Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua

Criador do tópico

jonit - MEMBRO EXCLUSIVO
#412140 A difícil arte de terminar um relacionamento

Posted: 17 Oct 2011 10:20 PM PDT



São poucas as histórias de relacionamentos que duraram muitos anos. E desconfio que dessa geração em diante a tendência seja de que relacionamentos realmente duradouros sejam cada vez mais raros. Portanto temos que entender que o processo inevitável de um relacionamento é que ele vai acabar em algum momento. A questão é:


Como terminar um relacionamento na hora certa?


Estou usando o termo hora certa, pois sei que as pessoas terminam relacionamentos, mas normalmente terminam depois de que todo respeito, amor, companheirismo e todas boas emoções já foram desgastadas e destruídas. Separam-se apenas depois que destruíram tudo que já tiveram de bom juntos até chegar a um estado de quase ódio e repugnância para quanto o antigo objeto de amor.

O homem parece que adia o inevitável muito mais que a mulher. Conheço vários homens que sabem que estão em uma relação ruim, e que não há chance de melhoras, mas continuam insistindo nesse erro, até chegar a um ponto realmente insuportável. Talvez uma traição ou até o total desprezo da mulher para ele acordar e fazer o que já deveria ter feito há muito tempo.

Terminar um relacionamento não é fácil. Não é fácil chegar para alguém e simplesmente dizer que ela não serve para sua vida. Que essa pessoa não merece mais sua presença e que você vai simplesmente embora da vida dela. Mesmo para as mulheres que não gostam tanto assim de você, um término é algo que irá atingir ela de alguma forma, e ela pode e provavelmente vai tentar reverter isso mesmo que não goste tanto de você. Pois ninguém quer “perder” a guerra da paixão.


Às vezes você pode ainda estar apegado, apaixonado e envolvido com sua companheira. Mas por alguma razão você sabe que esse relacionamento não vai dar certo, você sabe que você tem que terminar isso, pois as coisas não estão indo bem, ou acontecerá algo realmente ruim em breve. Você sente isso, sua intuição te avisa, o cotidiano mostra o quanto ela não serve para compromisso sério, mas mesmo assim você hesita. Tenta mudá-la. Ou pior, tenta mudar a si mesmo. Tenta aceitar o inaceitável, deixando de lado sua própria personalidade para manter um relacionamento desgastado simplesmente por medo de seguir adiante e sozinho.

O que fazer quando ainda estamos apegados?

Todo homem precisa ter uma escala de valores. Independente de sua escala de valores ser certa ou errada aos olhos dos outros, você precisa ter uma. O porquê disso é muito simples. Antes um homem com valores e princípios, mesmo que idiotas do que um homem sem personalidade que se adapta e muda de acordo com as mulheres. Você precisa definir para si mesmo o que considera certo e errado em um relacionamento. O que considera aceitável e inaceitável. Você precisa saber exatamente quando algo está de acordo com o que você espera da sua vida, e de seus planos e quando algo está contra isso.

Um relacionamento deve ser algo que agregue na sua vida, algo que te faça bem de alguma forma, e que se encaixe nos seus planos para o futuro. Quando você estiver diante de coisas que vão contra sua personalidade, seus valores ou até seus sonhos, você deve descartar isso. É dolorido “descartar” alguém, mas te garanto que é pior viver uma vida que não é sua. Aceitar coisas que te fazem mal, ou viver em função de algo que não se importa muito com você.

Você deve informar sua companheira de que se caso ela ofender seus princípios de que você não poderá continuar com ela. Para que assim caso ela quiser, ela irá adaptar-se aos seus valores ou ao menos irá saber exatamente o quando você pode ir embora.


Muitas vezes nós homens por medo de retomarmos nossas vidas, aceitamos continuar em um relacionamento desastroso, com uma pessoa que não nos faz bem. Simplesmente por medo de começar tudo de novo.

Ficamos cegos achando que não poderemos conquistar novas mulheres, que não conseguiremos viver sem ela, que não conseguiremos retomar uma vida social e de que não conseguiremos esquecê-la.

