Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua
Dr. Cafajeste

PUA EXPERT

#900898 Saudações prezados, Titã e [email protected]

Respeito o ponto de vista dos dois, em algumas situações, depende do cenário para analisar e julgar o que é certo ou errado. Vejamos:

Titã escreveu:- Primeira regra: NUNCA PERGUNTE SE ELA TEM NAMORADO. IGNORE E A TRATE COMO SE NÃO TIVESSE.


Esta primeira regra é fundamental para usar com HB's solteiras mesmo. Se perguntar se uma HB tem namorado é o mesmo que acionar o escudo de defesa dela.

[email protected] escreveu:[i][i]Venho em nome de tudo e todos que já ajudei nesse fórum para emitir uma nota de repúdio a este artigo (ao título especificamente).


Sou totalmente contra seduzir ou conquistar mulheres compromissadas, mas isso é muito relativo e depende do cenário / contexto. (se fazer isso para o bem ou mau).

Lado Mau: Seria utilizar tal conhecimento para conquistar uma HB que tá feliz com seu namoro. (Seria injustiça fazer isso apenas por prazer ou hobby)

Lado Bom: Seduzir ou conquistar uma HB que demonstrar estar infeliz no seu namoro / relacionamento. Desde que tenha o interesse sincero e responsabilidade para ajudá-la a se libertar de tal circunstância e assumir algo sério com a mesma.

Falo isso por experiência própria, há algum tempo conheci uma HB que namorava um cara que realmente não a merecia (ele a maltratava, era viciado, sem perspectiva de futuro). Esse HB era nota 10, além de inteligente, divertida, meiga, enfim uma pessoa maravilhosa e começou a me dar todos os IDI's. Passava até no meu serviço para me ver e conversar comigo, tinha uma magia e uma química muito forte, mas por entender ser errado, não tive nada com ela, nem um um KC.

Resultado é que depois de um tempo essa HB foi morar com esse cara e depois terminaram, enfim eu gostava sinceramente desta HB e poderia ter feito ela muito feliz, ela também queria isso, mas não fiz. (hoje me arrependo por isso)

Então tudo é relativo, quando falamos em uma arma pode ser usada para o bem ou para o mal (depende da pessoa que possui).

Grande abraço,


Dr. Cafa

ANÚNCIOS

Haprendiz

Aprendiz

#900902 Titã obrigado por compartilhar esse texto, se for de sua autoria parabéns!

Leve na esportiva as criticas de alguns. Muitos puas escrevem aqui no fórum visando compartilhar conhecimento de experiências pessoais e de alguma forma são "tesourados" ou ignorados. Alguns caras escrevem o famoso texto "6 por meia dúzia" e são ovacionados, faz parte...

Já aconteceu o mesmo comigo em outro nickname: compendio-pua-iniciante-ambiente-religioso-t92957.html, fiquei meio constrangido muitas visualizações e zero sugestões, sensação de "cometi um crime ao escrever isso" :rolf

Abraço.
Avatar pua
HolyEternal

Veterano - nível 2

#900913 Titã posta ótimas dicas e conselhos aqui no fórum, eu mesmo sempre faço questão de ler seus temas.

O que comentei aqui foi para todos os que se interessam em "assediar" mulheres comprometidas, se esse é o intuito de alguns então sugiro outro fórum, já que nesses o nosso principal objetivo é evoluir como Homens.

"No fim somos todos homens mortos, não podemos escolher como más podemos decidir como encontrar o fim, para sermos lembrados como...Homens"
Avatar pua
luorhan

Veterano - nível 4

#900919
LecoQ. escreveu:6- Na MINHA opinião, caras que ficam de mimimi sobre este assunto, são nada mais nada menos que caras inseguros e que cagam de medo que algum bonitão chegue e tome suas mulheres. Por isto esse discursozinho. O cara que se empenha em agradar suas mulheres num nível em que não pode ser batido, sempre as terá ali mesmo que centenas as rodeiem.



Nossa, não sei nem começar por onde eu discordo.. kkkk, sinceramente cara, acho totalmente compreensível seu ponto de vista, mas também aposto que você tem menos de 18 anos e que ainda não teve nenhuma responsabilidade real.

Infelizmente muitos crescem quebrando a cara, outros crescem tendo responsabilidades(que é o meu caso).. com o tempo você vê que existem mais coisas na vida do que só "pegar mulher". Você acaba vendo que no final das contas você quer ter uma família, filhos, e tal. Com o tempo você cresce e começa a se colocar mais no lugar dos outros. Aquela pedra que você tacava na casa dos outros (ou qualquer outro lugar é só um exemplo p você entender) e ria disso, depois que você trabalha você não acha mais graça porque você entende o valor do dinheiro. (Lembrando DENOVO, que é só um exemplo).

