Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua

Criador do tópico

nitromind - MEMBRO EXCLUSIVO
#1008102 E ai, pessoal.

Boa tarde.

Meu primeiro topico aqui, fiz as devidas na área especifica.

Galera, ta foda. foram 4 anos de relacionamento, estavamos noivos, iriamos casar agora no fim do ano. Terminou dia em maio, este esses dias agora fez 2 meses desde o termino.

Em suma, ela se anulou durante muito tempo em detrimento do meu temperamento, não aturei muito esse lance de ciume, e eu dei varios motivos, descoberta de uma possivel traição, ela pegou umas conversas (tensas) no whats.. houveram boatos de traições (fontes que me complicaram pra caralho) mas nada constatado. No seu ultimo exame de rotina apareceu algo diferente que tirou toda minha credibilidade, me fodi. Juntou tudo isso mais o fato de que ela guardou muita coisa, não conversavamos e ai, aconteceu o inevitavel.

Durante a apresentação neste forum citei que o motivo de ingressar é justamente quebrar esse padrão de comportamente, e estou fazendo o dever de casa para melhorar como pessoa, um senhor dever de casa.

Estive muito seguro durante esse relacionamento, a mulher é surpreendente, pra casar mesmo. Mesmo com todos os problemas o nucleo familiar acredita/acreditava em nosso retorno e torcia para que isso acontecesse, com todos os problemas que eu causei. Afinal de contas não era um namoro, estamos falando de um noivado e que provações vem justamente neste momento, talvez, para fortalecer e aprendermos algumas lições..

Senhores, eu tentei voltar, fiz o que muitos não recomendam até a ultima segunda-feira. Claro que em momento alternados. Fiz isso porque havia uma esperança, terminamos mas ela disse que nesse momento ela precisava deste tempo, até mesmo para saber quem ela era, haja vista que ela se doou muito por esse relacionamento e teve uma decepção tremenda e disse que não poderia me dar respostas (questionei se era definitivo, se eu deveria seguir minha vida e sair da vida dela) mas ela sempre dizia que não sabia, que não tinha repostas que so sabia que tinha que passar por esse processo, que inclusive, é parte da terapia que ela esta fazendo por conta de toda a situação.

Ferrei um puta relacionamento e me arrependo muito disso, independentemente se ficaremos juntos ou não, ta na hora de mulher os padrões.

Continuando, sempre eu ia falar com ela, ela removeu as fotos o instagram, facebook e escondeu o relacionamento; fiz o mesmo.

Eventualmente eu ia la e puxava assunto, falava que havia errado, que estava arrependido e que estava fazendo o dever de casa. Fiz alguns convites para sairmos, mas ela negava, dizia que não que não. Semana retrasada conversamos novamente, estavamos mais calmo, ela curtindo esse momento dela, mas ainda dizendo que o "lado mulher" dela estava morto, que so conseguia manter sentimentos pelos familiares e sobrinhos... pesado. Mas convidei para sairmos, que eu seria esse desfibrilador para esse lado, etc. ela disse que iria pensar, pensou e disse que achava melhor não, pois, poderia influenciar no processo dela..aos poucos isso foi me matando e matando..

Eventualmente nos encontramos pela igreja que frequentamos, falamos numa boa, abraços, beijo no rosto, ela sempre muito educada e carinhosa, mas nada. Semana passada, encontrei com ela, pois havia comprado um presente logo no inicio do termino, para entregar no dia dos namorados, pois eu tinha realmente esperança de que voltariamos. Encontrei com ela, ela comentou comigo que estou mais magro (estou cuidado do corpo, correndo e malhando), entreguei o presente, expliquei o porque dele, entreguei também um envelope com algumas fotos nossas que ela tinha escrito algumas coisas atras, uns cartões de outros momentos que ela havia me dado e uma pequena carta (uma tentativa de tocá-la). Ao final, nos abraçamos, eu soltei rapidamente e ela segurou um pouco (imaginei que as coisas estariam mudando), lenda..

