pleonasmo que exemplifica a conotação e denotação daquilo que é amar.

Lembro-me que, certa vez, um amigo disse: “Ame a todas, e a todas terá”. Isso nunca havia feito muito sentido pra mim; soava-me algo que Casanova diria para afirmar suas conquistas e se livrar da culpa por brincar e manipular os corações das jovens de sua época. Essa frase, no entanto, pareceu-me farta de sentido no exato momento em que ela cruzou o meu caminho.

O mundo contemporâneo, além de banalizar o amor, tratou de fraquejar o espírito dos homens, que, hoje, protegidos das vorazes disputas por liderança, podem se esconder por detrás de suas carapaças, envoltas por inseguranças e pela falta de responsabilidade. “Take responsability”, já diria o velho DeAngelo. Mas não é isso que acontece.

Culpar o meio externo pela influência que ele exerce sobre nosso estado de espírito e vida é justamente a melhor definição para BETA. Afinal de contas, isso mostra como ficar em segundo plano é adorado e desejado para tal tipo de homem. Ser o coadjuvante da história é o maior degrau a ser alcançado; deixe a principal premiação da noite para os outros!

A problemática por trás disso é que tal vírus é disseminado como a peste negra; logo, a pobre donzela, antes disputada por nobres e corajosos cavaleiros, é obrigada a se relacionar com aquele que deixa o controle e a responsabilidade de sua vida nas mãos do meio-externo. O filme que pode ser visto é aquele em que nada é definido: não há aventura, não há drama, não há sequer uma cena de comédia. O romance, pobre dele, jamais será visto. Aquela donzela, então, está fadada a jamais vivenciar algum tipo de aventura, apriosionando-se em filme de cinema mudo, em preto e branco e sem ação - e que Chaplin não nos ouça!

Como pode alguém não amar a vida? Como pode alguém querer deixá-la sob o controle do que não existe? Bom, a culpa é sua e você a põe em quem quiser.

Amar a vida significa amar todas as pessoas. Talvez seja este um princípio humanista. Eu, assim sendo, prefiro dizer: “Ame a todas, e a todas terá”.


Autoria: Phill
Revisão: Hassin
XtC - MEMBRO EXCLUSIVO
#560926 Essa eu vi no face. Boa..

Apesar de alguns trechos ainda não fazerem sentido para mim, tenho certeza que futuramente se encaixarão, da mesma forma que o PU, que no começo, era complicado de entender e, a cada dia que passa, vou entendendo cada vez mais o que cada texto ou metáfora realmente significam.

um abraço.
Avatar pua
mynelo

Aprendiz

#560928 Eu entendi que o importante e querer ter vôos altos, nao se conformar com o mundinho que a sociedade desenhou, é buscar uma vida de prazeres amando principalmente a si mesmo!
Zerker

Aprendiz

#575811 "Ame a todas e a todas terá" estou tentando internalizar isso, e a cada dia que passa me vejo mais surpreso, pois não é simplesmente amar no sentido utópico da palavra, não é aquele amor egoísta que sempre espera algo em troca, Não! É diferente disso...amar a todas é você apreciar a mulher por ser mulher, nos seus pequenos detalhes, defeitos e qualidades. Não é um amor egoísta, pois você não canaliza seu amor para apenas UMA mulher e você não espera nada em troca, de ninguém.

E como já dizia o Zan Perrion, "as mulheres não querem ser uma aventura, elas querem estar em uma aventura", traga a HB para o seu mundo e desfrute do seu mundo com ela.

Um excelente texto! Obrigado por compartilhar as suas idéias
Zerker

Aprendiz

#576282
ArnoldoDiiniz escreveu:Cara sem palavras pra expressar, simplesmente o melhor texto sobre o sentimento em si que eu já li.

E o Zerker explicou exatamente o que o texto siginifica, cara otimo texto !


Realmente ArnoldoDiiniz, é um dos melhores textos sobre amor que eu já li. E obrigado por ter gostado da minha interpretação. Quem tem me ajudado muito a formular essa mentalidade é o Zan Perrion, que assim como o Phill tem idéias similares a respeito do amor.

Sucessos para todos nós!
Avatar pua
OnL1 - MEMBRO EXCLUSIVO
#576320 Muito bom o artigo realmente, porém, eu acho que existe uma tenra linha de diferença entre amar a vida e amar todas.

Eu depois de muito tempo, posso dizer que gosto da minha vida, que amo ela e o que eu faço, mas amar, quando relacionado a outras pessoas, eu conoto como um sentimento bem forte, não aquele" eu te amo" dito da boca pra fora.

Acho que ter paixão pelo que se faz, não é a mesma coisa que ter paixão pelas pessoas, mas sim, é possível, você gostar e apreciar a companhia de todos, para sua vida se tornar melhor.

Abraços.
Avatar pua
mauriciosmk

Aprendiz

#830361 Maaluco, vc é um gênio, seus artigos são muiito bons cara.. Parabéns! Com poucas palavra diz muita coisa e de um jeito fácil de absorver..