Agora vamo lá, você tem família correto ? (se não, me desculpe eu não sabia ;/) Então imagine que chegue alguém usando essas dicas pra romper algum tipo de relacionamento da sua família, tipo tia e tio, MÃE E PAI, me diga, você ia gostar ?

É desse tipo de "homens" que infelizmente o PUABASE tá cheio, e que infelizmente porcausa desses muitos, nós PUAs de verdade somos tachados no mundo lá fora de aproveitadores, de mentirosos, de que só quer pegar mulher.

É foda, é como já dizia o Mystery, PU não é só sobre pegar mulheres..

Espero que não se ofenda e leve como uma crítica construtiva, valeu e abraços !
Haprendiz

Aprendiz

#900941
Dr. Cafajeste escreveu:Saudações prezados, Titã e [email protected]

Respeito o ponto de vista dos dois, em algumas situações, depende do cenário para analisar e julgar o que é certo ou errado. Vejamos:

Titã escreveu:- Primeira regra: NUNCA PERGUNTE SE ELA TEM NAMORADO. IGNORE E A TRATE COMO SE NÃO TIVESSE.


Esta primeira regra é fundamental para usar com HB's solteiras mesmo. Se perguntar se uma HB tem namorado é o mesmo que acionar o escudo de defesa dela.

[email protected] escreveu:[i][i]Venho em nome de tudo e todos que já ajudei nesse fórum para emitir uma nota de repúdio a este artigo (ao título especificamente).


Sou totalmente contra seduzir ou conquistar mulheres compromissadas, mas isso é muito relativo e depende do cenário / contexto. (se fazer isso para o bem ou mau).

Lado Mau: Seria utilizar tal conhecimento para conquistar uma HB que tá feliz com seu namoro. (Seria injustiça fazer isso apenas por prazer ou hobby)

Lado Bom: Seduzir ou conquistar uma HB que demonstrar estar infeliz no seu namoro / relacionamento. Desde que tenha o interesse sincero e responsabilidade para ajudá-la a se libertar de tal circunstância e assumir algo sério com a mesma.

Falo isso por experiência própria, há algum tempo conheci uma HB que namorava um cara que realmente não a merecia (ele a maltratava, era viciado, sem perspectiva de futuro). Esse HB era nota 10, além de inteligente, divertida, meiga, enfim uma pessoa maravilhosa e começou a me dar todos os IDI's. Passava até no meu serviço para me ver e conversar comigo, tinha uma magia e uma química muito forte, mas por entender ser errado, não tive nada com ela, nem um um KC.

Resultado é que depois de um tempo essa HB foi morar com esse cara e depois terminaram, enfim eu gostava sinceramente desta HB e poderia ter feito ela muito feliz, ela também queria isso, mas não fiz. (hoje me arrependo por isso)

Então tudo é relativo, quando falamos em uma arma pode ser usada para o bem ou para o mal (depende da pessoa que possui).

Grande abraço,


Dr. Cafa


Muito bacana seu relato Dr. Cafajeste.

É tudo relativo mesmo, depende das pessoas e da situação.

Abraço.
Avatar pua

Criador do tópico

Titã

PUA EXPERT

#901043
LecoQ. escreveu:Fala titã, blz cara?

6- Na MINHA opinião, caras que ficam de mimimi sobre este assunto, são nada mais nada menos que caras inseguros e que cagam de medo que algum bonitão chegue e tome suas mulheres. Por isto esse discursozinho. O cara que se empenha em agradar suas mulheres num nível em que não pode ser batido, sempre as terá ali mesmo que centenas as rodeiem.

enfim, espero ter contribuído titã.



HolyEternal escreveu:Titã posta ótimas dicas e conselhos aqui no fórum, eu mesmo sempre faço questão de ler seus temas.



Boa noite LecoQ e Dr. cafajeste, e obrigado HolyEternal!
Eu não acho que tenho o direito de agir como Juiz e julgar o comportamento e ações das pessoas. Tenho meus princípios e ideais. O conhecimento ou a ignorância é uma escolha bem como o que fazer com ambos. O artigo fornece informações sobre o tema. Há os que aprovam, há os que desaprovam. E assim caminha a humanidade....
Editado pela última vez por Titã em 01 Jul 2014, 00:00, num total de 1 vezes
Avatar pua

Criador do tópico

Titã

PUA EXPERT

#901044
Haprendiz escreveu:Titã obrigado por compartilhar esse texto, se for de sua autoria parabéns!