Domingo, bateu a fraqueza, uma saudade terrivel, mandei mensagem ja imaginando que ela não responderia. Ela respondeu na segunda-feira, bem indiferente e fria, questionei o porque do comportamento e ela respondeu que o dia tava cheio.

Senhores depois disto eu cansei, exclui do facebook, instagram e apaguei o contato dela. Sei que vacilei muito, somos um casal diferenciado, acredito que era um passo muito serio e que poderia ser superado com maturidade e conversa, mas não foi assim.

Tomar essa atitude de realmente cortar todos os lações ta me matando, ansiedade vai la no alto. Ambos erramos e eu gostaria de poder consertar as coisas, respeito o tempo dela, mas isso tudo ta me matando também.

Aceito bons conselhos.

Valeu!

ANÚNCIOS

Avatar pua
Acnologia

Veterano - nível 2

#1008136 Rapz...

Se você disse que os acontecimentos se deram por erros seus, então você tem que entender que não será do dia pra noite que ela irá recuperar a confiança em vc mesmo gostando de tu, outra coisa que não favorece é o fato dela ter se anulado nessa relação. Agora que ela tá "livre" ela vai ter que ter certeza do que quer ao seu respeito.

Mantenha a calma, não caia em armadilhas da sua cabeça sobre ficar procurando ela direto, você tem que ter atenção com isso porque se você cometer excessos pensando única e exclusivamente em reatar o noivado você vai criar mais "pressão" na cabeça dela.

Cara, até onde entendo, anisedade é uma forma de energia que nosso corpo produz pra lidar com situações especifícas, então assim, canaliza essa ansidade de uma forma positiva, malha mais, estuda mais, ou qualquer outra coisa do gênero que tire seu foco principal dessa situação. Você tem que saber perseverar corretamente, dê uma lida no livro do Vinicius Santucci - Método Reconquistar, esse livro vai te abrir a mente pra algumas coisas e vai te ajudar a bolar uma estrátergia pra contornar esse primeiro momento de afastamento.

Força guerreiro !
Abraço... :ae
Tootz

Aprendiz

#1008140 Por cima, o conselho do @Acnologia tá bom, canalizar os seus pensamentos para algo que vá melhorar a sua vida, e com passar do tempo os pensamentos alheios que veem a voce sobre a sua EX, vai se espairecendo e vc vai finalmente colocar sua cabeça "leia-se pensamentos" no lugar...
Reunir antigos amigos de guerra é uma boa, ver quais são os conselhos deles também, sair p sargear, ver como o lado da conquista do PUA pode te ajudar em várias formas a sua vida,

abraço e espero q tenha ajudado!
Avatar pua

Criador do tópico

nitromind - MEMBRO EXCLUSIVO
#1008146
Acnologia escreveu:Rapz...

Se você disse que os acontecimentos se deram por erros seus, então você tem que entender que não será do dia pra noite que ela irá recuperar a confiança em vc mesmo gostando de tu, outra coisa que não favorece é o fato dela ter se anulado nessa relação. Agora que ela tá "livre" ela vai ter que ter certeza do que quer ao seu respeito.

Mantenha a calma, não caia em armadilhas da sua cabeça sobre ficar procurando ela direto, você tem que ter atenção com isso porque se você cometer excessos pensando única e exclusivamente em reatar o noivado você vai criar mais "pressão" na cabeça dela.

Cara, até onde entendo, anisedade é uma forma de energia que nosso corpo produz pra lidar com situações especifícas, então assim, canaliza essa ansidade de uma forma positiva, malha mais, estuda mais, ou qualquer outra coisa do gênero que tire seu foco principal dessa situação. Você tem que saber perseverar corretamente, dê uma lida no livro do Vinicius Santucci - Método Reconquistar, esse livro vai te abrir a mente pra algumas coisas e vai te ajudar a bolar uma estrátergia pra contornar esse primeiro momento de afastamento.

