Relatos pessoais, artigos, textos e vídeos para motivar qualquer um.
Avatar pua

Criador do tópico

Orion - O caçador - MEMBRO EXCLUSIVO
#966117 Fala meu brother PUA, tudo tranquilo?

Você procrastina? então esse artigo é perfeito para você, que assim como eu procrastina, e que está sempre está nessa batalha interna todos os dias em não deixar que a procrastinação tome conta de nossa vida.

O autor do artigo é Tim Urban, de um site gringo e foi traduzido pelo site: consciencia.ano-zero.com

Não recomendo esse artigo pra quem tem preguiça de ler, na verdade não faz sequer sentido ser um PUA e não gostar de ler, inclusive isso já é um ato de procrastinar.

Eu particularmente achei a sacada das metáforas simplesmente GÊNIAIS, os exemplos, tudo se traduz perfeitamente na vida real. Vale muito a pena ler!

Esse artigo por ser bem detalhado e explicativo, está divido em três partes, postarei apenas a primeira parte. Se vocês se interessarem poderão ler também as partes 2 e 3 nos links abaixo:

PARTE 2: http://consciencia.ano-zero.com/2015/03 ... astinacao/

PARTE 3: http://consciencia.ano-zero.com/2015/04 ... astinador/

Depois que li esse artigo, tenho aumentado minha produtividade consideravelmente, tanto na área da sedução, como em outras áreas da minha vida.

Bom, chega de enrolação e vamos ao que interessa!

Por que procrastinadores procrastinam?


Imagem

Pro-cras-ti-na-ção (substantivo do latim procrastinatio, -onis): ato de postergar ou adiar algo. Ex.:
Sua primeira dica é evitar a procrastinação.


Quem imaginaria que, depois de décadas de luta contra a procrastinação, o dicionário, entre todas as outras coisas, daria a solução.

Evitar a procrastinação. Isso é tão elegante em sua simplicidade.

Enquanto estamos aqui, vamos também garantir que os obesos evitem excessos, que os deprimidos evitem a apatia, e alguém por favor informe às baleias encalhadas que elas deveriam evitar ficar fora do mar.

Não, “evitar a procrastinação” é um bom conselho só para os falsos procrastinadores, aqueles que dizem “eu me distraio totalmente no Facebook algumas vezes durante o trabalho, como sou procrastinador!”, as mesmas pessoas que diriam a um verdadeiro procrastinador algo como “ah, é só não procrastinar que você vai ficar bem!”.

O que nem o dicionário nem os falsos procrastinadores entendem é que para um verdadeiro procrastinador a procrastinação não é opcional: é algo com o qual não se sabe como lidar.

Na faculdade, a liberdade desenfreada e repentina foi um desastre para mim – eu não fiz nada, nunca, por qualquer motivo. A única exceção é que eu tinha que entregar trabalhos de tempos em tempos. Eu os fazia na noite anterior, até que percebi que poderia fazê-los de madrugada, e assim foi até que me dei conta de que poderia começar a fazê-los no início da manhã do dia em que deviam ser entregues. Esse comportamento atingiu níveis caricatos quando fui incapaz de começar a escrever meu trabalho de conclusão de 90 páginas até 72 horas antes do dia em que devia ser entregue, uma experiência que terminou comigo no consultório médico docampus aprendendo que a falta de açúcar no sangue havia sido a razão de minhas mãos ficarem dormentes e meus punhos ficarem cerrados contra a minha vontade (concluí o trabalho – e não, ele não ficou bom).

Mesmo escrever este post levou muito mais tempo do que deveria, pois passei um bocado de horas fazendo coisas como notar esta imagem
na minha área de trabalho por ter usado num post anterior
, abri-la, olhar para o gorila por algum tempo, pensando sobre o quão facilmente ele poderia me vencer numa luta, depois me perguntando se ele poderia vencer um tigre numa luta, depois me perguntando quem venceria a luta entre um leão e um tigre, e depois googleando a respeito disso e lendo sobre o assunto por algum tempo (o tigre iria vencer). Sim, eu tenho problemas.

