Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
MindSet
#927939 Ontem estava na Net e descubro por mero acaso isto:

"Female seducer turning straight girls into bi and lesbian



Back to the Table of Contents

(From the archives at Maniac High's website: http://www.pickupguide.com)

MANIAC: Personal Profile: Attack of the Catwoman!

Hi all,

Today I am going throw into discussion, someone I know who is capable of what I consider, an ultimate seduction. A friend of one of my GF's is a (Japanese) lesbian sadist. Her (the "Catwoman") sport, is to meet normal girls, get them to fall completely in love with her, and make them lesbians (or Bi's) so that she can shag them or do whatever else she wants to do to them. I consider this to be the ultimate seduction, as not only does she have to catch the chick, she has to make them lez too.

I am going to talk about her system here, as I think there are lots of applications that guys can use to get chicks with this as well. And since the system was designed by a chick (and a chick knows a chick's thinking better than a guy does probably), it does exploit a lot of things about chick logic even I have never thought of..

Allright, here we go..

The Catwoman is a 24 yr old very bright (though not so pretty) young lady. She is a psych. Major, and seems to understand psychology as well as chick logic thoroughly. My GF even admits that she feels very comfortable around her, even though she's never lez'd with her (she says ;-) ). Catwoman has a strong character, is a player and usually has several chicks on the go at once.. Her GF's are often very beautiful BTW..

So, what is Catwoman's system? Well, she plays a lot on the worries, and anxieties of chicks (and since she is a chick too, she knows what all these are), then applies stealth kino (see below for details), so integrates pleasurable feelings with intellectual security, and at that point can get an attachment with the chick. Then, grow the kino bit by bit, and she's got a friend to lez with..

Now, some things about her system, before I go into the details. First of all, she can't do this at SS speeds, mainly because of the lez' barrier (it is hard to get a chick to fall in love with a chick in 1 week if she was never interested (overtly) in chicks to start with). She says it takes about 1 month to 3 months (depending on the chick).

So first she meets the chick. She doesn't say she is a lesbian, or her intentions with the chick. There is no sex talk at all, whatsoever.. At that point, she finds out all about them, and especially what their insecurities are (ie. Job, do they think they are pretty, worthwhile, smart, legs too fat, too thin..etc..etc, whatever). Cute girls always have tons of insecurities, so you just have to find out what they are. She approaches this, as she were an elder, or mother to the girls. At that point, she will often talk to them, and tell them she is worried/was worried about (whatever..job..etc), since last time they talked, which apparently grows their attachment. Also, she will tell them they are cute, not in a guy way, but as a confidence builder way (ie. You are cute, you are good enough.etc..etc), and how she will take care of them, protect them. This will go on for a while, playing on the insecurities of the chick.

Then, the stealth Kino will start. Her gimmick is to start kidding with the chick that she is a cat or kitten (chicks just totally love cats). The first few times, she'll just talk how she is cute like a cat (note, that by comparing to a cat, there is nothing sexual in the talk.it is cute in a chick's way, like pretty flowers, or whatever, so the chick doesn't get scared she's gonna get lez'd by the catwoman).

Later, little bits of kino will start, pet her on the head, chin, and later take her hands or arms while talking about how she is cute like a cat, and how she is so cuddly, and then she'll hug her (chicks also love hugs), again, nothing sexual, no implication, but it is getting the chick to enjoy those nice feelings, and grow more attached as Catwoman plays the insecurities and acts as a mom and protector to the chick.

My GF says that this feels very comfortable, and is not threatening whatsoever. My GF doesn't like other chicks to touch her, but with Catwoman, its okay, she isn't scared (my suspicion, is that Catwoman is also using NLP and anchors, since she is a chick, and a Psych. Major, so I am sure she is good at this too, which also dispelled the fear).

Then, at some point, Catwoman will play the fears of the chick, and get her over to `console her' and protect her and make her feel at ease (job, too fat, too skinny, not pretty, whatever). And they will talk, and it will get late, and she'll offer that she can spend the night, so she doesn't have to go back home alone scared. Then the cat games will start, and the kino, and the chick will feel at ease.no sexual passes at this stage yet though.

At this point, is usually, when the chick will tell Catwoman she feels really good around her, or loves her somehow or something like that. Then, and only then, Catwoman will make her move, again, gently, and with the cute cat thing, and get more physical, kiss her, or touch her body, or whatever Lez's do.

Basically, Catwoman can get in because she acts as this woman's protector, and confident, and the person who `truly' worries/cares for understands that girl.

Apparently this system works most of the time she says.

