O crescimento pessoal é fundamental para se ter uma vida melhor, considera tão ou mais importante quantos o estudo da sedução. Educação Financeira.
Vamos deixar de ser focados só em mulheres!

Criador do tópico

Capetinha - MEMBRO EXCLUSIVO
#407234 Fala galera!!! No tópico passado expliquei um pouco sobre educação financeira. Abordei a diferença entre desejo e necessidade, sobre gastos supérfluos e emergenciais e como iniciar sue planejamento financeiro. (Acesse aqui: guia-pua-rico-iniciando-o-planejamento-financeiro-parte-1-t37387.html ). Esses itens representam o primeiro item da base da educação financeira: Conheça sua vida financeira para planejar melhor o futuro e evitar dificuldades.

Hoje vou falar do segundo item da base da educação financeira: Gastar menos do que ganha.

Nessa parte 2, me concentrarei em economia. Darei dicas de como economizar dinheiro de várias formas diferentes, abordando os principais gastos que temos ao longo de nossa rotina.

    Supervalorize o gasto

Muitos pensam que economizar 5, 10, 20 ou 50 reais não significa muito em um mês. Mas a idéia para valorizar o dinheiro é converter a economia ao período de um ano.

Por exemplo: Eu usava celular da Vivo. Minha conta em média dava 150,00 por mês. Após receber uma boa promoção migrei para a TIM, onde minha conta dá em média 110,00 por mês. Uma economia de apenas 40,00 por mês.

Só que essa economia ao ano equivale a 480,00. E digo mais. Esse valor investido na poupança mês à mês, que é a menor rentabilidade de um investimento no Brasil, se tornaria aproximadamente 540,00 reais. Já banca uma ida de final de semana ao Rio de Janeiro, ou uma prestação do carro novo, ou etc.

Então senhores, ao se depararem com uma economia (ou custo/despesa) multipliquem por 12 (período de um ano) para visualizarem o efeito que essa mudança terá em sua vida.

    Dicas Gerais

Não sou um fissurado com economia. Muito pelo contrário. Depois que alcancei certo conforto, me tornei mais despreocupado. Mas tem certos cuidados e dicas que nunca deixei de seguir e que, a meu ver, são simples de serem praticadas. Falarei apenas 5 principais dicas em cada tipo, para o tópico não ficar tão extenso.

Vamos às dicas:

1) Compre à vista: Prefira comprar à vista e em locais que oferecem descontos para esse tipo de pagamento. Muitos lugares, de diversos segmentos oferecem esse desconto. Aproveite seu poder de barganha!

2) Evite fazer dívidas (Cheque especial e cartão de crédito): O Cheque especial e o cartão de crédito comem o salário das pessoas, mesmo que utilizados por pouco tempo. Os juros são exorbitantes. Cheque especial é até melhor cancelar o limite. E o cartão de crédito, caso seja utilizado, pague sempre a fatura toda, nunca o valor mínimo. É onde os bancos mais ganham dinheiro e você, logicamente, perde.

3) Clube de compras (sem armadilhas): Use e abuse dos clubes de compras. Mas atenção. Só compre o que você realmente utiliza e nada mais. Prefira os locais próximos à usa casa ou trabalho. Eu já deixei de utilizar dois cupons por causa desse detalhe da distância.

4) Ande sem dinheiro no bolso: Desde que passei a andar com o mínimo de dinheiro no bolso e à pagar tudo no cartão de débito, comecei a dar mais valor ao dinheiro. Por diversas vezes estava em uma loja e abria a carteira para ver quanto tinha e quando via a carteira vazia, ficava com a consciência pesada e não comprava nada... Ando com o suficiente para em uma emergência, conseguir pegar um taxi até em casa.

5) Pague a você primeiro: Logo ao receber seu salário, calcule seus prováveis custos do mês e transfira o restante para seus investimentos ou reserva de emergência. Assim, você “se obriga” a economizar ao longo do mês.


    Dicas Específicas


Alimentação

1) Faça supermercado por semana, para o mês e nunca com fome: Com o tempo, você vai saber o preço médio de cada produto. Assim, você aproveita as promoções (normalmente semanais). A questão da fome é para evitar comprar produtos por impulso. Por fim, ir mais vezes no supermercado ainda aumenta suas chances de sarges. Rs

2) Compre à Granel: Prefira comprar em grandes quantidades, mas sem excessos. Proporcionalmente, uma garrafa de 2 litros de refrigerante (R$4,20) é mais barata que uma lata de 350 ml (R$1,50). Para comprar a mesma quantidade seria necessário gastar R$0,30 à mais nas latas. Essa dica serve para todos os produtos: Alimentação, Limpeza, Bebidas, Etc.

