Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

The Supreme Artist - MEMBRO EXCLUSIVO
#625438
COMO MYSTERY ABRE SETS DE VERDADE
O Conceito de Sound Bites


By The Supreme Artist

Fala galera! :ae :ae :ae Ultimamente eu tenho implementado o uso de Sound Bites para abrir sets. O pessoal que leu meu RC (game-evolution-abrindo-sets-mistos-t60682.html ) me perguntou como funciona isso direito, me pediram mais detalhes e exemplos, então resolvi escrever esse “mini-artigo”

Ele é meio grande, então se quiser pule pra parte que te interessa. Fique à vontade (por exemplo: você já tá careca de saber o que é microcalibração e delivery e vc só quer exemplos de sound bites, então vá lá no final que tem o que vc quer, ok)

Então vamos ao que interessa! Boa leitura....

Enfim, quem é Mystery? Essa pergunta dispensa comentários. O que quase todos também sabem é que o Mystery Method ensina tradicionalmente Openers indiretos de opinião principalmente.

Apesar disso, o próprio Mystery não abre assim... o modo atual pelo qual o Mystery abre sets consiste no uso de Sound Bites + Delivery + Microcalibração em tempo real.


Este método vem sendo preconizado especialmente nos 2 últimos livros de Erik von Makovik (MARKOVIK, 2008; MARKOVIK, 2010). Aliás no último livro dele, "The Pickup Artists - The New And Improved Art of Seduction” (2010) tem um capítulo inteiro dedicado ao Sound Bite do Elvis Presley, que esmiúça mais sobre essa técnica de abrir sets, desmistificando a busca por um “Opener mágico”, explicando que o modo mais eficiente de abrir sets é com Sound Bites banais apoiados numa Delivery e Microcalibração bons. Quem animar, é uma boa e divertida leitura disponível no PUABase (eu não sei se já traduziram esse capítulo, eu achei foi o pdf em inglês mesmo).

Pois bem, vamos dissecar esses componentes. Essa técnica consiste em usar tudo isso (Sound Bites + Delivery + Microcalibração) ao mesmo tempo, mas com uma finalidade meramente didádica, analisaremos separadamente:

====================
I. MICROCALIBRAÇÃO
====================


Esse talvez seja o mais conhecido dos três. Mas ainda sim não vejo muita aplicação desse conceito nos RCs (não estou criticando ninguém, até porque mtos não jogam MM)

Esse conceito não é muito detalhado no livro clássico do MM, sendo mais abordado nos livros mais novos: “Revelations” e no “The Pickup Artist – The New And Improved Art of Pickup”

Para entender microcalibração, você precisa entender alguns conceitos básicos do pickup: (1) Indicadores de Interesse e de Desinteresse (IOI e IOD) (2) Demonstração de Valor Superior e Inferior (DHV e DLV) e Compliance Test. Se você é novato e ainda não conhece esses conceitos, sugiro fortemente que você primeiro se familiarize com eles lendo o Mystery Method Clássico (The Venusians Arts Handbook é excelente!).

Vou resumir bastante, pois não é meu foco detalhar muito microcalibração, e sim aplicá-la à abertura de sets com sound bites. Resumindo: todas as interações podem ser quebradas em (ou entendidas como) Indicadores de Interesse (IOI), indicadores de desinteresse (IOD) e Compliance Tests (CT). Só pra refrescar sua memória, Compliance Test é tudo que vc faz que a HB pode responder com um IOI ou um IOD (ex: você toca ela, ela pode te tocar de volta ou te dar mais atenção ou pode meio que se afastar de você). Também, o próprio Compliance test é um IOI. Exemplificando: quando vc estende a mão para a HB “pedindo a mão dela” para dar uma voltinha nela, vc está fazendo um compliance test. Quando vc faz isso, vc está mostrando interesse. Também quando vc manda uma rotina de DHV (demonstração de valor superior), você está mostrando interesse (o DHV é também um IOI do PUA para o Set na concepção corrente de Mystery).

