Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua

Criador do tópico

Riker.T - MEMBRO EXCLUSIVO
#835856 [font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Prezados amigos,[/font]
[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif][/font]
[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Achei o texto a seguir, muito pertinente a comunidade, está publicado no facebook, no[/font]Inteligente vida, [font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Creio que a reflexão pode ser util a muitos que aqui se encontram e por vezes, questionam-se ao fim de uma balada, ou mesmo, ao fim de um jogo.[/font]

[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]
Imagem

[color=#333333][font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif][/font]

[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif][/font]
"Mais que uma pergunta, um dilema. Após várias saídas desastrosas você mais uma vez se predispõe a sair e tentar conhecer alguém, porém você não faz o tipo de pessoa que acha que o termo quantitativo supre o qualitativo.[/font][/color]

[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Primeiramente, você chega à balada e observa que metade das mulheres estão com um vestido que parece uma toalha enrolada ao corpo, já a outra metade está com uma regata branca, um casaquinho de couro, saia alta, uma bolsa transversal e o insistente 212, mas até aí tudo bem pois o uniforme faz parte.[/font]

[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Não muito distante disso você vê alguns homens com uma camisa polo com “número 43” nas costas, barriga saliente e com as mulheres mais bonitas da festa. Alguns gastando dinheiro que não tem, outros gastando por gastar e outros como eu agora, pensando em como funciona tudo isso…[/font][font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Nesse instante por algum motivo você se sente diferente daquelas pessoas.

Culturalmente instruídos a sempre segurar um copo na mão seguimos o nosso caminho em busca de algo que no fundo não sabemos se realmente faz sentido.

Alguns caras querendo se divertir e outros numa disputa inútil para ver quem é o mais frouxo. Frouxo simplesmente por não conseguir pegar uma mulher só com o papo, por não saber jogar esse jogo de homem pra homem, mas novamente até aí tudo bem pois cada um usa as armas que tem.

Em meio a tudo isso me pergunto: onde está a conquista? Cadê o charme, o ato de arrancar um sorriso sincero, de você ficar com a mulher por ter falado a coisa certa na hora certa, sem sensacionalismo só acho que as coisas estão perdendo um pouco da graça.

Então depois de consecutivas experiências dessas, você acaba vendo que o mundo de balada é muito limitado e o mais importante, que o que você tanto procura não está e nem estará ali. De forma alguma estou dizendo que não gosto de balada ou que balada é algo de pessoas “vazias”, mas infelizmente na maioria das vezes é isso que eu vejo, mulheres que só querem levantar seu ego e homens que acham que baixar um litro de bebida lhe faz ser o macho “alpha “da festa.

Cada vez mais as pessoas têm a necessidade de mostrar ser uma coisa que não são e principalmente terem seu ego exaltado, agora só falta elas perceberem que isso não leva a lugar nenhum.

Chegamos num ponto chave da sociedade, onde máscaras valem mais do que expressões, garrafas de bebida em cima da mesa valem mais do que apertos de mão e companhias falsas valem mais do que uma conversa sincera com a menina menos atraente da festa.

Por fim entenda que você pode ser uma pessoa super charmosa, educada, inteligente ou qualquer outro adjetivo, mas se a outra pessoa não for equivalente ela não irá perceber o quão valiosa você é.

Texto de Frederico Elboni."[/font]

[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif][/font]
[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Algo a se pensar, uma ótima semana a todos.[/font]
[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif][/font]
[font=lucida grande, tahoma, verdana, arial, sans-serif]Grande abraço e sucesso, na vida e no jogo.[/font]

ANÚNCIOS

Avatar pua
Lipeee!

Veterano - nível 9

#835868 Grande Riker. sempre trazendo material de qualidade ao fórum

cara gostei bastante deste texto. Me fez refletir bastante. Realmente em baladas as pessoas ostentam coisas que não são apenas para preencherem seus Egos (sem generalizar.) é apenas uma felicidade instantânea já que provavelmente só verá a garota closada naquela noite.

eu prefiro jogos mais a longo prazo. conhecer a garota. Cativar. e tal.
mas quem prefere mais a Diversão com certeza ja esta mais familiarizado com esse ambiente de baladas!

abraços!
Vanderson Luiz

Aprendiz

#835870 Realmente muito bom texto. E de fato é o que eu percebo quando vou a uma balada, mulheres que se vestem da mesma forma, são paparicadas e humilham vários homens; homens que exageram nas bebidas, nos cordões pendurados nos pescoços, no endeusamento das mulheres. E o interessante que isto praticamente tem virado habitual na vida de muitas pessoas.
beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#836387 Balada... Eu gosto, mas costumo pensar que é um mundo surreal. De cara, porque as pessoas se vestem e as mulheres se maqueam de uma maneira totalmente diferente do dia-a-dia. Depois porque as coisas acontecem em "fast foward mode" (usando a expressão do pessoal do simple pickup). O que durante o dia demoraria várias horas, ali acontece em minutos.

