Artigos e Técnicas com base em PNL ou Hipnose.
Não necessariamente voltada a sedução
P.Schelotto

Veterano - nível 10

#1008320 Bacana vocês colocarem a opiniãod e vocês, como disse o 4992, isso enriquece bastante o tópico, então vamos lá.
Opfq, mas então, tudo bem você gerar atração nela, e depois induzi-la ao beijo, gerar rapport também, até usando PNL para isso, não tem problema algum. A questão é como você vai fazer isso. Você pode ancorar sentimentos positivos nela, você pode fazer com que ela sinta atraida por você.
O problema é, estou fazendo uma apresentação de hipnose de rua, como já fiz várias, ou de palco mesmo(Que tem a mesma lógica), chamo uma HB que está na plateia, a induzo ao transe, e sugestiono para ela me dar um beijo, isso ai não pode. Partindo do mesmo pressuposto, estou na clínica, tirando um medo ou fobia dela, implanto memórias falsas nela, como as quais a gente transando no meu consultório, e ancoro sentimentos positivos quando ela lembra dessa transa que não ocorreu. Vocês conseguem imaginar o quão sacana isso é?
Apesar da PNL ser uma modelagem da Hipnose Ericksoniana, e andarem bem juntas, não confundam as duas coisas. O anti-ético aqui é você induzir alguém ao transe e sugestionar alguma coisa a pessoa, implantar memórias falsas e etc...

Agora respondendo ao 4992
Então cara, normalmente eu uso a PNL. Se eu utilizar a Hipnose no processo da sedução, é mais uma demonstração de valor, como as mágicas que o Mystery fazia. Quando estou em um churrasco, em uma festa(que seja propícia para isso, no bar, e principalmente na rua, eu sempre faço minhas apresentações, chamo uma pessoa, a induzo ao transe, faço ela esquecer o nome, deixo ela colada na cadeira, faço ela vê alguma celebridade, e posso te dizer o seguinte... Como eu comecei a estudar a hipnose a muito tempo, eu já fiz isso incontáveis vezes e em 100% das vezes, formou uma roda ao redor de mim, e quando a roda ta formada, você começa seu show... "Todo mundo em volta, entrelaça os dedos, agora o dedo de vocês vão ficar completamente colados", e a partir dai, você vai chamando as pessoas mais sugestionáveis no momento, coisa de 1 a 2 segundos, essas pessoas estão em transe, e você tem um show formado... ao final do show, forma-se uma roda em volta de você, te perguntando como você aprendeu, a quanto tempo você faz, você se torna o destaque do local. Quantas pessoas no Brasil sabem hipnose? 1%? 0,5%? Deu até uma popularizada por causa do Pyong, mas muita gente sabe os conceitos, mas não sabe aplicar, as vezes sabe, mas não tem confiança. Uma coisa eu prometo a ti, se você fizer um show em qualquer ambiente, você se torna o cara mais interessante do local.
Hoje em dia, continuo fazendo minhas apresentações na rua de vez em quando, mas meu foco ta sendo mais clínico, 300 reais uma consulta de Hipnoterapeuta, normalmente tiro o domingo para atender, mas sempre que posso, ainda faço umas brincadeiras nos parques aqui da cidade.

Mas bacana demais, a discussão ta massa, cada um tem um ponto de vista diferente, e assim, vamos alimentando tópicos cada vez melhores no PUAbase
abração galera, qualquer duvida, só dizer.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Opqf

PUA Avançado

#1008331 Muito bom Schelotto, concordo contigo. Esse negócio de aplicar assim num âmbito muito público é complicado. Só aplicaria um padrão num local claramente reservado. Intimidade sexual é intimidade sexual, e não há nada melhor para se criar tensão sexual do que isso. Falando nisso, quero uma ordem de materiais que você me sugeriu.

Já li Introdução a Programação Neurolinguística, Guia de PNL, Como fazer amigos e influenciar pessoas, Sapos e Príncipes e, agora, estou lendo Atravessando, para me aperfeiçoar nos scripts e padrões. Depois disso pretendo ler Ressignificando, para ressignificar e tratar minhas crenças limitantes possíveis. Tem algum material que possa auxiliar nisso? Não quero algo relacionado a hipnose de palco, mas algo relacionado a comunicação, crescimento de carisma e liderança. Algo aplicado a administração de empresas, psicologia aplicada à recursos humanos.

Obrigado!
Avatar pua
Gui understand

Veterano - nível 10

#1008386 Obrigado pela recomendação... com certeza eu vou dar uma olhada, lida e aprendida ( :louco ).
Agora sobre usar hipnose para conseguir alguma coisa a mais com uma hb, vou apenas deixar uma pergunta para vocês, GOSTARIAM QUE UM GAY, ATRAVÉS DA HIPNOSE, FIZESSEM VOCÊS DAR/LAMBER/BEIJAR ELES?
Abraço
Avatar pua
Opqf

PUA Avançado

#1008393
Gui understand escreveu:Obrigado pela recomendação... com certeza eu vou dar uma olhada, lida e aprendida ( :louco ).
Agora sobre usar hipnose para conseguir alguma coisa a mais com uma hb, vou apenas deixar uma pergunta para vocês, GOSTARIAM QUE UM GAY, ATRAVÉS DA HIPNOSE, FIZESSEM VOCÊS DAR/LAMBER/BEIJAR ELES?
Abraço


Então quer dizer que o Don Juan está errado em utilizar hipnose para seduzir mulheres? Discordo.

