Artigos e Técnicas com base em PNL ou Hipnose.
Não necessariamente voltada a sedução

Criador do tópico

Sacerzuda

Aprendiz

#874122 Jogo interno: Faça sua realidade - Comprimido mágico para nunca mais sofrer com comentários e ações de outras pessoas.

Preciso começar com um pouco de teoria:

A percepção e a leitura do ambiente externo são feitas pelo mundo interno. Nossa realidade depende de como interpretamos estímulos externos.
Nossa interpretação é sempre falha, pois se adéqua aos nossos sentimentos, emoções e sensações momentâneas. Como somos seres emocionais, é praticamente impossível fazer uma leitura fria do ambiente externo como ele realmente é.
Isso acontece com qualquer situação que independe de você, o cérebro irá julgá-la como favorável, não-favorável ou neutra. Há uma vantagem nisso: Podemos tornar nossa interpretação útil – nos certificando de enquadrá-la positivamente em nossa mente.

As interpretações favoráveis e as neutras são inicialmente inofensivas e positivas, portanto, irei focar nas negativas.

Qualquer situação é julgada pelo cérebro. Por exemplo: Você está andando na rua e tropeça, alguém prontamente grita “Ô, seu idiota, não sabe por onde anda?”. Seu cérebro, comumente, irá interpretar essa atitude – a ofensa - como negativa. É algo danoso. Machuca seu ego e sua integridade. Como uma pessoa comum, é bem provável que isso venha a irritar, magoar ou até desencadear uma reação agressiva de sua parte.

Qual a necessidade de mudar as reações negativas?

Quando um comentário é aceito positivamente, é uma soma para a mente “feliz”. Porém, quando rejeitado e encaixado negativamente, pode se tornar uma fagulha para emoções negativas. Provavelmente, o comentário irá martelar na sua cabeça durante algum tempo, você começa a julgar-se de acordo com o que sente e pode conceber o comentário como sua realidade. O que nos torna infelizes por opção.

Chega de baboseira, vamos à prática:

O que proponho:


A reação inicial do cérebro é inconsciente, portanto, não há o que fazer. Mas, você pode criar uma reação consciente positiva que irá ser útil para seu cérebro, quando a primeira é negativa.

1 – Reação narcisista

Aceite o estímulo externo, sempre, como um complemento. “Você é feio”. “Há, está com inveja”. “Você é chato” “Eu sei, sou demais”. “Ô, seu idiota, não sabe por onde anda?” “Olha só, essa pessoa está notando por onde eu ando, mas quem não notaria?”.

2 – Tudo é brincadeira

Ao receber o estímulo, inicialmente, negativo você o enquadra como uma brincadeira. Qualquer comentário quando ofensivo ou negativo é brincadeira. Assim, você não é atingido pela atitude ou comentário, pois tudo acaba em risada.

3 – Não é um bom dia para essa pessoa

Crie a ideia de que a pessoa que lançou a ofensa está tendo um dia ruim. Fato que, geralmente, é verdade. Apenas entenda que todo mundo tem problemas em excesso e necessitam demonstrar sua inconformidade. Dessa maneira, você não está aceitando pessoalmente nem sendo afetado pelo comentário.

Próximo passo:
Saber quem você é – perca seu ego.

O que ensinei anteriormente são apenas tapa-buracos, maneiras simples de evitar emoções negativas vindas de comentários ou atitudes externas. Porém, a indiferença é o local em que queremos chegar. A partir do momento em que você não interpreta mais negativamente as atitudes e comentários externos, você está livre. Não necessita mais se importar com o “negativismo” jogado em você.

Quando você deixa para trás o ego, os comentários infundados são totalmente irrelevantes para você. A indiferença ocorre quando você está tão centrado e tem tanta certeza de quem você é que deixa de se importar com o que surge além de seu poder. Você compreende que há coisas que não estão em sua zona de influência e, então, apenas as aceita, mas não julga.


Fonte: http://www.leukos.com.br/jogo-interno/

ANÚNCIOS