Artigos sobre sedução e afins. Tópicos com 60 dias sem resposta vão para área de Arquivos. Não poste dúvidas nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Doctorkx

Veterano - nível 9

#1065969 Jogos Emocionais

Meu primeiro post aqui pessoal, então perdoem os erros.

Quando tiver duvida acerca do comportamento dela, fique na sua, não na dela.


É difícil separar as mulheres que fazem isso de forma consciente das inconscientes, mas não impossível. Eu mesmo tenho dificuldades em separar essas pessoas já que uma é uma jogadora fantástica e a outra ou é uma jogadora fantástica ou é totalmente inconsciente do que está fazendo. Deixar claro, não são todas as mulheres que jogam, mas eu também não encontrei uma que não joga-se. Não me entendam errado, até mesmo nós homens fazemos estes jogos. Então não é algo apenas das mulheres.

Eis o que elas podem fazer para deixar os homens loucos, em dúvidas e perdidos de amor por elas:

Dar uma de difícil
: demorar para responder SMS, evitar ligar pra ti, sumir do mata, mesmo na interação a mulher pode fazer diversos testes contigo, como puxa e empurra, entre outros.

Elogiar e Criar expectativas: O tão famoso discurso de maturidade que nos faz pensar que a mulher possui o tipo de perfil que sempre sonhávamos, desta forma nos deixa louc quando descobrimos que não tão verdadeiro o que elas diziam, mas aí é tarde para voltar atrás, no caso de já estar envolvimento em um relacionamento.

Pedir favores e fazer Chantagens: Pode acontecer de duas formas, ela negar algo até obter o que quer, ou te dar algo (como bom sexo, carinho, atenção, dengo do anda) assim pedindo algo que quer (sabendo que ficamos mais ‘calmos’ após recebermos o que queremos).

Provocar ciúmes: Está é uma ótima arma para ativar em nós o apego, quanto mais ciúmes demonstramos, mais nos adentramos na dependência, desta forma ficamos cegos para qualquer verdade, podendo perder o controle e assim dando poderes para a mulher no relacionamento.

Se fazer de boba, usar lágrimas: desta forma a mulher se fazendo de ‘frágil’ ativa o lado protetor do homem, desta forma obtendo atenção, carinho de seu homem.

Doenças ou dores:
Quando não querem algo ou não estão afim de fazer algo contigo, ao invés de disserem que não querem nos complicam ao dizer que estão com dores ou que estão doentes (nem todas, as vezes acontece de ser dor mesmo).

Apelos emocionais e sexuais: Quando percebem que o homem não caiu em nada do que ela fez, e percebem que seu homem está para se rebelar, elas faram de tudo para que o homem se renda, desta forma oferecendo sexo ou te tratando muito bem, para que tu penses que é você que está exagerando, desta forma caindo no ciclo da dor. O homem fica dócil, a mulher volta a ser uma peso. O homem começa a se revoltar, a mulher se torna o amor da vida do cara. Minha dica é não se
acomode.

Quando o homem aprisionou-se pela paixão, a mulher ruim para se relacionar o atormentará com dúvidas, são outros tipos de infernos emocionais conhecidos, quando o homem é aprisionado pelos sentimentos:



*Não atendem as ligações, só espaçadamente *Negam sexo completamente
*Nunca nos dão a certeza da fidelidade; *Não cessam gentilezas com outros machos;
* Aumenta as fofocas e gabações pelos amigos; *Jamais deixam claro se ainda nos querem
*Furam nos encontros *São vitimistas
*Negam qualquer acusação em direção à infidelidade; *Falam como se não precisam mais de você e pudesse lhe largar a qualquer hora;

As estratégias Usadas contra esses jogos serão:

Ø Indiferença, Espelho, ultimato
Ø Mudar o humor, Usar o feitiço contra o feiticeiro

Indiferença ou ignore: Não se envolver com o estado emocional da mulher com carinho, doces, dengos, apenas ser indiferente e ignore o estado emocional da mulher, até que ela volte ao estado comum e racional.

Espelho: Devolver na mesma moeda o que a mulher faz contigo. Ela faz silêncio, faça silêncio também. Ela ignora, ignore também. Ela some, suma também.

Ultimato: Punir a mulher por algum comportamento que tu já tinha avisado que não gostava e não queria.

Mudar o humor: Não, você não vai fazê-la rir. A ideia é tira-la do humor destrutivo em que ela se encontra, tentando a levar a discussão para o lado racional sem impor o que quer de forma racional.

Usar o feitiço contra o feiticeiro: Entrar no jogo como se você soubesse do que se trata, deixando a mulher em dúvida sobre o que você sabe, desta forma ela entrará na discussão pelo lado racional, é aqui onde surgirá a chance de desmascarar a espertinha.

É muito importante entender que estar 80% certo sobre algo não te dá poder de estar totalmente certo sobre algo. Saiba admitir os 20% de erros e cobrar os 80% de certeza.

Evite se desculpar atoa, principalmente por algo que tu não fez. Admita o erro ou sua porcentagem de erro e saiba cobrar onde tu está certo.