I think its a good system, especially the cat/kino thing, and playing the "I was so worried about you/wondering how you are doing" cards with the chick's anxieties.Truly classic.


Espero que isto vos ajude pessoal. As lésbicas sempre foram na minha opiniao melhores jogadoras que os homens. Não sei se repararam mas não existe em nenhuma parte do relato uma tentativa por parte da lásbica em "Atrair Sexualmente" as suas presas. Ela cria muito conforto, confiança e usa esse mesmo conforto para escalar fisicamente a mulher. Pensem nisso

Um abraço a todos :ae
kbza
#927958 A proposta da técnica acima é, basicamente, tornar-se amiga, e depois que elas forem confidentes, dar em cima delas. Isso já existe, há muito tempo. É aquele cara que está sempre apoiando sua namorada, esperando uma oportunidade de passar a rasteira em você. Ele só não revela que é lésbica no final, nem pede para que ela vire uma.

Apesar de parecer algo bem complicado, é extremamente simples.

PS: Na minha opinião, as lésbicas não são grandes sedutoras. Pelo que tenho visto, são na verdade muito boas observadoras, e investem aos poucos, analisando as reações de quem estão seduzindo, a cada passo que dão. O que, diga-se de passagem, as mulheres heterossexuais também fazem.

Abraço
Kïng
#927971 Iae MindSet,

Bem que vc poderia ter traduzido pra nós esse artigo ai mano, grande parte da comunidade não deve ter conhecimento do inglês e eu me incluo nisso, não sei se com o tradutor google iremos ter uma tradução genuína, mas o tema é interessante. Como o nosso colega Kbza, também concordo que lésbicas não sejam grandes sedutoras, justamente por não atrair sexualmente (o que você citou no texto). É uma sedução de longo prazo (quando a outra não é lésbica) onde elas começam a investir justamente no conforto (e só conforto) e tal ai sim conseguem alguma coisa. Não sei se podemos afirmar que elas são adeptas ao jogo indireto, acho que até pode ser mesmo.

Vlw mano.
Erick Costa
#927975 Eu não tenho paciência para um jogo longo demais. Ainda não encontrei uma garota que valesse tanto a pena.
Avatar pua
GFontana
#927999 TRADUÇÃO.

Créditos pela postagem original a MindSet.

Olá a todos!

Hoje eu vou começar uma discussão sobre alguém que eu conheço que é capaz, do que eu considero, uma sedução extrema. Uma amiga de uma das minhas namoradas é uma (japonesa) sadomasoquista lésbica. Seu (da japonesa, Catwoman) esporte é conhecer garotas normais, fazer elas ficarem perdidamente apaixonadas por ela, e fazer com que se tornem lésbicas (ou bi's), então ela pode transar com elas ou fazer qualquer coisa que ela queira com elas. Eu considero isso uma sedução extrema, pois além de conquistar a garota, ela tem que transformá-la em lésbica.

Eu vou falar sobre seu sistema aqui, eu penso que á muitas aplicações onde caras podem conquistar garotas com esse sistema também. E já que o sistema foi elaborado por uma garota (e garotas, provavelmente, conhecem garotas mais do que os caras as conhecem), ele explora muitas coisas sobre lógica feminina que nem eu havia pensado...

Então lá vamos nós! (Tradução de sessão da tarde aqui...)

Catwoman é uma jovem brilhante (mas não tão bonita). Ela é mestre em psicologia, e parece entender sobre psicologia minuciosamente assim como sobre lógica feminina. Minha namorada inclusive adimite que se sente muito confortável ao seu redor, mesmo que nunca tenha transado com ela (é o que ela diz :D ). Catwoman tem uma personalidade forte, é uma jogadora e frequentemente tem muitas garotas ao mesmo tempo. A propósito, suas namoradas são muito gatas.

Então, qual o sistema de Catwoman? Bem, ela joga muito com as preocupações e ansiedades das garotas (e já que ela também é uma garota, ela sabe quais são essas ansiedades e preocupações), então ela aplica kino discreto (detalhes abaixo), que integra sentimentos prazerosos com segurança intelectual, e nesse ponto ela consegue uma conexão com a garota. Então ela vai escalando kino pouco a pouco, e agora ela tem uma amiga para transar com ela...

Agora, alguns pontos sobre seu sistema antes de eu entrar em detalhes. Primeiro, ela não pode fazer isso muito rapidamente, principalmente por causa da barreira lésbica (é difícil fazer uma garota se apaixonar por outra garota se ela nunca esteve (mesmo) interessada em ficar com outras garotas. Ela diz que demora cerca de 1 a 3 meses (dependendo da garota).