Para entender por que os procrastinadores procrastinam tanto, vamos começar entendendo o cérebro de um não-procrastinador:
Imagem


Bastante normal, certo? Agora, vamos olhar para o cérebro de um procrastinador:

Imagem



Percebeu algo diferente?

Parece que o Tomador de Decisões Racionais no cérebro do procrastinador está convivendo com um animal de estimação -o Macaco da Gratificação Instantânea.

Isso seria legal – fofinho, até – se o Tomador de Decisões Racionais soubesse alguma coisa sobre como lidar com um macaco. Mas, infelizmente, essa habilidade não fez parte de sua formação e ele fica completamente indefeso quando o macaco torna impossível o cumprimento de suas tarefas.

Imagem
Imagem

Imagem

Imagem
O fato é que o Macaco da Gratificação Instantânea é a última criatura que deve ser encarregada das decisões, pois ele
pensa no presente, ignorando as lições do passado e desprezando completamente o futuro, e só se preocupa em maximizar a tranquilidade e o prazer deste instante. Ele não compreende o Tomador de Decisões Racionais melhor do que o Tomador de Decisões Racionais o compreende.
Porque temos de continuar a correr – ele se pergunta
– se podemos parar (o que nos faria nos sentir melhor)?
Porque temos que treinar com esse instrumento musical se isso não é divertido? Porque nós usamos um computador só para trabalhar quando a internet está bem ali, esperando para ser usada? Ele pensa que os humanos são loucos.

No mundo do macaco, ele tem tudo planejado – se você comer quando estiver com fome, dormir quando estiver cansado e não fizer nada de difícil, você é um macaco muito bem sucedido. O problema para o procrastinador é que ele vive num mundo de humanos, e isso faz do Macaco da Gratificação Instantânea um navegador altamente desqualificado. Enquanto isso, o Tomador de Decisões Racionais, treinado para tomar decisões racionais e não para lidar com disputa por controle, não sabe como se engajar numa luta de verdade – ele apenas se sente cada vez mais mal sobre si mesmo a medida em que falha e a medida em que é repreendido pelo sofrido procrastinador em cuja cabeça vive.

É uma bagunça. E com o macaco no comando, o procrastinador se vê passando um bocado de tempo num lugar chamado Playground das Trevas*.

O Playground das Trevas é um local que todo procrastinador conhece bem. É o lugar em que acontecem atividades de lazer quando as atividades de lazer não deveriam acontecer. A diversão que você tem no Playground das Trevas não é realmente divertida pois é completamente imerecida e a atmosfera é repleta de culpa, ansiedade, raiva de si mesmo e pavor. Às vezes o Tomador de Decisões Racionais bate o pé e se recusa a perder tempo fazendo atividades habituais de lazer, e uma vez que o Macaco da Gratificação Instantânea certamente não vai deixar você trabalhar, você se encontra num purgatório bizarro de atividades estranhas onde todo mundo perde. **

Imagem


E o pobre Tomador de Decisões Racionais apenas suspira, tentando descobrir como deixou o ser humano que supostamente devia estar no comando acabar ali
novamente.

Imagem

Nessa situação, como é que o procrastinador consegue eventualmente concluir alguma tarefa?

Ocorre que há uma coisa que faz o Macaco da Gratificação Instantânea se cagar de medo:

Imagem

O Monstro do Pânico está adormecido a maior parte do tempo, mas ele repentinamente acorda quando um prazo fatal está muito próximo ou quando há risco de constrangimento público, de um desastre na carreira ou de outra consequência assustadora.

Imagem
Imagem
Imagem

O Macaco da Gratificação Instantânea, normalmente inabalável, tem pavor do Monstro do Pânico. De que outra forma você poderia explicar que a mesma pessoa que não consegue escrever uma frase introdutória num artigo durante o período de duas semanas de repente é capaz de ficar acordado a noite toda, lutando contra a exaustão, e escrever oito páginas? Porque outro motivo uma pessoa extraordinariamente preguiçosa iniciaria uma rotina rigorosa de exercícios físicos se não fosse por um ataque do Monstro do Pânico, apavorado com a possibilidade de tornar-se pouco atraente?

