Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
brunomarques

Aprendiz

#1089185 cara, você está certo em terminar, pelo seu texto dá pra ver que ela é daquelas que quer curtir na custas dos outros, seja pelos pais ou namorados, você estaria disposto a bancar isso, não né, então

Agora a questão é desapegar, distrair a cabeça, um término recente é ruim quando se ainda tem sentimento, mas foca, vai fazer outras coisas e logo você nem lembrará dela.
Avatar pua
gameplayer - DOADOR

PUA Avançado

#1089186
Rica Villa escreveu:
adrian_1000 escreveu: Durante os últimos meses de namoro eu estava estudando pra concurso, não tinha dinheiro, não tinha serviço (era um meio homem)


Esse é o mais importante. Você sabe que se ficasse naquela vida anterior não seria um homem por inteiro. Ela fazendo parte disso, com certeza no momento que você achasse a plenitude se daria conta disso. E se não se desse conta, o que você descobriu agora seria dentro da sua casa. A mulher que você achava diferenciada iria esta usando do seu esforço para ser feliz.
Não se engane, embora eu ache que as proporções de homens ruins e mulheres ruins sejam iguais. O homem tem a grande vantagem de poder perceber isso quando as encontra. É só reparar no quanto o sonho delas depende do que você trás para a relação. Por isso tem muito homem calhorda fugindo da relação com mulher independente. Principalmente por saber que seu dinheiro não vai valer nada na hora que ela quiser cair fora.
Não construa seu valore pensando se a mulher presta ou não. Apenas observe como ela é e toda verdade será revelada.
Toda vez que abrir um livro lembre que todos esses paus que ela está chupando aparentam ser uma vitória pessoal. quando na verdade a descoberta desta personalidade dela é a sua vitória, por algo que teria ficado desconhecido.
Na hora que você passar e começar a trabalhar, outras que pensam como ela(e até mesmo ela) aparecerão com o mesmo papo e estratégia. Então você vai entender pq o pessoal que tem grana não dá a mínima para mulheres como ela. Lembre que tem mais um monte de mulheres disfarçadas como ela. E um monte de homens que vivem da grana da família como se fossem deles, e que não pensam como você, que um homem sem vida própria é meio-homem. Junte a isso que uma mulher sem vida própria(sem dinheiro e sem serviço) também é uma meio-mulher. E você vai querer juntar algo com meia-mulher?


Cara, muito legal seu comentário, vejo que você mudou muito a forma como trata e responde as pessoas. Antigamente via seus comentários sempre tentando atingir as pessoas de alguma forma ou colocar críticas onde muitas vezes o que faltava pra pessoa era só um pouco de motivação. Nesse seu comentário deu pra ver que ao invés de criticar o cara ou coisa do tipo, você analisou friamente e deu um conselho de amigo, de verdade, parabéns por isso!
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1089193
gameplayer escreveu:
Cara, muito legal seu comentário, vejo que você mudou muito a forma como trata e responde as pessoas. Antigamente via seus comentários sempre tentando atingir as pessoas de alguma forma ou colocar críticas onde muitas vezes o que faltava pra pessoa era só um pouco de motivação. Nesse seu comentário deu pra ver que ao invés de criticar o cara ou coisa do tipo, você analisou friamente e deu um conselho de amigo, de verdade, parabéns por isso!


Não sei se eu mudei. Pode até ser. Ainda acho que algumas pessoas tem que aproveitar o anonimato para aceitar que precisam crescer. Não ter pudores ao entrar aqui e conta sua história. Alguns precisam acordar e ser direto é necessário. Errado estão em pedir conselhos e não quererem ouvir o que cada um acha.
O ponto importante no conselho aqui, é que ele vai para uma pessoa que sabe que precisa se esforçar para ser alguém na vida. Não existe fórmula mágica nem nada. Temos que nos livrar dos perdedores que colocam a culpa nas mulheres por não conseguirem nada. E também daqueles que consideram-se tão especiais que as "coisinhas" que eles seguram mais que uma semana são especiais e merecem ser reconquistadas.
De qualquer forma é preciso exaltar a sorte de alguém que vai curtir a vida(sim, se preparar para o futuro é curtir a vida) e se livrou de uma encrenca.