Para nós nesse momento, o mais importante é que QUANDO VOCÊ ABRE UM SET, VOCÊ TAMBÉM ESTÁ DEMONSTRANDO INTERESSE!! Portanto, você está inevitavelmente dando um IOI para o set.

Enfim, microcalibrar, segundo o Mystery, é adicionar um IOD (indicador de DESINTERESSE) toda vez q vc mostrar interesse pra HB e vice versa (toda vez q vc mostrar desinteresse vc calibra com interesse). Exemplos práticos e simples: PUA “eu te odeio” (enquanto abraça ela calibrando desinteresse com interesse). Outro exemplo: quando vc abre um set vc está mostrando interesse, então vc microcalibra isso mostrando desinteresse com sua linguagem corporal. Esse é o princípio de abrir “pelo ombro”, com a Body Language NEGATIVA (Os IOIs e IODs podem ser verbais ou não).


A outra implicação da Microcalibração é no Condicionamento Comportamental da HB e do Set, você os condiciona [na verdade esse é o mesmo Reflexo Condicionado de Pavlov da Psicologia] a responder positivamente à você da seguinte forma:
(1) Se você recebe um IOD, vc “devolve” um IOD. Sim, você está punindo um mal comportamento, mas os seres humanos são um pouco mais complexos que os animais irracionais. Assim NÃO pode transparecer que você está PUNINDO. Se parecer que você fez de propósito, o Frame que será transmitido é que você está querendo fazer a HB se sentir mal. Uma pessoa que busca reação dos outros (reaction seeker) é uma pessoa de baixo valor (low S&R Value). Então se parecer que você está tentando punir, isso vai ser um DLV. Por isso seus IODs devem ser sempre SUTIS [ex: virar um pouco a BL pra ela e tomar um gole da sua bebida, dar um neg que não seja provocativo (Teasing Negs): o ideal é o que o Manual das Artes Venusianas chama de Snipper Neg, no qual você faz a HB acreditar que demonstrou valor inferior para você, por exemplo PUA: “tem uma remela no seu olho”: você não tem culpa disso, então você NÃO está tentando provocar uma reação nela]
(2) Se você receber um IOI, você pode responder de 3 modos (a) devolver um IOI mostrando apreciação (microcalibre esse IOI como foi dito lá encima); (b) dar um Compliance Test [que na verdade é um IOI]; (c) Método da Recompensa Inconsistente: ora você dá um IOI, hora vc dá um IOD de modo imprevisível (o fundamento dessa técnica é ser imprevisível). Dentre esses 3 eu gosto mais de fazer compliance test (ex ela me dá um IOI eu respondo “deixa eu ver sua mão... Assim” e dá uma voltinha nela) => isso permite escalação física e criar conexão física com a HB.

Mystery enxerga os Openers como Compliance Tests na realidade: você oferece valor e o set responde com IOIs ou IODs. Portanto, já que o Opener é um Compliance Test, ele é também um IOI!!! (lembre-se que quando você pede por compliance, você está demonstrando interesse). Então nossa tarefa ao abrir é Microcalibrar* em tempo real


============
II. DELIVERY
============


A Delivery é uma das partes mais importantes do pickup. Cada estilo tem uma delivery própria, mas em todos os estilos a delivery ajustada é condição sinequanon para que o pickup ocorra, o que quer dizer, sem uma delivery boa você não vai conseguir IOIs do set!

O tio Mystery defende que só a Delivery é o suficiente. Eu pessoalmente discordo. Na minha visão, se o seu material é um lixo, mesmo com boa delivery você não vai longe no set. Seja como for, Delivery é um tema muito negligenciado na literatura contemporânea do pickup (salvo algumas boas exceções...)

Falando em exceção, existe um Capítulo do Revelation dedicado à delivery. Eu diria que é essencial ler sobre delivery, mas na prática você vê que o mais essencial mesmo é PRATICAR a delivery!!!

“Mas The Supreme Artist, vc tá falando desse raio dessa delivery e eu não to entendendo q porcaria é essa!!”