E esses são os procrastinadores sortudos, pois há aqueles que nem sequer respondem ao Monstro do Pânico, e nos momentos mais desesperados acabam correndo para cima a árvore junto com o macaco, entrando em um estado de desligamento autodestrutivo.

Que turma nós somos.

É claro, isso não é jeito de viver. Mesmo para o procrastinador que não consegue, eventualmente, fazer as coisas e continuar a ser um membro competente da sociedade, algo precisa mudar. E aqui estão as principais razões para isso:

1) É desagradável. Tempo precioso demais é desperdiçado agonizando no Playground das Trevas, tempo que poderia ter sido gasto usufruindo de um lazer satisfatório e bem merecido se as coisas tivessem sido feitas em um cronograma mais lógico. E pânico não é divertido para ninguém.

2) O procrastinador, em última instância, não se valoriza. Ele acaba realizando menos e falha em alcançar seu potencial, o que o corrói ao longo do tempo e o enche de arrependimento e auto-recriminação.

3) Os Preciso-Fazer podem acontecer, mas não os Quero-Fazer. Mesmo se o procrastinador está no tipo de profissão em que o Monstro do Pânico está regularmente presente e ele consegue cumprir suas metas no trabalho, as outras coisas da vida que são importantes para ele – entrar em forma, cozinhar refeições mais elaboradas, aprender a tocar violão, leituras ou mesmo fazer uma ousada mudança em sua carreira – jamais acontecem pois o Monstro do Pânico de regra não se mete nessas coisas. Realizações como essa expandem nossa experiência, tornam nossa vida mais rica e nos trazem um bocado de felicidade – e para a maioria dos procrastinadores elas são guardadas na gaveta.

Espero que tenha gostado galera.

Abraços e Fui!!!

ANÚNCIOS

Avatar pua
Don Gabriell

Aprendiz

#966877 SIMPLESMENTE FANTÁSTICO!
Li as 3 partes e cara... incrível a explicação, as metáforas e não me arrependo de ter ficado sei la... acho que 1h lendo esse texto.
Eu podia ter procastinado e deixado pra ler depois (colocado no Q3 e ocilado para o Q4 e me manter preso nesse limbo), mas eu o coloquei no Q1 e logo explico o porque.
Eu fiquei tentado a olhar notificações do facebook onde mulheres comentaram alguma foto que postei, mas ainda não olhei porque antes quis completar a leitura e meu comentário sobre o que li.

Eu refleti sobre o texto a parte que tive um vislumbre sobre tudo foi na 3. As partes 1 e 2 descrevem o que é procastinação de forma metafórica, e como o próprio texto diz, se criarmos nomes e personagens para o nosso lado procastinador, racional e desesperador, fica mais fácil assimiar por exemplo ódio ao " macaco da gratificação instantanea" e não permitir que ele nos venca.

A parte 3 me chamou atenção por conta dos quadrantes, que eu quaifiquei da seguinte forma:

Q1 = Lugar onde se coloca aquilo que DEVE SER REPARADO. O que é urgente e ao mesmo tempo importante, certamente é algo que você está fracassando e precisa RECUPERAR... seja sua atenção no relacionamento, sua postura alfa de ser, ou sua empresa em declínio. Coloque tudo que necessita ser recuperado no Q1 mas lute pra que NADA PRECISE SER COLODADO ALI. Ali é onde mora o "Monstro" que te desespera e faz você querer resolver tudo pra não cair num inferno pior ao qual ja vive.

Q2 = Local de PRODUTIVIDADE. É onde você deve colocar tudo que te gera retorno. É onde nada é urgente, justamente por não estar precisando de reparo, porém é importante porque te traz benefício. E como você não pode ser um procastinador, aquilo que te traz benefício sem ser urgente deve ser feito. Um trabalho de faculdade que tem o prazo pra 1 mês não é urgente porque se tem 1 mes pra fazer, mas é importante porque te ajuda a concluir o curso e a se formar. Então coloque-o no Q2 e não caia no Q4 deixando-o para depois.

