Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua

Criador do tópico

Detective

Aprendiz

#1071249 Não quero postar isso como mais um relato de desabafo (que tem vários aqui) ou expor meus problemas.. fuck that shit! Eu quero postar isso pois não tem nada que eu queira mais atualmente do que me desenvolver pessoalmente e obviamente evoluir tanto no PUA tanto na vida.. mas o que me impede disso? Bom, vamos lá (já aviso que vai ser um pouco longo, eu preciso detalhar para que entendam perfeitamente)..

O que me impede de evoluir? A resposta simples e rápida: sintomas físicos de alguma merda psicologica, não sei se é depressão ou fobia.. mas isso está aqui!

De forma resumida eu sempre fui um cara introvertido, isso não era problema. Por conta disso era muito bobo e sofri bullying na adolescencia. Minha vida começou a mudar a partir daí, minhas habilidades sociais sumiran, comecei a falar baixo, e ter medo de falar em publico e ter medo de ser o centro das atenções, medo de abordar as hbs.. eu era um medroso.

Atualmente, eu estou prestes a fazer 18 anos, nunca fiz um curso, não trabalho e vivo com essa coisa chamada de medo. Nem de casa eu saio.. apenas escola e sabe o que eu faço o dia inteiro? Leio livros e artigos de crescimento pessoal e nunca ajo pra mudar de vida.

Anthony Robbis diz no livro Desperte o Gigante interior que temos o poder da decisão, todos nós, que uma decisão é composta por uma idéia (algo que voce deseja) e a ação imediata.
É tão simples, mas eu não consigo mudar.

Nesses dias eu tenho me sentido frustrado e triste por isso. Não posso sair de casa pois os sintomas fisicos atacam (sensação de tontura, boca seca) alem de achar que os outros estão me observando. E se eu tiver uma depressão? Ou uma ansiedade social?

Se um problema interfere na sua vida e rotina, algo deve ser feito, e eu me decidi a mudar pois isso compromete minha qualidade de vida..

Você não tem ideia do quão frustrante as aulas terem voltado e eu não conseguir falar com ninguem, de falar e nao ser ouvido ou ignorado, de ver aquela hb e não conseguir abordar ela, de poder estar trabalhando e não fazer isso.. eu tive duas oportunidades de encontro nessas ferias e não consegui ir (Leia meu relato sobre a Milf, por sinal ela ainda esta disponivel pra mim, disse que é só eu chamar).. e então chega a noite e eu assisto um pornozinho relax e pratico masturbaçao.. Depois vou ao forum da NoFAP relatar: Recaí e bla bla bla
Eu já cometi a façanha de bater e gozar 3x seguidas. Sim, e isso é motivo de orgulho? Não po**a!

Meus familiares não sabem do meu sofrimento e não acho que entenderiam, então estou sozinho pelo menos no início.. por isso vim buscar ajuda aqui

Eu sei que não tem psicologos, terapeutas ou psiquiatras aqui.. pode até ter, mas o ponto é que essa é uma comunidade de desenvolvimento, evolução e todos estão aqui para ajudar.. o que eu quero é saber o que fazer, por onde começar? Em vista da minha condição atual.

Atualmente tenho lido livros, estudado inglês e agora descobri um app voltado a meu problema, ele é tipo o desafio Stylelife e cria desafios, muito bom..

Esse relato vai ser uma porta, sei que no futuro farei um relato falando da minha evolução, e poderei motivar aqueles que tiverem o mesmo problema ou condição :)

ANÚNCIOS

Avatar pua
loaksec

Aprendiz

#1071256 Na 3 serie do fundamental foi excluido pelos meus "amigos" e zombado por eles, foi assim até o oitavo ano.

Super tímido, só tinha pego 2 mulheres mais ou menos na minha vida, era totalmente inseguro, e não sabia o que fazer .
Algumas garotas até davam encima de mim de sacanagem. e riam porque eu ficava envergonhado.
Era zombado por todos, super imaturo, e incrivelmente eu era bonito.

Uma garota uma vez falou "Eu até daria pra ele , mas ele é lerdão"

Isso faz 2 anos.

Eu era um merda, minha vontade era de ser pegador, pegar todas.