Primeiro ela conhece a garota. Ela não diz que é lésbica, ou suas reais intensões com aquela garota. Não há conversa sobre sexo e afins... Nesse ponto, ela descobre tudo sobre a garota, especialmente suas inseguranças (Ex.: trabalho, se ela se acha bonita, o que ela acha que vale a pena, inteligência, se ela acha que suas pernas são muito gordas, muito magras... etc). Garotas bonitinhas sempre tem muitas inseguranças, então você só precisa descobrir quais inseguranças são essas. Ela se aproxima, como se fosse uma pessoa mais velha, ou uma mãe para as garotas. Nesse ponto ela, frequentemente, falará com elas sobre suas próprias preocupações desde a última vez que conversaram, o que, aparentemente, aumenta a conexão entre ambas. Ela dirá também, que a garota é bonita, não do jeito que um cara diria, mas como um modo de construir confiança ("Você é bonita", "Você é boa o suficiente", etc...). Falará tambem de como ela tomará conta da garota, protegerá a garota. Isso durará um tempo, jogando com as inseguranças da garota.

Então o kino discreto começará. Seu artifício é começar a brincar com a garota como se ela fosse um gato, ou um filhotinho de gato (garotas curtem filhotinhos de gato). Nos primeiros momentos, elá dirá como a garota é fofa como um gatinho (nota: Ao compara-la com uma gato, não há nada de sexual na conversa. As garotas acham isso bonitinho, assim como flores bonitas, etc. Então a garota não se assusta e nem percebe as intensões de Catwoman).

Depois, um pouco de kino começará, acariciá-la na cabeça, no queixo, e depois pegar seus braços e mãos enquanto diz a ela como ela é fofinha como um gatinho, e como ela da vontade de abraçar, então ela irá abraçá-la (garotas também adoram abraços), novamente, nada sexual, sem implicação, mas a garota vai começando a gostar dessas boas sensações, e fica cada vez mais conectada conforme Catwoman joga com suas inseguranças e haje como uma mãe para a garota.

Minha namorada diz que isso é muito confortável, e também não é ameaçador. Minha namorada não goste que outras garotas a toquem, mas se for a Catwoman, tudo bem, ela não tem medo (minhas suspeitas é de que Catwoman também usa PNL e ancoragem já que é uma garota mestre em psicologia, então tenho certeza que ela também é boa nisso, o que também dissipa o medo).

Então, num certo estágio, Catwoman jogará com os medos da garotas, a 'consolará', a protegerá e fará com que fiquem tranquilas (sobre o trabalho, sobre suas pernas, sobre ser bonita, etc). Então conversará com a garota até ficar tarde da noite, então ela irá propor para a garota que durma em sua casa, para não ter que voltar para casa sozinha e com medo. Então as brincadeiras de gatinho começarão, juntamente com kino, e a garota irá se sentir tranquila. Sem fase sexual nesse ponto, ainda.

Nesse ponto, geralmente, é quando a garota diz a Catwoman que se sente muito confortável ao seu redor, ou que a ama de algum jeito , ou algo parecido. Então, e só então, Catwoman dará o bote, novamente, gentilmente, e com a brincadeira do gatinho, ficando mais físico, beijando-a ou tocando-a, ou seja lá o que as lésbicas fazem...

Basicamente, Catwoman conquista as garotas por agir como uma mulher protetora, confiante, e como uma pessoa que 'realmente' se preocupa em entender aquela garota.

Aparentemente, esse sistema funciona na maioria das vezes, segundo ela.

Eu acho um bom sistema, especialmente a parte do kino na brincadeira de gato, e jogar atuando como "eu realmente me preocupo com você" com as ansiedades da garota. Realmente clássico.


Traduzido pra vocês! :ae

Sugiro que aprendam inglês. Tem muitas aplicações dentro do universo PUA!

KEEP SARGING, MODAFOCAAAAS!
Avatar pua
alfamg
#928008 Salve PUAS!

Mindset,sem dúvidas as lésbicas têm o que nos ensinar quando se trata em seduzir mulheres.Porém,esta técnica descrita deva ser eficiente,é muito demorada mesmo.E em contrapartida,várias técnicas aqui estudadas têm resultados mais rápidos.
O que confunde a meu ver são os objetivos.Provavelmente a Catwoman busque relacionamentos mais duradouros,o que explica ela dizer suas intenções inicialmente,e partir para uma fase de conforto e kino prolongadas. Assim,os seus alvos ficam à vontade ao longo do tempo com as investidas dela.
Esta modalidade de jogo deve funcionar bem com friendzones e com garotas cuja frequência de convivência é muito grande (amigas,colegas de faculdade,escola ou trabalho).
Por outro lado,não me parece uma boa aplicá-la em daygame ou nightgame,onde outros componentes como a atitude e a energia sexual masculina intensa) são essenciais para o sucesso de um player.
Para mim, o maior aprendizado que elas nos dão são durante o intercurso sexual.Geralmente elas são mestres em proporcionar orgasmos intensos em suas parceiras. Isso sim é algo muito bom de se aprender com as lésbicas!