Força guerreiro !
Abraço... :ae

Valeu pelas palavras! Tenho trabalhado na ansiedade, mas é complicado.
Tenho tentado respeitar o tempo dela e a única maneira que consegui de fato agora é excluindo todos os contatos, deixa o tempo atuar e tenho consciência que nesse momento não depende mais de mim, somente dela, fiz o que pude e se eu continuar tentando acredito que ferrarei mais. 2 meses de separação, tentei em momentos distintos reverter o jogo e só piorou, então em tentar me aquietar e focar em mim.
Eventualmente me pego tentando ver as coisas dela, aí vejo que cortei tudo, acho que foi melhor
Avatar pua

Criador do tópico

nitromind - MEMBRO EXCLUSIVO
#1008147
Tootz escreveu:Por cima, o conselho do @Acnologia tá bom, canalizar os seus pensamentos para algo que vá melhorar a sua vida, e com passar do tempo os pensamentos alheios que veem a voce sobre a sua EX, vai se espairecendo e vc vai finalmente colocar sua cabeça "leia-se pensamentos" no lugar...
Reunir antigos amigos de guerra é uma boa, ver quais são os conselhos deles também, sair p sargear, ver como o lado da conquista do PUA pode te ajudar em várias formas a sua vida,

abraço e espero q tenha ajudado!

Já conversei com alguns amigos, recebi bons conselhos, tô me movimentando ocupando a mente, conhecendo gente, não estou caçando porque fico com medo de botar o último prego no caixão..
Mas tenho certeza o PUA vai me ajudar! Valeu pelas palavras
SEFI