Hoje, eu fico com varias, ja peguei 15 esse ano, fiz um beijo quintuplo esse mes, tenho varios contatos.

Sinceramente, sempre quero evoluir mais.

Sempre erramos em alguma coisa sempre da pra melhorar.

Cara, apartir do momento que eu percebi que tudo não passa de uma merda e eu quero que as pessoas se ***** , eu comecei a me mecher.

Você e timido porque? Porque uns merdas falam merdas de você?

Hoje em dia se alguém ousa me zuar (raro) eu dou um soco na cara na mesma hora.
Você merece respeito, não deixe ninguem botar o dedo na tua cara e dizer o que você pode ou não pode.

VAI E FAZ,
porque amanha você pode não estar aqui, você pode dormir hoje e não acordar mais.

então fodasse o que pensarem de você, seja feliz.

Você é a prioridade, queria dar umas dicas e um texto mais incentivador mas a garota que eu to ficando não para de me ligar.

valeu maninho! abraço! daqui a uns meses irei ver seus avanços, ninguém começa de cima!
Avatar pua
loaksec

Aprendiz

#1071257 Dicas valiosas:

-Pratique musculação.

Porque? primeiro que você vai ficar mais atraente, vai aumentar sua autoestima (comprovado).

Se alimente bem, faça academia, mas faça direito, com uma serie bem implementada e tudo mais.

Serio, vai mudar sua vida, confia em mim.

-Faça um esporte radical ou artes marciais

Skate, Surf, Muay Thai, Karate.

Além de aprender a se defender, melhorar a autoestima e confiança, você se diverte, sai de casa, faz amigos, e ainda mais mano! Esportes radicais envolvem superação, então é ótimo!

vai mudar sua vida também! e se for com musculação! é melhor ainda!

Hahahahaaha.

- Cuide de sua aparência.

Compre roupas novas que combinem com seu estilo ( se nao tem um estilo foda arranje um).

Cuide de todo seu corpo.

- Melhore sua postura.

Peito estufado , ombros pra trás, voz suave, e olhe pra frente sempre.

Ao fazer isso aumenta sua autoconfiança.

- Socialize mais.

Você vai perder a timidez quando vai fazendo mais amigos, isso se torna natural.

Eu no caso, sou estilo surfista/skatista pois pratico os dois esportes.

Sucesso!
Gorious

Aprendiz

#1071262 Bom meu caro..

Pelo seu relato por incrível que pareça você está no meio do caminho uma vez que devemos trabalhar mente, corpo e espirito - essa parte espiritual prefiro não tocar pois é algo muito pessoal. No entanto, pelo seu relato dá a entender que você estuda bastante o que é bom. Parabéns. Continue assim. Agora vamos falar do seu corpo: como o colega acima sugeriu, praticar algum esporte e exercícios podem ajudar. Não se limite a isso, cuide da sua alimentação também. Você comentou que tem suspeita de depressão... Há alimentos que auxiliam no combate a essa doença.. que podem te deixar mais estimulado.. Caso o problema for muito sério busque ajuda especializada, mas medicação somente em último caso para não correr o risco de ficar dependente.

Bom como o tema do seu relato é como evoluir como pessoa, vou comentar brevemente sobre como foi a minha evolução uma vez que tive praticamente os mesmos problemas na adolescência, hoje estou com 25 anos.
Bom, na sua idade minha rotina era praticamente a mesma casa>escola-escola>casa. Mas tinha interesse em estudar. Até que resolvi fazer um curso técnico de Logística pois na epoca (2009) ouvi falar que seria a profissão do futuro - mesmo sem nunca ter ouvido falar o termo. Durante o curso conheci varias pessoas "mais evoluidas e decididas" e o meio que você convive acaba te influenciando também, nisso ja pensei nas faculdades publicas ao inves das privadas.. mas nao consegui.. entao fiz outro curso tecnico, conheci mais pessoas ainda, novos professores que me deram o direcionamento melhor e ao terminar o curso consegui ingressar numa faculdade publica respeitada. Ja dentro da faculdade aconteceu a mesma coisa que no tecnico, o meio que vc convive te influencia, nisso ja comecei a pensar em pos graduação em novas areas de atuação. Surgiu um emprego na area de logistica numa multinacional e ali tambem conheci varias pessoas.. no começo você é timido, mas em pouco tempo de interação voce acaba tendo uma boa convivencia. Nesse meio tempo quando estava trabalhando e quase terminando a faculdade precisei iniciar um tratamento de hemodialise.. e aí comecei a ter uma recaida pois é desanimador mudar toda sua rotina por conta de uma doença. Mas consegui terminar a faculdade, inclusive comecei outra de engenharia. Nesse meio tempo mesmo com o tratamento, mesmo tem um braço fodido pelas agulhadas consegui pegar varias HB's e ter 2 relacionamentos longos (sendo que atualmente continuo namorando ). Atualmente estamos juntando dinheiro para comprar uma casa para morar junto, casar enfim... apesar de tudo a vida continua. Caso acontecer de terminarmos - espero que não aconteça - vou ter uma grana para investir e milhares de HB's para conquistar.

