Aqui é a caixa de pandora das dúvidas antigas ou resolvidas.
Imagem
Lembre-se de agradecer se alguém realmente te ajudou. Membros que não agradecem são INSTRUÍDOS a não ajudarem mais o membro.

Criador do tópico

VTEC.DOHC

Aprendiz

#1063118 Fala meus brodi, tudo bom com vocês? Espero que sim
Vou tentar ser breve nas palavras, conheci uma HB fez dois meses dia 05 agora, ela é irmã de um colega meu, começamos a conversar, dois dias depois sai, ficamos, a vibe sexual era foda, ela não me resistia claramente, porém começamos errado, acabou que eu dei muita moral, liberdade, nos víamos muito, tipo sexta, sábado e domingo dormindo junto, e a coisa com pouco tempo ficou um pouco mais “seria”. Porém ela tem um estilo mais largada, fuma um baseado às vezes já eu sou mais suave. Fumo com ela às vezes porém não sou mto fã e tipo, ela curte tattoo, tem algumas, e eu já falei pra ela que eu costumava ficar com patricinhas, e que eu acho bonito corpo liso mas que as dela são bonitas (de fato são) e nisso comecei a sentir que ela tava perdendo interesse, eu tive umas crises de inseguranca, comecei a perceber que o beijo já não tava muito legal mais... ela certa vez me comentou que nenhum cara fez ela ter um orgasmo até hoje e que meu sexo era o melhor e etc.. porém varias vezes eu transo com ela uma hora, faço oral direito e ela não fica satisfeita pq não goza, já tentei de tudo mesmo, acho que ela não relaxa (se puderem me ajudar nisso também), e aí certo dia ela falou que não queria mais pq acha que não temos futuro pq somos diferentes.. aí eu logo imaginei q tinha alguém na jogada, ela sempre foi sincera comigo e disse que não, conversamos pessoalmente ela disse que queria tentar e etc, porém desde então o clima tá pesado entre nós, ela tá bipolar, tem culpado as dificuldades que ela tem passado e admitiu que o interesse dela por mim diminuiu porém que ela não quer deixar de ficar comigo. Antes eu tinha pleno controle da relação, agora eu o perdi. Não sei o que fazer pra recuperar isso... alguém tem alguma ideia de uma ação que eu possa fazer? Já pensei em gelar, sumir, porém temo que talvez isso seja o fim.

ANÚNCIOS

phatom

Aprendiz

#1063129 Acho que diminuir os encontros seria uma boa..uma vez na semana e analisar onde está errando e se vale a pena continuar.
outside

Aprendiz

#1063352 Muitas vezes, o fato de você estar sempre presente acaba diminuindo o interesse da HB em ti (não sei se foi esse o caso). De qualquer forma, outra coisa que vale a pena é permitir que novas mulheres entrem na sua vida. Tira um tempo para sair, conhecer pessoas novas, compartilhar novas experiências e desapegar um pouco.
Avatar pua
Nightrider

Veterano - nível 5

#1063381 Na boa irmão, hoje eu sou abstêmio, ao ponto de nem café eu tomar mais, para não ser hipócrita eu tomo uma latinha de energético quando sei que vou virar a noite e só, lembrado que saio pouco, porém, houve uma época na minha vida que fumei muita maconha e bebi muito, o que eu posso te dizer sobre pessoas que usam drogas e isso inclui essa HB ai é o seguinte, é gente maluca, eu era doido varrido, se tratando de mulher então meu amigo a coisa toda piora, na boa, já closou a mina ? fez sua parte na história ? parte para outra, essas fumadas esporádicas ai podem virar hábito se é que tu não vai experimentar coisa mais pesada, sai enquanto é tempo.

Existem muitas mulheres no mundo, inclusive mulheres mais gostosas e interessantes que essas que não fumam, não bebem e nem se drogam, tentar entender a cabeça de usuário/a de drogas é perda de tempo, ela esta na merda por causa de ressaca de uso de back e outras coisas, você não é responsável pelo prazer sexual dela, se esta fazendo sua parte e ela não funciona o problema é dela não seu, se você é "playboy" fique com patricinhas que não vai ter dor de cabeça, da um tempo e se ela aparecer cai dentro e divirta-se, namorar, noivar ou ter algo mais sério só vai te ferrar a longo prazo, abre o olho cara, um erro e vira papai, quem não tem disciplina na vida, tem disciplina para tomar anticoncepcional ? se liga brow, se não tu vai ficar lascado.