Se você pensa isto, estou aqui para te avisar. Você está enganado.

Existe vida após um relacionamento, se você sair do seu quarto e viver sua vida novamente, aos poucos tudo irá retornar. Suas amizades, novas mulheres que podem ser mais legais do que essa que não te fez bem, novas experiências, novos rumos. Você só precisa se permitir viver tudo isso. Todo homem precisa estar disposto a pegar a estrada quando for necessário.

Por mais que você ame sua companheira, mesmo com todos os defeitos e situações ruins que ela te faça passar, lembre-se que mulher nenhuma vale sua dignidade. Você não precisa se martirizar e viver em uma relação ruim apenas porque você acha que está fazendo o certo para ela, ou para a família dela, ou até para você mesmo. O certo é viver bem, o certo é estar com pessoas que nos querem bem. Se alguém te faz mal, certamente essa pessoa não te merece.

Nenhuma mulher gosta que terminem com ela. Ela vai tentar voltar, ligar pra você, mesmo que demore um pouco, talvez mais por orgulho do que por um sentimento. Seja forte. Corte todos os tipos de contato com ela. Não fale com ela, não deixe brechas para ela entrar na sua vida, não tenha amizades com ex-namoradas (caso você ainda sentir algo por ela, se você não sentir não há o que temer).

E depois de tudo isso, viva sua vida. Ligue para os velhos amigos, mesmo que você tenha se afastado deles. Eles estarão lá, permita-se viver novas experiências. Ficar sentado no sofá da sua casa, lembrando os poucos bons momentos que viveu ao lado dela não vai te ajudar.

E saiba que essa sensação ruim, essa sensação de que você não vai conseguir esquecê-la nunca, vai passar. Acima de tudo saiba, mesmo que você não acredite que sua vida vai continuar. E vai ser melhor assim.

Não espere chegar ao fundo do poço, chegar a uma situação onde os dois não se suportem mais, onde não há mais respeito, não há amor, não há simplesmente nada, para tomar uma atitude que já deveria ter tomado há muito tempo. Saiba que terminar um relacionamento na hora certa irá poupar tempo e sofrimento para ambos os lados. Tenha atitude.

Créditos: Enigmático Realístico

ANÚNCIOS

Avatar pua
Mr. T - MEMBRO EXCLUSIVO
#450774 Para quem não leu este INCRÍVEL, FANTÁSTICO artigo, tirem um tempo para ler.
Vale a pena CADA LINHA!
Eu diria que foi um soco no estômago isto para mim.
Não só você que tem um relacionamento ruim, este texto ser para qualquer um.

Abraços.
ACN_015

Aprendiz

#452454 Esse texto ajuda o cara a esquecer aquelas paixonites que não deram certo por algum motivo, pois descreve claramente que o cara precisa se valorizar mais e nunca se moldar a ponto de negar todo o seu ser apenas para agradar a garota.

E também extirpa aquele pensamento de que nunca poderá viver sem ela e tudo mais.
Guilyabs

Veterano - nível 6

#469383 Uaaau que texto cara, parabéns pelo post...

Praticamente fala tudo sobre como um homem de princípios deve se comportar diante de um término de relacionamento. FANTÁSTICO!!!

Valeeeu
TDSantos - MEMBRO EXCLUSIVO
#469414 ARTIGO FANTASTICO!!!

Mais um texto agregador de conhecimento. Contexto muito bem argumentado.

Muitos ja estiveram nessa situação, deixando as coisas acontecerem, empurrando com a barriga esperando que haja uma mudança na personalidade do parceiro.


Valeuuuuu, abraçoo
Avatar pua
Membro de Facção

Aprendiz

#495864 Falou tudo chapa , e mais uma coisa . Se você demorar demais , ela tomará a iniciativa de terminar . E acredite quando é ela que termina , amigo é MUITO pior pra você . Terminar primeiro é fundamental, para o seu bem .