Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

>>Psychokiller<<

Entusiasta

#878483 A beleza e as ações femininas mostrada na mídia são cada vez mais artificiais e fabricadas. Podemos começar a falar da beleza, que ao contrário do que muitos pensam, até hoje ninguém conseguiu provar existir um padrão universal e objetivo que escape da influência do julgamento humano. Os ideais mudam conforme o tempo e o lugar e variam de acordo com as necessidades e imposições sociais.

É o próprio ser humano, influenciado pelo ambiente a sua volta que julga o que numa mulher é bonito ou não.

A beleza é criada pelo ser humano, mas ele não precisa ser escravo de sua criação. No período do renascimento ser gorda de acordo com a cultura da época significava saúde e riqueza, e por consequência beleza, as magras que hoje são consideradas bonitas na época eram consideradas feias, as pessoas que não se enquadravam mas acreditavam neste ideal como realmente sendo o representante do bonito e se esforçavam em consegui-lo sem sucesso se sentiam mal, assim como as mulheres, e também os homens de hoje se sentem, quando tentam se enquadrar sem sucesso a um perfil do qual eles estão longe.

Porém hoje está mais difícil do que nunca, principalmente para as mulheres, já que ao contrário do período renascentista, se conseguia o corpo ideal de forma natural, o perfil hoje tido como ideal é impossível de ser conseguido de qualquer forma.

Aquilo que vemos na mídia, e que é por ela imposto como belo é totalmente fabricado, as mulheres que na mídia são mostradas possuem um corpo totalmente modelado por intervenções cirúrgicas, pelo o uso de drogas sintéticas, musculação exagerada, assim como também o é o uso da maquiagem e dos cremes de beleza.

Além destes fatores, que já deixam um perfil como este impossível de ser alcançado de maneira natural, existe ainda as técnicas de filmagem e fotografia que aplicadas por especialistas, com muito cuidado e combinação com as modelos interferem bastante no resultado final. Não obstante ainda existem os efeitos visuais, onde nas fotos se chama photoshop, e nos vídeos efeitos especiais, que são capazes de transformar ainda mais o resultado final.

A beleza física final é quase que toda artificial e fabricada, não restando quase nada de natural da própria mulher, e o ideal por si só ali apresentado, é impossível de ser alcançado por qualquer mulher na vida real.

Apesar deste ideal artificial ser impossível de ser alcançado e não ser nada saudável como mostrado pela mídia, as mulheres acreditam que ele deve ser alcançado sim, e que representa saúde e beleza, e vão em busca dele sem sucesso, onde como resultante vem os problemas de baixa auto-estima e depressão quando nos casos mais graves.

Não obstante a beleza que a sociedade impõe ser fabricada e impossível de ser alcançada, o é também as emoções, sensações e ações que as modelos apresentam na TV, nas revistas e etc.

Por traz dos filmes, comerciais e propagandas onde mulheres deslumbrantes (artificialmente claro) aparecem sendo intensas, sensuais, corajosas, confiantes e interessantes é tudo fruto de roteiro, ensaio e auxilio de técnicas de filmagem e fotografia. Tudo neste ambiente controlado conspira a favor para que a mulher com aquele ideal especifico de beleza apresente todas estas qualidades atraentes, e pela mídia todas estas qualidades são associadas a este perfil de beleza, como se as qualidades viessem dai.

Primeiro que estas qualidades vem de dentro, e não de fora, logo uma mulher ter um tipo especifico de ideal de beleza não quer dizer que ela seja intensa, sensual, corajosa, confiante e interessante. Apesar do fator externo influenciar na maneira como nos sentimos e agimos ele não é determinante, e nosso estado mental e nossas ações que deles surgem que determinam o quão positivos serão nossas qualidades demonstradas em nossas ações.

A maioria das mulheres que se aproximam fisicamente do ideal imposto pela sociedade (se aproximam, pois nenhuma é capaz de alcançar um ideal fabricado e artificial) não possuem quase nenhuma qualidade interna atraente que possa se refletir em suas ações, logo elas frustram os homens e se frustram a si próprias por não conseguirem serem interessantes como se espera que elas sejam.