Aprendiz

#1008157 Cara, primeiramente quero dizer que (na minha opinião) você fez errado em trair ela. Sei que isto parece antiquado, mas pense pelo lado dela, pense como ela se sentiu quando descobriu uma suposta traição sua. Ela está insegura, e já não tem certeza se você é o cara certo pra ela. Ela tá confusa, e pode até ser que este tempo que ela te pediu é na verdade um período para refletir e desapegar de você gradualmente, aos poucos. Foram quatro anos de namoro, e vocês até ficaram noivos, então ela não quer (e não vai) dizer de uma hora pra outra que ela não gosta mais de você, que não quer você e que é pra você esquecer ela. Ela tem uma história de quatro anos com você, e ela não vai esquecer tudo em dois meses. Mas isto não significa que ela pensa em voltar com você, ela só precisa de um tempo para se desapegar aos poucos, lentamente, e reconstruir e ressignificar os sentimentos dela em relação a você e a história de vocês. Ela também deve estar muito triste, mas quando uma mulher diz "chega" e dá um basta é porque ela já pensou muito sobre isto. Nós homens somos mais imediatista e agimos por impulso, mas as mulheres (pelo menos as mulheres mais certinhas, destas pra casar) pensam e analisam a situação com mais calma e maturidade até tomar uma decisão, e se ela tomou a iniciativa de terminar com você é porque ela realmente tá infeliz no relacionamento e já estava pensando em fazer isto a alguns meses (ou seja, se ela tomou esta iniciativa é porque ela já estava elaborando isto a algum tempo, que pode ser dois, três ou quatro meses atrás; ela já tava com isso na cabeça e quando chegou a gota d'água ela tomou a inciativa e terminou). Não posso dizer qual será o futuro de vocês porque ela pode voltar com você. Mas, sinceramente, é bem possível que ela está dando um tempo para se reestruturar sentimental e emocionalmente (ela está de luto porque está triste com o fim), refletir sobre o futuro dela e fazer novos planos. E se for isto, ela vai te esquecer e vai partir pra outra sem você. Aos poucos, ela vai conhecendo novas pessoas, sentindo-se bem solteira e se desapegando, até que novas pessoas e perspectivas preencham o coração dela e ela não sinta mais falta ou tristeza de ter largado o passado. Quando a mulher é correta demais, destas pra casar, ela valoriza muito a formação da família, pensa no homem dela (namorado ou noivo) como futuro pai dos filhos dela e marido pra vida toda, ela sonha em uma união estável, com casamento na igreja com direito a buquê e vestido de noiva, ela busca comprar uma casa e um carro junto com você e ir crescendo financeira e familiarmente com o marido, fazendo passeios, comprando coisas pra casa, fazendo planos para os filhos. Elas valorizam muito o homem que protege a casa, cuida da família, tem bons princípios e tem sucesso profissional e econômico. Elas querem um homem só para elas (fiel), mas que desperte a inveja das amigas (se as amigas acharem o marido dela um marido ideal, ela terá orgulho de mostrar que conseguiu/conquistou o mesmo).
Eu já tive um relacionamento de 4 anos e 2 meses, dos quais os últimos 7 meses foram de noivado. Ela sempre quis casar, ela deu a entender isto quando tínhamos 1 ano e meio de namoro, depois disto ela tocou no assunto umas quatro ou cinco vezes, mas eu sempre dizia "não", que eu não queria. O tempo foi passando e as duas melhores amigas dela casaram (e nós, eu e ela, fomos padrinhos de casamento), a irmã mais nova dela casou e teve um filho (e nós também fomos padrinhos de casamento), a minha irmã mais nova casou e teve um filho (e nós fomos padrinhos do casamento). Um dia, ela já estava esgotada, tivemos uma discussão e ela veio e terminou, disse que estava infeliz e que não queria mais. Depois disto, ela nunca mais me procurou; no dia do fim ela chorou muito, mas ela já tinha decidido. Eu estava bem, ela não; mas eu pensava que não estava tudo acabado, que haveria um retorno. Ledo engano. Ela nunca mais me procurou. Três meses depois, eu liguei pra ela porque eu estava muito mal, ela me atendeu e me tratou bem, ela estava muito feliz e disse que gostava muito de mim como pessoa, mas que nunca mais voltaria comigo mesmo se eu quisesse porque ela queria casar e eu além de nunca ter tomado uma iniciativa para tal, ainda dizia que não queria casar. Ela disse que eu era uma pessoa legal e que desejava tudo de bom para mim, mas que sentiu que se ela ficasse comigo ela teria que esperar 5, 6 ou 7 anos de namoro para então eu tomar uma decisão. Ou seja, quando ela tomou a decisão de terminar, ela já estava sofrendo, e eu fui pego de surpresa, por isso ela sofreu antes e no momento do fim; eu, por outro lado, fiquei surpreso mas nunca pensei que fôssemos nos separar de verdade, quando vi que era real, meu chão caiu, entrei em depressão profunda, numa tristeza terrível (tristeza de morte mesmo), fiquei muito mal, não conseguia me concentrar em nada, a todo momento, por dias, por meses, por mais de um ano (os primeiros cinco meses foram terríveis). Eu nunca pensei que iria me separar dela. Pensei que tinha achado minha companheira de vida. Por isto, eu sofri depois do fim, e ela antes do fim. Com o término ela ficou bem porque tirou um peso das costas dela. Eu não percebi nada e só fui descobrir que ela estava infeliz quando ela terminou, então eu sofri depois (sofri muito, entrei em depressão). Eu perdi meu chão, enquanto ela já estava reconstruindo a vida dela. Além disto, você tem que observar (levar em conta) a rede social dela: se ela desabafa com a mãe o pensamento dela de terminar com você e a mãe apoia, então isto dá força pra ela terminar com você; se o pai dela fala mal de você ou critica você, isto dá força pra ela terminar com você; se ela tem amigas que estão formando uma família e isto é o desejo dela mas ela não vê que você é o homem ideal pra ela, ela vai pensar que tem que terminar rápido com você; se ela tem um amigo de trabalho que fica em cima dela e dando suporte emocional como um possível amante/namorado, isto dá força pra ela terminar com você (principalmente se o que ela quer de você - e que você não dá pra ela - é o que o outro cara está oferecendo a ela). Não estou falando destas meninas que ficam com qualquer um, estou falando de meninas que são certinhas mesmo, destas super corretas, responsáveis, pra casar. Elas valorizam muito a segurança, o cara nem precisa ser muito muito bonito, pode ser normal mesmo, fisicamente, mas se ele oferece SEGURANÇA EMOCIONAL E FINANCEIRA pra ela (elas valorizam muito isto) elas se apaixonam por eles (não estou dizendo que elas serão felizes a vida inteira com eles, estou dizendo que isto desperta o interesse delas).
É claro que esta é a minha história. Mas é o que vivi e retirei de tudo isto.
Este meu relacionamento aconteceu de junho de 2008 até agosto de 2012.
Embora não dê para dizer isto apenas por um relato, parece que sua namorada (agora ex-namorada) é destas meninas bem certinhas, confiáveis, pra casar mesmo. Se minha impressão estiver certa, então ela se parece (ao menos na personalidade) muito com a mina que eu namorei a 4 anos atrás.
Sinceramente, não sei se contribuí, mas esta uma visão (a minha visão) das várias que existem sobre o que o que sua ex pode estar pensando sobre o futuro dela.
Avatar pua

