Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
noite das estrelas

Veterano - nível 9

#936349 Este video reflete muito bem onde os homens fracasam. Acredito que os homens não devam andar como se fossem reis ou algo do tipo, porém se de o valor para que você não seje mais um babaca que baba por elas todas as vezes.

ANÚNCIOS

kbza - MEMBRO EXCLUSIVO
#936352
Edvaldo - escreveu:Mindset, quanto ao seu comentário tenho que comentar que você não ver bem a realidade.
O que você pensaria de uma mulher de Sucesso ? Com um bom emprego, personalidade que só ela tem, linda e belo corpo?
Você iria dizer: Essa mulher é de valor alto.
E depois iria pensar: Nossa, a sociedade pua me pressiona pra crescer ao mesmo nível ou maior que ela.

Mind, não existe isso. Você vai crescer suas potencialidades pra você mesmo e não pra os outros. Seu desempenho profissional, acadêmico e social é você quem escolhe. Da mesma forma no mundo da Sedução.


Pois é, também concordo que não é a melhor das opções procurar a aceitação de alguém que, pelo seu único atributo, se torna desejável. Ou por acaso os caras se importariam com a aceitação de uma gorda horrorosa? Entendo também, que pelos seus outros posts, você não concorda muito com a suposta "maravilha" que o PUA prega. Contudo, temos que entender que, em qualquer dos casos, a culpa é do próprio ser humano que procura esse tipo de atitude. Hoje o que mais vemos é pessoas querendo alcançar seus objetivos, sem se preocupar com o que os outros pensam. De preferência “que não haja ligação da minha parte”, pensam, pois assim evitam sofrer. Mas sofre, não por amor, pois amar não faz sofrer. O que faz sofrer é o ego. Quando você coloca seu valor na condição de ter ou conseguir mulheres.

Quando um cara pega uma mulher gostosa, normalmente não o faz por amor. O faz porque isso estimula sua autoestima, visto que ele considera grande coisa sair com uma mulher atraente. Sua interpretação de mundo julga o homem como alguém de valor por estar com uma mulher de “alto nível”. O estímulo não sai de estar com uma pessoa agradável, mas de uma interpretação errada de mundo, e, portanto, não há uma relação real, não há amor. Muitos casais se formam assim (isso é muito mais antigo que o PUA), onde os homens procuram mulheres por seus atributos reprodutivos, e as mulheres procuram homens por sua capacidade de manter uma família. Os dois se expõe como exemplos de sucesso ao mundo, na intenção de causar inveja nos outros, por ter conseguido um indivíduo exemplar nesses atributos. Contudo não compreendem porque ainda não são/estão felizes. Não raras vezes a mulher trai o cara rico com um bombeiro, ou o cara trai a mulher com alguém muitas vezes não atraente. A busca da felicidade é sempre aquilo que o homem (ou mulher) irá buscar acima de qualquer coisa. Até mesmo acima da atratividade de alguém, ou do suposto status que possui.

A primeira vez que li sobre sedução (e não se tratava de PUA), me ficou bem claro que aquilo não se tratava de amor. Mas sim de jogar com o sentimento de valor próprio da outra pessoa. E o mais incrível é que os PUAS parecem não se dar conta disso. Acreditam de verdade que descobriram as regras do amor... Iludidos, na minha opinião. Não raras vezes vejo um ou outro dizendo que não existe o amor de verdade. Por óbvio, agindo como o PUA define é que nunca irá encontrá-lo. Não é se utilizando de autoridade sobre uma pessoa (o que o PU muitas vezes prega), que vai conseguir o amor. Também não é fazendo a pessoa acreditar que por estar com você, ela se torna uma pessoa melhor. Isso pode estimular o ego, mas não irá criar um sentimento real por você. Ela irá te exibir como um troféu, e pode até se apegar a você, mas não desejará o seu melhor, se isso não for ajudá-la em algo. Talvez até te barre no que você deseja, se ela considerar que pode assim perder seu “troféu”. É uma relação de posse sobre seu objeto. Cara, já passei por isso, e posso dizer que é HORRÍVEL. O pior é que quem está de fora acaba até invejando você.

O amor é um sentimento interno e, no caso do amor romântico, evolui do desejo pela outra pessoa, e de querer estar só com ela, evitando outros contatos românticos, para um sentimento de reciprocidade e troca, e, após isto, para o sentimento de fazer a outra pessoa feliz, mesmo que você acabe se prejudicando no processo. Quando a pessoa estabelece equilíbrio nessas três condições, e quando ela recebe da outra pessoa a mesma coisa, aí sim pode-se dizer que está se amando. Como diz Arly Cravo: “não existe amor não correspondido, é sempre uma das partes que está enganada".

Como se pode ver, é bem mais profundo do que as “técnicas” de sedução que os PUAS estudam. Mas, como quase ninguém está interessado no verdadeiro amor, bem como em se dedicar a alguém além de si mesmo, apenas em estimular a própria autoestima enfraquecida pela nossa cultura sociopata, o PU se torna bem útil. Claro, até ver que atrair alguém não faz ninguém feliz...

Obs.: Veja bem, não estou criticando o PUA como um todo, afinal, tem muitas coisas que são inclusive úteis num relacionamento. Contudo, o conhecimento está sendo utilizado para uma estimulação solitária, quase uma masturbação mental, e isso, não é nada saudável.

Abraço
Avatar pua
pedroka10

Veterano - nível 7

#937081 ri litros com esse video, é impressionante como um homem pode ser quando tem uma paixonite extrema, o unico caminho para nao cair nessas armadilhas é apenas perceber que mulher veio pra somar na vida e não pra ser o objetivo unico e real dela.