O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!

Criador do tópico

CMaster

Aprendiz

#932909 Fui criado em uma família católica, frequentei a igreja até uns 12 anos. Eu ia simplesmente porque meus pais falavam para eu ir com eles, oque acabava se transformando numa rotina.
Minha mãe sempre foi uma pessoa muito religiosa, frequentava também quando era criança por influência de sua avó, de tanto ir e conviver com isso ela acabou acreditando em tudo que escutava e lia da biblia e da religiao católica. Tudo isso aumentou nela quando ela teve um melanoma maligno e sobreviveu de acordo com ela por causa de suas oraçoes.
Era para eu ter sido influenciado dessa maneira também, mas eu tenho o costume de fazer oque muitas pessoas não fazem, ou não fazem direito, refletir. Toda noite eu ir para cama e ficava na escuridão, pensando sobre a vida e seu sentido e com isso, no cristianismo, oque infelizmente me levou a famosa crise existencial a qual me levou a desperssonalizaçao.
( Eu nao via sentido naquilo pois eu ficava pensando no por que Deus ajudara minha mãe, uma mulher de classe média, que tem uma casa, um carro e uma vida de verdade e não crianças africanas que não tem nem oque comer, se quer onde morar e morrem todos os dias aos montes.)
Refletindo sobre essa crise existencial, cheguei a conclusão de que o melhor a fazer por mim seria aderir ou apenas tentar aderir a uma religião, para eu enxergar algum sentido na vida. Resolvi tentar aderir ao catolicismo, pois eu já tinha uma base. Depois de quase um mês , de muitos pensamentos e pesquisas cheguei a conclusão de que a igreja católica fala e acredita em um monte de besteiras, como por exemplo os santos. O catolicismo é uma igreja cristã ou seja, baseada na biblia, e em nenhum lugar da bíblia diz que existem pessoas santas e nem que vão existir, muito pelo contrario, está escrito na bíblia que o único que deve ser adorado é Deus. Por esse e muitos outros motivos, a minha segunda vida católica tinha se acabado.
Resolvi então, tentar aderir a religião dos Testemunhas de Jeová, os quais seguem a biblía a risca e acreditam fielmente em todas as estórias lá contadas(católicos veêm elas como metáforas). Essa minha tentativa não durou nem uma semana pois eu não conseguia botar na minha mente que Deus inundou a terra, não conseguia acreditar nos 7 dias da criação, e nem que falar palavrão é errado, pois para mim um palavrão é apenas um exercício das cordas vocais que formam uma palavra como qualquer outra.
Depois de me esforçar, tentando ter alguma religião, resolvi apenas acreditar em Deus e na bíblia, não seguindo ela a risca, seguindo apenas oque eu considerava importante e relevante. Para variar, refleti e pensei bastante sobre a bíblia e de onde ela veio.
A biblia é um conjunto de livros escrito por supostos profetas que recebiam supostas mensagens de Deus e as escreviam, mas… de onde ela veio ? Por que a biblia está certa ? Por que eu devo acreditar ? Devo agir conforme ela diz apenas porque nela está escrito ? Aonde está o sentido nisso ?
Depois de muita reflexão, cheguei a conclusão de que todos os cristãos acham que a bíblia está certa apenas porque a própria bíblia diz que está certa kkkkkkkkk, pensando desse modo (o real) esse livro acaba se tornando ridículo.
A única opção que me sobrou foi acreditar apenas em um Ser Superior, que rege o universo e criou tudo (não como a bíblia diz). Contanto, depois de muita reflexão, não consegui contrariar e nem ratificar a existencia deste tal Ser de acordo com meus pensamentos, ou seja, no "final" de minha jornada religiosa, me tornei um agnóstico e felizmente, minha crise existencial e minha desperssonalização se foram.
Muitas pessoas se encontram nessa situação de dúvida, talvez com esse meu exemplo e minha conclusão possam ajuda-las um pouquinho(espero eu).
Caso eu tenha falado alguma merda, podem me falar aí.
DICA: Nao pensem muito no sentido das coisas, pois se não, vocês FICARÃO com crise existencial oque pode levar a depressão. Digo isso por experiência propria.
Dicas serão muito bem recebidas.
bboytchili

Aprendiz

#932915 Amigo, Jesus é real. Catolicismo não te fez sentir nada por ser uma religião. É verdade. Por ser apenas uma religião. Jesus disse no livro de João que é "o Caminho, a Verdade e a Vida." Nenhuma religião te traz preenchimento desse fazia, só uma relação pessoal com o Salvador Jesus Cristo. Desafio você a começar a orar e a falar com ele, como fala com amigos, apenas fale, e pergunte por um sinal, tenha fé NELE e veja como o seu coração se completará. E a Bíblia é divinamente inspirada. Inúmeros homens das ciências deslumbram-se ao ver como profecias dadas séculos arás se foram cumprindo e se cumprem nos dias de hoje. Deus te abençoe ricamente e te mostre o caminho da felicidade!!!! ABRAÇO
Avatar pua
FelipeFT - DOADOR

Veterano - nível 9

#932922 Abordou um assunto bem polêmico: a religião.

