Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#898107 Prezados amigos,

Este artigo é uma síntese de um debate que aconteceu no meu relato RC054 - Enfim achei uma namorada. Como a maioria não lê os feeds e debates depois do artigo/relato, achei conveniente e oportuno transforma-lo neste artigo, pois acredito que pode contribuir com alguns membros iniciantes.

No meu tempo, quando tinha 20 anos, haviam quatro fases bem distintas, a paquera, o namoro, o noivado e o casamento.

A Paquera é o que hoje alguns chamam de "ficar, pegar, beijar" e na nossa comunidade, "seduzir", a próxima fase, o conhecido Namoro, tem até definição na Wikipedia:

Namoro significa a relação afetiva mantida entre duas pessoas que se unem pelo desejo de estarem juntas e partilharem novas experiências. É uma relação em que o casal está comprometido socialmente, mas sem estabelecer um vínculo matrimonial perante a lei civil ou religiosa.

Depois vem o noivado, que é um compromisso bem maior, pois é uma promessa de casamento feito a frente das famílias, amigos e da sociedade, corresponde a um tempo entre a promessa e a boda.

O casamento, que finaliza o ciclo, criando efetivamente um COMPROMISSO, social, civil, social e familiar.

Sabem, as mulheres adoram usar a palavra COMPROMISSO desde o começo, adoram colocar aquela aliança de prata no dedo, pois elas sabem muito bem que para o homem, este ritual cria um ponto de ruptura, transformando o relacionamento em uma questão de honra, pelo menos para os "caras para casar", pois, para os cafajestes isso não significa muita coisa, na verdade, não significa nada.

Nunca usei uma aliança de prata, nem vou usar. Já usei uma de Ouro, já fui noivo, este período serve para avaliar o que vai ser a sua vida depois do casamento, é um período onde a pressão aumenta. É como se estivesse chegando o exame final e você precisa-se de muitos pontos para passar e não sabe nada da matéria. Alguns seguem em frente, outros desistem. No meu caso, ambos desistimos, somos amigos até hoje, só amigos, sem sexo.

Sabe qual a maior diferença entre os "Caras para Casar" e os "Cafajestes", justamente o Respeito a palavra compromisso e a sua noção de Honra. Vou explicar.

A maioria dos homens julga que quando se inicia um NAMORO, esta entrando em um COMPROMISSO CONSENSUAL , então, deve respeitar, ser fiel e deixar a arte da sedução de lado, dão o voto de confiança e consideração a pessoa que escolheu, assim, ela se torna a única para ele e vice-versa. Estes são os BONS PARTIDOS, os "caras para casar", as mulheres sabem muito bem disso.

Já os Cafajestes, estão pouco se lixando para o respeito, consideração, fidelidade e não encarram o namoro como um COMPROMISSO, mas um período para conhecer melhor e desfrutar de ferias da bandidagem.

Sabe porque isso FODE com os "caras para casar" e os tornam BESTAS, porque eles estão DANDO TUDO DE GRAÇA. A mulher , por dar um simples, "Sim quero namorar com você", ganha a confiança, consideração, respeito, atenção, proteção, segurança, tempo, paciência, empenho, etc.etc, e seu dinheiro.

Sabe porque o Cafajeste e os ALFAS levam vantagem sobre os BONS PARTIDOS, porque ele não DÃO NADA DE GRAÇA, por isso as mulheres correm atras destes caras, porque tem que conquistar, lutar, seduzir constantemente, agradar sexualmente, demostrar seu interesse e algumas ainda tem que rachar ou pagar a conta da balada e do motel.

Uma mulher, NUNCA dará a sua confiança, fidelidade e respeito DE GRAÇA a um homem no dia em que lhe pedir para namorar, ele vai ter que PROVAR, CONQUISTAR, MUDAR, ABRIR MÃO, SE ADAPTAR, etc, etc e gastar muita grana para conquistar cada pedacinho de terreno. Nenhuma mulher vai facilitar, vai ser teste atras de teste, até que esteja convencida de que é a escolhida para o posto de ESPOSA.

