Relatos pessoais, artigos, textos e vídeos para motivar qualquer um.

Criador do tópico

Lucassleo

Aprendiz

#979656 Eu já estou me arrependendo de postar isso, mas aí vai:

Agora eu consigo compreender uma fração da pequena frase que um instrutor me disse: "Eu tento fugir dessas coisas negativas passadas nas comunidades". Porém, procuro me atentar para um problema muito maior: Me vencer, vencer meus próprios medos de fracasso, "jogar" comigo mesmo. E mesmo sabendo que vou fracassar, aprender a lidar com isso.
Tem certos momentos em que você acha que pode abraçar o mundo, que pode fazer o que quiser apenas com muito esforço, dedicação e acreditar nesse processo de ter experiências ruins e boas, tomar atitudes, falhar, levantar e continuar falhando até acertar. (mesmo eu não tento feito isso ainda, só teoria na minha cabeça)
Mas tem outros que você acha que não deve nem ao menos escrever um texto como esse por não estar se arriscando, saindo às ruas ou indo à festas, boates, bares... para praticar o PickUp e procurar sua real felicidade.
Quando eu comecei a procurar sobre "como conquistar uma mulher" eu não tinha nenhuma noção de onde isso poderia me levar, até hoje, na verdade, eu não sei. O meu objetivo inicial (a uns 8 meses) era simplesmente aprender a conquistar uma mulher e conseguir um mísero beijo. Passados aproximadamente 3 meses de muito vídeo no Youtube dos canais conhecidos pela maioria, NENHUMA prática e muita frustração, eu desisti. Esqueci o PickUp e decidi voltar a vida cômoda que levava todos os dias.
Esse ano, comecei com a aquela velha ideia de mudar tudo na minha vida, de me reinventar. Encontrei por acaso a comunidade PUABASE no Google e me inscrevi. Comecei a ler muitas e muitas coisas, mas sempre odiei ler e principalmente escrever. Mandei algumas mensagens privadas para caras experientes. Tentei me manter firme e seguir a risca. Me animei muito na minha primeira abordagem, apesar de ser um fracasso, foi divertido sair da minha zona de conforto e lutar pelo que eu quero.
Faz pouco mais de 1 mês que entrei aqui na comunidade. A princípio li poucas páginas do MM e do Blueprint, assisti a 1ª Temporada do "The PickUp Artist", aprendi alguns conceitos (até hoje não sei todos de cabeça), fiz 3 dias do desafio do Style, li pouco mais de 105 páginas do “The Game – Neil Strauss”, procurei sobre a RSD, descobri novos canais no Youtube que me ajudaram muito, pois eles traduzem conteúdo da RSD, a qual me identifiquei bastante e me incentivou e ainda incentiva a continuar essa jornada.
Hoje de madrugada li alguns relatos dos Top 10 PUGs. Me senti muito mal comigo mesmo e em como eu estava levando a vida a partir das verdades ditas por um dos PUGs em um artigo e decidi vir aqui e escrever um pouco sobre mim. Perdi o sono, porém preferi me esforçar pra dormir e refletir nos fatos da minha vida, como eu queria seguir daqui pra frente, aquela coisa toda apenas ao acordar. Dia seguinte --> Lembrei do Tyler falando: "Decida ficar bom com as mulheres e não desista como um bostinha", "Você terá sucesso se começar a tomar atitudes e adquirir experiência de aprendizado em campo", "Aproveite o processo", "Não fique se julgando", “Você é apenas um ser humano!”, “Cultive tudo” (não sei as frases exatas, apenas as ideias que elas me passam).
Fui convidado por um amigo a ir à uma festa esse final de semana. Conversei com o G... (um cara aqui do fórum), o qual está me ajudando MUITO. Ele me disse para ir a qualquer lugar desses que me convidarem. Mesmo não podendo fazer isso, pois minha vida financeira ainda nem se iniciou, nessa, pelo menos, eu irei. Será a primeira vez que vou sair pra sargear. Vai ser assustar eu acho.
Sou um belo exemplo de fracasso socialmente e ainda tenho muito a crescer, não somente no PU, mas principalmente na vida. Sou um nota 0 passando pra iniciante (como diz o guipinheiro). Tenho uma certa dificuldade em organizar minhas ideias e por isso estou procurando dar um passo de cada vez. Ser humilde em quem eu sou agora, mas esperançoso no que posso me tornar. Procurando SEMPRE tomar a atitude e não me levar apenas pelas minhas emoções. Porque percebi que se eu me levar apenas pelas emoções eu vou acabar deitado no sofá/cama assistindo filmes ou séries e sonhando ser quem eu ainda não sou. --> Essa parte veio de um vídeo que eu vi do Julien-RSD.
Bom, é isso. Fico pensando as vezes no que os outros vão achar disso que eu postei. Que vão achar que eu sou um idiota (talvez eu seja), entretanto, ainda assim, eu sentia essa necessidade de postar algo assim aqui na comunidade.
PS: Não estou buscando incentivo nesse post, que fique claro, apenas estou dizendo um pouco do que estou passando na minha vida.
Espero que vocês comentem aí o que acharam. (caso tenha lido até aqui, é claro hahahaha)
Valeu!!!