Calma filho.... Resumindamente, a definição de delivery é a Forma como você “entrega” seu material ao set. Uma boa delivery é capaz de convir acima de tudo ESPONTANEIDADE! Não pode parecer que você tá lendo uma coisa decorada! Não pode parecer que você está querendo alguma coisa do set. Se isso acontecer, você será tido como um escroto e será banido do set!

Lembre-se que o Pickup (especialmente o método Indireto de Mystery) é entendido como uma Arte de Performance!!!


Dica do Supreme Artist: Como eu aperfeiçoei minha Delivery?


Gente, muito simples: TREINANDO. Ahuhsush, não ajudou muito? Calma vou explicar melhor. A Delivery só melhora com a prática.

Sim, vc até pode praticar direto com as HBs da rua em Cold Approaches (abordagem onde vc não recebeu nenhum IOI da HB) sem ter treinado NADA antes, e o que vai acontecer: você vai mandar seu material de um jeito porco várias vezes, mas você vai melhorando até atingir uma boa delivery. Você vai aprender também!

Mas vamos usar um pouco nosso cérebro. Eu juro: só um pouco! Lembra que falamos que o Pickup é sobre PERFORMACE. Vou dar um exemplo de performance então: Como os artistas ficam bons? Chegando e fazendo feio em várias peças até ir melhorando??? Isso certamente melhoraria suas habilidades, mas à um custo que pode ser contornado se ele....... TREINAR COM “SIMULAÇÕES” ANTES de entrar no palco para o verdadeiro espetáculo!

ENCENAR ANTES DO GRANDE ATO

O Artista de Performance profissional (como um ator) ensaia na frente do espelho várias vezes observando e corrigindo sua interpretação. Ele também faz isso com outras pessoas, e peritos o observam e corrigem alguns maneirismos que ele não percebe.

Assim, para melhorar sua delivery antes de ir para o “grande ato”, faça o seguinte:

(1) Pratique várias vezes seu Stacking no Espelho e vá pensando em possíveis respostas do set ao seu material e treinando como responderia. Tente observar seus tiques e corrigi-los (esteja ciente que muitos desses “tiques’ tanto na linguagem quanto na fala como, tipo, ficar toda hora, tipo, falando a mesma palavra, tipo, “tipo” : ) )
(2) arrume um Wing experiente e pratique com ele pedindo para que ele vá corrigindo seus maneirismos (muitas vezes são coisas inconscientes).

No meu caso eu não tinha um wing para isso, minha delivery foi treinada essencialmente no espelho. Eu sei que soa meio bobo, mas vale à pena. Quase todos sets q eu abro atualmente hookam!!!



“Tudo bem Supreme Artist. Quais pontos da Delivery eu devo focar? Dá uma resumida aê, porque eu to com preguiça de ler o Revelations”


[se você já leu o Revelation não precisa ler o que vem a seguir. É um resumo só isso]

# DELIVERY: Os principais pontos são (1) Linguagem Corporal, (2) Uso da Voz e (3) Expressão facial.

(1) Linguagem Corporal (BL): a BL deve começar antes mesmo de vc “entregar seu material ao set”, deve começar quando vc entra no venue (manter boa postura relaxada e dominante – a Vibe The Zen of Cool de Mystery); ao abrir o Set, é extremamente importante abrir convindo desinteresse com sua BL – abrir “pelo ombro” (esse é um modo de microcalibrar sua delivery: quando vc abre um set, vc está demonstrando interesse; vc precisa calibrar isso com desinteresse); E o que talvez seja o mais importante e decisivo: sempre INCLINAR PARA TRÁS! Segundo Mystery, esse é um dos maiores motivos de falhas no Set (o cara inclina para cima do set)! Inclinar para trás é uma Demonstração de Valor Superior (DHV) não-verbal poderosíssima, enquanto inclinar para cima do set é uma busca por Rapport com o Set => DLV. Após abrir o Set, é importante que vc inclua o Lock-in na dimensão corporal de sua delivery! Por fim, lembrar de mover-se de vagar!!! A sua delivery é essencial para que você avance no timeline do pickup (o objetivo do opener é segurar o set por tempo suficiente para vc avançar na timeline do pickup!!!)), sendo uma delivery ruim às custas de BL pobre a maior causa de não hooking dos sets.