Ao contrário do que a maioria das pessoas não iniciadas em sedução pensam, é um dos fields mais difíceis na minha opinião. Por que aqui a aparência conta muito, um passo em falso destrói seu jogo para sempre (com aquela menina). Aqui as mulheres estão "armadas até os dentes", prontas para te ignorar ou serem grossas, apenas pra inflar o próprio ego. Qualquer homem que se aproxime delas porque está interessado, e é julgado logo de cara, as vezes sem chance nem de trocar umas palavras.

Então nesse ponto talvez você pense: mas você não disse no início que gostava? Sim eu gosto, mas não por estes motivos. é porque:
* É legal juntar um grupo de amigos, de preferência misto e ficar todo mundo dançando junto. E você não precisa ser o John Travolta pra se divertir.
* O alcool (moderamente) ajuda a dar um clima divertido
* Dá pra praticar habilidades sociais. As vezes saio sozinho e consigo arrumar um grupo de amigos no local.
E principalmente:
* O desafio me motiva. No início eu não conseguia nem me aproximar de ninguém que não fosse do grupo em que estava. Com o tempo, fui aprendendo até a ir sozinho e conseguir um grupo. Mas não funciona sempre. Em algumas baladas os grupos são mais hostis, em outras são completamente amigáveis. Por conta disso ja adicionei várias meninas ao meu grupo social, e mesmo sem pegá-las eventualmente me trouxeram outras que eu peguei em outras ocasiões, ou me apresentaram a lugares diferentes. Você não perde nada por expandir seu círculo.

É algo meio vazio? Sim. Na verdade, eu prefiro quando consigo ficar com uma mulher a noite toda, porque me permite conhecê-la além de um rosto/corpo bonito. Mas na maioria das vezes, elas não querem isso.
Avatar pua
unick - MEMBRO EXCLUSIVO
#836427 É fato tudo que você falou.
Mas também é muito bom pegar essas gostosinhas, cheirosinhas e de sainha.
É o instinto ;P
Acredito que uma menina para namorar raramente estará na balada.
Por isso espero conhecer minha futura esposa em um day game ;P
Avatar pua
RibeiroGH

Veterano - nível 1

#856714 Cara, esse é um assunto polêmico, mais o texto é a mais pura realidade, eu acho que balada deveria ser coisa de idade, tipo, o cara nasce, cresce estudando, a vontade de fazer fuckfuck é descoberta, ele precisa brincar, precisa se divertir... Agora passando a ideia, deveria parar com isso, afinal, lá só tem coisas que não acrescentam nada a vida, deixam apenas o vazio, é igual amizade, eu evito muito esse tipo de coisa...
Meu irmão foi assassinado quando eu tinha 14 anos, o que levou ele a esse fim foram suas escolhas, mas suas escolhas foram baseadas em suas amizades, quando ele morreu, ninguém dos vários amigos que ele tinha conseguiram ajuda-lo, alias nem tentaram, ter amigos é bom, mas não essencial, e eu dispenso, amizade não existe mais nos dias de hoje.
Avatar pua
Eddie the Head - MEMBRO EXCLUSIVO
#856735 Acho que as coisas tomaram um rumo diferente, se dissiparam, o conceito mudou, as coisas não perderam seu valor, elas possuem valor só que de maneira diferente, e uma delas é o dinheiro, na balada tomo mundo quer mostrar mais que o outro, só que na realidade um e outro podem aproveitar bem essas situações, as pessoas não refletem mais o que elas realmente querem, elas simplesmente vão junto com as outras, tendências criadas por empresas para lucrar, comportamentos padronizados, ideias e uma maneira de julgar, excluir, banir qualquer pessoa do meio delas ou que passem perto de viver com elas por um determinado tempo, invertendo toda a mágica da conquista, da sedução. São essas mesmas pessoas que passam o dia reclamando, a semana reclamando porque não tem dinheiro, porque as coisas não dão certo, porque a vida é uma bosta, porque ninguém me ama, mais na balada ta lá se fazendo de rica feliz e os marmanjos pit bulls, a maioria sem educação, pois nível de escolaridade não significa ter ou não ter educação, cabeças vazias, medo e pensar por si próprio, são na verdade inseguros, precisam acompanhar a boiada e assim tornando as coisas sem graça e caras.