Avatar pua
Gabriel Rodrigues

MEMBRO PROFISSIONAL

#484337 Nas férias aqui em casa o pessoal tá ficando a tarde, então tô vendo menos pornô.

Não gosto de vídeo, até porque não moro sozinho e esperar carregar é um saco, prefiro site de fotos apenas.

Mas não me considero um viciado não, se me deixarem dias e dias sem pornô eu aguento fácil. Aliás este é um baita texto do cara, muito bom mesmo. Masturbação é como uma droga se você ver os efeitos, ela libera dopamina o que dá a sensação de muito prazer.

Fora o "sono" depois do fap fap

ANÚNCIOS

fgr

Aprendiz

#502498 Muito legal a explanação desse autor.

Só de olhar a expressão dos caras já dá repulsa.


Me motivou!


Abraço!
Brocador

Veterano - nível 1

#596349 Ótimo artigo...estou numa caminhada para parar com a masturbação...os primeiros dias foram horríveis....mas meu organismo já tá se adaptando....Até minha vontade de sargear e levar uma HB pra casa aumentou bastante....

vlw
Avatar pua
brennosilva

Veterano - nível 1

#759461 Cara, que Artigo Fantástico ! Vai me ajudar bastante a me livrar desse mal hábito..

Achei muito interesante essas partes:

Você tem que decidir que não é mais o tipo de pessoa que perde tempo com isso. Condenar, proibir, esconder – nada disso vai funcionar. O gatilho não é o desejo, é o tédio.
Então, quanto antes encontrar alguma outra atividade, melhor.


Em grande parte, é um problema de libido. ~>Você não bate uma porque está com tesão, mas por estar entediado.<~ A pornografia é tão disponível que nunca ficamos realmente com muito tesão – assim como também nunca mais ficamos realmente com muita fome.


Em outras palavras, a pornografia online não é uma droga, não é um vício, não é um sinal de distúrbio mental, não é sintoma de uma doença: é junk food, porcarias, besteiras. É um pacote de batata frita que você come quando nem está com fome.

Resumindo... Nós que temos que mudar, e não querer apenas que as coisas se Mudem.