(2) Voz: é uma parte difícil também, assim como a BL.Você deve falar sempre para fora, com um volume que todos ouçam, você deve falar de vagar, e demonstrar entusiasmo, porém, esse entusiasmo deve ser calibrado, com sua voz você transmite o seu nível de energia, que deve ser discretamente superior ao do set. Usar pausas!!!

(3) Expressão facial: o ideal é treinar isso num espelho, mandar o seu opener e suas rotinas no espelho fazendo expressões faciais que tornem o que vc está falando legítimo. Outro ponto importante: estar sorrindo, com expressão confiante.

=======================================
III. FINALMENTE, OS BENDITOS SOUND BITES
USO DE SOUND BITES NO OPENER
=======================================



Ok, eu sei que vc está se perguntando: porque esse cara demorou tanto pra começar a falar dos tais sound bites. Minha resposta: porque sem a Microcalibração e a Delivery os Sound Bites NÃO SERVEM PRA NADA!!!!

O Termo Sound Bites designa uma pequena frase contendo um “pequeno pacote de valor”. Sound Bites podem ser usados com inúmeras finalidades, não vou falar de todas aqui, pois nosso objetivo é o Uso de Sound Bites para ABRIR SETS, mas para você ter idéia, se você manda uma pequena frase tipo “Engraçado... Você é baixinha” e dá Stacking Forward isso é um sound bite. Você vai me falar “Não The Supreme Artist! Eu tenho certeza que isso é um neg!! Eu li na lista lá, cara!”. Calma, eu acredito em você. É isso que eu quero dizer Sound Bites podem ser usados com inúmeras finalidades, inclusive como negs. O negócio do Sound Bite é COMPACTAR INFORMAÇÕES.

Ao invés de você usar uma rotina grande para abrir o set, você usa um Sound Bite. Ao invés de contar uma história DHV imensa, você pode usar um Sound Bite. Para dar demonstrar desinteresse, etc... Então vc já viu existem vários tipos de sound bites. Vamos estudar só um: SOUND BITES PARA ABRIR SETS

SOUND BITES PARA ABRIR SETS

Lembre que abrir um Set é um Compliance Test. E realmente é, já que quando vc abre o set a HB pode te responder com IOIs ou IODs.

Então o lance de Abrir com Sound Bites é mandar um “MINI-Compliance Test”, ou seja, com um pequeno “pacote de valor”, baseado em um assunto banal você analisa a resposta da HB.

“Pow, Supreme Artist... Mas isso não é grande coisa... Que sem graça!”


Mystery conversando com seu estudante no Capítulo 8 do “The Pickup Artist – The New And Improved Art of Seduction” tenta colocar na cabeça dele de uma vez por todas que o negócio de abrir um set é NÃO TIRAR UM OPENER MÁGICO DA CARTOLA e sim um pequeno "pacote de valor" com um assunto banal. Esse é, segundo, Mystery, o modo mais efetivo de abrir. O Negócio REALMENTE NÃO É GRANDE COISA! Não é pra ser nada mirabolante mesmo não! O objetivo é só começar a conversa de modo despretensioso...

Então Por que esse raio desse Sound Bite funciona?? O que ele tem de mais???


R= O Sound Bite mesmo REALMENTE "não tem nada demais"! Ele funciona porque ele é um VEÍCULO simples, compacto e efetivo para uma Microcalibração e Delivery poderosos! Você manda o Sound Bite empossado numa delivery boa e vai microcalibrando (com a BL principalmente)

Deixa eu exemplificar: se eu mando o sound bite (exemplo HB: “Vocês sabiam que o cabelo do Elvis NÃO era preto???”) o Set não responde com algum IOI você faz um Body rocking, dá um FTC, e continua mais um pouco... Se o set ainda sim não está te dando IOIs, vc dá por exemplo um NEG no alvo. (lembre-se um Sound Bite curto pra convir desinteresse é um Neg segundo Mystery). Por exemplo, você não está tendo uma resposta ideal, vc manda "engraçado... vc é baixinha..." e continua [lembre de não dar muita atenção pro neg, após dar um neg, não fique esperando por uma reação dela! Dê Stacking Forward]

