Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua
Dr.Jeff

Veterano - nível 9

#912742 Na boa amigo, na minha opinião vc esta estragando uma relação que tinha tudo para ser legal.

Ela parece estar sendo sincera contigo. Chame-a para conversar PESSOALMENTE e fale a real pra ela, MAS SEM SER BETA. Não precisa ser hoje ou nesse final de semana, mas se ela for uma menina legal, esqueça um pouco o game e tente "jogar" a real. Muitas vezes sendo vc mesmo, UM HOMEM, é mais grandioso e eficiente do que incorporar um método ou um "game" que, se mal feito, pode deixá-lo na condição de beta irremediável.

ANÚNCIOS

Criador do tópico

Spicy

Veterano - nível 8

#912843
Dr.Jeff escreveu:Na boa amigo, na minha opinião vc esta estragando uma relação que tinha tudo para ser legal.

Ela parece estar sendo sincera contigo. Chame-a para conversar PESSOALMENTE e fale a real pra ela, MAS SEM SER BETA. Não precisa ser hoje ou nesse final de semana, mas se ela for uma menina legal, esqueça um pouco o game e tente "jogar" a real. Muitas vezes sendo vc mesmo, UM HOMEM, é mais grandioso e eficiente do que incorporar um método ou um "game" que, se mal feito, pode deixá-lo na condição de beta irremediável.


Obrigado Dr. Jeff!
Percebi que você é bom em ajudar na área de relacionamento. Então, antes que eu foda mais o relacionamento, gostaria mais da sua opinião.
Esse negócio de dar gelo nunca caiu na minha cabeça, ela está sim meio distante, mas é porque eu acabei pressionando-a um pouco, eu estava passando por estresse no trabalho e faculdade, aí falei pra ela na segunda feira que sairia dar uma volta de carro e escutar um som alto, para aliviar os ânimos, e que não ligaria pra ela naquela noite. E no final de semana brigamos, pois fui reativo a uma atitude dela, quando eu poderia ter apenas brincado com a situação. Ela é do tipo de mulher confiante, tem gênio forte e difícil, gosta de muito carinho e gosta muito de mim, porém, essa semana aí foi foda. Então eu sou o errado da situação.
Por eu ter corrido um pouco atrás, ela se irritou, aí dei um espaço pra ela, parei de ficar inseguro quanto a distância dela. Mas também não quero ficar muito distante, porque concordo de dar gelo somente se a guria pisa em você e ela não pisa em mim, então me afastei, porém não totalmente, ontem só mandei uma mensagem dizendo. "Oi, tenha um ótimo dia. beijos". Ela respondeu "Oi, amor, tenha um ótimo dia também, beijos".
Aí não mandei mais nada, só hoje de manhã que quis quebrar um pouco o gelo e mandei "Bom dia, polaca tinhosa". Ela usa bastante essa palavra "tinhoso", aí quis brincar de boa. Se eu me afastar totalmente, ela vai ficar chateada, até porque sempre fui muito atencioso e carinhoso, apesar de eu nunca deixar ela passar dos limites comigo ou se aproveitar de mim por eu ser bom.
Cara, você acha que estou fazendo certo em mandar curtas mensagens? Só estou fazendo o que estou com vontade, sem ser pé no saco. Muito provável que amanhã nos vejamos, aí vou ficar na minha postura tranquilo, nem tocar no assunto da briga, depois vou puxar ela pela cintura como já fiz algo parecido com isso e falar "Vem com esse corpinho pra cá (puxando ela pela cintura), você já ficou distante de mim a semana toda, então, senti falta de te dar um cheiro" (aí dou uma cheirada e um beijo no pescoço dela). Já fiz algo parecido algumas vezes, ela costuma dar um sorriso e quebra aquele clima chato. O meu problema foi tentar pressionar ela pra saber o que estava acontecendo, ao invés de levar na boa. O que acha?
Avatar pua
Dr.Jeff

Veterano - nível 9

#912863 Ola amigo, vou tentar te ajudar, ainda que minhas opiniões devam ser seguida dentro do contexto de sua realidade, de sua personalidade e da realidade e personalidade dela e, dependendo, nem deve ser seguida.

Mas, vamos la. Primeiro, achei a resposta dela carinhosa da primeira vez, quando ela te chamou de "amor". Nesse momento, vc poderia ter dado continuidade, não sendo meloso, mas sendo o cara que sempre foi (principalmente o cara que era quando começaram a sair).

A sua garota parece ser legal, pela sua descrição, então vale a pena não estragar tudo sendo reativo demais (porém, tem que ser reativo numa dose homeopática de vez em quando, isso tb não é ruim).

Você não tem motivo algum para dar gelo nela. Nenhum. A troco de quê? Dar gelo é ser reativo (uma reação passiva/agressiva), exceto quando há boa justificativa para isso e me parece não haver. Seu aniversário e as necessidades profissionais dela são conflitos que devem ser resolvidos com maturidade e naturalidade. Aliás, isso é bobagem perto de verdadeiros problemas que um casal pode passar. Vc não deve jogar com isso, deve agir com a naturalidade e a maturidade que o conflito exige e não querer mostrar a ela que não está nem ai e ficar jogando com isso.

O jogo deve ser outro. Consigo mesmo, crescendo, amadurecendo, sendo FORTE, impenetrável.