Grande abraço!
Avatar pua
J. Bravo
#928016 Creio que essa tecnica ai e valida so para mulheres, e mulheres não sabem seduzir - o que elas sabem e provocar. Basta que elas coloquem uma roupa sexy e etc... que arasam corações. Tirando o fato que boa parte das mulheres tem vontade de beijar outras mulheres. E como o mlk disse acima, as mulheres são muito observadoras e assim acabam por ir nas "vitimas" certas, ate um tempo atras tava rolando no face um video com uma mulher pedindo pra ficar com outras, e se dava bem.
Kïng
#928046
GFontana escreveu:TRADUÇÃO.

Créditos pela postagem original a MindSet.

Olá a todos!

Hoje eu vou começar uma discussão sobre alguém que eu conheço que é capaz, do que eu considero, uma sedução extrema. Uma amiga de uma das minhas namoradas é uma (japonesa) sadomasoquista lésbica. Seu (da japonesa, Catwoman) esporte é conhecer garotas normais, fazer elas ficarem perdidamente apaixonadas por ela, e fazer com que se tornem lésbicas (ou bi's), então ela pode transar com elas ou fazer qualquer coisa que ela queira com elas. Eu considero isso uma sedução extrema, pois além de conquistar a garota, ela tem que transformá-la em lésbica.

Eu vou falar sobre seu sistema aqui, eu penso que á muitas aplicações onde caras podem conquistar garotas com esse sistema também. E já que o sistema foi elaborado por uma garota (e garotas, provavelmente, conhecem garotas mais do que os caras as conhecem), ele explora muitas coisas sobre lógica feminina que nem eu havia pensado...

Então lá vamos nós! (Tradução de sessão da tarde aqui...)

Catwoman é uma jovem brilhante (mas não tão bonita). Ela é mestre em psicologia, e parece entender sobre psicologia minuciosamente assim como sobre lógica feminina. Minha namorada inclusive adimite que se sente muito confortável ao seu redor, mesmo que nunca tenha transado com ela (é o que ela diz :D ). Catwoman tem uma personalidade forte, é uma jogadora e frequentemente tem muitas garotas ao mesmo tempo. A propósito, suas namoradas são muito gatas.

Então, qual o sistema de Catwoman? Bem, ela joga muito com as preocupações e ansiedades das garotas (e já que ela também é uma garota, ela sabe quais são essas ansiedades e preocupações), então ela aplica kino discreto (detalhes abaixo), que integra sentimentos prazerosos com segurança intelectual, e nesse ponto ela consegue uma conexão com a garota. Então ela vai escalando kino pouco a pouco, e agora ela tem uma amiga para transar com ela...

Agora, alguns pontos sobre seu sistema antes de eu entrar em detalhes. Primeiro, ela não pode fazer isso muito rapidamente, principalmente por causa da barreira lésbica (é difícil fazer uma garota se apaixonar por outra garota se ela nunca esteve (mesmo) interessada em ficar com outras garotas. Ela diz que demora cerca de 1 a 3 meses (dependendo da garota).

Primeiro ela conhece a garota. Ela não diz que é lésbica, ou suas reais intensões com aquela garota. Não há conversa sobre sexo e afins... Nesse ponto, ela descobre tudo sobre a garota, especialmente suas inseguranças (Ex.: trabalho, se ela se acha bonita, o que ela acha que vale a pena, inteligência, se ela acha que suas pernas são muito gordas, muito magras... etc). Garotas bonitinhas sempre tem muitas inseguranças, então você só precisa descobrir quais inseguranças são essas. Ela se aproxima, como se fosse uma pessoa mais velha, ou uma mãe para as garotas. Nesse ponto ela, frequentemente, falará com elas sobre suas próprias preocupações desde a última vez que conversaram, o que, aparentemente, aumenta a conexão entre ambas. Ela dirá também, que a garota é bonita, não do jeito que um cara diria, mas como um modo de construir confiança ("Você é bonita", "Você é boa o suficiente", etc...). Falará tambem de como ela tomará conta da garota, protegerá a garota. Isso durará um tempo, jogando com as inseguranças da garota.

