DIOVANI DIDIO
#798087 Para muitos jovens que estão iniciando a vida sexual essa fase que deveria ser de conhecimento aprendizagem e muita diversão passa a ser uma tortura. Passei por isso e portanto gostaria de ajuda-los. Primeiramente vou lhes dizer: Não sou profissional, sexologo, terapeuta, nem nada disso mas vou tentar dizer o que gostaria que me tivessem dito antes de iniciar minha vida sexual. Vamos lá.


- Tamanho do seu pênis: Não existe relação em prazer feminino e tamanho do pênis. Se alguma mulher lhes dizer isso é por questão pessoal e psicológica. Uma mulher é capaz de chegar ao orgasmo até mesmo sem introdução, logo o tamanho do seu amiguinho ai não influencia em nada. Acredite, nunca uma mulher vai lhe dizer que seu negócio é pequeno demais se você compensar com outras “partes”. Mulheres gostam do “romance” da energia amorosa fluindo, dos toques, dos cheiros, dos sons. Isso compensa qualquer centímetro que você – erradamente – acredita que falte.


- Disfunção erétil: Outro medo besta, que sim, eu já cometi, e sim ainda hoje “trabalho” meu psicológico quanto a isso. Vou lhes dizer uma coisa: Já broxei. E vou lhes dizer outra: A maioria das pessoas que iram ler esse tópico (pasmem) também broxaram, o restante broxara também. Estão todos doentes? Não! Isso acontece meus queridos, e não significa que tu es menos homem. Não mesmo. O fator principal é psicológico. Não podemos olhar pro amigo ali e dizer “sobe”, nem mesmo apertar um botão. Nossa mente tem que estar tranquila quanto a isso. É natural e instintivo o funcionamento do nosso órgão. Se não acontecer não estamos afim, simples, não faça tempestade o mundo não acabou e você não é doente. Apenas espere, brinque com a situação, seja sincero com a companheira e não trate disso como um problema, afinal não é um problema, é uma situação, simples de resolver, relaxe, se for possível volte ao sexo, se não for, tranquilo, tente outro dia, mas o mais importante relaxe, isso pode acontecer, mas não é um problema, e não, a mulher não vai fazer disso uma piada. O mais importante pra evitar tal situação: O sexo não é uma obrigação tua, é uma vontade, não transe por obrigação, se não estiver relaxado e afim, não transe, sexo é um acontecimento natural e espontâneo.


- Ejaculação precoce: Esse é mais psicológico ainda. Sim, muitos vão passar por isso também. A ansiedade geralmente provoca essa situação. O que fazer? Relaxar. Não se preocupe com isso, se foi rápido, tenta de novo, na segunda será mais demorado, se não for que tal a terceira? Não está afim, tente outro dia. Aproveita o momento, sem ansiedade, sem medo de ser muito rápido. Se acontecer, tudo bem, use outras formas de agrada-la, acredite ela vai gostar. Um medo que muitos tem é de não chegar, ou manter a ereção, por conta disso anseiam por chegar logo lá, consumar o ato e sair dali livre e seguro. Pra esse caso, lembre-se do tópico anterior.


- Considerações finais: Sexo não é como nos filmes. Não se exige uma exibição grandiosa. Aquilo lá não existe. Eu já fiquei duas horas em um sexo alucinante com um mulher, em outros casos dois minutos. Não há uma obrigação de desempenho superior do homem, ambos tem que estar a vontade e construir o ato. É uma troca, um compartilhar. Livre-se do ego. Não queria ser o garanhão, faça o básico e com o tempo, ai sim, você ficara mais experiente. Jamais transe por obrigação. Não há obrigação, nem de desempenho, nem de consumar o ato. Sexo ´é algo lindo, é amor, não é errado, e nada nele pode ser desvirtuado dessa forma. Esqueça os filmes pornôs. Comece livre dessas condições desempenho. Não espere nada do sexo. Viva. Relaxe. E acredite, isso acontece com todos no inicio da vida sexual. Nada que acontecer nessa fase ira prejudicar sua vida, é aprendizagem, é experiência, é a construção de algo tão bom, tão natural, e tão correto que nada disso é capaz de interferir.
Avatar pua
FelizNatal
#891106
DIOVANI DIDIO escreveu:- Considerações finais: Sexo não é como nos filmes. Não se exige uma exibição grandiosa. Aquilo lá não existe. Eu já fiquei duas horas em um sexo alucinante com um mulher, em outros casos dois minutos. Não há uma obrigação de desempenho superior do homem, ambos tem que estar a vontade e construir o ato. É uma troca, um compartilhar. Livre-se do ego. Não queria ser o garanhão, faça o básico e com o tempo, ai sim, você ficara mais experiente. Jamais transe por obrigação. Não há obrigação, nem de desempenho, nem de consumar o ato. Sexo ´é algo lindo, é amor, não é errado, e nada nele pode ser desvirtuado dessa forma. Esqueça os filmes pornôs. Comece livre dessas condições desempenho. Não espere nada do sexo. Viva. Relaxe. E acredite, isso acontece com todos no inicio da vida sexual. Nada que acontecer nessa fase ira prejudicar sua vida, é aprendizagem, é experiência, é a construção de algo tão bom, tão natural, e tão correto que nada disso é capaz de interferir.


Muito boa colocação,o sexo é bem diferente dos filmes.
Inclusive recomendo a nao assistir filmes,depois qu parei minhas relações sexuais melhoraram
Se for olhar,olhe apenas para ver novas posições.