Não entro em um NAMORO, acreditando que é um compromisso, isso vai acontecer com o tempo, não dou confiança, mas cedo um pequeno "CREDITO" que pode crescer ou se esgotar, não nego-lhe respeito, mas o maior grau de respeito é para mim, afinal, se você respeitar demais uma mulher ela vai desrespeita-lo, porque nenhuma mulher que já conheci, respeita um homem que a trate 100% com respeito. Na verdade, elas gostam de ser desrespeitadas, com carinho e pegada forte, vale até uns tapas onde ela gostar, mas com amor....rs

Só para ilustrar, no quarto, algumas mulheres gostam que a xinguem de "puta, vadia, vagabunda, safada, etc.", tem mulher que adora que gozem em sua cara, que lhe metam a vara no c*, de serem sufocadas, algumas são masoquistas outras manhosas mas safadas. Então tenho duas perguntas para vocês:

- Depois que saírem do quarto, você vai deixar de respeita-la ou vai respeitar o desejo dela de Gozar?

- Quando vai seduzir uma mulher, você diz que só quer come-la e nunca mais a incomodará novamente?

Como disse acima, MULHERES não depositam confiança em HOMENS, são os homens que fazem isso, as mulheres entram no namoro acreditando que os homens devem CONQUISTAR sua confiança através de atos e provas constantes e eternas.

O Namoro serve justamente para que as pessoas se conheçam ao longo do tempo, que as coisas sejam ditas e debatidas no tempo certo, com as emoções certas, caso contrario, não há necessidade de todo este ritual.

Agora quero tratar de uma questão importante, usando a logica aristotélica, quero esclarecer, a base do MEU CONCEITO sobre FIDELIDADE:

"Você não é fiel a ALGUÉM, você é fiel a SEUS PRINCÍPIOS, portanto, você só pode ser fiel a SI"


logo,

"Você não TRAI alguém, só a SI, pois só pode trair os seus PRINCÍPIOS."


Vejo meu NAMORO não como um COMPROMISSO, mas como um período de experiência, dou 3 meses de avaliação, se realmente valer a pena, ganhara o status de Relacionamento serio e as obrigações morais que este exige, portanto, até que isso aconteça, se alguma de minhas EX-AMIGAS INTIMAS me procurar, vou usufruir dos prazeres da carne, mas não começarei novos jogos neste periodo.

Isto é o máximo de credito que darei, além disto, ela terá que CONQUISTAR meu respeito e consideração da mesma forma que terei que faze-lo. Afinal, é o próximo nível do jogo da sedução, ambos queremos Cativar o outro.

Já tive experiencias suficientes, para saber que "entrar de cabeça" em um novo relacionamento, acreditando que "foram feitos um para o outro" e a maior BESTEIRA que você pode acreditar. As necessidades mudam, o corpo muda, a cabeça muda, tudo muda.

O que realmente importa é ser fiel a seus princípios, não ao que outros acreditam que seja certo ou errado. De qualquer forma, lembre-se, há 50% de chances de que esteja certo e 50% de que esteja errado, no final das contas:

- Quem vai prestar contas pelos próprios atos?
- Quem vai suportar as consequências pelos princípios em que acredita?

Agora, tem um ditado popular que muitos usam para reprimir atos que julgam de infidelidade:

"Não faça com os outros o que você não quer que façam com você"


Mas honestamente, prefiro,

"Fazer o que quero de acordo com meus princípios. "


Creio que vocês tem muito a pensar, espero que desperte um debate interessante sobre os temas aqui tratados.

Grande abraço e sucesso, na vida e no jogo.

Meus artigos- Descobertas e Evolução, Artigos e Relatos de Riker.T

ANÚNCIOS

Avatar pua
Agenor12

Veterano - nível 9

#898125 A mais pura verdade Riker T.
Bonzinho só se fode, por experiência própria já senti isso na pele, dedicação a um compromisso dando td de graça e me humilhando por migalhas, uma única experiência é o suficiente pro cara cair na real e descobrir que as mulheres não gostam de nada fácil.

Infelizmente alguns homens de bem continuam na procura inacabável pela mulher exceção, é de dar pena.

Fico te imaginando no fórum mundo Realista, tu iria "mitar" por lá com esses artigos "abridor de olhos"

Mais uma vez obrigado por compartilhar sua experiência e visão de mundo
Beagle

Aprendiz

#898130 Ótimo artigo

Realmente "mergulhar de cabeça" em um relacionamento é uma coisa que devemos ter cuidado, já tive uma experiencia assim e não acabou muito bem, fiquei sofrendo por um tempo por conta disso.