Sempre pense positivo e aja com convicção que as coisas vão dar certo.

No mais, um abraço e boa sorte na sua jornada de evolução < aqui pareceu ate uma cena de Pokemon :rolf :rolf :rolf >
Avatar pua
gameplayer - DOADOR

PUA Avançado

#1071281 Cara, passei por algo parecido, sofri bullying no ultimo ano do fundamental e fiquei praticamente sem amigos (saia com eles, mas eles só me zombavam). O que fiz? Comecei a investir pesado em esportes e musculação, isso naturalmente aumentou minha confiaça e fez as pessoas começarem a me respeitar mais. Em segundo lugar, mudei minha mentalidade e comecei a agir como se fosse um cara extremamente popular, calmo e bem sucedido (conversar com hbs, estudar muito sobre musculação, só tirar 10 na escola, impor respeito com meus "amigos", etc...). Isso virou uma bola de neve, hoje msm não sendo popular (não quero dar de afobado forçando convrsa com pessoas que não tenho interesse ou com todos que vejo na frente), praticamente todos me respeitam e admiram
Avatar pua

Criador do tópico

Detective

Aprendiz

#1071297
loaksec escreveu:Na 3 serie do fundamental foi excluido pelos meus "amigos" ....

Sua história é inspiradora, ainda vou fazer vários ménages com hbs 9 e 10 kk
Mas agora estou curioso, a partir do momento que você parou de ligar para a opnião alheia e começou a agir, foi quando o curso da sua vida começou a se endireitar?
(Aguardando resposta)

loaksec escreveu:Dicas valiosas: -Pratique musculação. -Faça um esporte radical ou artes marciais Compre roupas novas que combinem com seu estilo ( se nao tem um estilo foda arranje um). Cuide de todo seu corpo. - Melhore sua postura. Peito estufado , ombros pra trás, voz suave, e olhe pra frente sempre. Ao fazer isso aumenta sua autoconfiança. - Socialize mais. Você vai perder a timidez quando vai fazendo mais amigos, isso se torna natural. Eu no caso, sou estilo surfista/skatista pois pratico os dois esportes. Sucesso!


Essas dicas serão implementadas no meu novo padrão de vida. tenho bastante vontade de fazer musculação e alguma luta, além de dança.. o corpo não nasceu para ficar parado e além disso, ajuda e muito na cura de doenças psicologicas como a depressão.. Vlw msm

Gorious escreveu:Bom meu caro.. Pelo seu relato por incrível que pareça você está no meio do caminho uma vez que devemos ...


Um pokemon? Isso é um sinal kkk
Acredito que eu precise mesmo de um profissional cara porque fiz uns testes e indicaram que tenho alguma coisa, como ansiedade social.. mas a opnião de um médico seria o essencial, pra saber o que estou enfrentando e qual o melhor tratamento.. e estou lendo o livro Desperte deu gigante interior como mencionei antes, e ele diz que existem 5 areas a serem controladas na vida, e a primeira delas é o Controle Emocional.. e depois o Físico. Futuramente vou fazer um curso técnico tambem, mas pra isso devo trabalhar né :rolf
Obrigado pelas palavras e boa sorte nesse relacionamento aí