Leve na esportiva as criticas de alguns. Muitos puas escrevem aqui no fórum visando compartilhar conhecimento de experiências pessoais e de alguma forma são "tesourados" ou ignorados. Alguns caras escrevem o famoso texto "6 por meia dúzia" e são ovacionados, faz parte...


Obrigado Haprendiz. Acho importante escrever artigos com conteúdo e que sejam fáceis de serem entendidos. Concordo com você que as pessoas na maioria são superficiais e tem preguiça de serem densos e profundos. Meus textos não são para esses caras. Quanto a serem 'ignorados e tesourados' respeito o direito que os caras tem de fazerem suas próprias escolhas, concordando ou não.
O que posso lhe garantir é que só escrevo o que já testei.
Aos que desejarem usar certamente serão beneficiados.
Avatar pua

Criador do tópico

Titã

PUA EXPERT

#901047
jhon erick escreveu:opa Titã

vi que a galera te julgo um pouco
entendo o que eles abordaram...acho que a sua intençao foi de ajudar msm sendo um assunto polemico ....

abraçoss


Tranquilo Jhon erick! Obrigado pelo apoio. Não se pode agradar à todos mesmo em assuntos simples, oxalá em assuntos que mexem com corações feridos, inseguranças, princípios, etc.

Há apenas uma maneira de não receber críticas: não fale nada, não pense nada e não seja ninguém.

Forte abraço!
LecoQ. - MEMBRO EXCLUSIVO
#901427
luorhan escreveu:
LecoQ. escreveu:6- Na MINHA opinião, caras que ficam de mimimi sobre este assunto, são nada mais nada menos que caras inseguros e que cagam de medo que algum bonitão chegue e tome suas mulheres. Por isto esse discursozinho. O cara que se empenha em agradar suas mulheres num nível em que não pode ser batido, sempre as terá ali mesmo que centenas as rodeiem.



Nossa, não sei nem começar por onde eu discordo.. kkkk, sinceramente cara, acho totalmente compreensível seu ponto de vista, mas também aposto que você tem menos de 18 anos e que ainda não teve nenhuma responsabilidade real.

Você acaba vendo que no final das contas você quer ter uma família, filhos, e tal. Com o tempo você cresce e começa a se colocar mais no lugar dos outros.

Agora vamo lá, você tem família correto ? (se não, me desculpe eu não sabia ;/) Então imagine que chegue alguém usando essas dicas pra romper algum tipo de relacionamento da sua família, tipo tia e tio, MÃE E PAI, me diga, você ia gostar ?

É desse tipo de "homens" que infelizmente o PUABASE tá cheio, e que infelizmente porcausa desses muitos, nós PUAs de verdade somos tachados no mundo lá fora de aproveitadores, de mentirosos, de que só quer pegar mulher.

É foda, é como já dizia o Mystery, PU não é só sobre pegar mulheres..

Espero que não se ofenda e leve como uma crítica construtiva, valeu e abraços !



Não me ofendi, é sua opinião e tem direito de expressa-la.
Primeiro, tenho 24 anos, já tive namoros de 3 anos e um de 2, coordeno uma equipe de treinamento de vendedores, estou me formando em psicologia e por isto trabalho em 2 ONGs simultaneamente como projetos de complementação, meu pai sempre foi um bosta financeiramente falando pq sempre punha o nosso dinheiro fora em bebidas, (sim, ele é um bosta e não me venham com demagogia sobre "ahh ele é seu pai, blablabla" Exato, é meu pai e eu que sei como é ser filho dele, não você, logo, quem julga ele sou eu) entre outros projetos nos quais estou envolvido, não como liderança ativa mas como um dos. Digo isso tudo para dizer que SIM, já experimentei o peso da responsabilidade e o experimento cada dia mais. Só não entendo onde você quer chegar com o fato de eu ser a favor em ficar com mulheres casadas com responsabilidade.

Em relação a se colocar no lugar dos outros, talvez devesse refletir mais sobre o que isso significa. Só para expor isso responderei sua pergunta.
Se alguém usando dessas técnicas seduzisse minha mãe por exemplo, eu ficaria de ABSURDO feliz por ela na idade em que se encontra experimente aventura, alegrias, e prazeres que um relacionamento pode trazer. Se depois durasse ou não, não sou eu quem julgo bom ou ruim, a vida é DELA! Eu seria egoísta travestido de moralista se dissesse que eu não quero que ela se envolva com alguém por que isso destruiria a família! EGOISTA!
Se eu me coloco no lugar dela como você mesmo sugeriu eu devo ficar feliz com QUALQUER decisão que ela tome, afinal, se aquilo agrada ela eu devo me contentar, concordando ou não!
Acho curioso esses discursos moralistas, a ultima coisa em que pensam é no desejo do outro, pensam sempre no desejo que ele tem e projeta no outro. Antes dela ser "MINHA MÃE", ela é um ser humano livre, dono de si, com desejos e anseios próprios e que não é propriedade de NINGUÉM. Ela não é MINHA mãe, não é esposa DO meu pai, não é irmã DA minha tia, NÃO! Ela não é posse! Não sou eu quem decido o que é melhor pra ela! Apenas fico feliz por conviver com alguém a quem amo tanto.

