Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Roco

PUA EXPERT

#913774 Fala pessoal.


Muitos de vocês devem ter lido algo ou ouvido falar sobre um tal mendigo que mora em Nova York e que dorme com uma mulher diferente por noite para não precisar dormir na rua.

Se não viram, segue um dos links disponíveis:


https://br.noticias.yahoo.com/blogs/eita/mendigo--gato--transa-com-uma-por-noite-e-n%C3%A3o-dorme-na-rua-192713949.html


Bom, o primeiro pensamento de muitos foi "Nossa, que cara foda!!" . E aqui vai a minha pergunta.. Será mesmo? Você trocaria de lugar com ele? Eu não.

A vida precisa de equilibro, só isso. Um mendigo pegador ainda é um mendigo. Não há nenhuma história de superação aí.

ANÚNCIOS

beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#913784 Eu não tinha ouvido falar disso. Sem dúvida é uma história interessante.

Penso que certamente se tem algo a aprender com um sujeito assim. O que ele faz certamente não é uma habilidade comum, além de que ele aprendeu a lidar com a incerteza de não ter um teto a cada dia. Muito provavelmente ele deve pegar umas barangas também, mas dentro do contexto, ainda é impressionante.

Se o cara está feliz assim, acho ótimo. Arrumou uma maneira diferente de sambar na cara da matrix que nos empurra goela abaixo que devemos ter emprego que nos suga 12h por dia, carro e casa pra arrumar uma mulher, colocá-la no pedestal, casar e continuar retroalimentando o sistema.

Ao mesmo tempo, acho muito válida a reflexão que você propôs, Roco. Será que eu quero a vida dele? Não, definitivamente não! Não gostaria de um dia ter que seduzir uma feia porque senão não terei onde dormir. Não gostaria mão das minhas viagens, da casa que eu montei a meu gosto. Tenho consciência de que não preciso dessas coisas, se a vida me tirasse elas, poderia continuar apreciando a felicidade de outras formas. Mas certamente procuraria conseguí-las de novo. Como você disse, acho que equilíbrio é algo importante na minha vida.