Criador do tópico

nitromind - MEMBRO EXCLUSIVO
#1008245
SEFI escreveu:Cara, primeiramente quero dizer que (na minha opinião) você fez errado em trair ela. Sei que isto parece antiquado, mas pense pelo lado dela, pense como ela se sentiu quando descobriu uma suposta traição sua. Ela está insegura, e já não tem certeza se você é o cara certo pra ela. Ela tá confusa, e pode até ser que este tempo que ela te pediu é na verdade um período para refletir e desapegar de você gradualmente, aos poucos. Foram quatro anos de namoro, e vocês até ficaram noivos, então ela não quer (e não vai) dizer de uma hora pra outra que ela não gosta mais de você, que não quer você e que é pra você esquecer ela. Ela tem uma história de quatro anos com você, e ela não vai esquecer tudo em dois meses. Mas isto não significa que ela pensa em voltar com você, ela só precisa de um tempo para se desapegar aos poucos, lentamente, e reconstruir e ressignificar os sentimentos dela em relação a você e a história de vocês. Ela também deve estar muito triste, mas quando uma mulher diz "chega" e dá um basta é porque ela já pensou muito sobre isto. Nós homens somos mais imediatista e agimos por impulso, mas as mulheres (pelo menos as mulheres mais certinhas, destas pra casar) pensam e analisam a situação com mais calma e maturidade até tomar uma decisão, e se ela tomou a iniciativa de terminar com você é porque ela realmente tá infeliz no relacionamento e já estava pensando em fazer isto a alguns meses (ou seja, se ela tomou esta iniciativa é porque ela já estava elaborando isto a algum tempo, que pode ser dois, três ou quatro meses atrás; ela já tava com isso na cabeça e quando chegou a gota d'água ela tomou a inciativa e terminou). Não posso dizer qual será o futuro de vocês porque ela pode voltar com você. Mas, sinceramente, é bem possível que ela está dando um tempo para se reestruturar sentimental e emocionalmente (ela está de luto porque está triste com o fim), refletir sobre o futuro dela e fazer novos planos. E se for isto, ela vai te esquecer e vai partir pra outra sem você. Aos poucos, ela vai conhecendo novas pessoas, sentindo-se bem solteira e se desapegando, até que novas pessoas e perspectivas preencham o coração dela e ela não sinta mais falta ou tristeza de ter largado o passado. Quando a mulher é correta demais, destas pra casar, ela valoriza muito a formação da família, pensa no homem dela (namorado ou noivo) como futuro pai dos filhos dela e marido pra vida toda, ela sonha em uma união estável, com casamento na igreja com direito a buquê e vestido de noiva, ela busca comprar uma casa e um carro junto com você e ir crescendo financeira e familiarmente com o marido, fazendo passeios, comprando coisas pra casa, fazendo planos para os filhos. Elas valorizam muito o homem que protege a casa, cuida da família, tem bons princípios e tem sucesso profissional e econômico. Elas querem um homem só para elas (fiel), mas que desperte a inveja das amigas (se as amigas acharem o marido dela um marido ideal, ela terá orgulho de mostrar que conseguiu/conquistou o mesmo).
Eu já tive um relacionamento de 4 anos e 2 meses, dos quais os últimos 7 meses foram de noivado. Ela sempre quis casar, ela deu a entender isto quando tínhamos 1 ano e meio de namoro, depois disto ela tocou no assunto umas quatro ou cinco vezes, mas eu sempre dizia "não", que eu não queria. O tempo foi passando e as duas melhores amigas dela casaram (e nós, eu e ela, fomos padrinhos de casamento), a irmã mais nova dela casou e teve um filho (e nós também fomos padrinhos de casamento), a minha irmã mais nova casou e teve um filho (e nós fomos padrinhos do casamento). Um dia, ela já estava esgotada, tivemos