Artigos sobre sedução e afins. Tópicos com 60 dias sem resposta vão para área de Arquivos. Não poste dúvidas nessa área.
Avatar pua
BaronX

Aprendiz

#984112 Caramba, muito bom! O que me impede é a timidez e a AA, infelizmente. Ainda assim eu vou me esforçar pra deixar isso de lado e aplicar isso que você disse, com certeza vai melhorar muito minha introspecção e e também minha inteligência social. Valeu!
Avatar pua
Fischer

Veterano - nível 3

#987768 Haha bom tópico para abertura! Tenho 19 anos e 1 ano de jogo, posso me ver no passado exatamente esse cara inerte que tu descreveu

Pratiquei bastante nesses 1 ano, t ocom um nivel de jogo relativamente satisfatório... tenho saido praticamente 7 dias por semana pra praticar, também

Hoje em dia vejo uma HB e dificilmente hesito pra aborda-la... É interessante que quando desenvolvemos esse "musculo" da abordagem tudo se torna muito natural.

Abraços, continue trazendo artigos para nós! Se puder trazer uns RC's também serão mt bem vindos haha
t. Viana

Aprendiz

#988933 Olá! Muito bom o post e principalmente pra gente começando são muito produtivos essas dicas para ajudar a enfrentar a AA.
Avatar pua
NOFAP

Aprendiz

#1001481 Caralho se eu fosse um computador e esse post fosse um programa eu queria instalar ele em mim, mas nossa mente é quase um computador né, basta ter dedicação que tudo se aprende, eu tenho 2 anos de Pua, sempre fui bom em abordagem, já consegui um kc duplo em um night game na cidade que eu morava, agr mudei pra outra cidade... ta mais difícil conseguir abordar , onde eu morei era mais fácil, morei lá a vida toda como é uma cidade pequena eu conhecia a maioria da galera lá, agora estou em uma cidade maior porém não conheço ninguém, e tbm tô trabalhando muito pra conseguir comprar meu carro, trabalho com calhas e fico a maior parte do dia andando de carro na rua, as vezes quando estou parado em alguma loja eu penso em abordar umas hb's que tá passando mais eu fico meio sem jeito pq eu tô trabalhando e tô todo sujo, eu gostei muito do seu tópico labrador, me fez lembrar de quando eu era mais novo. No ensino fundamental eu passei por isso. Mais superei quando conheci o Pua, sempre estou dando uma lida nos artigos aqui e quando eu vejo uns artigos de qualidade assim fico relendo até eu incorporar essa vibe, só agradeço!!! E noixxxxx
Avatar pua
NOFAP

Aprendiz

#1001483 Caralho se eu fosse um computador e esse post fosse um programa eu queria instalar ele em mim, mas nossa mente é quase um computador né, basta ter dedicação que tudo se aprende, eu tenho 2 anos de Pua, sempre fui bom em abordagem, já consegui um kc duplo em um night game na cidade que eu morava, agr mudei pra outra cidade... ta mais difícil conseguir abordar , onde eu morei era mais fácil, morei lá a vida toda como é uma cidade pequena eu conhecia a maioria da galera lá, agora estou em uma cidade maior porém não conheço ninguém, e tbm tô trabalhando muito pra conseguir comprar meu carro, trabalho com calhas e fico a maior parte do dia andando de carro na rua, as vezes quando estou parado em alguma loja eu penso em abordar umas hb's que tá passando mais eu fico meio sem jeito pq eu tô trabalhando e tô todo sujo, eu gostei muito do seu tópico labrador, me fez lembrar de quando eu era mais novo. No ensino fundamental eu passei por isso. Mais superei quando conheci o Pua, sempre estou dando uma lida nos artigos aqui e quando eu vejo uns artigos de qualidade assim fico relendo até eu incorporar essa vibe, só agradeço!!!
aprender é fácil, ensinar é pra poucos, valew mesmo é noixxxxx
Avatar pua
Puman

Aprendiz

#1001665 Tópico que retrata totalmente a realidade.
Muito bom ver artigos de qualidade por aqui.
Abraço. :yaaah
newlife

Veterano - nível 3

#1004685
Labrador escreveu:Boa tarde Galera!