Eu diria que mais de 90% das interações de paquera possuem algum traço hipnótico (seja ela consciente ou inconscientemente), o MM então tem MUITOS PADRÕES hipnóticos (inclusive cita o rapport, então tem muita PNL), como: linguagem negativa (Os famosos NEG's, nada mais são do que isso), falsa pista de tempo como fixador de atenção...então isso é meio ilógico. Com a PNL, nesse caso, o homossexual teria que fazer diversas situações para apaixonar um homem, ainda que somos mais lógicos que emocionais. Fora que, o Homossexual tende a procurar alguém que tenha certa tendência para um relacionamento homossexual, é algo bem mais complexo. Teria que despertar um desejo já pré-existente no cara e de MUITO, mas MUITO rapport e atração. Fora que, para induzir ao transe, é preciso possuir um rapport profundo (a partir daí vem a questão do estudo de linguagem corporal, despertar o interesse na outra pessoa, e muitos outros fatores envolvidos. Hipnose pode ser instantânea, mas isso nem sempre acontece).



Só pra servir como exemplo, somos hipnotizados constantemente pela televisão, internet e até mesmo por pessoas comuns que utilizam diversos padrões hipnóticos sem nunca terem tocado num livro de PNL. A PNL te leva da incompetência inconsciente na comunicação, para uma competência consciente (e, melhor, inconsciente). Quer um exemplo de competência inconsciente de padrões de linguagem hipnóticas (induz a confusão mental) de um ALPHA que nunca tocou num livro de PNL (ou será que tocou? :lingua ):

tao-esperada-lista-dos-neg-dados-pelo-meu-mestre-natural-t57473.html

- Se você parar pra pensar e analisar ele segue sempre um mesmo padrão: concorda ou elogia a HB no início da interação para gerar rapport e a desarma, logo depois utiliza-se de linguagem negativa e desaprovação (o famoso Puxa-empurra), atrelada a um comportamento bem assertivo através de uma leitura fria bem eficiente e clichê que ele improvisa em cima da HB. E aí?

Lembrando: Hipnose está totalmente ligada a comunicação, por isso costumo dizer que ela é um "boost" para uma comunicação muito mais eficiente.

Abração!
Editado pela última vez por Opqf em 08 Jul 2016, 22:01, no total de 3 vez
Avatar pua
Hórus

Aprendiz

#1008398 Hey brow, valeu, eu já conhecia esse canal e é muito bom mesmo, e o livro o arquivo não está mais disponível, provavelmente tiraram por causa dos direitos autorais, será que você pode colocar o arquivo online de novo? Valeu! :ae
P.Schelotto

Veterano - nível 10

#1008987
Opqf escreveu:Muito bom Schelotto, concordo contigo. Esse negócio de aplicar assim num âmbito muito público é complicado. Só aplicaria um padrão num local claramente reservado. Intimidade sexual é intimidade sexual, e não há nada melhor para se criar tensão sexual do que isso. Falando nisso, quero uma ordem de materiais que você me sugeriu.

Já li Introdução a Programação Neurolinguística, Guia de PNL, Como fazer amigos e influenciar pessoas, Sapos e Príncipes e, agora, estou lendo Atravessando, para me aperfeiçoar nos scripts e padrões. Depois disso pretendo ler Ressignificando, para ressignificar e tratar minhas crenças limitantes possíveis. Tem algum material que possa auxiliar nisso? Não quero algo relacionado a hipnose de palco, mas algo relacionado a comunicação, crescimento de carisma e liderança. Algo aplicado a administração de empresas, psicologia aplicada à recursos humanos.

Obrigado!


Fala Opqf, malz a demora, então, sobre liderança e administração, "O monge e o executivo" é um livro impressionante, ele não abertamente sobre PNL, mas tem muita coisa da PNL aplicada a liderança. Minha recomendação é a leitura de todos os livros do Bandler, mas algo mais pontual,"A estrutura da magia" é sensacional. E depois desses, pode ler o "O homem de fevereiro" do Milton Erickson, que é sobre Hipnose, mas sabemos, que a PNL é a modelagem da Hipnose Ericksoniana.
Avatar pua
Gafanhoto

Veterano - nível 8

#1009130 Sem dúvidas uma das postagens mais interessantes que encontrei no fórum. O efeito hipnótico é maravilhoso, seja por sua construção técnica ou pelos resultados obtidos, e como já citado por aqui, deve ser usado com extremo respeito ao próximo, seja em uma demonstração ou em um tratamento clínico etc.

Não faça ao próximo o que não aprovaria para si. Esta é a máxima que carrego quando uso qualquer padrão de PNL ou hipnose.

Para complementar, deixo a dica de um livro que preenche "algumas lacunas" sobre comportamento mental. É um material mais do que esclarecedor, e como qualquer outro, precisa ser absorvido enquanto é filtrado.

O melhor sobre isso é poder usar-se como laboratório de pesquisas.

Link: http://lelivros.xyz/book/download-super ... obi-e-pdf/
ggog

Aprendiz

#1009157 Otimo topico, com discussões construtivas e muito conhecimento sobre o tema.
Conheço muito pouco sobre hipnose, mas sempre tive curiosidade de saber como funciona, obrigado por compartilhar os materiais.