Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

[Mentor] - MEMBRO EXCLUSIVO
#858074 Nesse artigo eu vou falar sobre construção de hábitos, que foi uma das coisas que eu fiz pra me transformar de um cara que fazia poucas abordagens em um cara que aborda todas as mulheres atraentes que aparecem.

Usando essas técnicas de criação de hábitos, no ultimo carnaval eu cheguei a fazer 100 abordagens no mesmo dia.

Recentemente eu assisti um vídeo do Julien da RSD sobre criação de hábitos e como é algo que eu já fazia, achei muito interessante ver um PUA falando sobre isso, que na verdade é uma referencia ao livro "O Poder do Hábito" do Charles Duhigg que explica como criar novos hábitos e remover hábitos negativos.

Antes de ler esse livro, eu já tinha lido um resumo dele feito e comentado pelo Seiti Arata da Arata Academy, pra quem tiver interessado, no final desse artigo vai ter um link pra download desse resumo e o video do Julien.

O Vídeo do Julien é bom mas eu acho que ele podia ter explicado melhor, quem quiser se aprofundar mais, eu recomendo que leia o próprio livro.

De qualquer forma, nesse artigo eu já estarei mostrando os conceitos mais importantes desse livro, voltados para a prática e focando na sedução.

Os hábitos são divididos em 3 partes.

1 - Gatilho - o que gera o hábito
2 - Rotina - o hábito em si
3 - Recompensa - o que faz você ficar satisfeito com o hábito.

O cérebro cria hábitos porque não tem como processar conscientemente tudo o que está a sua volta, algumas coisas são feitas no piloto automático.

Isso acontece por exemplo quando você aprende a fazer alguma coisa nova, no início você vai fazendo tudo conscientemente, prestando atenção em todos os detalhes e com o tempo vai se tornando um hábito e você passa a fazer essa coisa sem pensar a respeito, se torna automático.

Na sedução isso acontece quando um iniciante pensa em todos os detalhes da aproximação, a postura, o modo de falar, o que vai falar em seguida e conforme ele vai fazendo várias abordagens, todo esse processo vai ficando automático, o PUA deixa de focar nos detalhes do seu comportamento e passa a fazer tudo de forma automática.

O hábito transforma um seqüência de ações em um comportamento automático

É muito importante prestar atenção quando tiver repetindo algum hábito negativo para interromper imediatamente esse hábito e não próxima vez que vier o gatilho, fazer outro coisa que não seja o hábito negativo.

Imagine por exemplo um pua que tem o hábito de inventar desculpas pra não abordar uma garota que ele ta atraído. Nesse caso, o gatilho pode ser quando ele vê a garota ou quando alguém fala pra ele abordar ela e o PUA já começa a criar desculpas e motivos para não abordar a mulher.

Isso é um hábito negativo e a recompensa é continuar na zona de conforto sem se expor aos riscos de abordar uma mulher. um hábito como esse deve ser removido o mais rápido possível e trocado por um hábito positivo que nesse caso seria abordar a garota atraente.

Hábitos negativos podem ir muito alem disso, como uso excessivo de álcool, cigarro, drogas mas nesse artigo eu vou focar nos hábitos relacionados a sedução.

Os hábitos geralmente são criados sem percebermos e são tão poderosos porque a recompensa cria uma dependência do hábito como no famoso experimento dos cachorros de Pavlov onde ele tocava um sino e um tempo depois dava comida pros cachorros. Depois de repetir essa seqüência várias vezes, só o fato de tocar o sino já fazia os cachorros começarem a salivar esperando a comida, mesmo se não tivesse comida por perto. isso se chama reflexo condicionado.

Para criar por exemplo o hábito de abordar mais mulheres, você pode criar recompensas para tornar esse hábito automático e não precisar pensar a respeito, primeiro precisamos identificar qual é o gatilho, o gatilho pode se ver uma mulher que você considera atraente, a rotina vai ser abordar a mulher ou o grupo e conversar com ela, a recompensa pode ser criada fazendo algo que te de prazer imediatamente após completar a rotina.

Também pode ser interessante criar uma punição caso você veja uma garota que você acha atraente em uma situação que você poderia abordar e não tome a atitude de abordar ela.