ANÚNCIOS

Avatar pua
Thor Lipe

Aprendiz

#979686 Tudo bom?
Mano to achando que você esta com muita cobrança em cima de você mesmo...
Levanta a cabeça, respira, e para urgentemente de se automachucar!!!
Se tiver tempo, assiste o video abaixo, ele apresenta algumas soluções de como enfrentar alguns problemas seus

Boa evolução!!
toniko

Aprendiz

#979697 Parabéns pela coragem de se expor em um desabafo,isso é um bom começo, quando precisar da ajuda de alguém, como amigos, primos, irmão, pai, peça.

Se alguém rir do seu pedido não merece seu respeito, não há ser humano que nasce sabendo andar,falar e namorar fica a dica.

Vou colocar uma coisa que vejo muitos por aqui falarem.
Pelo jeito que vc esta se descrevendo vc parece até que tem baixa auto estima cara.

Não sou o maior transão do mundo,mas se vc não crescer pessoalmente (procure sobre a base do inner game) vc não vai ter
sucesso nas suas abordagens mesmo se tiver coragem de fazê-las (lógico que esta não é uma verdade absoluta),mas vou citar um exemplo, um tanque de guerra não é montado no campo de batalha, primeiro ele é desenhado,projetado,construído,blindado para depois enfrentar seus inimigos,testes são feitos nesta batalha e se houver melhorias a serem feitas,elas serão feitas e esse tanque ficará cada vez mais competitivo,vc nunca sera invencível na batalha,enquanto vc evolui os outros evoluem também as batalhas serão constantes vc ganhará algumas e perderá outras, mas a guerra será eterna tenha certeza disso.

Vc tem que ter auto-confiança(confiança em si mesmo),ou seja,se blinde para a batalha que terá de enfrentar não contra as mulheres, mas contra si mesmo e não adianta se blindar sozinho se você não sabe o que irá enfrentar lhe dou uma dica.

Saia e aborde 5 garotas aleatórias,saia em um dia que vc esteja se sentindo o fodão, no dia em que recebeu uma boa noticía, tente gravar essas abordagens e tente se lembrar do que aconteceu... se não conseguir passar nem da porta ou da primeira abordagem vc ainda não esta pronto, converse mais, com qualquer pessoa, seja la qual o assunto se socialize, seu pai sua mãe seu primo, não importa quem, você precisa perder o medo não só de garotas,mas de qualquer ser humano.

O desafio Stylelife é um ótimo inicio para puas na sua situação, se você não levar o que lhe é proposto aqui no fórum a sério, vc não conseguirá evoluir...

Parabéns pela iniciativa,lhe desejo tudo de melhor,pois já estive em sua situação.

Um canal legal que eu sempre vi e que mostra a pratica nua e crua é o



Salve o canal se quiser.

https://videospua.com/

Criador do tópico

Lucassleo

Aprendiz

#979719
toniko escreveu:Parabéns pela coragem de se expor em um desabafo,isso é um bom começo, quando precisar da ajuda de alguém, como amigos, primos, irmão, pai, peça.

Se alguém rir do seu pedido não merece seu respeito, não há ser humano que nasce sabendo andar,falar e namorar fica a dica.

Vou colocar uma coisa que vejo muitos por aqui falarem.
Pelo jeito que vc esta se descrevendo vc parece até que tem baixa auto estima cara.

Não sou o maior transão do mundo,mas se vc não crescer pessoalmente (procure sobre a base do inner game) vc não vai ter
sucesso nas suas abordagens mesmo se tiver coragem de fazê-las (lógico que esta não é uma verdade absoluta),mas vou citar um exemplo, um tanque de guerra não é montado no campo de batalha, primeiro ele é desenhado,projetado,construído,blindado para depois enfrentar seus inimigos,testes são feitos nesta batalha e se houver melhorias a serem feitas,elas serão feitas e esse tanque ficará cada vez mais competitivo,vc nunca sera invencível na batalha,enquanto vc evolui os outros evoluem também as batalhas serão constantes vc ganhará algumas e perderá outras, mas a guerra será eterna tenha certeza disso.