Algumas pessoas pedem desculpas, mesmo não tendo culpa para se livrar logo do ‘problema’. A pessoa que se faz de vítima aceita as desculpas, mesmo sendo a culpada pelo que aconteceu. Aqui podem acontecer duas coisas:
1. A pessoa voltar contigo, mas agora com um poder ou dominando a relação;
2. A pessoa pedir um tempo ou espaço com algo do tipo: ‘não estou pronta para voltar contigo no momento’, ou seja, tu está preso, em um cárcere que você mesmo criou. A pessoa que se faz de vítima laça perfeitamente a verdadeira vítima, e está nem percebe.

Com estes jogos emocionais elas sabem ao certo até onde é o limite de seu homem. Os jogos são bem eficientes em saber até onde você pode suportar aguentar. Sabendo os seus limites, a pessoa em questão pode passar a usar essa informação para conseguir o que quer de você.

Muita mulher faz cachorradas com nós homens, mas só fazem porque nós permitimos e não nos impomos quando era preciso.


Amigos é isso. Não caiam nos jogos dessas espertinhas, que chamamos de mulheres imaturas. Uma vez dentro do jogo é GAME OVER.

Fiz esse topico com informações que peguei da internet, boa parte do site: http://bloggabrielmelo.amo puabase.com.br



ANÚNCIOS

Avatar pua
eric-mendes

Veterano - nível 9

#1066039 Muito bom tópico! É praticamente o mesmo assunto que postei lá no Lair, mas o tópico principal lá era a raiva.

Doctorkx escreveu:As estratégias Usadas contra esses jogos serão:

Ø Indiferença, Espelho, ultimato
Ø Mudar o humor, Usar o feitiço contra o feiticeiro

Indiferença ou ignore: Não se envolver com o estado emocional da mulher com carinho, doces, dengos, apenas ser indiferente e ignore o estado emocional da mulher, até que ela volte ao estado comum e racional.

Espelho: Devolver na mesma moeda o que a mulher faz contigo. Ela faz silêncio, faça silêncio também. Ela ignora, ignore também. Ela some, suma também.

Ultimato: Punir a mulher por algum comportamento que tu já tinha avisado que não gostava e não queria.

Mudar o humor: Não, você não vai fazê-la rir. A ideia é tira-la do humor destrutivo em que ela se encontra, tentando a levar a discussão para o lado racional sem impor o que quer de forma racional.

Usar o feitiço contra o feiticeiro: Entrar no jogo como se você soubesse do que se trata, deixando a mulher em dúvida sobre o que você sabe, desta forma ela entrará na discussão pelo lado racional, é aqui onde surgirá a chance de desmascarar a espertinha.


Boa! Aqui vão MINHAS experiências com cada um:

Indiferença ou ignore
: Não se envolver com o estado emocional da mulher com carinho, doces, dengos, apenas ser indiferente e ignore o estado emocional da mulher, até que ela volte ao estado comum e racional. Em determinados casos (quando FEZ algo que você não gostou) esse não é tão eficaz quanto os outros, pois ela vai usar mais chantagem emocional (quem cala consente) e vai lembrar disso em uma próxima oportunidade.

Espelho:
Devolver na mesma moeda o que a mulher faz contigo. Ela faz silêncio, faça silêncio também. Ela ignora, ignore também. Ela some, suma também. Esse é bom, mas geralmente tem que ser "explicado" mais tarde, pois elas (nas minhas experiências) não entendem o "troco" na mesma moeda.

Ultimato
: Punir a mulher por algum comportamento que tu já tinha avisado que não gostava e não queria. Esse é MUITO bom. Ou ela manda você se fuder, ou manda você fuder ela.

Mudar o humor
: Não, você não vai fazê-la rir. A ideia é tira-la do humor destrutivo em que ela se encontra, tentando a levar a discussão para o lado racional sem impor o que quer de forma racional. Esse é o pior de todos. Toda vez que você devolver "argumento" emocional (praticamente 100% do que as mulheres fala e agem) com um argumento racional, você se fode. É o que eu MENOS recomendo (NUNCA funcionou comigo).

Usar o feitiço contra o feiticeiro
: Entrar no jogo como se você soubesse do que se trata, deixando a mulher em dúvida sobre o que você sabe, desta forma ela entrará na discussão pelo lado racional, é aqui onde surgirá a chance de desmascarar a espertinha. O início funciona, mas o final não (boa sorte tentando debater racionalmente com uma mulher quando o assunto é relacionamento). O que funciona MUITO, seguindo a linha de usar o feitiço contra o feiticeiro, é distorcer o que ela fala. Ontem mesmo, assim que eu voltei da academia minha esposa falou "nossa demorou hoje hein... que treino é esse?". Aí eu já respondi na lata "é o mesmo treino de sempre... se quiser conferir vem comigo pra academia, mas não me acuse". Ela respondeu "eu não estava te acusando, estava só falando" (CLÁSSICO das mulheres, pqp) e eu retornei "está me acusando sim... e eu não gosto de ser acusado. Se quer ver, venha comigo pra academia". Ponto final... eu fui tomar banho e ela veio tomar banho junto comigo. Tiro e queda!

:legal
ENIAC

PUA Avançado

#1066100 O que tem me ferrado nos jogos é confundir shit test com a enrolação, as vezes, só percerbo que é uma enrolação bem la pra frente.


Belo artigo!
LK94_

Aprendiz

#1067067 brother,

to passando exatamente por essa situação, cai nesse joguinho de merda, foda é sair...Mas to trabalhando
muito obg pelas informaçoes

abraço