Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.

Criador do tópico

cadu_costa

Aprendiz

#879351 Fala galera! Tudo ótimo?

Seguinte: conheci o PUA, simplesmente irado, e meses depois já estava namorando, sendo que era tímido pra burro! (não curto pegação, cada um do seu jeito rs). Simplesmente mudei de atitude, passei a dar valor a mim mesmo e, principalmente, desapego.

Pois bem galera, preciso da ajuda desses PUAs sensacionais, vibe alta!

Vou contar aqui a minha história, o que mudei em mim e quero conselhos dos amigos PUAs pra saber como vai esse relacionamento (preciso de visões de fora). Já li muitos tópicos aqui sobre isso, mas uma opinião do caso concreto é diferencial.

Eu sei que cada caso é um caso, mas quero saber a opinião de vocês no que eu acertei e errei no decorrer desse relacionamento, e algumas perguntas!

No início:

Conheci ela na faculdade. Ambos com 19 anos. Eramos colegas, nos falávamos de vez em quando, aquela coisa básica. Depois, tinhamos um grupo de amigos em comum, nos aproximamos pouco. Como ela namorava, nem tentava nada, mas já nutria ideias.

Eu, além de tímido, era concurseiro ferrenho: simplesmente estudava pra caramba (chegava dias que estudava 14 horas, foco total)! Não tinha e nem queria tempo pra me relacionar, mas era mais encobrindo a timidez e o derrotismo mesmo.

Depois:

Conheci o PUA, li obras iradas, relatos melhores ainda, ela terminou o relacionamento (tava horrível), e eu passei num concursaço! Estou estudando pra outro, mas, se quisesse me manter nesse, teria uma vida tranquila (mas acomodação é para os fracos! rs)

Resultado: me relaciono mais hoje, autoestima bem mais alta, namorando. Enfim, tudo se acertou!

O namoro: será que tenho acertado?

No início, eu era lento demais. Nem percebi que ela tava a fim também. Acabei que falei que gostava dela pelo Facebook (uma merda). Resultado? Mandou aquele "te amo, mas é amor de amigo". Ê friendzone.

Poderia ter falado a coisa errada: "te amo e vou te querer para o resto da vida!" Putz, nunca...

Mas falei o certo (momento PUA rs): "hahaha tá ótimo, se você não quer, outra vai querer! Não tem problema, vai correr atrás de quem você tá afim! Aliás, um beijo, que amanhã saio com os amigos, boa noite!"

Resultado: ela simplesmente ficou desesperada, disse que mal dormia de noite (e eu ignorando)... fiquei com ela dois dias depois.

Ficamos por um mês e começamos a namorar.

Relacionamento irado, com seus pontos positivos e negativos, e isso que eu quero que vocês deem opinião:

Pontos positivos:

Desde o início do namoro, falei que não queria ciúmes. Nunca demonstrei nem um pouco (até brincava, quando ela fazia testes e eu percebia todos). Hoje, além de confiar um no outro, controlo meus ciúmes e ela o dela, e não damos corda pra provocar isso no outro. Hoje a gente agradece, porque economizamos briga pra caramba. Aliás, defendo que ciúmes é filho do egoísmo.

Cada um tem suas ocupações: trabalho, estudos, religião (cada um com uma diferente rs). Ficamos sem um tempo sem se falar, não mandando sms o tempo todo (acho isso horrível, deixa chato).

Não brigamos (muitos acham negativo, mas eu não): resolvemos na conversa. De vez em quando dou até um gelinho nela, mas sempre resolvemos tranquilo. Não deixo NADA passar nem faço birra.

Pontos negativos (o que eu quero mudar):

Por gostar demais, às vezes acabo muito em cima. Busco dosar isso (próximo/distante).

O pai dela não gosta da minha religião. Fala que gosta de mim, mas considera um "castigo" eu ser espírita, e às vezes enche o saco. Uma vez mesmo ela tava me tratando mal a semana toda: cheguei pra ela e abri o jogo, perguntei se ela não queria mais. Quase ficou doida por perceber que tava me tratando mal e disse que o problema era o pai dela, ao que falei pra ela que, com o tempo, as coisas se acertariam. Enfim, nada que o tempo não resolva.

Não temos muito tempo para ficar juntos (não necessariamente quero mudar, mas administrar).

Daí as perguntas:

Como evitar que fique chato o relacionamento? (eu estudo de manhã, trabalho à tarde e estudo à noite. Mesmo buscando ser vibe alta e me informar, uma hora fica chato, coisa que eu detesto rs, sem contar que nossos gostos não batem muito.)

Como fazer com que ela busque mais o relacionamento (por eu, às vezes, ficar um pouco em cima, tipo falar demais ou ser previsível, percebo que, de vez em quando, ela não responde com animação, ou mesmo enjoa. Claro que não quero isso, e me esforço pra mudar. O fato é que não posso exigir nada dela, mas posso condicioná-la a buscar algo que quero, pra saúde do relacionamento para os dois rs.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Agenor12

Veterano - nível 9

#880247 Pra mim vc tá fazendo a coisa certa, tem foco em outras áreas e não vive em função dela, isso é como um imã não se afaste dos amigos tbm, apresente seus amigos pra ela apesar de vcs fazerem facul juntos, vc deve ter outros amigos legais que ela não conheça.
Apenas curta os momentos a dois, entenda que terá que fazer alguns sacrifícios necessários, não vai inventar de estudar 14h por dia no fds e não ver sua garota. Faça umas loucuras com ela no fds, lugares e experiências diferentes, td isso depende do que sua cidade oferece.. Pelo que entendi ela continua amorosa e carinhosa correto? Então apenas mantenha sua postura, procure inovar e se renovar sempre, pra não cair na rotina (e não veja essa coisa de inovar como um peso e uma necessidade, coisas simples marcam mto uma garota)
Pra mim vc está fazendo um ótimo jogo.

Abraço
Avatar pua
Henriqueh18

Veterano - nível 10

#880252 IAi cadu_costa td bem ?
Concordo com o que o agenor12 falou, trate ele bem , mas coloque seus objetivos na frente do relacionamento.
Isso pode ser jogos dela.
Todo relacionamento tem os momentos que são as mil maravilhas e os momentos ruis, ou seja, momentos em que ela fica mais fria.
Então amigo relaxe, não perca energia se preocupando com isso, simplismente espelhe ela, se ela esta fria com vc, seja frio também, se ela esta lhe tratando bem, trate ela melhor ainda.
VLW ...