A criação de hábitos usando punição e recompensa pode criar resultado assustadores.

Uma forma interessante de fazer isso é deixar notas de 10, 20 ou 50 reais com um amigo seu e criar a meta de abordar uma certa quantidade de mulheres ou grupos e pra cada abordagem o seu amigo devolve uma nota, se você não abordar, a nota fica pra ele. Se eu não me engano, foi o Tyler da RSD que recomendou fazer esse desafio.

Isso não precisa ser feito só com dinheiro, eu lembro que durante um bootcamp com o Adrian Villar teve um desafio que um set era escolhido e se o pua não abordasse tinha que fazer 10 flexões no meio da rua. nesse caso foi usado apenas punição, usando punição e recompensa da pra ter um resultado ainda melhor.

Por exemplo, quando você sair, você pode por exemplo quando tiver com fome, sede, apertado pra ir no banheiro ou com sono querendo ir embora, você pode abordar uma mulher e só fazer o que você tava querendo após a abordagem.

Outra exemplo é separar algum dinheiro, e dividir pela quantidade de mulheres que você pretende abordar, sair pra rua e abordar essas mulher, se você não completar a meta, escolha alguma pessoa ou alguma organização que você odeia e doa o dinheiro, por exemplo, se você for ateu pode doar pra uma igreja, se for a favor de algum partido político doa pro partido oposto ao seu, se você for evangélico, doa pra um pai de santo.

Você pode também fazer uma lista de coisas prazerosas que você quer fazer e só fazer essas coisas se você fizer as abordagens.

isso vai fazer o teu cérebro associar abordar mulheres com algo bom e não abordar com algo ruim, ajudando a criar o hábito de fazer abordagens.

video do julien - http://www.youtube.com/watch?v=MlRPsNKnTwQ

resumo do livro - http://leandromarshall.files.puabase22.com/2012/05/arata-seiiti-o-poder-do-hc3a1bito-comentado.pdf

ANÚNCIOS

Avatar pua
Hipley

Veterano - nível 9

#858079 Sensacional esse seu artigo. Obrigado por ter compartilhado.
Creio que vai ajudar muito. Vou experimentar e depois posto os resultados.
Abraço.
rdg

Aprendiz

#858101 gosteii cara, vou experimentar essa ideia de puniçao x recompensa, acredito que dê algum resultado.

nao imaginava como usar esse tipo de ancoragem pra fazer resultados em mim mesmo, agora entendo um pouco mais a importancia da pnl..

valeeu pelo artigo,
abraçoss
.
Avatar pua
Lucasmpx

PUA EXPERT

#858105 rapaz, otimo artigo para abrir nossa mente! Com certeza vou ler o livro. Isso vai me ajudar demais na faculdade e em todas as areas da vida..

te agradeço,

abraço
Liike

Aprendiz

#858140 Excelente artigo amigo.

Utilizo muito esse modo de recompensas e punições. O mais comum é o do dinheiro. Quando saio com uns amigos, fazemos isso com notas de 20 reais. Se não abordar, perde os 20. E digo que funciona. Ninguem quer perder 20 reais (as vezes até mais, fazemos acumular) porque não quis falar com uma mulher. É um grande motivador.

Tudo de bom.

Abs.
Avatar pua
Devourer

PUA Avançado

#858142 Falando em mal hábitos que nós PUA's criamos, engraçado, quando não sabemos abordar ninguém, nós criamos desculpas e quando se tornamos PUA's não abordamos também, criando uma desculpa que se nós tentássemos naquela HB conseguiríamos, logo não abordamos, a nossa mente é algo muito complicado kkkk

Outra coisa que quero falar aqui é que com um tempo a sua mente e seu corpo ele vai se acostumando a esse tipo de hábito em abordar mulheres,quando eu estava praticando o PUA se eu não aborda-se alguma HB que eu estivesse afim, quando chegava em casa batia uma tristeza danada e ficava pensando nela a noite toda, sendo assim eu tinha a obrigação quera ou não de abordar, por que se eu não aborda-se, a minha mente ficava me perturbando a noite toda.