Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua

Criador do tópico

BuffaloBill

Aprendiz

#980867 Senhores, venho aqui trazer algumas curiosidades filosóficas de alguns pensadores sobre o Amor, para enriquecer o game de vocês com assuntos de natureza mais profunda, em vista que qualquer contradição seja bem vinda para enriquecer a visão do autor, por ela ser um teoria bem antes de Freud e Darwin para se ter noção.

Antes de Tudo Schopenhauer não era o rei das artes venusianas, passou por dois relacionamentos que considerou uma bosta, era de sua natureza, pois era um ser muito pessimista, mas sua analise é bem interessante e metódica sobre o amor:

Para o filósofo o amor não é aquela coisa bonitinha de sentimento puro, mas sim um Impulso de Vida sendo ele o nosso impulso biológico para perpetuar nossa espécie, o amor é a tática que a natureza nos impôs para que possamos da sequencia em nossos genes, fazendo diversos filhotes por ai

"Por mais que gostamos de nos imaginar como seres românticos, somos escravos basicamente do Impulso de Vida"

Quando nós saimos para caçar, basicamente seguimos nosso impulso para nos reproduzir, por isso buscamos ferramentas tal qual nosso querido fórum PUABASE, para nos dar as ferramentas certas para isso, mas para algumas pessoas esse pensamento se perpetua no nosso inconsciente

"Conscientemente algumas pessoas saem para boates e bares para se divertir com os amigos, dançar e etc. MAS inconscientemente o que as move é a necessidade de se reproduzir"

Para o Impulso de Vida ser eficaz ele precisa permanecer no nosso inconsciente, pois se ele se encontrar-se no nosso consciente ninguem assumiria o fato da perpetuação de nossa espécie conscientemente
Imagem


Para Schopenhauer, você pode alegar a si mesmo que você não tem a vontade de ter filhos quando encara um set, mas isso é sua motivação oculta, e para ele: quando duas pessoas estão atraídas, da-se um nascimento de um novo indivíduo.

AGORA O MAIS LEGAL que eu considerei dessa teoria:

"Mas por que nos sentimos atraídos por algumas pessoas e não por outras?"

A famosa pergunta, por que ela? por que nos apaixonamos por quem nos apaixonamos?
para ele nos apaixonamos inconscientemente pela pessoa capaz de nos dar herdeiros saudaveis, como vimos aqui em diversos materiais levando isso como a base, porem a cereja do bolo:

NOS APAIXONAMOS PELA PESSOA CAPAZ DE CONTRABALANCEAR NOSSAS IMPERFEIÇÕES

garantindo-nos filhos fisicamente e mentalmente equilibrados, o filósofo via isso de maneira bem biológica em exemplo pessoas baixas se apaixonam por pessoas altas, tudo para encontrar uma harmonia genética capaz de assegurar sua prole longevidade e sequencia de suas cargas genéticas, assim como altos se atraindo por baixos garantem que seus filhos não sejam gigantes.

Por essa ordem buscamos, pequenos detalhes que temos e pequenos detalhes das mulheres que queremos, para nos proporcionar equilibrio genético para nossa prole perfeita.

PORÉM, A VIDA É UMA CAIXINHA DE SURPRESAS

Assim vendo o Amor como UNO, apenas você e sua merecida mulher, juntos pelo tempo ideal para crescer suas crianças
feito nossas escolhas pelo tipo ideal, com sua prole já criança brincando no jardim, você se vê com sua parceira jantando à mesa em um silencio hostil, a relação não era mais a mesma, não existe aquele amor, mas sim brigas e desgates, e por vezes vindo a SEPARAÇÃO em um sentimento de que fomos enganados, não por traição [as vezes]mas por vermos que aquilo não era para ser como deveria.

Como já citei ele tinha um olhar pessimista da vida, em suas palavras: "A existência humana deve ser uma espécie de erro" parafraseando Stendhal em relação ao amor ele dizia: "é mais seguro confiar no medo do que na esperança"

Sua visão é de como vemos a reprodução sem pensar na felicidade, embora achamos estar buscando a felicidade, temos esse sentimento apenas para poder agir, se a reprodução nos entristece pensamos que o casamento não vai bem, podemos observar os animais que fazem sexo somente por Impulso de Vida

Ou seja, quando se há o rompimento
Não foi pela a falta de amor, por esse sentimento malígno de reijeição, apenas você ou sua companheira inconscientemente estão buscando satisfazer seu Impulso de Vida, então você ou sua mulher sentem de forma natural que poderão ter filhos mais saudaveis com outros.

O TRÁGICO DE, MUITAS VEZES, NÃO PODER FICAR COM QUEM VOCÊ QUER
Nos desperta a consiencia de que podemos nos complementar com outras pessoas também

Apesar dele parecer um monólogo dizendo NÃO CASE! ele não queria nos deixar deprimidos, mas romper nossas expectativas que podem acabar gerando frustações, ou seja sigam seu impulso de vida

Pois bem essa é a visão do filósofo, o que acham? pessimista porem consoladora, não?
Não fiquem triste com aquele pé na bunda!

Abundância!

ANÚNCIOS

Avatar pua
extremofilo

Veterano - nível 9

#980944 Conheci ele quando terminei meu primeiro namoro. Essa é uma das melhores visões sobre o que é o amor.
Há um vídeo dele no youtube sobre a definição de amor e sobre as frustrações dele com o mesmo.