Vc tem que ter auto-confiança(confiança em si mesmo),ou seja,se blinde para a batalha que terá de enfrentar não contra as mulheres, mas contra si mesmo e não adianta se blindar sozinho se você não sabe o que irá enfrentar lhe dou uma dica.

Saia e aborde 5 garotas aleatórias,saia em um dia que vc esteja se sentindo o fodão, no dia em que recebeu uma boa noticía, tente gravar essas abordagens e tente se lembrar do que aconteceu... se não conseguir passar nem da porta ou da primeira abordagem vc ainda não esta pronto, converse mais, com qualquer pessoa, seja la qual o assunto se socialize, seu pai sua mãe seu primo, não importa quem, você precisa perder o medo não só de garotas,mas de qualquer ser humano.

O desafio Stylelife é um ótimo inicio para puas na sua situação, se você não levar o que lhe é proposto aqui no fórum a sério, vc não conseguirá evoluir...

Parabéns pela iniciativa,lhe desejo tudo de melhor,pois já estive em sua situação.

Um canal legal que eu sempre vi e que mostra a pratica nua e crua é o



Salve o canal se quiser.

https://videospua.com/


Opa, tudo certo?
Sim, muitas vezes eu começo as coisas e desanimo. Eu escrevi esse texto durante a manhã, no final da tarde que eu fui postar. Já estava arrependido de algumas coisas que eu escrevi, mas mesmo assim coloquei na comunidade.
Obrigado pelo seu comentário!!
Avatar pua
The Potents - MEMBRO EXCLUSIVO
#979725 Lucasleo, primeiramente, muito obrigado por confiar em se abrir conosco. Esperamos não desapontá-lo. Em segundo lugar, parabéns pela coragem em se expor. É um grande feito ao meu ver.

Eu estou lendo um livro dedicado a escritores, ou seja, é um livro que ensina pretensos escritores a escreverem as histórias que estão em suas mentes. E num dos pontos do livro, onde ele trata da trajetória do personagem principal, o autor diz que esse personagem, no começo da trama, é um cara normal, com uma vida normal, mas que tem algum problema, frustração ou empecilho que faz de sua vida um tanto incompleta.

A história começa a ficar interessante exatamente quando o personagem recebe um chamado para uma ação, seja para um grande desafio, uma batalha, uma vingança ou mesmo uma mudança interior. Desse ponto em diante, altos e baixos, ganhos e perdas ocorrem, e o personagem segue acumulando experiências que culminarão em seu maior desafio na grande batalha final.

Pois bem, ao contrário de muitos "mimimis" que vemos por aqui e que não me dão a menor vontade de começar a ler, ao ler o seu relato, essa "saga do personagem" descrita acima me veio à mente. E me veio à mente exatamente porque nos livros é muito comum o personagem principal duvidar de si mesmo e de sua capacidade, mas ele não tem outra opção senão continuar seguindo em frente, grande parte das vezes aos trancos e barrancos, até que finalmente triunfe ao final de tudo!

E o melhor é que histórias assim fazem sucesso exatamente porque retratam grande parte do que acontece conosco na vida real, mesmo que o livro ou filme seja uma ficção em outro planeta e com personagens fantásticos (fadas, magos, dragões, etc), pois em sua essência é muito parecido com as histórias particulares de cada um de nós.

Trazendo então essa visão para o seu mundo real, você era um cara normal com alguma coisa que te emperrava, e que agora recebeu o chamado para sua história fantástica. Está relutante porque ainda não conhece suas potencialidades, o quanto você é capaz de fazer e que ainda está latente dentro de si, mas que virá a tona a partir do momento em que resolver encarar novas aventuras.

Meu querido, você tem então pela frente a mais linda e incrível saga jamais vivida por outro personagem, pois ela é somente sua, única. É o seu caminho de Compostela, sua batalha em Mordor, a sua vitória na Estrela da Morte! Vai ser sofrido? Claro que vai! Vai se machucar? Óbvio! Mas ao final você irá voltar no tempo e não irá se reconhecer. Aquele cara tímido e passivo já não existe mais. Ficou lá, no passado. Foi enterrado a partir do momento em que decidiu seguir em frente apesar de tudo. E o herói não se fez na batalha final, mas na primeira batalha, na batalha interna, na dúvida em agir ou não agir, na escolha por fazer mesmo sabendo que iria se foder, se esculhambar. Ali foi o primeiro grande ato de coragem.

