Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua
Tom Cruise
#916918 AMOR OCIDENTAL X AMOR ORIENTAL

O amor romântico é o objetivo suprassumo da cultura ocidental. A produção de cultura gira em torno disso: as novelas com seus romances, os filmes sempre têm um casal que faz par e as músicas que tocam, a maioria fala de amor. O lazer é ir para balada para pegar mulher ou fazer uma viagem com a tão sonhada HB. O trabalho tem como finalidade comprar coisas que aumente o DVS. Afinal, só pegando a tão sonhada gata, nos apaixonaremos e seremos felizes para sempre! É a única maneira de sentir a plenitude, êxtase e sentido para vida!

O amor romântico não significa simplesmente amar alguém; significa “estar apaixonado”. É ter aquele sentimento que a vida agora faz sentido, agora serei feliz, encontrei algo que me faltava. Assim, nós sentimos no nirvana do amor. Passamos a vê a outra pessoa como nossa fonte de felicidade, passamos a enxerga-la como um ser perfeito que deverá a todo custo nos deixar com essa sensação de bem estar, mas é justamente ai que está a falha do amor romântico. Os defeitos mais cedo ou mais tarde vão aparecer, ninguém pode ser o responsável pela sua felicidade, ninguém consegue se manter apaixonado por toda uma vida

Se conseguirmos nos libertar da matrix do amor romântico da cultura ocidental, talvez nos libertemos das presunções inconscientes que temos nos relacionamentos, e venhamos a ser mais tolerantes e compromissados, sem muitas expectativas, e possamos ter relacionamentos mais sólidos e duradouros, baseados em valores éticos e morais.

Na cultura oriental o amor é visto de outra forma: a euforia da paixão é colocada em segundo plano e se privilegia sentimentos como devoção, respeito, compromisso, cordialidade e bem querer. Talvez devêssemos aprender mais com os vizinhos do sol nascente....
.