Sou instrutor da Pua Training Brasil desde julho do ano passado, vou postar seguidamente alguns relatos e ideias que compartilhamos em nossos treinamentos. Primeiramente me apresentando tenho 21 anos (sim, sou novo, idade não tem nada a ver om sucesso, só com a maneira de abordar), sou estudante de engenharia, então nerds das exatas tbm se dão bem!

Então, abaixo vai o tópico desta semana:

Abordar x Não abordar

Bom, este é assunto recorrente em todos os nossos treinamentos. A diferença entre um player que tem liberdade emocional de abordar é gigante em relação a quem não aborda.

Por exemplo, uma pessoa que se permite a não ficar inerte melhora vários aspectos da sua vida, mas vamos começar pela área da sedução:

Lembre de sua época de colégio, ou até mesmo de faculdade! Quantas vezes já nos gamamos numa menina gatinha da turma mas nunca tivemos coragem de ir conversar com ela? Passaram-se 3 meses, 6 meses, 1 ANO e nada. Construimos a abordagem ideal, imaginamos o "oi, tudo bem?" e a resposta dela, montamos a resposta e a contra-resposta e todo um conto de fadas.

Aí quando finalmente criamos coragem de falar com ela, o que ocorre? Como não estamos habituados a abordar, vamos introspectivos e com uma linguagem corporal muito pobre. Na primeira resposta diferente do que construímos mentalmente todo o nosso sonho desmorona, ou então pior, ela tem namorado!

Quando nos damos por conta perdemos um tempo precioso e nunca conhecemos ninguém realmente. Façamos um teste, aborde 5 meninas por semana, isso da 20 ao mes, 120 em um semestre e 240 em um ano.

Mesmo que o seu jogo não esteja em um nível ideal, com 10% de aproveitamento deste numero (que é bem alto em relação a estratégia inicial), 24 se torna muito mais atrativo que o 0x0 que nos encontrávamos na primeira situação.

Agora que pude expor o ponto de vista que temos em relação a este assunto, digo que todos os nossos alunos que se propuseram a seguir este conselho, começaram a ter mais atitude, liderança e controle de suas vidas pessoais e profissionais, com isso conseguiram cargos de gerencias em seus respectivos trabalhos, maior visibilidade nos grupos de faculdade e trabalho e um senso de liderança, o que é muito saudável numa sociedade em que cada um faz apenas a própria parte e olha só para o próprio umbigo.



Por hoje era isso! Se puderem deixem um comentário ou alguma sugestão de melhoria e exponham seus Stick points para podermos ter material para o futuro.

Abraço!

Labrador,eu quero te parabenizar por este artigo.:D Não sei se hoje,em 2016,você já fez textos falando sobre outros temas, mas vou falar o meu Sticking Point: saber o que dizer. No momento,deixo de abordar HBs por não saber o que dizer. Não confiar que,na hora H,o cérebro se vira (sim,sei também que existem materiais nessa área de "como e o que conversar").
Sorte e sucesso para tu,irmão.
Abraços.
newlife

Veterano - nível 3

#1004687
Rayan escreveu:Excelente texto, sou iniciante, é o primeiro artigo que eu leio. E pelo que eu estou percebendo o negócio é enfrentar mesmo o medo de abordar. Vou criar coragem e começar a abordar. O problema no meu caso é que nao lido bem com a rejeição, alguma dica quanto a isso?

Fala,Rayan,jóia? Eu também tenho esse mesmo problema que você. No entanto, nas vezes em que fui rejeitado, eu procurei tornar isso algo impessoal. Você consegue isso quando deixa de focar no resultado em si e foca no seu jogo (ver onde errou e onde acertou).
Sucesso aí,companheiro.
Abraços.