Avatar pua
lost_guy
#824411 [font=arial, helvetica, sans-serif]GUIA LÉSBICO PARA CHUPAR XOXOTA
Conforme visto em VICE
Dando sequência a este tópico... A não ser que você tenha cinco anos, seja uma hétero pouco aventureira ou uma pessoa superchata e careta – você provavelmente já deve ter caido de boca numa vagina e querer fazer isso cada vez melhor no decorrer da sua vida, achei que já era hora de lançar um novo guia, desta vez feito por alguém que tem uma xoxota e também é amiga (sexualmente falando) de xoxotas.[/font]
[font=arial, helvetica, sans-serif]Enquanto escrevia esse lance acima sobre pessoas que jamais colocaram suas línguas em uma vagina, tive que parar e pensar que tipo de criatura entra na categoria “não obrigada, nada de vagina pra mim”. Fiquei pensado nisso um tempão, como se estivesse tentando resolver um problema de matemática muito difícil, porque depois de chupar xoxotas por VINTE E UM anos, não consigo imaginar a vida sem isso. É um dos meus principais grupos alimentares.Ah, sim, sou ultralésbica. Talvez você não tivesse percebido isso. O fato número um sobre as sapatas é que, a menos que você seja uma otária, a gente manja muito de capô de fusca. Mas como tudo na vida, entusiasmo nem sempre quer dizer habilidade. Você pode amar uma coisa (xoxota, por exemplo) e continuar sendo muito ruim nisso (chupar xoxota, por exemplo). No mundo das lésbicas há duas coisas no escalão de suprema dificuldade 1) Cintas-caralha 2) Chupar a região íntima de alguém de um jeito muito incrível. E esse post vai se concentrar nessa segunda opção, e esperamos que seja útil para lésbicas, futuras lésbicas, caras héteros etc.Imagem1) É Você Quem MandaQuando vi pela primeira vez uma vagina pelada, fora a minha própria, achei que ia pirar. A vagina não é uma coisa lá muito bonita e tem muita coisa rolando ali. Me vi sacrificando uma grande porção de conforto pessoal e mental (ex: dor no pescoço, quase cair no sono, se matar e quase chorar porque alguém demora uma eternidade pra gozar) pra me tornar mestre no assunto. Descobri com a prática e o tempo que se você entrar numa situação oral pensando “SE ELA NÃO GOZAR SOU UM FRACASSO”, aí que ela não vai gozar mesmo e você vai acabar tendo uma experiência muito sofrida, e fazendo várias caretas enquanto estiver lá embaixo. Pressão é a pior coisa e sempre afasta os orgasmos. Imagine um pastor de ovelhas tentando pastorar ficando lá parado no meio do campo chorando e desejando com todas as forças que a ovelha vá até ele. Ficar muito tensa pra tentar fazer a pessoa gozar só espanta as ovelhinhas que você quer trazer pra perto. O mais importante é chegar lá com um pensamento geral do tipo: “Vou enfiar minha cara nessa vagina porque quero e porque já vi o episódio dessa semana de Mad Men. Não ligo a mínima se ela gozar ou não”. Aí ela vai gozar. Te prometo.Imagem2) Não Faça Nenhuma Esquisitice. Não Tente Nenhum “Truque”.A pior coisa é quando alguém entra numas de “vou te deixar completamente louca agora” e aí enterra a cara no meio das suas pernas e começa a zoar com seus pelos pubianos. Minhas histórias de sexo mais compartilhadas começam com “essa pessoa fez a coisa mais engraçada com a minha vagina”. Não faça coisas engraçadas com a vagina alheia. Não tente nenhum “movimento”. Seja cuidadosa e calma. Eu diria que, até você conseguir perceber pelos gemidos e murmúrios do que a pessoa gosta mais (o que eu espero que você consiga, porque ela pode ser uma dessas garotas que não emitem nenhum ruído, o que é um saco), comece deixando sua língua do jeito mais amplo e macio possível, achate-a sobre a xoxota e aí prossiga com voltas lentas e constantes, como se você estivesse tomando o melhor sorvete de casquinha do mundo. Faça isso bem devagar, mas beeeeeeeeeeeeeeeem devagar mesmo, enquanto abraça as coxas da moça. Espere até ela começar a se contorcer e então mate esse clitóris como se fosse uma aranha na banheira. Se você estiver fazendo alguma doideira lá embaixo e ouvir “vem aqui que eu quero te beijar” significa que você estragou tudo. Nem tente insistir ou voltar lá pra baixo logo depois pra tentar “ganhar”. Você perdeu o jogo, mas pense no que você fez de errado depois que a garota for embora e tente de novo numa próxima oportunidade. Todo mundo precisa treinar, e não tem nada de errado em perguntar pra pessoa do que ela gosta.Imagem3) CamadasVaginas são superinstáveis. A melhor maneira de explicar o que está passando pela minha cabeça é comparar as vaginas com alguém que está com uma puta larica, e que quer todos os petiscos ao mesmo tempo. Vamos dizer que você só consegue pensar em Doritos. Você quer TANTO Doritos que está quase chorarndo por causa disso. Aí finalmente você vai até o supermercado da esquina e compra o Doritos, mas quando você chega em casa, abre a sacola e percebe que você também precisa muito de chocolate. As vaginas são assim. Há uma dor, uma necessidade, um “buraco pra preencher”, mas você precisa jogar muita coisa nesse buraco pra que ele fique satisfeito. Você já assistiu Vermes Malditos com o Kevin Bacon? Pense no vermão do filme, com todos aqueles dentes bizarros, como a vagina com a qual você tem que batalhar, você tem que jogar um monte de terra lá, tem que fazer o que for preciso pra fechar o buraco.Isso na verdade é uma fórmula fácil, mas não use muito como uma fórmula. Basicamente, o truque pra criar um bolo bem legal e cheio de camadas de sexo oral é começar com as voltas lentas e ritmadas mencionadas anteriormente e então fazer um pouco de ataque ao clitóris (concentre a ponta da língua no clitóris e empurre-o pra frente e pra trás como se você estivesse tentando equilibrar um M&M em suas laterais) e aí desacelerar de novo. Quando você passar do ataque ao clitóris pra desaceleração, a garota provavelmente vai fazer um barulho tipo “não para”, aí você vai meter três dedos na vagina dela até a metade, dobrá-los na sua direção segurando as pontas na borda do ossinho da xoxota enquanto continua com os movimentos circulares. Sei que deve ter um termo médico pra ossinho da xoxota, mas não sei qual é. Se você quiser colocar sua outra mão pra trabalhar, pegue a palma e pressione a parte de baixo do estômago/parte de cima do osso pélvico enquanto faz todas as outras coisas ao mesmo tempo. Não sei o que isso faz exatamente, mas a mulherada adora.Espero que tenha ajudado. Ah, e se você tiver que lembrar só de UMA coisa, lembre-se de que soprar dentro numa vagina é uma péssima ideia.[/font]
Avatar pua
lost_guy
#824412 Por algum motivo a formatação saiu toda errada, mas vocês entendem o espírito...
Avatar pua
Oliver Rolf
#824423 Isso vale não só para as lésbicas mas para qualquer um daqui.