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE DO SUPREME ARTIST: QUE TIPO DE RESPOSTA EU PROCURO PARA MICROCALIBRAR COM SOUND BITES?:
Ao microcalibrar um set aberto com sound bites, algo muito notável que você logo vai perceber ao abrir é q esses indicadores que você recebe no início são muito sutis, então vc tem q ficar esperto (muitas vezes vão ser só discretos sinais não-verbais). Não espere nenhum GRANDE IOI e nenhum GRANDE IOD, pois você está transando uma quantia pequena de valor. Uma coisa que você pode fazer é: enquanto você sentir (sua intuição) que o set está aceitando seu material continue, e se sentir resistência, demonstre desinteresse (afinal nossos instintos captam esses pequenos sinais inconscientemente geralmente)

EXEMPLOS PRÁTICOS DE COMO ABRIR COM SOUND BITES

Não tem uma regra fixa para fazer um sound bite para abrir! O fundamento de usar Sound Bites é: um pequeno “pacote” de valor é algo fácil do set aceitar. Pedir muito pouca compliance...

Me pediram exemplos. Aí vão alguns do Mystery:

PUA: “Você sabia que o Elvis Presley não tinha o cabelo preto de verdade?”*

PUA:"Vc sabia que o Mahatma Gandhi era advogado??? (...) Sim! O tal Gandhi da Índia. Ele parecia ser todo pobrezinho e humilde, mas na verdade ele era INGLÊS!!"

PUA: “caramba! Engoli um chiclete! (...) Será que vai crescer uma árvore de chiclete no meu estômago? (...) Minha mãe costumava dizer que se eu engolisse um caroço de laranja iria crescer um pé de laranja na minha barriga. Curioso como criança acredita em qualquer coisa não é? (....)”

PUA: eu vi um especial na TV sobre uns anões pré-históricos. Muito legal! (...) Eu quero um! (stack forward)

PUA: você sabia que os peixes podem TOSSIR??? (...) Sério! Eu estava vendo esse programa na TV e estava falando que (...)

* Se vcs quiserem ver como um Sound Bite funciona para abrir um set de verdade vejam esse RC no qual eu usei o Script do Elvis Presley: game-evolution-abrindo-sets-mistos-t60682.html

Na conclusão eu coloquei uns exemplos de Sound Bites Situacionais, que na verdade é Natural Game. Existe uma interseção entre esses conceitos, na verdade




===========
CONCLUSÃO
===========



Você pode se perguntar: “The Supreme Artist, mas isso parece muito Openers Situacionais do Natural Game!”

Eu te respondo: a idéia do Sound Bite é "FAZER O OPNER PARECER SITUACIONAL". Parece que “VEIO ISSO NA SUA CABEÇA” e você espontaneamente falou. Sacaram?

Se você tiver uma idéia de qualquer coisa boba que ocorra no ambiente pode fazer um Sound Bite para abrir com isso. Olha como eu abri um set outro dia: fui pagar minha cerveja e tinha uma set misto 2 caras e uma HB do lado do caixa. Eu já tinha reparado que tinha um laser desses de criança apontando pro bar, então eu mandei:

PUA [falei alto, mas nem virei minha cabeça pra ela não] “engraçado... parece que tem alguém apontando um laser pra cá...”;
HB: “é... tem sim... Deve ser alguém na casa do outro lado...” [ela virou pra mim pra responder, quando poderia ter me ignorado, afinal, eu nem olhei pra ela, só comentei isso alto... ou seja, um discreto IOI]
PUA: “deve ser alguma criança, quando eu era pequeno eu adorava ficar apontando esses lasers!”
HB: (rindo – IOI discreto) Verdade!