Além disso, nem mesmo as modelos que a sociedade usa nos comerciais, filmes e propagandas alcançam aqueles feitos na vida real, pois como dito antes, na mídia elas estão num ambiente controlado onde tudo conspira a seu favor, e todas as suas ações nem são imaginadas por ela, mas por um diretor, por um roteirista e por ai vai. Na vida real as suas ações não são nem 10% intensas e interessantes como são na mídia. No final das contas, elas são interessantes na mídia, mas não o são de verdade na vida real.

Isso torna também as ações intensas e interessantes das mulheres atraentes, também ações artificiais e quase impossíveis de serem reproduzidas vida real.

Somando-se isso, beleza e ações de mulheres atraentes como vimos na mídia são em sua maioria fabricadas e não naturais, não correspondem com a realidade.

Isso provoca frustrações nas mulheres que buscam a todo custo estes ideais de beleza física e de comportamentos interessantes, e não conseguem alcançá-los, evidentemente por serem impossíveis de serem alcançados.

E também nos homens, que se decepcionam depois de conhecer uma mulher bonita melhor, pois esperava que ela lhe proporcionasse as sensações e emoções que ele foi programado a crer que ela seria capaz de lhe proporcionar, mas na hora do vamos ver evidentemente não consegue.

É preciso entender que os ideais de beleza e mesmo dos comportamentos interessantes são fabricados e impostos pela sociedade e não são atraentes e interessantes em si mesmos, mas passam a ser a partir do momento em que aceitamos como certo a imposição social, e nos frustramos por não conseguimos alcançar estes ideais, que estão cada vez mais impossíveis de serem alcançados.

Mulheres e homens acabam sofrendo com isso, e é preciso sairmos dessa matrix social, e aprendermos a apreciar as pessoas com elas são naturalmente, e não a depender apenas daquilo que a mídia impõe como atraentes e interessante, para sentirmos prazer e apreciação.

Off topic:
Este meu artigo Tratado sobre a beleza e a atração sexual por Psycho demonstra um pouco mais sobre como a beleza é relativa a imposição sócio-cultural de cada época e lugar, em como o homem fabrica aquilo que é belo, e em como isso influencia as suas ações e sentimentos
Avatar pua
Zyzzz

Veterano - nível 9

#878503 A ilusão vendida na embalagem dos 'roteiros utópicos', talvez, quem sabe, seria uma de tantas outras fomas de ditarem o comportamento autêntico de cada. Uma forma de censura que quer a todo custo lhe reprimir da sua verdadeira essência, o seu pensar, o seu sentir, o seu fazer nesse mundo, fazendo-o sucumbir ao padrão que julgaram como a ser seguido, não deixando-o espirar novamente do 'oxigênio' que um dia chegou a usufruir na sua fase mais pura em sua vida, até então.. Obrigando-o a respirar as toxidades que o levaram a perdição.

A beleza é apenas mais um de tantos outros porquês e poréns que o próprio homem em um contexto geral, insiste em colocar em sua vida, pelo simples prazer doentio em ter o que julgar, sem ao menos ter um dia se auto julgado..
Essa falsa ilusão de onipotência a todo custo está saindo fora de controle( já saiu desde quando pensou em se conseguir), de quem um dia pensou em tê-lo.
Uma beleza que tem uma de suas mil faces, uma delas, a cara da "liberdade", mas que liberdade é essa que te faz ser um escravo dos ideais do poder vazio de quem tenta controla-lo, em forma de buscar o que um dia teve, mas que por desdenho, o perdeu, por livre e espontânea vontade..?

O que esperar de um ser, que mal lhe compreende a si próprio, querer por pura presunção achar no direito de ditar a vida do seu semelhante? Esse caos que vemos todos os dias, é a encarnação do ego corrompido do homem que se materializou tornando-se na sua própria destruição.

Complexidades a parte, a relatividade da beleza, ser ou não ser, eis a questão(?), seria apenas um de inúmeros outros "atalhos" que o homem em sua busca incessante, ousa em seguir para assim pensando em conseguir ter enfim, a sua verdadeira 'paz de espírito'.. Mas mal sabe ele que seus "atalhos" apenas lhe fazem desviar daquilo que um dia chegou a ter em abundância, mas que hoje não beira nada mais que um breve desvaneio entre seus escassos sonhos em meio ao seus constantes pesadelos.

