J. Zorzi

#885413 Olá PUAs, tudo bem? A dificuldade aqui como vocês podem ver é que não existiu nenhuma oportunidade ainda para um KC, vou explicar o motivo.
Semana passada entrei num cursinho e minhas amigas já conheciam essa HB9, no primeiro dia ela mesmo que veio trocar umas ideias comigo (fluffy talk), desde então entrei nesse grupo (explicarei porquê não set) nos intervalos. Nos intervalos ela me convida para fumar um cigarro junto com ela, e praticamente em TODAS as vezes que fumamos temos alguma conversa íntima. Vou falar de duas delas.
A primeira foi sobre as tattos dela, que tentei criei uma rotina extremamente inventada, e joguei um neg bem fraco para equilibrar o jogo.
J.: Do que é essa tatto que você tem nas costas?
HB9: É um hibiscus, mas preciso retocar já ele, você também tem tattoo?
J.: Nem tenho hahaha, acho muito bonito mas não acho que combina comigo.
HB9: Ah, nada a ver eu também pensei que ia ficar estranho e amei.
J.: Pode crer ficou muito massa.
(fluffly talk)
J.: (Momento que inventei uma rotina sei lá o porquê) Você sabia que tem uma razão do lugar que fazemos as tatuagens? É uma coisa meio que inconsciente.
HB9: Não sabia hahaha, o que significa o lugar da minha então?
J.: Como tá nas costas então provavelmente você enfrenta todos os seus problemas, mesmo se eles vierem por trás. Era algo assim HB9 hahaha.
HB9: Nossa que legal hehe, tenho outras tattos também uma na costela.
J.: Tem mais alguma? hahaha
HB9: A outra é para namoradinhos hihihihi
J.: (Olho um pouco arregalado e risada meio safada) Hmmmm hahahahaha interessante, e o que é? Não precisa ficar vermelha hahaha.
HB9: É para namoradinhos, bobo (leve tapinha, ADOREI esse tapinha porque deu certo).

A segunda conversa foi sobre gostos, só para lembrar, sou um cara alto e magro (mas não muito).
HB9: Nossa, aquele cara que namora tal HB é muito looser, não é porque ele tem músculos agora que subiu no meu conceito.
J.: Ué, você não gosta de gente forte?
HB9: Eu não, ah sei lá, eu gosto de caras magros ou gordinhos, não curto musculoso.
J.: Nossa, isso é muito bom... Pra mim.
HB9: Risadinha e terminou o cigarro.


Tive mais 5 dessas conversas, mas essas foram as melhores, não colocarei todas se não ficará muito grande o tópico.
Como já disse, não tive nenhuma oportunidade de apertar o gatilho para sair da zona de conforto e ir para a sedução porque achei um pouco estranho fazer isso no cursinho, embora eu sei que seja possível, achei muito arriscado, a minha ideia na verdade foi para deixar para sábado que vem numa festa do cursinho. :parabens
Infelizmente vou encontrar inúmeros obstáculos, até porque sei que existem muitos outros caras que vão abordá-la, no entanto levarei meu wing, que sem dúvida é fantástico em espantar machos betas e qualquer tipo de obstáculo hahaha
O que eu gostaria de perguntar para vocês é o seguinte PUAs, esse não é aquele tipo de abordagem de um dia, qualquer AS por mais ingênuo que fosse sabe que não há como abordar uma HB num cursinho com garantias de KC, é muito arriscado. Então, gostaria que me mandassem opiniões de como abordá-la agora que eu já conheço ela, mandar algumas rotinas que achem interessante e dizererem se estou fazendo algo errado.
Ah, claro. Só para lembrar, ela vai de carro com nós para a festa do sábado que vem, junto com outras duas amigas, ruim não? Hahaha
Muito obrigado.

ANÚNCIOS