uma discussão e ela veio e terminou, disse que estava infeliz e que não queria mais. Depois disto, ela nunca mais me procurou; no dia do fim ela chorou muito, mas ela já tinha decidido. Eu estava bem, ela não; mas eu pensava que não estava tudo acabado, que haveria um retorno. Ledo engano. Ela nunca mais me procurou. Três meses depois, eu liguei pra ela porque eu estava muito mal, ela me atendeu e me tratou bem, ela estava muito feliz e disse que gostava muito de mim como pessoa, mas que nunca mais voltaria comigo mesmo se eu quisesse porque ela queria casar e eu além de nunca ter tomado uma iniciativa para tal, ainda dizia que não queria casar. Ela disse que eu era uma pessoa legal e que desejava tudo de bom para mim, mas que sentiu que se ela ficasse comigo ela teria que esperar 5, 6 ou 7 anos de namoro para então eu tomar uma decisão. Ou seja, quando ela tomou a decisão de terminar, ela já estava sofrendo, e eu fui pego de surpresa, por isso ela sofreu antes e no momento do fim; eu, por outro lado, fiquei surpreso mas nunca pensei que fôssemos nos separar de verdade, quando vi que era real, meu chão caiu, entrei em depressão profunda, numa tristeza terrível (tristeza de morte mesmo), fiquei muito mal, não conseguia me concentrar em nada, a todo momento, por dias, por meses, por mais de um ano (os primeiros cinco meses foram terríveis). Eu nunca pensei que iria me separar dela. Pensei que tinha achado minha companheira de vida. Por isto, eu sofri depois do fim, e ela antes do fim. Com o término ela ficou bem porque tirou um peso das costas dela. Eu não percebi nada e só fui descobrir que ela estava infeliz quando ela terminou, então eu sofri depois (sofri muito, entrei em depressão). Eu perdi meu chão, enquanto ela já estava reconstruindo a vida dela. Além disto, você tem que observar (levar em conta) a rede social dela: se ela desabafa com a mãe o pensamento dela de terminar com você e a mãe apoia, então isto dá força pra ela terminar com você; se o pai dela fala mal de você ou critica você, isto dá força pra ela terminar com você; se ela tem amigas que estão formando uma família e isto é o desejo dela mas ela não vê que você é o homem ideal pra ela, ela vai pensar que tem que terminar rápido com você; se ela tem um amigo de trabalho que fica em cima dela e dando suporte emocional como um possível amante/namorado, isto dá força pra ela terminar com você (principalmente se o que ela quer de você - e que você não dá pra ela - é o que o outro cara está oferecendo a ela). Não estou falando destas meninas que ficam com qualquer um, estou falando de meninas que são certinhas mesmo, destas super corretas, responsáveis, pra casar. Elas valorizam muito a segurança, o cara nem precisa ser muito muito bonito, pode ser normal mesmo, fisicamente, mas se ele oferece SEGURANÇA EMOCIONAL E FINANCEIRA pra ela (elas valorizam muito isto) elas se apaixonam por eles (não estou dizendo que elas serão felizes a vida inteira com eles, estou dizendo que isto desperta o interesse delas).
É claro que esta é a minha história. Mas é o que vivi e retirei de tudo isto.
Este meu relacionamento aconteceu de junho de 2008 até agosto de 2012.
Embora não dê para dizer isto apenas por um relato, parece que sua namorada (agora ex-namorada) é destas meninas bem certinhas, confiáveis, pra casar mesmo. Se minha impressão estiver certa, então ela se parece (ao menos na personalidade) muito com a mina que eu namorei a 4 anos atrás.
Sinceramente, não sei se contribuí, mas esta uma visão (a minha visão) das várias que existem sobre o que o que sua ex pode estar pensando sobre o futuro dela.


Muita coisa do que você disse faz sentido.. Agora é tentar cuidar de mim