A artificialidade de um ser que busca à perfeição, mas que já nasceu perfeito!

Enfim, e quanto ao seu post, excelente!!! Parabéns, Psychokiller! Mandou muito bem em cada letra!

Abs.
Avatar pua
Instint0

MEMBRO PROFISSIONAL

#878512 Olá Psycokiller Abraço cara...

Vejo muitas fotos antigas e penso "Antigamente so tinha mulher feia!" mas a realidade é que as mulheres da década de 90 eram extremamente desleixadas, hoje realmente a beleza se tornou algo comum mesma que artificial, não como a mídia apresenta, mas as mulheres passaram a ter um desejo em se cuidar mais, oque consequentemente aumentou o nível do macho alfa a qual elas procuram, deixando fora do quadro machos inferiores...

A consequência mais imblematica dessa beleza criada pela mídia é a frustração(como dito no seu artigo), seja ela por não alcançar o ideal imposto(mesmo que alcançado a mídia dará um jeito de modifica lo para que aquilo criado por eles seja raro), um exemplo recente foram as mulheres frutas, onde se tornaram moda, oque lotou academias e mulheres comuns começaram a chegar ao ideal, oque fez com que a mídia moldasse o ideal de mulher feminina e delicada, sem músculos.

A validação exterior é procurada a todo instante, de forma direcionada a um grupo, mas oque vemos é que as pessoas procuram a validação de tudo, sem que percebam estão perseguindo uma validação mundial, o querer ser aceito seja adquirindo a forma física ideal ou fazendo algo extraordinário, isso é oque as pessoas perseguem sem que percebam....

Isso faz comq eu as pessoas tentem moldar o seu ser para agradarem, deixando sua essência para fazer parte do grupo, para não ser excluído e sim aceito eles estão dispostos de forma inconsciente há se moldarem.

Mas o interessante é ver que o certo e errado acaba se modificando, fazendo com que os poucos que percebam essa modificação acredita ser natural...

Somos idiotas coletivos, pensamos coletivamente e achamos que somos especiais e que pensamos diferentes...
Avatar pua
Vasco

Aprendiz

#878520 Parabéns, cara! Muito bom o texto!
Sempre mantendo o padrão de qualidade dos posts!
Abraço!
Avatar pua
~Hipnotickin~

PUA Avançado

#878530 É engraçado como sua ideia parece com a minha, mas no meu caso eu coloco como a mídia hoje faz de tudo para fabricar bandas ou artistas para ganhar dinheiro.
A ideia de beleza se encaixa perfeitamente nesse contexto,pois a beleza hoje cada dia mais e mais caro para as mulheres a beleza se transformou em meio de ganhar dinheiro. É algo lucrativo para as grandes empresas.
Avatar pua
Vivacity

PUA EXPERT

#878980 Grande PsychoKiller. Você fez eu ter certeza que em certos momentos eu busco a aprovação das pessoas pelo o que eu estoua aparentando ser no momento. Seje pela roupa, pelo corpo, pelo estilo, enfim, ainda bem que sou consciente deste fato e sempre tento procurar melhorar para ver o que realmente está dentro de mim, a minha essência no caso. Muito interessante pensarmos sobre estes casos que cada vez são mais comuns durante o decorrer dos dias, e termos a plena consciência do que estamos fazendo e do que iremos fazer seja congruente com o que nós gostamos e desejamos futuramente.

Estou a um bom tempo sem participar do fórum, e realmente quando volto me deparo com um artigo muito bom como esse, é muito bom mesmo. Grande abraço irmão !
Avatar pua

Criador do tópico

>>Psychokiller<<

Entusiasta

#879466 Zyyz, realmente é um feedback muito profundo, algo para se refletir, valeu pelo complemento.

Instint0 escreveu:Olá Psycokiller Abraço cara...