3) Prefira comer em casa: Comer em casa é infinitamente mais barato que comer na rua. Pode ser menos prático e mais trabalhoso, mas muitas vezes vale à pena. Levei uma HB para comer lá em casa há duas semanas. Gastei aproximadamente R$ 30,00 preparando um macarrão ao molho 4 queijos e mais R$40,00 em um excelente vinho chileno. Num restaurante, não sairia por menos de R$150,00. E eu ainda fiz charme cozinhando para a HB. Essa dica vale para jantar, almoço, lanches (Eu levo meu lanche para o trabalho todo dia e evito gastar na lanchonete da empresa) etc.

4) Bons restaurantes nem sempre são os mais caros: Muitos restaurantes ganham com o serviço agregado. Manobristas, sommelier para indicar um bom vinho, música ao vivo, status, localização. Entretanto, existem excelentes restaurantes com ótimo serviço e preços em conta. De vez em quando vou ao Paradiso (Restaurante de Cozinha Contemporânea) e acabo gastando uns R$160,00. Essa semana, eu descobri um que chama Pacífico. Mesmo tipo de culinária e qualidade da comida, porém um pouco mais afastado do centro, sem manobrista e sem música ao vivo (mas com música ambiente). Gastei R$100,00.

5) Divida a conta: Hoje com tantas mulheres independentes, a maioria (pelo menos as que tenho saído) já se oferecem para dividir a conta. Simplesmente aceite. Faça com que elas se sintam úteis. Outra coisa que faço sempre é o combinado na primeira saída para jantar: Como eu convidei a HB, eu pago dessa vez. Mas da próxima ela escolhe o local e paga. Funcionou 100% das vezes.

Transporte

1) Compre para o mês: Cartões ou passes para o transporte mensal é mais barato que o unitário. Se você usa muito transporte público, vale à pena pensar nisso.

2) Transporte Público ou Carro? Muitas vezes não vale a pena comprar um carro. Quando você mora próximo ao trabalho ou faculdade e/ou tem acesso mais rápido, como o metrô. Faça a conta de quanto você estima gastar com transporte público (e taxi, no caso de levar HB’s até sua casa/motel) e quando você vai gastar com o carro (incluindo prestação, seguro, manutenção, gasolina e impostos). Tenho um amigo que morou no RJ 2 anos e optou por não ter carro. E tenho um amigo aqui em BH que fez a mesma opção.

3) Álcool ou Gasolina? Essa é para quem tem carro. Muitas vezes vale mais à pena optar por um ou pelo outro. A conta para decidir é simples e no Google você consegue encontrar várias calculadoras que mostra qual é mais vantajoso. Além disso, os postos de periferia costumam ter os preços de combustível mais barato que os postos nos centros da cidade.

4) Fique atento ao financiamento. Ao comprar um carro, muitas pessoas têm por habito apenas olhar o valor da parcela ou o valor da taxa. Mas nunca olham o impacto de financiar o carro em seu preço real. Muitas vezes as pessoas pagam o dobro do valor de um carro em função do financiamento e o vendem depois por metade de seu valor real, em função da desvalorização. Fiquem atento quanto isso, tente pagar a maior parte do carro na sua entrada. E não caia na ilusão de comprar um carro muito melhor porque a parcela cabe no seu bolso.

5) Estacionamentos e trânsito pesado: Use o tempo ao seu favor: Sair 20 minutos mais cedo pode ser o suficiente para evitar aquele trânsito pesado na hora do Rush e para conseguir vaga próximo ao seu trabalho ou à balada. Além disso, dirigir prudente, sem acelerações e frenagens bruscas e manter a manutenção do carro em dia também economiza no combustível e em manutenções futuras.