Q3= É o quadrante das FUTILIDADES. Aqui é onde deve ser colocado tudo quanto não é importante mas você enxerga como urgente por pura vaidade. Exemplo: É urgente que eu saia pra uma balada e tenha uma noite de sexo incrível com uma bela mulher... é urgente porque me traz satisfação propria, mas não é importante porque existem outras coisas à fazer, como aquele meu trabalho de faculdade ou então aquele problemão no qual eu quero reparar que deixei cair no Q1.

Q4= Nunca esteja ou coloque nada aqui. O que você jogar no Q4 não terá importancia e nem urgencia, logo se jogar algo que não era pra estar aqui, mais cedo ou mais tarde você vai se ver tirando do Q4 e jogando no Q1 e talvez seja tarde de mais pra reparar. Não jogar nada aqui é uma forma de se motivar a ser bem seleto com o que ficará no Q4, mas há coisas que podem ser jogadas aqui sim, como jogar videogame... Você tem todo o tempo do mundo, não é urgente e nem importante, e se você ficar sem videogame, logo arruma outra coisa como lazer, que pode ser sair com uma garota por exemplo.

O texto realmente é fantástico e aprendi bastante, indentifiquei várias ocasiões em que pessoas ao meu redor procastinaram e eu nem reparei e mais ainda identifiquei onde eu também fiz isso. Eu não me curar magicamente desse mal após ler esse texto, mas com o conhecimento dele alguma evolução eu vou ter, isso é fato.

Obrigado por compartilhar, vou de grande ajuda!
FULLHOUSE.

Aprendiz

#966945 O texto original vem desse site http://waitbutwhy.com/ e existem vários outros textos sobre como aumentar a produtividade . O modo como as 3 partes mostram como a nossa mente funcionam me fizeram rir e me deixaram triste ao mesmo tempo. O importante do texto é ajudar a saber como a mente de cada um funciona e atuar de melhor maneira pra tornar objetivos palpáveis e se livrar da procrastinação . Pra mim , dois trechos resumem bastante a ideia central dos textos : "Ser líder da minha vida é realizar o que quero e tomar o controle da situação sem me deixar levar por prazeres imediatos " e "Uma conquista gloriosa e notável é só o que uma longa série de tarefas nada gloriosas e nada notáveis se parece quando vista a grande distância" , obrigado por ter compartilhado bro
Avatar pua
Cappie - MEMBRO EXCLUSIVO
#967052 Muito obrigado por compartilhar esse material, tá sendo de grande ajuda pra mim que tenho esse problema da procrastinação, segundo o texto eu sou o procrastinador sortudo, aquele que só funciona quando o "Monstro do Pânico" chega.

Já vinha pensado em procurar um psicólogo ou algo assim pra ver se eu não tenho déficit de atenção, principalmente no trabalho, mas agora vou aplicar os conceitos ensinados no texto, tenho certeza que vão me ajudar.

É disso que se trata o PU, evolução pessoal em todas as áreas e não somente no campo da sedução.



Abraçs;
Avatar pua
LJohn

Aprendiz

#967147 Só tenho a agradecer por você ter compartilhado esses artigos, mt obrigado e um abraço.
Kïng

Pickup Artist

#967153 Excelente texto!! Não poderia deixar de comentar.

De forma didática e bem humorada, além das metáforas sensacionais, o texto nos traz uma reflexão profunda do tema. Com certeza o melhor texto que li sobre o assunto!

Obrigado por compartilhar irmão
Avatar pua

Criador do tópico

Orion - O caçador - MEMBRO EXCLUSIVO
#967375 Obrigado pelo feedback meus brothers, fico feliz em ter ajudado de alguma forma, pois sei o quanto é difícil lhe dar com a procrastinação quando a gente não entende como ela funciona, assim como abri meus olhos com esse artigo fico feliz em ter aberto o de vocês também.

Sucesso pra nós!!!