Vejo muitas fotos antigas e penso "Antigamente so tinha mulher feia!" mas a realidade é que as mulheres da década de 90 eram extremamente desleixadas, hoje realmente a beleza se tornou algo comum mesma que artificial, não como a mídia apresenta, mas as mulheres passaram a ter um desejo em se cuidar mais, oque consequentemente aumentou o nível do macho alfa a qual elas procuram
Hehe, eu não diria que as mulheres de antigamente eram mais desleixadas, mas sim que os padrões de beleza bem como os de cuidado com a aparência, eram diferentes dos de hoje.

Por exemplo, a depilação total dos pelos pubianos, na qual hoje virou um padrão de beleza adotado por quase todos os grupos sociais como um ideal de beleza, era na década de 90 algo associado a garotas de programa ou simplesmente ignorado, a depilação tida como ideal era a parcial, ou seja os padrões tidos como ideal de depilação eram outros.

Foi no Brasil que se tornou moda a depilação total dos pelos pubianos, graças aos buquines cada vez menores, onde para não deixar pelos aparecendo teve-se que aumentar a área de alcance da depilação, até se chegar a depilação total. A depilação total como ideal de beleza depois se espalhou pelo mundo.

O mesmo podemos dizer de várias outras coisas, como o penteado e o cuidado com o cabelo. Fotos ou vídeos de mulheres do início das décadas de 90 mostram penteado com muito volume, que na época eram moda, enquanto hoje os penteados são bem diferentes, o cabelo possui em geral muito menos volume, as chapinhas e escovas por exemplo entraram na moda.

Assim como a maquiagem e as roupas que também mudaram, quase tudo mudou pra falar a verdade, então não quer dizer que as mulheres de antes eram desleixadas, mas sim que os padrões de beleza eram outros.

Instint0 escreveu:A consequência mais imblematica dessa beleza criada pela mídia é a frustração(como dito no seu artigo), seja ela por não alcançar o ideal imposto(mesmo que alcançado a mídia dará um jeito de modifica lo para que aquilo criado por eles seja raro), um exemplo recente foram as mulheres frutas, onde se tornaram moda, oque lotou academias e mulheres comuns começaram a chegar ao ideal, oque fez com que a mídia moldasse o ideal de mulher feminina e delicada, sem músculos.
Sim verdade, parece que quando as mulheres começam a alcançar um ideal com certa facilidade a industria da beleza o muda novamente, para continuar a manter o mercado agitado. E o mais incrível disso tudo é a facilidade da mídia em manipular nossos valores e crenças, ao ponto de por exemplo, com menos de dois anos impor um novo ideal de beleza, e a maior parte esmagadora da sociedade não só acreditar neste ideal, como também se esforçar em consegui-lo.

E a questão é que os ideais de beleza construído hoje, não importa de qual segmento, se é o das passarelas, das revistas, das academias e etc, é que ambos, aliados as modificações visuais digitais e com a necessidade dos meios sintéticos e cirúrgicos para consegui-los, se tornaram praticamente impossíveis de serem alcançados, onde a frustração se torna quase que um resultado inevitável, mesmo para aqueles que estão mais próximo dos padrões tido como ideais (como as modelos usadas nos comerciais), nunca os alcançam satisfatoriamente como projetado pela mídia com suas alterações visuais digitais (photoshoop no caso das fotos e efeitos especiais no caso dos vídeos).

Instint0 escreveu:A validação exterior é procurada a todo instante, de forma direcionada a um grupo, mas oque vemos é que as pessoas procuram a validação de tudo, sem que percebam estão perseguindo uma validação mundial, o querer ser aceito seja adquirindo a forma física ideal ou fazendo algo extraordinário, isso é oque as pessoas perseguem sem que percebam....
Realmente, como dito por ti, e com dito por mim também. Além deste ideal de beleza física, que é imposto pelos meios de comunicação, também é imposto um ideal de comportamento e atitudes, que de acordo com a mídia representaria o ideal, que seria capaz de produzir resultados incríveis, como a atração sexual numa outra pessoa por exemplo. Estes ideais de comportamento são geralmente criados nos filmes, comerciais de TV e etc., porem são praticamente impossíveis de serem reproduzidos na vida real, e mesmo quando possíveis, depois de grande esforço para reproduzi-los, nem sempre são capazes de levarem aos resultados mostrados pela mídia, o que novamente gera ainda mais frustração para aqueles que são escravos e manipulados por estes ideais.