E quando se encontrarem, que tal ser diferente? Ja pensou em leva-la a uma viagem surpresa como ir a praia (não sei onde vc mora se essas coisas são possíveis) num bate e volta? Ou a um restaurante que vcs curtem e faz muito tempo que não vão ou nunca foram? Ou a um motel caro? Diga que passou a semana planejando isso e isso justificaria até a distância, pois estava "planejando" e, ao mesmo tempo, mostra que se importa.

Chegue do nada e pergunte: e ai, esta pronta? Vamos, pegue as coisas que estamos indo a praia (ou qualquer outra coisa). E DIVIRTA-SE, evite falar dos seus problemas pra ela agora (evite sempre isso, homem deve ser misterioso e resolver sua vida sem ficar pedindo socorro a mulher). Evite a DR, a não ser que ela queira mesmo e, se ela quiser DR e não quiser se divertir, assuma isso naturalmente SEM SER REATIVO ou se frustrar. Deixe que ela fale e, caso ela queira te ouvir, não se desculpe, diga apenas que estava preocupado com ela e que até por isso fez a "surpresa".

Se depois disso ela continuar fria, distante, indiferente ou se mesmo se recusar a SE DIVERTIR com vc ou TER A TAL DR, tem alguma coisa a mais que precisa ser esclarecida nessa história.

Se precisar de algo, pode continuar perguntando. Lembrando que minhas opiniões podem não se encaixar na realidade e personalidade de vcs, mas o contexto vc deve saber e criar. Seja criativo.

Abraço

Criador do tópico

Spicy

Veterano - nível 8

#912874
Dr.Jeff escreveu:Ola amigo, vou tentar te ajudar, ainda que minhas opiniões devam ser seguida dentro do contexto de sua realidade, de sua personalidade e da realidade e personalidade dela e, dependendo, nem deve ser seguida.

Mas, vamos la. Primeiro, achei a resposta dela carinhosa da primeira vez, quando ela te chamou de "amor". Nesse momento, vc poderia ter dado continuidade, não sendo meloso, mas sendo o cara que sempre foi (principalmente o cara que era quando começaram a sair).

A sua garota parece ser legal, pela sua descrição, então vale a pena não estragar tudo sendo reativo demais (porém, tem que ser reativo numa dose homeopática de vez em quando, isso tb não é ruim).

Você não tem motivo algum para dar gelo nela. Nenhum. A troco de quê? Dar gelo é ser reativo (uma reação passiva/agressiva), exceto quando há boa justificativa para isso e me parece não haver. Seu aniversário e as necessidades profissionais dela são conflitos que devem ser resolvidos com maturidade e naturalidade. Aliás, isso é bobagem perto de verdadeiros problemas que um casal pode passar. Vc não deve jogar com isso, deve agir com a naturalidade e a maturidade que o conflito exige e não querer mostrar a ela que não está nem ai e ficar jogando com isso.

O jogo deve ser outro. Consigo mesmo, crescendo, amadurecendo, sendo FORTE, impenetrável.

E quando se encontrarem, que tal ser diferente? Ja pensou em leva-la a uma viagem surpresa como ir a praia (não sei onde vc mora se essas coisas são possíveis) num bate e volta? Ou a um restaurante que vcs curtem e faz muito tempo que não vão ou nunca foram? Ou a um motel caro? Diga que passou a semana planejando isso e isso justificaria até a distância, pois estava "planejando" e, ao mesmo tempo, mostra que se importa.

Chegue do nada e pergunte: e ai, esta pronta? Vamos, pegue as coisas que estamos indo a praia (ou qualquer outra coisa). E DIVIRTA-SE, evite falar dos seus problemas pra ela agora (evite sempre isso, homem deve ser misterioso e resolver sua vida sem ficar pedindo socorro a mulher). Evite a DR, a não ser que ela queira mesmo e, se ela quiser DR e não quiser se divertir, assuma isso naturalmente SEM SER REATIVO ou se frustrar. Deixe que ela fale e, caso ela queira te ouvir, não se desculpe, diga apenas que estava preocupado com ela e que até por isso fez a "surpresa".

Se depois disso ela continuar fria, distante, indiferente ou se mesmo se recusar a SE DIVERTIR com vc ou TER A TAL DR, tem alguma coisa a mais que precisa ser esclarecida nessa história.

Se precisar de algo, pode continuar perguntando. Lembrando que minhas opiniões podem não se encaixar na realidade e personalidade de vcs, mas o contexto vc deve saber e criar. Seja criativo.

Abraço


Obrigado, Jeff!
Olha, nós não temos uma relação tediosa, até porque participamos de corridas e costumamos viajar para esses eventos. Esses tempos fomos até Foz do Iguaçu, agora vamos a Quatro Barras, to querendo pegar uma pousada lá, apesar de ficar só 30 km de Curitiba. Mas como isso ainda está longe, vou seguir seu conselho e levá-la ao motel, faz um bom tempo que não vamos. É bom mudar os ambientes.
O meu problema é que eu comecei a me tornar dependente, ainda bem que percebi isso o quanto antes e comecei a corrigir isso. Essa de nunca falar dos problemas é ótima, sempre tomei desse princípio, mas de algumas semanas pra cá eu venho reclamando, ainda bem que me avisou!
A resposta em relação a essa mensagem de manhã, foi:
- HAHAHA, Bom dia, amor! Tenha um ótimo dia! <3
Agora marcamos de nos vermos amanhã e serei natural, homem, e conduzi-la, tratá-la com carinho.
Qualquer dia vou seguir sua dica e ir a praia num sábado e voltar no domingo.
Obrigado, amigo!
Spicy