Ótimo tópico meu caro!
Avatar pua
[email protected]
#824431 Pegue a palma e pressione a parte de baixo do estômago/parte de cima do osso pélvico - Vou testar isso
Avatar pua
Nego Bang
#825751 Acho q esse guia n é só pra lésbicas, só acho kkk

É útil para qualquer PUA !!


Ótimo tópico cara! :)
Avatar pua
lost_guy
#825754 Tem dicas valiosas neste post.
Imaginar que você está lambendo um sorvete com a intenção de se lambuzar ao máximo é uma boa idéia.
Quem colocar em prática me agradecerá muito.
rodrigo2402
#825756 Muito útil... Não serve apenas para lésbicas e sim para todos que querem aprender a dar prazer a uma mulher :)
Avatar pua
Dr. Love
#825762 Texto ruim...

Fazer sexo oral numa mulher é complicado e você só aprende com prática mesmo. Ainda assim, é difícil perceber quando se está fazendo certo ou não. Elas disfarçam bem. Até um tempo atrás, eu já tinha feito sexo com várias garotas e achava que arrasava chupando boceta, até porque eu adoro chupar e sempre curti fazer um oral demorado. Ledo engano. Foi somente quando encontrei uma RMLP que não gostava de penetração que fui começar a aprender. E mesmo assim, não consigo fazer todas gozarem. Não pensem que lendo esse texto vocês vão ser a língua dos deuses. Rs

A parte técnica não tem mistérios, como o texto diz. Não tem que inventar a roda. Se eu pudesse dar alguma dica, está em sentir o tempo inteiro os pequenos sinais que a garota dá. Os pequenos movimentos que ela faz com a pelve indicando se ela quer mais ou menos pressão ou ritmo. Etc. Isso vale para a penetração também.

Abraços do Dr. Love

PS: Meu guia de como aprender a chupar xotas. Passo1: Arrume uma garota que não tenha amarras na hora do sexo, seja sincera contigo e tenha paciência para te educar na arte. Passo2: Pratique
Avatar pua
lost_guy
#825772
Dr. Love escreveu:Fazer sexo oral numa mulher é complicado e você só aprende com prática mesmo. Ainda assim, é difícil perceber quando se está fazendo certo ou não.



Disse tudo, meu caro. Texto nenhum se compara à prática e somente a prática leva ao aperfeiçoamento.
Exceto para quem tenha algum talento natural para chupar xotas, dominar a técnica pode levar muito tempo.
Uma das piores sensações é quando você está trabalhando lá embaixo e a sua parceira te puxa para cima como se estivesse dizendo "Não sei o que você está fazendo, mas não está adiantando". Aí só resta deixar para tentar novamente na próxima foda.

Imagem
Avatar pua
kianu16r
#826641 KKKK' Curti em demasia. E como já foi citado acima, não vale só para lésbicas.