gameplayer escreveu:Cara, passei por algo parecido, sofri bullying no ultimo ano do fundamental e fiquei praticamente sem amigos (saia com eles, mas eles só me zombavam). O que fiz? Comecei a investir pesado em esportes e musculação, isso naturalmente aumentou minha confiaça e fez as pessoas começarem a me respeitar mais. Em segundo lugar, mudei minha mentalidade e comecei a agir como se fosse um cara extremamente popular, calmo e bem sucedido (conversar com hbs, estudar muito sobre musculação, só tirar 10 na escola, impor respeito com meus "amigos", etc...). Isso virou uma bola de neve, hoje msm não sendo popular (não quero dar de afobado forçando convrsa com pessoas que não tenho interesse ou com todos que vejo na frente), praticamente todos me respeitam e admiram


Parece que a musculação ajuda bastante, tanto físico como emocional. Quero começar, mas pra isso devo estar trabalhando (e para isso eu devo vencer desafios). Meu problema no social é alem dessa ansiedade a voz cara, todos dizem que tenho voz de locutor mas na hora de falar, ninguém escuta nada kk e isso atrapalha bastante.. mas estou fazendo exercicios pra voz.. Aguarde porque vou chegar no seu nível ainda hein?

Bom pessoal. com base nessas mensagens concluí que primeiro devo ir a um psicologo, e ter o diagnóstico, entender do que eu sofro. Na medida que eu me trato deselvolvo meu social proof, ir me soltando mais, não dar o f**** ** para a opnião alheia. Começar a trabalhar pra poder pagar uma academia, além de comprar roupas novas e etc e futuramente fazer um curso técnico na área que eu gosto..

Continuem comentando. esse espaço aqui pode ser útil para outros também...
25ruca

Veterano - nível 9

#1071310 Cara, para mim é ansiedade social. Eu já sofri dessa merda até final de 2016. Eu literalmente sofria dores de cabeça e extremas dores de barriga toda a hora em que eu estava na escola sem saber o porquê (a única vez que saia de casa). E ia cagar uma diarreia sempre que chegava em casa. Desde o final de 2015 no final do ano lectivo até final de 2016 eu só ficava em casa tipo um hikikomori porque eu ODIAVA e NÃO AGUENTAVA interacções sociais. Desde que eu era criança desde a pré-escola/escolinha que eu era bulinado fisicamete ou mentalmente (socialmente) em TODOS, literalmente em TODOS os lugares em que estava, seja em casa com meus pais, na natação, com meus amigos, com meus primos, minha família, em toda a escola primária (de 6 até 12 anos), na natação... menos no judo. E por eu ter ficado dentro de casa a fugir de toda essa merda aquele miudo com uma timidez extrema ficou com uma anxiedade social fodida porque ele só conseguia ser ele mesmo em casa no quarto ou só na cabeça dele e nem com os pais dele conseguia estar comfortável toda a hora pelo trauma que ele tem pela forma que lhe criaram ou melhor não lhe criaram, só lhe batiam e lhe diziam o que não deveria fazer (a sério eu não me lembro de quando eu tive uma conversa normal com os meus pais não ser sobre escola e essas coisas, e mesmo que ele me leve a passear quando criança e tal, eu ainda vejo meu pai como um estranho), parece que eles são adolescentes com um sistema emocional em desenvolvimento, pouca inteligência e maturidade emocional, e que acordaram um dia com o corpo, responsabilidades e maneirismos de um adulto. E por ficar em casa na internet todo o dia em Agosto de 2016 eu descobri o PUA. E fiquei por meses no meio da rua a stalkear pessoas sem actulmente falar com ninguém e raramente conseguir falar com alguém até o início do ano letivo de 2017 em fevereiro e decidi parar de dar uma porra para alguém e o que qualquer pessoa pensa e começei a focar em ser o eu da minha cabeça e a me divertir, rir e ser feliz, sem me preocupar com colegas (isso acabou fazendo hb's ficarem atraídas por mim) o que me fez entrar ''na zona'' e fez com que a minha anxiedade desaparecesse. E quando saia da escola, eu usava o facto de estar ''na zona'' para abordar algumas hb's no caminho de casa porquê você não sente AA quando você está na zona. E comecei a abordar algumas(mas poucas) vezes a ficar acostumado a abordar e nesse tempo fui forçado a sair de casa e ir para um casamento e estava timido e fiquei no meu telefone como minha carapuça, mas depois decidi tacar o foda-se e ir dançar, deixar se levar sem medo e se divertir e entrei na zona e foi a primeira vez que relaxei e fiquei sem ansiedade e fiquei focado no momento e mais nada. Depois eu fiquei viciado nessa experiência e procurei em como entrar ''na zona''. Na verdade o que aconteceu primeiro foi o casamento depois eu decidi tacar o foda-se na escola. O resto da história fica para outro dia...

