O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!
Avatar pua

Criador do tópico

jfelixoliveira

Veterano - nível 1

#519277 precisamos de dinheiro para sobreviver então ai vai algumas dicas para sua vida profissional espero que gostem caros amigos.

1. Organize seu ambiente
A bagunça é um convite à improdutividade. Comece o ano dando uma geral em casa e no escritório. Nem pense em fazer tudo em apenas um dia - você corre o risco de desistir no meio. A cada etapa, será um alívio jogar o lixo fora, doar o que está bom, mas fora de uso, mandar consertar o que for necessário.

Não esqueça a faxina virtual: delete os e-mails antigos e responda aos que estão pendentes. Tudo limpo? Providencie pastas e caixas com etiquetas para manter a ordem conquistada.

2. Planeje seu dia
Cansada de tanta correria, a comerciante Marcia Aiko Hasegawa, 38 anos, de São Paulo, elaborou um cronograma de compromissos diários que segue à risca. ''Hoje estudo, trabalho, faço exercícios e tenho maior disponibilidade para minha família. A qualidade de vida aumentou'', comemora.

Mãos à obra: planeje a semana no domingo, considerando as tarefas rotineiras e os extras (como a reunião da escola do filho). Atenção aos detalhes - se for lavar e secar o cabelo após a ginástica, contabilize. Reserve espaço para emergências e também para as boas surpresas. Se mora numa metrópole, compras por internet, uso de metrô e de serviços de motoboy economizam horas no trânsito; reservas no cinema ou em restaurantes reduzem os preciosos minutos perdidos nas filas.

3. Determine metas
Ter bem claros os objetivos que pretende alcançar a médio e a longo prazo ajuda a lidar com as responsabilidades diárias e a estipular prioridades. Além disso, evita gastos de energia desnecessários. Faça uma avaliação de suas prioridades e estabeleça metas profissionais e pessoais. Uma boa sugestão é anotá-las em uma folha de papel e deixá-la sempre à vista.

4. Aprimore seus conhecimentos
A fluência em duas línguas estrangeiras definiu o sucesso da esteticista e massoterapeuta Tainah Brochado Ranzeiro, 27 anos, de Brasília. ''Trabalho em um spa que recebe um grande número de pessoas de outros países e só consegui a vaga por falar inglês e espanhol. Hoje sou responsável por atender diplomatas, embaixadores e políticos de todo o mundo e ganho mais por isso'', diz.

Para crescer na carreira, descubra as competências indispensáveis e também o que pode ser um diferencial. Nem sempre um curso é o mais indicado. Algumas vezes, é melhor desenvolver comportamentos pró-ativos, como saber trabalhar em equipe. Verifique ainda se suas metas combinam com seus valores éticos e morais - quando não há conflitos internos, tudo deslancha melhor.

5. Prepare-se para ceder e arriscar
Quem foge de desafios, resiste a mudanças e não aceita a opinião alheia perde a chance de trocar experiências e ser mais criativa. Um ano realmente novo pede ideias flexíveis e inclui riscos. Eles dão medo, mas por outro lado combatem a estagnação. Disponha-se a ouvir e aproveitar sugestões, não se melindre com críticas e ouse mais. Ao ver a realidade por outros prismas, talvez dê menos importância a velhas questões e descubra potenciais inéditos.

6. Adote uma atitude otimista
Mesmo com grandes desafios pela frente, espere sempre pelo melhor resultado. Ser positiva é item fundamental para concretizar sonhos, atingir o sucesso em cada área da vida e encontrar a felicidade. Agir, pensar e viver com otimismo aumenta as chances de conquistar aquilo que se deseja. As atitudes refletem diretamente no desempenho no trabalho, na família e na vida pessoal.

7. Pratique a arte do convívio
Um exercício para criar harmonia em casa ou no trabalho: encare a convivência com as pessoas como se fosse uma orquestra. Você não toca sozinha, integra-se ao grupo. Ora um instrumento se destaca, ora outro. Às vezes, seu posto é de solista ou de general da banda; noutras, você vai mesmo carregar o piano. Raros momentos são uníssonos - é a diferença que faz a música. Saber escutar é quase tudo - a voz dos outros e também a do seu coração.

8. Troque sapos por estratégias
Quantas vezes você já fez algo de má vontade, sentindo-se obrigada e injustiçada? Ou deixou de se posicionar na hora certa para depois reclamar? Cuidado. Quem engole sapos demais é candidata à indigestão. O melhor modo de interromper esse ciclo não é explodir nem ficar quieta e adoecer de raiva.

