Artigos sobre sedução e afins. Tópicos com 60 dias sem resposta vão para área de Arquivos. Não poste dúvidas nessa área.

Criador do tópico

LeoBritoo19

Aprendiz

#1082439 Você já se pegou vagando pelo Instagram, olhando os perfis de mulheres gatas, com padrão de vida elevado e pensou "Não tenho dinheiro para acompanhar um mulher dessas", logo se colocando em um nível abaixo ao dela? Ou não se sentindo bom o suficiente?
Pode ser até alguma mulher que você conheça pessoalmente, que você sabe que frequenta os melhores lugares, que faz várias viagens, que tem um padrão de vida elevado e já pensou "essa mulher nunca ficaria comigo..." ?
Eu acredito que você já deve ter se visto em alguma dessa situações, situações onde você se sente inferior ou incapaz, baseado apenas em dinheiro. Aqui não quero nem entrar no mérito de se dinheiro é ou não importante na conquista. Meu objetivo com esse texto é somente te fazer ter uma visão, um "frame" diferente do que você está acostumado, quando o assunto é mulheres com mais grana do que você.

1. SEJA O AMANTE, NÃO O PROVEDOR!
O primeiro ponto para superar essa visão é você passar a encarar você como o "amante" da mulher e não o "provedor", pense também que você não vai chegar nela para casar com ela.
O "amante" seria aquele cara que a satisfaz fisicamente, que a faz suspirar, que mexe com ela, enquanto o provedor é o cara que tá pagando as contas dela, as viagens delas, os jantares caros, as compras no shopping...
Ser o "amante" está mais ligado com a parte emocional, em fazer ela se sentir viva, em como você afeta as emoções e sentimentos da mulher, como você a satisfaz (Inclusive sexualmente), é esse seu objetivo, ter bons momentos com a mulher, independente da sua ou da classe social dela.
Você não precisa ser o provedor, você não precisa levar ela pros lugares mais caros, mais fodas da cidade (e pagar tudo só), você não precisa pagar viagens para ela. A única coisa que você precisa é mexer com ela em um nível emocional e sentimental (Não tou falando pra você apenas pegar a mulher e descartar, mas em focar mais na experiência que sua personalidade pode proporcionar a ela, ao invés das experiências que seu dinheiro pode proporcionara ela).
Pare de pensar: Será que eu vou ter condições de dar as coisas boas que ela é acostumada? Será que eu vou poder levar ela pros melhores lugares da cidade?
Se pergunte: Eu sou capaz de ter bons momentos com ela, faze-la sorrir, se divertir, se sentir bem e satisfeita? Eu sou capaz de ser o "amante", de "pegar ela de jeito"?

2. Nem tudo que é bom, precisa ser caro.
O segundo ponto é você perceber que nem tudo de bom nessa vida é caro, nem tudo que a mulher gosta de fazer PRECISA ser caro.
Por mais rica que ela for, ela também vai gostar de coisas simples, aliás, todo mundo gosta. Ela pode muito bem gostar do rodízio de sushi mais caro da cidade, mas adorar também um açai. Ela pode adorar ir para os melhores bares da cidade, mas adorar também ir para a praia. Ela pode adorar as melhores baladas, mas também gostar de atividades físicas. Então, reflita.: Você não precisa levar ela para os melhores lugares! Você pode ir com ela para a praia e ela gostar tanto de você (da sua personalidade) quanto gostaria se você tivesse a levado para um restaurante top. Lembre-se, você não quer ser o namorado/provedor dela, você quer ser o "amante".

3. Não vá além do seu limite.
O terceiro e último ponto é mais um aviso do que uma "dica". E o aviso é simples: Não queira parecer o que você não é! Se você não é rico e realmente NÃO tem condições de levar ela pra restaurante em que a conta dá 500 reais, então NÃO a leve lá.
Não ultrapasse seus limites financeiros para impressionar uma mulher ou para fingir que tem o mesmo nível de renda que ela. Não estou dizendo para você ficar levando ela para lugares ruins, você pode sim fazer algum esforço para ir para algum lugar mais "caro", o que você não pode é sacrificar sua saúde financeira por causa de uma mulher.

Agora, reflita sobre esses pontos que eu trouxe para você! Meu objetivo não é trazer técnicas "mágicas" para conquistas as mulheres ricas, mas sim te fazer pensar sobre como você tá encarando a diferença entre você e a mulher. Garanto que se você parar de se sentir intimidado pela questão financeira, parar de se sentir inferior a ela, você vai conseguir chegar muito mais confiante nela e vai ter MUITO mais chances com ela!
E POR FIM, LEMBRE: VOCÊ QUER SER O AMANTE, NÃO O PROVEDOR!!!!

ANÚNCIOS

Avatar pua
DavidDraw

Veterano - nível 2

#1082448 Um bom argumento pra colocar a autoestima em dia.
Quanto mais refratário o homem, mulheres mais interessantes ele terá pq não se submeterá e descobrirá seu valor.

Criador do tópico

LeoBritoo19

Aprendiz

#1082458
Rica Villa escreveu:Pq mulher rica? Isso serve para qualquer mulher. O importante é saber que todas peidam e cagam.


Verdade! Serve sim. Só quis trazer algo mais prático, para ir além de só falar "ela não é perfeita"... Como eu vejo que muitos caras têm essa "neura", de imaginar que não vai conseguir a mulher por questões financeiras, resolvi aplicar esse frame nessa situação...
Abraço!
Avatar pua
cristiano 886

Veterano - nível 9

#1082575
Rica Villa escreveu:Pq mulher rica? Isso serve para qualquer mulher. O importante é saber que todas peidam e cagam.


Melhor comentário. Eu também achei suas dicas bem superficial sem querer ofender ou desmerecer sua boa vontade em ajudar os outros.

Criador do tópico

LeoBritoo19

Aprendiz

#1082589
cristiano 886 escreveu:
Rica Villa escreveu:Pq mulher rica? Isso serve para qualquer mulher. O importante é saber que todas peidam e cagam.


Melhor comentário. Eu também achei suas dicas bem superficial sem querer ofender ou desmerecer sua boa vontade em ajudar os outros.


Valeu pelo feedback! Na próxima trarei algo mais profundo!
Avatar pua
BossDon - MEMBRO EXCLUSIVO
#1082596 Tbm achei a postagem simples e superficial mas o suficiente pra solucionar o objetivo do post .

As vezes , a galera espera uma formula que estava guardada a 7 chaves durante 13945 anos pra resolver um "problema" que poderia ser solucionada com algumas coisas simples que o PU prega e que o autor trouxe no seu post .

Parabens !