Seu post me fez refletir algumas coisas sobre relacionamento e acredito que vai ajudar os outros assim como me ajudou, geralmente fico com pé atrás pra namorar alguém por conta de não poder mais me envolver com outras e acabo recusando, esse seu princípio dos 3 meses parece um pouco radical se a namorada acabar descobrindo mas no fim das contas faz todo sentido porque depositar toda sua confiança assim de cara é um erro que acredito que muitos já cometeram, vou começar a adotar essa postura.

Abraços, obrigado por compartilhar seu conhecimento, com certeza ajudam muita gente.
Avatar pua
Paradisepunx - MEMBRO EXCLUSIVO
#898148 Olá Riker,

Sempre leio seus artigos e textos, gosto muito da sua abordagem e você se tornou uma referência no meu jogo, eu namorei muitos anos com uma pessoa tranquila, tivemos altos e baixos, mas no final meu inner-game estava completamente corroído devido a problemas de saúde e uma série de traumas que fui adquirindo com os anos passando e o aprofundamento da relação.

Na minha época não existia fóruns, pouco se sabia sobre sedução comparado a quantidade e qualidade dos materiais de hoje em dia, e não existia o Riker t, todos eu repito TODOS os erros que você escreveu no seu texto eu cometi, antes de começar meu namoro estava com 5 games afiados, estava jogando maravilhosamente bem, assim que comecei a namorar pensei: vou parar de jogar por "respeito".

Mas como a minha base na sedução estava muito forte, eu mesmo me enganando continuava jogando e recebia muita atenção da mulherada, depois de 9 anos, não sobrou nada, absolutamente nada do meu jogo, eu me tornei um Besta, ano passado quando finalizei a relação, eu deixei de closar 2 hb's 9 por falta de habilidade, poderia ter feito uma transição tranquila no fim da relação, closado as hb's alvos e ter levado tudo na flauta.

Mas a vida é dura e estou aprendendo com meus erros de maneira absurda, uma coisa que venho acompanhando nos seus relatos é como jogar dentro da relação, como avaliar a relação, e os tipos de teste que anda fazendo no seu relacionamento, percebi que já estipulou um prazo para elevar ou não o patamar de confiança na relação, bela tática, estou adorando acompanhar o desenrolar dessa dinâmica, e é claro desejo sucesso.

Meu jogo esta melhorando e cada dia que passa não me afeto e caso me afete eu me recomponho e parto pra novos games indefinidamente, estou conseguindo criar um fluxo de ação que não deixa meu inner game cair, e como gosto de relações de namorar e etc, lendo seus relatos me preparo estrategicamente para esse dia sem criar ilusões, mas antes vou ficar na gandaia, mereço essas férias.

Felizmente preso muito o desapego devido minha criação esotérica, essa é a grande chave mestra que não me permite cair em ruínas emocionais, estou 6 meses me recuperando e minha rotina esta cada dia mais agradável, o prazer em viver é uma coisa indescritível, e as mulheres sentindo essa energia vem em cima como abelha no mel.

Creio que começamos a ficar bons quando transcendemos aspectos meramente físicos e começamos a perceber que a grande chave é a autoestima, o amor próprio, antes de começar a namorar e até o 4 ano de namoro, eu mantinha comigo a certeza de que todo PUA deve ter, o de que toda mulher é acessível e pode ser conquistada, sem pensamentos como ela é muita areia pro meu caminhãozinho e essas besteiras, e para as que não querem desfrutas de nossa companhia existem centenas de milhares, semelhantes e melhores, estão a grande chave é desfrutar e saber se maleável, e isso venho aprendendo muito com seus artigos.

Bom é isso Riker, sucesso na vida e no jogo !

Paradise !
Avatar pua
Dr. Cafajeste

PUA EXPERT

#898701 Parabéns pelo tópico Riker.T!

São sábias palavras que remetem a frases do tipo

"mulher tem que ser tratada como um puta na cama e uma laydi na sociedade" Esse tratar como laydi na sociedade eu diria nem tanto assim, ou sem exageros.

"Que não faz, leva" geralmente esta frase é usada em partidas de futebol, entretanto pode ser facilmente utilizada no contexto sexual. Caras que respeitam demais e não fazem com suas HB's, vem outro e faz e elas gamam.

Abraços!

Dr. Cafa
Avatar pua
Panjo

Veterano - nível 9

#898727 Saudações, Riker.T, é sempre uma satisfação ler seus textos.