Em relação a PUA eu nem vou me aprofundar, não sou PUA, não quero ser, e estou pouquíssimo preocupado com a imagem que passam.

E não, pegar mulheres casadas não é sobre pegar mulher, é sobre estar com alguém, com um indivíduo, um ser humano, que toma suas próprias decisões e que DECIDIU por si próprio largar um relacionamento "dito sério" por uma "aventura" porque esse SER HUMANO (e não a mulher de alguém) julgou que ter uma aventura nesse momento era melhor pra ela do que ter um relacionamento sério. Eu a louvo por ser livre e escolher o que a sociedade julga errado enquanto ela sabe que é o que ela realmente quer!

Só pra finalizar, críticas construtivas são aquelas que seguem o padrão: Isto pode ser prejudicial para você ----> causas daquilo que é prejudicial ----> Soluções alternativas ----> checagem se confere com a identidade do ouvinte ----> resignificação ou reforço.
Vir e dizer apenas o que pensa é desabafo e não crítica construtiva, que aliás, desabafar foi o que fiz, sentindo-me justificado pelo seu desabafo primeiro.
Abraço!
beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#902169 Li este tópico um tempo atrás, e achei que valia a pena refletir um pouco antes de postar uma opinião. Eu acho que o conhecimento deve estar disponível. Se as pessoas vão utilizá-lo com responsabilidade ou não, vai de cada um.

A maioria aqui sabe como o cafajeste "clássico" funciona. Dá um ótimo sexo pra mulher, promete mundos e fundos. Depois pisa nela. Depois repete o ciclo. A mulher fica presa num ciclo de emoções fortes que oscilam entre céu e inferno. Funciona? Sim, testado e aprovado por milhares de homens ao longo dos séculos. Eu vou fazer isso? Não. Não é necessário agir desta forma, embora seja inegável que é mais fácil obter resultados assim.

Porém, eventualmente seduzir uma mulher para que ela traia contigo pode ser uma boa coisa na vida dela. Vou ilustrar com um exemplo pessoal. Conheci uma mulher uma vez, ficamos e depois ela voltou para o estado dela. Passaram-se quase dois anos, mantive um contato esporádico pelo facebook. Quando por acaso fui viajar para a cidade dela, entrei em contato. Descobri que ela estava namorando, mas mesmo assim nos vimos, e tivemos uma identificação profunda, muito maior do que eu tinha sentido dois anos atrás. Talvez porque naquela época não conversamos muito.

Ela tinha uma namoro péssimo. O cara não a tratava mal, mas não levava pra sair, não fazia nada de diferente com ela, não dava importância a ela. Nos vimos durante os dias em que eu estava na cidade, e apesar da enorme atração mútua, eu gostava de simplesmente poder falar com ela, tamanha a identificação. Eu sabia que ela estava atraída também só que se segurava por causa do namorado. Não era uma friendzone. No terceiro dia marcamos de ir numa boate e aí não deu pra segurar, acabamos nos pegando lá.

Ela ficou se sentindo culpada depois, falei pra ela que não se sentisse assim porque em momento nenhum traiu a si mesma. Ela também sabia que eu não ia virar namorado dela, porque desde o início fui sincero sobre minha forma de viver. Depois que eu fui embora, ela tentou mais um pouco o namoro, mas viu que aquilo realmente tava muito ruim, e terminou.

Hoje ela é uma das minhas RMLP que eu gosto mais, embora só a veja as vezes, por morar em outro estado. As vezes marcamos viagens juntos. Então posso dizer que foi positivo o que aconteceu, ela parece muito mais feliz do que quando a reencontrei.

Ah então o negócio é partir pra cima das compromissadas? Óbvio que não. É um caminho que pode te levar, num caso mais extremo, a acabar morto por um beta doido destes. Não deve ser prioridade nossa ir atrás destas mulheres que escolheram este tipo de relacionamento. Mas ao mesmo tempo, não vejo porque a informação não deve estar disponível.