Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua
Fabiofsoares - MEMBRO EXCLUSIVO
#937892 Procure ajuda de um psicólogo urgente! Não tome medicamentos por conta própria e NÃO PROCURE MAIS ELA.

Procure no Google, Homeostase quântica. Técnica de reprogramação cerebral.



kingow escreveu:Manos, ela é praticamente minha primeira namorada e eu o primeiro namorado dela, sei que vocês ou alguns passaram pela mesma coisa ou parecida...

Só que é difícil pra caralho isso vey, tipo, conheci ela ano passado em fevereiro, e comecei a gostar dela no início porque é uma pessoa muito simpática e gentil, começamos a namorar em dezembro, tivemos muita coisa juntos, tudo parecia uma maravilha... até que aos poucos vou conhecendo ela melhor, primeiro, esse lance do loló, já fazia um tempo que eu sabia disso, aí agora isso, ela vem com esse papo de que não parou com loló, que matou um gato (descobri hoje que inclusive foi o gato da casa dela que está sumido, e ela disse que era o da vizinha), desde o começo, caras, eu estive preparado pro pior, eu não dava muita moral, tentava o desapego, agia como um cara desapegado, mas quando terminei agora, me sinto um lixo, como se eu tivesse feito a pior coisa do mundo, como se eu tivesse feito a maior burrada, quando ao invés disso, eu poderia ainda estar vendo ela, sorrindo, tendo aqueles momentos patéticos que namoradinhos tem.. sinto falta dos beijos dela, de estar abraçado com ela, dos amassos... das brincadeiras dela...

Meu Deus, quando terminei com ela não achei que fosse sentir tudo isso, é sério gente, to ferrado, tão ferrado que to pesquisando técnicas de esquecimento pra apagar todas as lembranças que tenho dela, nessa pesquisa achei algo sobre propranolol, um remédio de pressão, que também serve para amenizar o lado emocional de uma lembrança, uma dor ou medo... até já tomei e espero que funcione, porque eu não sei lidar com sentimentos, me sinto horrível e não gosto dessa sensação, então que foda-se minha memória, se pra eu conseguir esquecer ela for preciso apagar ela da minha cabeça de uma vez por todas, que seja. Pelo menos o emocional quero apagar.

Pode parecer egoísmo meu, tantas pessoas passando pela mesma coisa, mas galera, eu não to sabendo lidar com esse término e eu já tentei seguir em frente, já passou tanta coisa pela minha cabeça que tomar esse propranolol é a melhor e mais viável opção.

Eu não chorei por ela, nem nada do tipo, é mais como uma sensação de arrependimento, saudade... gostaria de poder voltar no tempo e fazer as coisas do jeito certo...

ANÚNCIOS