Instint0 escreveu:Isso faz com que as pessoas tentem moldar o seu ser para agradarem, deixando sua essência para fazer parte do grupo, para não ser excluído e sim aceito eles estão dispostos de forma inconsciente há se moldarem.
Sim, isso é muito verdadeiro, tentam se adequar para não se sentirem excluídos ou inadequados, mas como os ideais e padrões imaginados são impossíveis de serem alcançados, eles nunca poderão se sentir perfeitamente adequados ou pertencentes aquele grupo especifico ao qual eles perseguem, ou seja, mais frustração e mais decepção.

Instint0 escreveu:Mas o interessante é ver que o certo e errado acaba se modificando, fazendo com que os poucos que percebam essa modificação acredita ser natural...

Somos idiotas coletivos, pensamos coletivamente e achamos que somos especiais e que pensamos diferentes...
Sim, a sociedade lhes tratam com amarras, manipulando as pessoas como marionetes, lhes dando papeis a desempenharem, como se eles apenas seguissem aquilo para o qual seu estereótipo se enquadra as imposições da sociedade. Os que percebem esta mudança e conseguem sair das amarras da sociedade podem ao invés de se esforcarem em se adaptarem e enquadrarem, adaptam ambiente e a sociedade a si mesmos, estes ao invés de seguirem tendências qual não estão de acordo com eles, criam tendências e fazem o mundo gostarem delas.

Por isso eu gosto de dizer, vocês querem ser aqueles que se esforçam em seguir o grupo, as tendências, ideais e padrões socialmente impostos, mesmo quando estes estão longe do seu perfil, e lhe exigirá grande esforço e frustrações para se aproximar dele, ou preferem ser aqueles que ao invés de tentarem se enquadrar ao mundo, transformam o mundo a suas próprias necessidades, ao invés de seguir tendências, ideais e padrões, criam e ditam tendência se novos ideais?

Eu prefiro ser o segundo grupo, o que cria e adapta o mundo a si mesmo, e não o que sofre em tentar se adaptar as tendências do mundo.

Vivacity escreveu:Grande PsychoKiller. Você fez eu ter certeza que em certos momentos eu busco a aprovação das pessoas pelo o que eu estoua aparentando ser no momento. Seje pela roupa, pelo corpo, pelo estilo, enfim, ainda bem que sou consciente deste fato e sempre tento procurar melhorar para ver o que realmente está dentro de mim, a minha essência no caso. Muito interessante pensarmos sobre estes casos que cada vez são mais comuns durante o decorrer dos dias, e termos a plena consciência do que estamos fazendo e do que iremos fazer seja congruente com o que nós gostamos e desejamos futuramente.

Estou a um bom tempo sem participar do fórum, e realmente quando volto me deparo com um artigo muito bom como esse, é muito bom mesmo. Grande abraço irmão !
É isso ai cara, mais importante do que buscar aprovação pela maneira que pensamos ser a certa, e nos esforçamos em nos enquadrar nela, principalmente quando esta envolve fatores externos mutáveis e relativos, como roupa, corpo e etc., não é um caminho muito estável. O mais importante é trabalhar o estado interno e estar sempre confiante, entusiasmado e corajosos, disposto a conseguir resultados positivos e preparados para resultados não tão positivos assim, independente da maneira como você esteja vestido e etc., independente do que a outra pessoa pensará de você etc. O importante é se sentir o cara, e ir atrás do que você quer, confiantemente, e corajosamente.

Obrigado a todos os outros que comentaram!

:ae
Avatar pua
Ale Nogueira

Aprendiz

#977333 Acho que aí que tá a resposta do caso onde os valentões das escolas fazem bullying com os nerds, já que nos filmes o estereótipo para se ter um círculo de amigos extensos e se dar bem com as mulheres é agir rebeldemente, e o outro que convence o cara que ele é solitário e que as mulheres o vêem como um fracassado, e o pior é que a gente sem perceber pode se enquadrar e aceitar isso por inúmeras repetições com os filmes ... Vlw pelo post!