Mas deixando isso de lado. Oque você deve se focar agora é parar de pensar muito. Não parar de pensar porque não consegue pensar, parar de pensar porque você quer parar de pensar. Você deve diminuir a sua ansiedade e seus pensamentos negativos. Uma coisa que você deve fazer imediatamente é começar a meditar e pesquisar como meditar, para que você fique mais calmo, com pensamentos mais felizes e fica mais facil de se focar no momento e não se deixar levar pelos pensamentos. E também tenta se desafiar e expressar um pouco mais da sua real personalidade e se divertir mesmo que sozinho. E gritar no meio da rua ou fazer coisas que voltem a atenção das pessoas para ti dessa forma também me ajudou a se acostumar com a pressão social.
Edmilson M

Aprendiz

#1071318 Eu te entendo, eu passo exatamente pelo mesmo problema, mas tento mudar isso saindo praticar, até já comecei a fazer o desafio stylelife, tenho 17 anos, como não tenho muito tempo(escola) saiu 2 por semana.

Tens que enfrentar teus demónios,
Se não superares isso bro... vai te efectar pela vida toda.
Avatar pua

Criador do tópico

Detective

Aprendiz

#1071370
25ruca escreveu:Cara, para mim é ansiedade social ....

Sua história é motivadora, sinto uma empatia muito grande, foi basicamente o que eu vivi só que com roteiro diferente.

E isso que você disse sobre pensar fala no livro O Poder do Agora, chegou a ler ele rs?
O livro diz que devemos parar de pensar, chegar a um estado assim, que futuro e passado não existem a não ser dentro da mente.. e não é que é verdade.

Com zona você diz que se sentia a vontade e bem com o ambiente e o que estava fazendo, essa seria a zona?

Edmilson M escreveu:Eu te entendo, eu passo exatamente pelo mesmo problema, mas tento mudar isso saindo praticar, até já comecei a fazer o desafio stylelife, tenho 17 anos, como não tenho muito tempo(escola) saiu 2 por semana.

Tens que enfrentar teus demónios,
Se não superares isso bro... vai te efectar pela vida toda.


Eu tentei o Stylelife uma vez, mas parei no dia que tem que perguntar opnião de uma roupa (4 ou 5) não lembro
Mas esse desafio é um tapa na ansiedade social, ele te coloca pra fora da zona de conforto e te faz fazer coisas que antes considerava impossíveis que é abordar as mulheres..
Eu vou voltar a fazê-lo, só preciso me programar

E eu vou superar isso ;)
25ruca

Veterano - nível 9

#1071426 Sim isso mesmo. Eu primeiro tirei esse nome de um manga (banda desenhada japonesa) de baskete chamado kuroko no basket onde retratavam uma situação similar ao que eu experienciava mas de uma forma um pouco fantasiosa (porque bem... era um manga) e no contexto do basket e chamavam por esse nome. E aparentemente é assim que o chamam de verdade de estar na zona ou entrar no estado de fluxo. Depois eu ouvi da RSD a explicar o mesmo termo com as mesmas palavras de ''estar na zona'' e entrar no estado de fluxo. Aparentemente é um fenómeno psicológico verdadeiro ( aqui está a definição de fluxo da wikipedia: https ://pt. wikipedia . org/wiki/Fluxo_(psicologia) ). Até tem um livro em inglês que fala sobre como entrar nesse estado.

E aqui está uma animação sobre esse manga com um personagem ''na zona'' :
Aqui está um jogador verdadeiro de basket na zona:

E nunca li O Poder do Agora mas já ouvi falar.