Então o kino discreto começará. Seu artifício é começar a brincar com a garota como se ela fosse um gato, ou um filhotinho de gato (garotas curtem filhotinhos de gato). Nos primeiros momentos, elá dirá como a garota é fofa como um gatinho (nota: Ao compara-la com uma gato, não há nada de sexual na conversa. As garotas acham isso bonitinho, assim como flores bonitas, etc. Então a garota não se assusta e nem percebe as intensões de Catwoman).

Depois, um pouco de kino começará, acariciá-la na cabeça, no queixo, e depois pegar seus braços e mãos enquanto diz a ela como ela é fofinha como um gatinho, e como ela da vontade de abraçar, então ela irá abraçá-la (garotas também adoram abraços), novamente, nada sexual, sem implicação, mas a garota vai começando a gostar dessas boas sensações, e fica cada vez mais conectada conforme Catwoman joga com suas inseguranças e haje como uma mãe para a garota.

Minha namorada diz que isso é muito confortável, e também não é ameaçador. Minha namorada não goste que outras garotas a toquem, mas se for a Catwoman, tudo bem, ela não tem medo (minhas suspeitas é de que Catwoman também usa PNL e ancoragem já que é uma garota mestre em psicologia, então tenho certeza que ela também é boa nisso, o que também dissipa o medo).

Então, num certo estágio, Catwoman jogará com os medos da garotas, a 'consolará', a protegerá e fará com que fiquem tranquilas (sobre o trabalho, sobre suas pernas, sobre ser bonita, etc). Então conversará com a garota até ficar tarde da noite, então ela irá propor para a garota que durma em sua casa, para não ter que voltar para casa sozinha e com medo. Então as brincadeiras de gatinho começarão, juntamente com kino, e a garota irá se sentir tranquila. Sem fase sexual nesse ponto, ainda.

Nesse ponto, geralmente, é quando a garota diz a Catwoman que se sente muito confortável ao seu redor, ou que a ama de algum jeito , ou algo parecido. Então, e só então, Catwoman dará o bote, novamente, gentilmente, e com a brincadeira do gatinho, ficando mais físico, beijando-a ou tocando-a, ou seja lá o que as lésbicas fazem...

Basicamente, Catwoman conquista as garotas por agir como uma mulher protetora, confiante, e como uma pessoa que 'realmente' se preocupa em entender aquela garota.

Aparentemente, esse sistema funciona na maioria das vezes, segundo ela.

Eu acho um bom sistema, especialmente a parte do kino na brincadeira de gato, e jogar atuando como "eu realmente me preocupo com você" com as ansiedades da garota. Realmente clássico.


Traduzido pra vocês! :ae

Sugiro que aprendam inglês. Tem muitas aplicações dentro do universo PUA!

KEEP SARGING, MODAFOCAAAAS!


Valeu mano, isso ai :ae

Claro que aprender inglês é essencial e tal, não só no universo pua. Problema é a falta de tempo kkk

Depois de ler, ainda mantenho meu argumento lá de cima. É uma sedução muito longa, demorada, e como ela interage de uma maneira onde a HB alvo não sabe que ela é lésbica, ai que demora mesmo. Porém o conteúdo é de grande valia, dá pra reforçar alguns conceitos. Valeu.
MindSet
#928063 Hey Pessoal, obrigado pelos feeds que até agora foram todos construtivos.
Queria só deixar aqui alguns pontos:
1- Você tem razão King, eu deveria ter tido em conta que existe gente não sabe inglês. Para a próxima terei isso em conta
2- Obrigado Gfontana pela tradução
3- Eu acho que deveria ter sido mais explicito em deixar claro que a minha intenção com este post não éra propor a técnica especifica da catwoman, porque como voces disseram e bem é muito longa, mas tentarem absorver alguns principios por detrás deste sistema de sedução e traze-los para o vosso jogo. Para não falar que esta história poderá conter certos detalhes acerca da psicologia feminina pouco explorada pela comunidade.
4- Eu não concordo com a afirmação do J bravo de que as lésbicas não sabem seduzir. Algumas não sabem mas existem muitas que são peritas. Concordo que o facto de serem lésbicas as obrigue a jogar a longo termo com as Hetero e por isso estão em desvantagem na hora de um Cold Aprouch. Elas não se podem dar ao luxo de chegar a uma balada e ir directo ao ponto quando se trata de Heterossexuais . Agora a longo termo, acho o jogo de muitas lésbicas bem sólido.