Finalmente li um texto seu que tenho algumas considerações. Para mim é um alivio, pois creio que a diversidade de pontos de vistas num grupo é enriquecedor, e imagino que você veja isso com bons olhos também.

Certamente você tem muita mais estrada que meus 33 verões, então possivelmente viveu muito mais do que eu, contudo isso não desqualifica um ponto de vista mais jovem.


Riker.T escreveu:Sabem, as mulheres adoram usar a palavra COMPROMISSO desde o começo, adoram colocar aquela aliança de prata no dedo, pois elas sabem muito bem que para o homem, este ritual cria um ponto de ruptura, transformando o relacionamento em uma questão de honra, pelo menos para os "caras para casar", pois, para os cafajestes isso não significa muita coisa, na verdade, não significa nada


De acordo, exceto que prefiro não generalizar que toda mulher pense prioritariamente assim. Digo prioritariamente pois assumo uma perspectiva que temos vários 'eus' dentro de nós, e não apenas esse eu/ego/self único e ilusório (cada um desses três termos são diferentes, como imagino que o saiba, mas para o propósito deste raciocínio isso não é relevante).

Riker.T escreveu:Sabe qual a maior diferença entre os "Caras para Casar" e os "Cafajestes", justamente o Respeito a palavra compromisso e a sua noção de Honra. Vou explicar.


Novamente não generalizaria. Já tive a oportunidade de conhecer muitos cafajestes/alphas que se mostraram altamente respeitosos e fieis (no significado comum) quando em um compromisso sério.

E já vi muitos Caras para Casar/betas que se mostraram nada respeitosos, e justamente o foram assim devido a serem inseguros, e necessitarem de outras aprovações femininas para se sentirem bem. Claro que ai entra naquela discussão do que é ser Alpha, Beta, Cafajeste, para casar etc, e talvez o melhor é ver esses qualificações como estados nos quais podemos nos alternar durante a vida ou momentos, cada um numa forma, intensidade, frequência diferentes.

Posso me colocar como exemplo. Por muito tempo fui um super Beta (a caricatura perfeita), mas não deixei de ser cafajeste e trair quando tive oportunidade. Olha ai exemplos dos meus 'eus' se manifestando de maneira aparentemente contraditória.


Riker.T escreveu:Sabe porque isso FODE com os "caras para casar" e os tornam BESTAS, porque eles estão DANDO TUDO DE GRAÇA. A mulher , por dar um simples, "Sim quero namorar com você", ganha a confiança, consideração, respeito, atenção, proteção, segurança, tempo, paciência, empenho, etc.etc, e seu dinheiro.

Sabe porque o Cafajeste e os ALFAS levam vantagem sobre os BONS PARTIDOS, porque ele não DÃO NADA DE GRAÇA, por isso as mulheres correm atras destes caras, porque tem que conquistar, lutar, seduzir constantemente, agradar sexualmente, demostrar seu interesse e algumas ainda tem que rachar ou pagar a conta da balada e do motel.


Apesar de concordar em partes, creio que sua descrição foi reducionista e superficial do comportamento dos alphas, dos caras para casar e das mulheres. Para mim está cada vez mais claro a natureza complexa do ser humano, como diria Edgar Morin, ou integral/holarquica, segundo Ken Wilber.

Riker.T escreveu:Uma mulher, NUNCA dará a sua confiança, fidelidade e respeito DE GRAÇA a um homem no dia em que lhe pedir para namorar, ele vai ter que PROVAR, CONQUISTAR, MUDAR, ABRIR MÃO, SE ADAPTAR, etc, etc e gastar muita grana para conquistar cada pedacinho de terreno. Nenhuma mulher vai facilitar, vai ser teste atras de teste, até que esteja convencida de que é a escolhida para o posto de ESPOSA.


Aqui está outro exemplo que simplifica e generaliza demais. Convido a um experimento mental: as seguintes pessoas que você conhece se enquadrariam nesse perfil:
- sua mãe (sei que é clichê achar que a própria mãe é a única santa no mundo, mas quase tudo o que estamos falando está no terreno das incertezas)
- sua avó
- sua irmã
- outras mulheres comuns (pense em cada contado seu no facebook, celular, parentes, clientes etc)

Creio que muitas (ou algumas delas) não se encaixariam naquele perfil


Riker.T escreveu:Agora quero tratar de uma questão importante, usando a logica aristotélica, quero esclarecer, a base do MEU CONCEITO sobre FIDELIDADE:

"Você não é fiel a ALGUÉM, você é fiel a SEUS PRINCÍPIOS, portanto, você só pode ser fiel a SI"


logo,

"Você não TRAI alguém, só a SI, pois só pode trair os seus PRINCÍPIOS."


