Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

>>Psychokiller<<

Entusiasta

#897619
Crenças na Sedução



O que são as crenças?Crença é toda e qualquer opinião acompanhada por uma convicção intima a considerar uma proposição verdadeira ou falsa, independente dos meios que usamos para valida-la.

Aceitar a ideia de que a terra possui um formato arredondado ao invés de achatado ou recusar a ideia de que o sol orbite a terra são exemplos de crenças.

Acreditar é a crença posta em ação, então tudo aquilo que acreditamos (que consideramos verdadeiro ou falso), como a lei da gravidade, a existência ou não de uma divindade, de que somos ou não capaz de desempenhar uma atividade qualquer, são todos estes exemplos de crenças.


Crenças na sedução seriam convicções sobre os processos, métodos, possibilidades, teorias e ideias em geral aplicadas ao contexto da sedução. Como por exemplo, se é possível ou não seduzir uma mulher linda apenas com boas habilidades sociais, apesar de que o sedutor em questão não seja bonito ou rico de acordo com os padrões sociais estabelecidos. Se determinado método de sedução, como o speed seduction do Ross é ou não eficiente, se você é um cara atraente para a maioria das mulheres que deseja, entre outras possíveis crenças.


Níveis de crença.Dividirei o processo de crença aqui em três níveis.

Crença da possibilidade do objeto desejado.

Que denota de maneira geral se é possível em algum nível ou circunstância que algo aconteça/exista. Como por exemplo, se é ou não possível conquistar uma mulher, usando apenas habilidades sociais não sendo rico nem bonito de acordo com os padrões socialmente estabelecidos como ideais.

Crença de auto-eficácia.

Que diz respeito a nossa capacidade de alcançar o objetivo desejado. Neste nível já é aceito como certo que é possível conquistar uma mulher usando apenas habilidades sociais sem ser rico ou bonito, como por exemplo, o Style em início de carreira, que não era nem rico e bonito, mas era habilidoso socialmente com as técnicas de PU que sabia e por isso conquistava as mulheres, agora resta saber se acreditamos ter nós mesmos também esta capacidade de aprender ou já possuir habilidades sociais suficientes para conseguir resultados positivos semelhantes ao do Style.

Crença da expectativa de reação.

Neste nível já aceitamos que os dois anteriores estão certos, é possível e somos capazes, agora neste nível é onde imaginamos/sabemos como é conquistar o objeto desejado, o que experimentaremos quando estivermos de posse e/ou conquistando o nosso objeto desejado, como por exemplo: uma mulher bonita que desejamos, como ela e nós estaremos nos comportando para e enquanto se consegue o resultado esperado.


Crenças limitantes e crenças libertadorasAgora veremos os dois tipos de crenças apesar dos níveis acima. As crenças podem serem limitantes ou libertadoras:

Crenças limitantes (Negativas).

Crenças limitantes se referem a convicções que nos impedem de desempenhar/experimentar certos modelos de mundo e/ou atividades que sejam capazes de nos produzir certos resultados, nos bloqueiam ali nos dois primeiros níveis da seguinte forma: Ou acreditamos que algo não é possível, ou acreditamos que é possível, mas que nós mesmos não somos capazes.

Estas são crenças limitantes pelo fato de que quando consideramos um resultado inalcançável, nós simplesmente não nos damos a liberdade de experimentar nossas potencialidades/capacidades para testar e saber se é ou não de fato algo inalcançável, e mesmo que deixemos tentar, estaremos limitados pelo pessimismo de que não seremos capazes, e isso pode afetar negativamente o nosso potencial de fato a diminuí-lo drasticamente.

Crenças libertadoras (Positivas).

Quando uma crença é libertadora ela nos dá não só a ideia de que algo é possível e de que somos capazes de consegui-la, o que nos a possibilidade de testa-la, como também nos da a motivação impulsionadora de afetar positivamente a nossa potencialidade de modo que a desempenhamos em seu máximo, maximizando as nossas chances de alcançar o objeto desejado.


Conclusão:Depois de estabelecido nossas convicções sobre os dois primeiros níveis, o terceiro nível se torna suficientemente relevante, a expectativa de reação é importantíssima, pois se tivermos uma boa noção do que acontecerá quando estivermos em ação, conseguindo ou prestes a conseguir nosso objeto de desejo, isso nos prepara para perceber sinais, quando na situação real que nos indique a hora certa de agir.

Se a expectativa de reação for positiva, pode nos motivar a conseguir o objetivo, ou se for negativa, nos desmotivar a consegui-lo. Além disso, a expectativa de reação serve como um ensaio para treinarmos mentalmente como desempenhar a atividade da forma mais correta para conseguir o resultado desejador.

No entanto não é bom ficar ensaiando mentalmente no momento da ação, mesmo que a expectativa seja positiva. Neste momento vale a regra dos três segundos, agir rápido para não perder a oportunidade. Ensaiar mentalmente os resultados (expectativa de reação) é ideal para ser feito em casa, em momentos a sós.

Abraços

Psycho


Artigos Indicados como Complementos:Área Normal:


Área Vip:



:ae

ANÚNCIOS

Avatar pua
Jack80

Pua Portugal

#897627 Ou seja, conclusão, na hora de sedução, não pense em qualquer tipo de crença e viva a sua vida relaxado e positivo no que diz respeito à sedução. Não podia estar mais de acordo.
Avatar pua
Dr. Cafajeste

PUA EXPERT

#897636 Grande Psycho!

Já estava sentindo a falta de ler seus ótimos e bem elaborados artigos.

Parabéns por mais este sobre a crenças na sedução!

Certa vez participei de uma palestras motivacional com Dr. Lair Ribeiro e sempre me lembro desta frase que ele disse:

"Se você pensa que pode ou que não pode, de qualquer forma esta certo"

Essa frase pode se referir as crenças desafiadoras ou limitantes.

Abraços!

Dr. Cafa
Avatar pua
Instint0

MEMBRO PROFISSIONAL

#897709 So consigo aplaudir... GENIAL....

Como se quer convencer alguém de algo, se você mesmo não se convence daquilo se ainda duvida?

Hitler foi um orador incrível, ele acreditava de tal maneira no que dizia, que o povo alemão o amava e compartilhavam de suas crenças...

Acreditar, sem duvidar...Mesmo errado conseguira ser certo...