Enfim, como ela respondeu bem, lancei mais um Sound Bite:

PUA: [tocando ela nas costas, para recompensa-la] “Olha só que coisa... Você sabia que o Elvis pintava o cabelo dele de preto??!”
HB: (empolgada) É! Verdade! Eu sei disso!
PUA: O quê? Você sabia disso!
HB: Sabia sim!
PUA: ah.. não acrdito... Então qual era a cor do cabelo dele?
HB: Era loro!
PUA: como vc sabia isso???
HB: ué... Com aqueles olhos claros! Ele só podia ser loro!

(os 2 caras do sets tavam com cara de bobo sem entender)

PUA (para os caras): você sabia disso?
CARA1: Não! Isso não é possível! Eu sou da época do Elvis! Ele não era loro nem a pau! [o cara era mesmo mais velho]
PUA [para a HB] e me fala uma coisa, vc acha q ele teria feito sucesso se ele fosse loro?

......


Perceberam como eu abri o set oferecendo muito pouco valor??? Muita pouca compliance... É mais fácil dela aceitar e retribuir na interação..


Enfim isso não é um Tratado de Pickup, é mais uns toques direcionados ao tema principal de “Abrir Sets com Sound Bites”. Enfim, eu não fiquei esmiuçando tudo que existe. Se vc teve alguma dúvida, pergunte (ex: “o que é esse tal de Locking in que você mencionou em Delivery?”)

* REFERÊNCIAS quem quiser saber mais sobre isso, o “Revelation” de 2008 e o “The Pickup Artist – The New And Improved Art of Pickup” de 2010; esse livro mais novo tem um capítulo inteiro dedicado ao Sound Bite do Elvis Presley, que esmiúça mais sobre essa técnica de abrir sets, desmistificando a busca por um “Opener mágico”, explicando que o modo mais eficiente de abrir sets é com Sound Bites banais apoiados numa Delivery e Microcalibração bons

Espero que ajude-os! :ae :ae
Vão na paz, meus queridos!
Salve!

ANÚNCIOS

Avatar pua
SE7E

Veterano - nível 9

#625479 Realmente, eu já vi um video do Mystery em campo, que ele abre dessa maneira, agora eu entendi o conceito
Artigo bem completo, obrigado pela contribuição!
Avatar pua
ivicx

Veterano - nível 5

#625497 Excelente como sempre, você merece o nick(supreme artist) que tem pois é exatamente isso que você demonstra! Eu estava com um jogo muito sem identidade, sem usar muita tecnica, mas depois que li seu RC me motivei a melhorar de fato minhas habilidades e estruturar meu jogo. Obrigado :)
Avatar pua

Criador do tópico

The Supreme Artist - MEMBRO EXCLUSIVO
#625755 Valeu pela força raylan !! :ae

Abraço TheHunter! Eu que mais uma vez agradeço às dicas do A3!! Ontem eu apliquei elas em campo e funcionou => Close!! Abraço! :ae

Que bom que pode ajudar em algo SE7E !!! No início eu às vezes via videos, mas não entendia o que os pickup artists faziam. Na verdade é um jogo, onde cada movimento tem um propósito. É maneiro entender o fundamento da coisa, o que te permite um jogo mais livre. Tudo de bom, brother! :ae

ivicx , mano, fico muito feliz que tenha te dado um estímulo! Muitas vezes eu precisei de uma força também para avançar no pickup e essa comunidade e os wings que conheci aqui (principalmente o wleon) me ajudaram! Por isso fico muito feliz de que tenha te dado um gás! Vá em campo mesmo e dê uma testada nesses sound bites, que o negócio funciona! Você com certeza vai ver resultados! Abraço! :ae

danieltht concordo 100% contigo! Apesar de usar material enlatado, o negócio de Mystery é transmitir SINCERIDADE, e é só por isso que funciona! Abraço, cara! :ae

hehe beleza Skin. Depois tu dá uma lida com calma e me fala. Abraço, irmão! :ae

Enfim, um grande MUITO OBRIGADO à comunidade que tem sempre me ajudado muito na jornada PUA!
Abraço! :ae