A saída é montar novas estratégias: aprender a dizer não ou estabelecer condições para o sim, definir prioridades, delegar tarefas, negociar prazos, pedir ajuda quando necessário - e antes de ficar furiosa. Quem se sobrecarrega compromete o rendimento, o humor e acaba se prejudicando. Seja hábil e desarme essa armadilha.

9. Inclua o relaxamento na rotina
A paulistana Cecília de Almeida Kawall, 43 anos, adotou a estratégia e recomenda. ''Aos 40 anos, engravidei de gêmeos e a ioga me ajudou a ganhar serenidade e força para o parto. Gostei tanto que me aprofundei e acabei me tornando instrutora'', diz.

Assim como ela, você pode encontrar o seu método regular de combate à tensão e ao stress. Aulas de alongamento, tai chi chuan, massagens... Veja o que combina com sua personalidade e agenda. Caminhadas num parque ou à beira-mar são boas opções grátis. O importante é escolher algo que você possa fazer sempre e com prazer.

10. Elogie e agradeça
É essencial contar com os amigos e colegas, dar apoio a eles. Muita gente se esquece de dizer: ''Esse trabalho ficou muito bom'' - mas esse reconhecimento é como uma injeção de energia pura para quem ouve. Da mesma forma, é preciso agradecer pelas gentilezas que nos fazem. Mesmo que seja um simples encontro para papear, diga ao seu amigo: ''Obrigada por ter vindo comigo''.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Armani - MEMBRO EXCLUSIVO
#519484 Boa noite Sr,


Sem dúvida alguma, nós devemos cuidar de nossa área profissional. Realmente as dicas do texto são ótimas, Organizar o ambiente de trabalho é fundamental, assim como mostrar uma aparencia respeitavel, a calma deve estar envolvida. Muitas veses já reparei que estava desorganizado meu local de trablho, a roupa que usava parecia desgastada, e sempre quando se tratava no assunto "serviço" eu não tinha paciencia para ouvir, ouvia apenas metada e já achava que estava tudo resolvido era só "correr atras".


Dica 2 do texto, essa parte serviria bem ao pé da letra para quem já possui uma familia(namorada, esposa e filho...) a nossa parte social não se pode limitar em trabalhar, estudar na faculdade e depois estudar em casa(pessoa que não tem namorada, esposa e filho) supermercado para fazer as compras, EU prefiro ir nele ao invés de fazer a compra na internet, um livro de que eu goste eu prefiro pesquisar na internet e comprar em uma loja na qual possa conversar com a atendente e etc ...Claro que quando você realmente está sem tempo para fazer alguma tarefa como essa e consegue fazela pela intenet sem ter que pegar transito, é uma mão na roda.

Dica 10, Elogiar e agradecer é impressindivel, isso mostra que você tem educação! mas seja sincero ou acabara passando como puxa saco. Geralmente em empresas(meu caso, por isso estou citando) as pessoas vivem dentro de um stress muito grande, algumas consegue tem seu controle emocional estavel, outras não, muita das veses por nós acharmos que é dever de uma pessoa fazer o trabalho dela, devemos agradecer quando necessário( NÃO TODAS AS VESES, OU VAI PARECER SUBMISSO ;D) isso mostra que você "se importa" com ela/trabalho dela, e isso gera respeito.

AMIGÃO, MUITO BOM O ARTIGO, SÓ NÃO ESQUEÇA DE DAR OS CRÉDITOS AO AUTOR E AO LOCAL DE ONDE VOCÊ RETIROU O TEXTO. E VLW POR COMPARTILHAR !
The Glorious

Veterano - nível 2

#519802 Ô... jfelixoliveira, só tenho uma coisa pra dizer pra você: ''Esse trabalho ficou muito bom''! Kkkk...

A coisa mais difícil pra mim acho que ainda é ter pulso e sensibilidade na medida certa pra dizer "não" quando é conveniente... Fazer o quê???

Ah, ademais, procurei o legalzinho lá em cima, mas, não sei por que, em alguns posts (e este é um deles) a opção de agradecer não aparece pra mim.

Tá, tudo bem então... Já que é assim, substituo aquele joinha com a mesma inteção por esse: :ae

Valeu mesmo, camarada! Abraço!