Ia escrever bastante sobre este conceito de fidelidade, mas você deixou bem explícito que é seu conceito. Em todo caso, ainda que lógico, já que entramos no campo filosófico, isso não significa que esta proposição seja verdadeira, uma vez que a premissa "Você não é fiel a ALGUÉM, você é fiel a SEUS PRINCÍPIOS" pode não ser verdadeira. Na verdade é uma premissa, ou seja, ou se aceita ela, ou não.

Ainda outro detalhe a esta sua colocação, ainda que eu tenha escrito isso, um dos meus "eus" aqui que tem se fortalecido muito gosta dessa sua visão, e como diria o Fox Mulder (Arquivo X), Eu quero acreditar!


Riker.T escreveu:... se alguma de minhas EX-AMIGAS INTIMAS me procurar, vou usufruir dos prazeres da carne...


Rss, um de meus 'eus' adorou essa ideia.

É isso, grande abraço.
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#898850 Prezados amigos,

Obrigado a todos pelo tempo despendido, estou honrado e grato pelo apreço e contribuições ao debate.

@Panjo,

Tentarei responde-lo em sequencia as suas considerações, ponderações e questionamentos:

Em hipótese alguma o fato de ser mais jovem desqualifica suas opiniões, visão particular ou princípios, somos indivíduos em uma sociedade com visões diferentes de uma mesma questão.

Creio que no ponto do Compromisso, forneci um parecer genérico mas que acredito ser bem aplicável em vários níveis e idades, uma vez que, pela visão "contemporânea", o termo compromisso de outrora se desvirtuou, foi deturpado e até mesmo, caiu em desuso por uma grande parcela da sociedade BRASILEIRA. Existem exceções mas, a meu ver, estão cada vez mais difícil de encontra-las. Partindo do pre-suposto que homens e mulheres possuem "princípios diferentes", já que somos de planetas diferentes (marte e Vênus) mas convivemos no meio do caminho (terra) respeito sua opinião, mas, mantenho a minha. Não é desilusão ou misoginia, mas um fato que tenho observado ao longo de muito tempo.

Um cafajeste pode se cansar, um beta pode se tornar alpha e vice versa, tomando para si os princípios ou alterando-os, isso pode fazer de um cafajeste um homem honrado e um Alpha poderoso em um magina idiota. Tenho amigos com amantes maravilhosas e esposas insuportáveis, isso não desqualifica minha proposição, nem a sua. Não é uma questão de certo ou errado, mas de visão do mundo que o rodeia.

Sim, o ser humano é muito complexo, minha proposição foi simplista, mas creio que verdadeira e aplicável a SEDUÇÃO, vejo um grande maioria dos membros da comunidade que entram em relacionamento fazendo exatamente o que disse, "dando tudo de graça" e se dando muito mal. Sustento minha proposição, uma vez que a tenho praticado e obtido sucesso, tanto na vida como no jogo.

Creio que agora, vou choca-lo, minha resposta é sim, minha mãe, minha avó e minha irmã, se tivesse uma, se enquadrariam neste perfil, uma vez que foram mulheres a procura de um parceiro para constituírem uma família, no caso a minha, isso não as tornam santas, elas são mulheres e em algum momento de suas vidas, dentro de seu contexto social elas foram apenas mulheres, e sim, fizeram com meu avô e meu pai, exatamente o que descrevi. Pergunte a seu pai, se possível, tenho certeza que ele Provou, conquistou, mudou, abriu mão de coisas que gostava e se adaptou, para ser seu pai, descubra por si mesmo.

Quanto a fidelidade, sim é uma premissa para muitos, um principio para mim, desde que o adotei, tronei-me bem mais feliz. É só o que posso dizer. Meu caro, "The truth is out there."

Bem, ao final, quanto a minhas ex-amigas, em breve vou escrever um relato que muitos não vão gostar, mas "um de seus - eu", vai adorar.

Grande abraço e sucesso, na vida e no jogo.