Lazer e Supérfluos

1) Dicas para comprar Roupas. Moda passa rápido: prefira mais baratas (ex: Cardigans). Estilo tradicional nunca passa: prefira as mais duráveis (ex: Jeans). Compre roupas de verão no inverno e vice-versa. Prefira pequenas grifes às grandes redes. Além da vantagem do preço mais baixo, você ainda garante certa exclusividade. Difícil encontrar alguém usando essas marcas. Aqui em BH gosto muito da London Man (http://www.londonman.com.br) e da Aeon (http://www.aeon.ind.br/)

2) Dicas para a Balada: Planeje com antecedência, compre os ingressos no primeiro lote, coloque nomes na lista. Assim você garante diversão à menores custos. O esquenta (ou o pré night) é uma ótima estratégia para beber mais barato e conhecer pessoas, além de elevar seu inner. E não caia na besteira de beber até morrer ou de pagar bebida pra geral: gastar muito dinheiro e não lembrar da sua noite depois não é vantajoso. Acredite! Rs.

3) Dicas para Segundo Encontro. O importante para mulher não é o preço do restaurante, mas a atmosfera que você quer passar. Quer ser sofisticado? Leva naquele Café da moda. Quer ser Cult? Museus são ótimas escolhas. Quer ser romântico? Leva naquele restaurante charmoso. Não precisam ser escolhas caras. Bastar tem uma boa aura. Meus locais preferidos para segundos encontros são o Museu Inhotim quando quero ser sofisticado (www.inhotim.com.br), o Circus Rock Bar quando quero muita diversão (www.circusrockbar.com.br) ou minha casa, para os finalmentes.

4) Dicas para o Motel: Motéis mais longes da região central ou dos bairros mais chiques normalmente são mais baratos e nem sempre são tão piores. Prefira motéis que tenham programa de fidelidade (daqueles que você vai 10 vezes e a próxima é grátis). Tem alguns sites que ainda dão descontos em móteis (www.guiademoteis.com.br). Use e abuse deles. E leve sua camisinha. Camisinha em motel é muito cara.


Existe ainda outra infinidade de formas para economizar dinheiro, sem tanto sacrifício. Basta ser criativo e sensato.

    Não deixe de viver

Apesar de talvez ter que se privar de algumas práticas e da readaptação muitas vezes ser difícil. Tenha em mente duas coisas. Primeiro, não deixe de viver. Você ama as marcas de roupa que você usa, mas resolve economizar comprando de uma marca mais barata, mas que você não se sinta bem. O que vale mais? Economizar alguns reais e se sentir constantemente triste ou gastar um pouco mais para ser mais feliz. O sacrifício existe, mas não deixe de viver sua vida e tente não deixar de fazer as coisas que você ama.

Segundo, não viva em função do dinheiro. Há dois anos parei de fazer coisas que eu gosto. Substitui meu lazer pelo trabalho, com o objetivo de ganhar dinheiro rápido. Foi o período que mais ganhei dinheiro, mas eu estava totalmente infeliz, desestimulado e sozinho. Mal saía de casa para conviver com outras pessoas. Então, PUA’s, cuidem para que sempre sobre dinheiro no final do mês, mas não deixe que isso vire uma compulsão.

Sucesso PUA’s!!!
boy_sfc

Aprendiz

#407315 Boa Capetinha... mais 1 belo tópico pra ajudar a galeraa pensar bem sobre dinheiro!!!

Não pare com a série não, ajudará muita gente a cuidar melhor da grana!!!
Zémayer - MEMBRO EXCLUSIVO
#407338 Grande tópico Capetinha...
sobre os cálculos do dinheiro, multiplicá-los por 12 que seria o período de um ano, eu sempre faço! :D
e até brinco com os meus amigos, que me chamam de turco e tal... por essas coisas, mas a grande coisa que está por trás disso é que não me privo das coisas que gosto, e de sair com os amigos e com as minas que me envolvo!
É aquela coisa, temos que viver bem, mas não ser burros... se der para economizar, economiza! não gaste com bobeira à toa!
Abraço!
Avatar pua
KakoG

Veterano - nível 6

#407553 Muito bom!!!
Esse é um assunto muito importante, e suas dicas fazem muita diferença.
Economizar dinheiro para muitos é um bicho de sete cabeças. Eu sempre faço o que posso.
bira13

Veterano - nível 1

#407620 Belo tópico. Esse cara sabe o que fala. Muitos livros de educação financeira falam isso. A vantagem de ler esse assunto aqui, é que ele vem bem mastigado pra você entender perfeitamente. Obrigado.
rausis

Aprendiz

#409772 Valeu pelas dicas cara, eu ganho 380 reais por mês, e é realmente uma micharia, estagiário é explorado hoje em dia, mais depois de suas dicas e uma planilha detalhada no excel, pude economizar 73 reais ao mês!

OBRIGADO!