Também passei por diversas religiões, boa parte da minha infância e adolescência foram na igreja católica e também passei por crise existencial seguido de despersonalização, é um círculo vicioso, quanto mais você reflete e tenta achar uma resposta pra tudo, mais dúvidas e incertezas você começa a encontrar.

Hoje seu ateu e procuro a evolução pessoal e tentar fazer o bem para todos à minha volta ou que passarem em minha vida, esse é meu sentido de vida: aprender com o passado, viver o presente construindo meu futuro, sem muita expectativas e se baseando mais no momento e vivendo o presente intensamente, ajudando e trocando aprendizados com diversas pessoas.

Não sou muito fã de religião, mas não condeno quem as segue, mas caso exista um Deus, acredito que seja muito diferente do que se é pregado por aí, provavelmente ele irá valorizar mais suas atitudes e experiências com as pessoas: um conselho, um sorriso e conforto que você gera em outra pessoa vale mais do que mil horas sentado numa igreja orando.

Evito falar sobre religião, pra não entrar em atrito com qualquer pessoa, mas lembro que nada do que disse aqui é uma verdade absoluta e sim opinião pessoal se baseando em minhas crenças e experiências.

Abraços e evolução
autodidata - MEMBRO EXCLUSIVO
#932930 Cara interessante, tem faltado tópicos reflexivos como esse no tópico, é bom ver um assim. Eu já fui na igreja evangélica com meus pais um tempo quando era mais novo, mas nunca me firmei e sai a pouco mais de 3 anos.
Só que a quase dois anos, comecei a ler a bíblia por conta própria em casa, e to gostando cara. Hoje em dia, não vou a igreja a igreja e nem pretendo ir, mas como diz a bíblia, acredito que exista um Deus único e estou procurando dentro do possível começar a seguir os mandamentos que eu acredito serem verdadeiros.
cedrakforever

Veterano - nível 5

#932950 e aí pessoal,blz?
pois bem,eu achei o assunto em questão interessante e vim aqui partilhar a minha idéia que é a seguinte:no mundo atual,a religião tem mais um papel de servir como um tipo de muleta moral,como se fosse um tipo de manual para se viver melhor em sociedade, se você parar pra analisar vai entender que apesar de muitas religiões,todas elas emergem para um mesmo Deus que prega o amor ao proximo como a si mesmo,disso podemos tirar também que quando a pessoa chega a essa conclusão, não precisa mais do "manual" imposto pelas religiões e passa a pensar por conta propria no que é certo e no que é errado, como os amigos citaram aqui anteiormente, eu digo isso por experiencia de quem já passou desde o catolicismo até a umbanda e hoje em dia se encontra na situação de ter certeza que existe algo superior que nos rege,mas que sabe tambem que esse ser nos deu livre arbitrio pra sabermos o que é melhor ou pior pra nós mesmos,tambem respeito a opnião dos ateus e de quem segue alguma religião,afinal de contas a pessoa deve fazer aquilo com o qual se sinta bem,ou seja,buscando a sua felicidade.
Avatar pua
GD,OMG!

Aprendiz

#937280 Se você pensar no sentido lógico das coisas, é fácil cair em pessimismo, niilismo... É interessante desenvolver uma certa espiritualidade (no sentido de se dedicar a algo maior do que você). Religiões podem ser úteis pra isso, mas na real, dogma me broxa muito. Dogma é religião despida de espiritualidade, é vazio. Também acho que acreditar em algo só pq alguem escreveu faz milhares de anos é roubada. Prefiro encarar Jesus, Maomé, Ganesha, etc, como metáforas e parábolas, não como algo real que aconteceu exatamente daquele jeito.

Use o que serve pra você e faz você evoluir, jogue fora o que for vazio ou prejudicar você ou QUALQUER outra pessoa.
Avatar pua
The Potents - MEMBRO EXCLUSIVO
#937292 Acho muito interessante quando alguém fala de sua jornada interior.

De fato, precisamos de menos religiões e de mais religiosidade, ou seja, de mais ações em prol do próximo e da humanidade, independente da forma que cada um professe ou não uma fé.

Parabéns por ter encontrado o SEU caminho, CMaster!

Forte abraço! :ae