Pega então a tua espada, meu jovem, e viva a sua aventura. E se precisar de um escudeiro, estaremos todos aqui para te servir!

Um forte abraço! :ae

Criador do tópico

Lucassleo

Aprendiz

#979736
Thor Lipe escreveu:Tudo bom?
Mano to achando que você esta com muita cobrança em cima de você mesmo...
Levanta a cabeça, respira, e para urgentemente de se automachucar!!!
Se tiver tempo, assiste o video abaixo, ele apresenta algumas soluções de como enfrentar alguns problemas seus

Boa evolução!!


Opa, tudo certo?
Vou assistir o vídeo sim!! Obrigado pelo seu comentário. Valeu!

Criador do tópico

Lucassleo

Aprendiz

#979749
The Potents escreveu:Lucasleo, primeiramente, muito obrigado por confiar em se abrir conosco. Esperamos não desapontá-lo. Em segundo lugar, parabéns pela coragem em se expor. É um grande feito ao meu ver.

Eu estou lendo um livro dedicado a escritores, ou seja, é um livro que ensina pretensos escritores a escreverem as histórias que estão em suas mentes. E num dos pontos do livro, onde ele trata da trajetória do personagem principal, o autor diz que esse personagem, no começo da trama, é um cara normal, com uma vida normal, mas que tem algum problema, frustração ou empecilho que faz de sua vida um tanto incompleta.

A história começa a ficar interessante exatamente quando o personagem recebe um chamado para uma ação, seja para um grande desafio, uma batalha, uma vingança ou mesmo uma mudança interior. Desse ponto em diante, altos e baixos, ganhos e perdas ocorrem, e o personagem segue acumulando experiências que culminarão em seu maior desafio na grande batalha final.

Pois bem, ao contrário de muitos "mimimis" que vemos por aqui e que não me dão a menor vontade de começar a ler, ao ler o seu relato, essa "saga do personagem" descrita acima me veio à mente. E me veio à mente exatamente porque nos livros é muito comum o personagem principal duvidar de si mesmo e de sua capacidade, mas ele não tem outra opção senão continuar seguindo em frente, grande parte das vezes aos trancos e barrancos, até que finalmente triunfe ao final de tudo!

E o melhor é que histórias assim fazem sucesso exatamente porque retratam grande parte do que acontece conosco na vida real, mesmo que o livro ou filme seja uma ficção em outro planeta e com personagens fantásticos (fadas, magos, dragões, etc), pois em sua essência é muito parecido com as histórias particulares de cada um de nós.

Trazendo então essa visão para o seu mundo real, você era um cara normal com alguma coisa que te emperrava, e que agora recebeu o chamado para sua história fantástica. Está relutante porque ainda não conhece suas potencialidades, o quanto você é capaz de fazer e que ainda está latente dentro de si, mas que virá a tona a partir do momento em que resolver encarar novas aventuras.

Meu querido, você tem então pela frente a mais linda e incrível saga jamais vivida por outro personagem, pois ela é somente sua, única. É o seu caminho de Compostela, sua batalha em Mordor, a sua vitória na Estrela da Morte! Vai ser sofrido? Claro que vai! Vai se machucar? Óbvio! Mas ao final você irá voltar no tempo e não irá se reconhecer. Aquele cara tímido e passivo já não existe mais. Ficou lá, no passado. Foi enterrado a partir do momento em que decidiu seguir em frente apesar de tudo. E o herói não se fez na batalha final, mas na primeira batalha, na batalha interna, na dúvida em agir ou não agir, na escolha por fazer mesmo sabendo que iria se foder, se esculhambar. Ali foi o primeiro grande ato de coragem.

Pega então a tua espada, meu jovem, e viva a sua aventura. E se precisar de um escudeiro, estaremos todos aqui para te servir!

Um forte abraço! :ae


The Potents (me lembra algumas músicas sertanejas falando: Aô potência!!! hahaha).
Seu comentário foi muito valioso pra mim, foi muito boa a forma como você descreveu o tudo. Só de saber que um pretendo escritor se interessou em ler meu relato, foi maravilhoso. Não sei muito o que dizer.
Esse seu comentário poderia render um post! MUITO OBRIGADO!!!