Depoimentos de mudança com o PUABASE.
Conte nos nessa área um pouco da sua evolução atingida com os conhecimentos adquiridos no PUABASE. Adoraremos ler a evolução de um membro da nossa irmandade.

O primeiro é fazer você refletir sobre o seu desenvolvimento e o segundo é conhecer um pouco mais a evolução dos outros membros.
Avatar pua

Criador do tópico

HomemClassico

Aprendiz

#1057575 Planejei a semana toda como seria a festa! E me superei!
Era o aniversário de uma garota que ficava com um colega meu. E eu me preparei dessde o inicio da semana para essa guerra, já tinha a roupa que eu me sentia melhor , cabelo cortado ,perfume top , trabalhei no dia da festa o meu repertório pré-balada e fui que fui, e o melhor, ainda por cima amo open bar . Como diz um amigo meu, naquele dia estava no meu setimo sentido liberado(não sei se entendem a referência hahaha).
Enfim, peguei o metro e na saída ja fiz a interação perguntando aonde era a balada que eu ia(que eu já sabia). Uma loura do grupo , uma loba bem boa me deu mole, mas fui arrogante e perdi a mulher, entrei na balada e deixei ela para depois porque pensei que ali já era território ganho(erro bobo). Foi quando um amigo dela chegou e levou minha loba(aprendida a lição , continuei a festa), continuei interagindo com o grupo e fiquei com uma gordinha que estava fazendo a dança do acasalamento rs.
Continuei interagindo com o grupo delas e lá como eu tinha grupo da aniversáriante, ganhava destaque na boate pequena( o que me dava valor social).
Então, eu não e lembro como, fiquei com uma garota que abordei em uma pilastra, virei, ela estava do lado da frente para o grupo da gordinha , estava tão foda-se que chegou ao ponto que eu revesava com as duas( até que parei de ficar com elas, ou elas comigo).
Trebado fiquei lá com o grupo da aniversáriante. Foi quando o meu unico amigo que estava ali falou que ia embora porque a aniversariente não queria ele . Eu sem alma,vi uma mulher que fazia meu estilo, abordei e ficamos , ai show,foda-se meu amigo ir embora, estava no jogo de novo, mas aí que começou o perigo, a mina me chamou para ir para uma rua de boates com ela e um casal , entrei no carro de desconhecidos e foda-se( E o maluco parecia meio cabreiro rsrsrs). Mas sem limites , eu comecei a botar o pau para fora dentro do carro(atitudes que normalmente eu não faria nessas circunstãncias), a mina do cara no banco da frente vendo, avacalhando legal , mandando ela chupar (parecia um filme porno pé de chinelo). Eles moravam muito longe e me largaram no meio da estrada( desespero?! Um homem sem alma, sem limites e feliz de um dia produtivo não pensa nas concequências).
Um mendingo, ou outro bebado, ou algo gerado pela minha imaginação, ou deus, me indicou o caminho para tentar chegar em casa, peguei um onibus interagi com uns cahaças, soltei e fui caminhando sem camisa igual um zoombie para casa, já estava um sol horrível naminha cara essa hora, comi e consegui chegar em casa.
Quando acordo tunha gosto de hamburguer na boca e não lembrava de nada, ainda bem que conforme o dia foi fluindo, passei a lembrar, puta história maneira.

ANÚNCIOS