Relatos pessoais, artigos, textos e vídeos para motivar qualquer um.
Avatar pua

Criador do tópico

# T7 #

Entusiasta

#746437
Salve galera, bom, segue mais um artigo motivacional que escrevo-lhes baseando-se em uma experiência de minha vida.

Espero que gostem e que no final deixem seu feedback!

É isso, TAMO JUNTO!!



Quem nunca teve uma paixão de infância que atire a primeira pedra.


É isso mesmo, atire a primeira pedra.


Me recordo daquela garota, que mal sabia que se tornaria meu primeiro “amor” de infância.

Ela tinha cabelos pretos e longos, pele branquinha e sentava-se distante de mim na pré-escola, seus pais eram comerciantes e tinham uma pequena loja perto da minha casa.
Eu, filho único , cabelo de tigela e meu uniforme escolar de outra escola que minha mãe me obrigara a usar pra não estragar minhas roupas novas na “escola”.
Minha primeira recordação era que ela se sentava distante de mim, eu que chegara de outra cidade, logo me encantei pela beleza dela...

"Ah, como é bonitinha aquela garota." Eu pensava...

A partir de então, busquei métodos para me aproximar dela, e aos poucos fui conseguindo...

E com o passar do tempo nós nos tornamos melhores amigos, nossos pais passaram a se conhecer, e aquele sentimento cada vez mais me entorpecia, me deixava sem sentidos...

O tempo passava e eu nunca se quer dizia uma palavra, nem um gesto que demonstrasse aquilo que era "inexplicável" até então pra mim somado ao enorme medo de estragar nossa amizade e por tudo a perder, ou virar motivo de chacota de todo mundo.

Me tornei uma criança covarde... que apesar da pouca idade, já ia explorando o então desconhecido mundo dos adultos, que iria consumindo toda a doce inocência da infância no sentido literal da palavra...


Motivos para explicar minha covardia seriam muitos antes de reconhecer o EGO, a AA, e principalmente o MEDO DA REJEIÇÃO...
Antes eu teria muitas desculpas para não enxergar o que realmente foi, mas nenhuma desculpa seria realmente algo verdadeiro e muito menos LIBERTADOR.


Continuando...

Lembro-me perfeitamente, quando eu tinha lá meus 9 anos de idade, meus amigos de colégio já arrumavam suas “namoradinhas”, mesmo que naquela época namorar simbolizava a simples inocência de dar a mão um ao outro e dizer que é namorado, eu me mantinha fechado ao meu sentimento, com medo que qualquer pessoa descobrisse aquilo que eu sentia por aquela garotinha...

Desde o inicio, até o final dessa história, foram aproximadamente 7 anos.

Meus gestos quase que "imperceptíveis", tem registros até hoje através das fotografias e lembranças daqueles tempos...

Minha formatura da pré-escola, minha primeira comunhão, minha formatura do primário, etc. Sempre ao lado dela!

E ao lado dela, sem nunca dizer nada sobre aquilo que eu sentia por ela, que era muito além de amizade, uma sequer palavra foi dita, até o dia em que me mudei de cidade!

Isso foi há quase 11 anos... E eu nunca mais a encontrei pessoalmente.

Até que um dia (6 anos atrás) a encontrei!

Resolvi procurar-la numa rede social, naquela época, já que até então não tinhamos mais contato algum e eu sentia saudade dos meus amigos de infância e principalmente dela.
Naquela época, eu já adolescente, e seguro pela distância que nos separaram através de uma tela de computador e sem aquele sentimento perturbador, após longas conversas de "matar a saudade". Resolvi contar tudo pra ela. Sim, contei tudo.

A reação dela?

Lembro que ela disse ficar surpresa, riu, achou inacreditável, e depois chorou.

Ficou surpresa por ela nunca ter percebido, riu por lembrar de situações na infância que eu demonstrava ciúmes e eu nem se quer me recordava.

E depois chorou...

E me confessou que me procurou quando me mudei de cidade, que foi até a minha casa, que foi no serviço do meu pai e não o encontrava, que diversas vezes tentara arrumar algum contato, telefone no colégio onde estudavamos e que nunca se esquecera de mim... Porque eu fui e sempre serei uma pessoa especial pra ela, o que claramente ela dizia do jeito singelo dela que: Eu fui o amor de infância dela também.

Mas nossas vidas tomaram direções opostas, não éramos mais crianças, tivemos desafios, outros relacionamentos e nada do que poderia ter acontecido, aconteceu.

A lição através desse artigo, que eu passo pra vocês meus amigos...


Nunca omitam o que vocês sentem, é melhor você tomar um tombo (sendo rejeitado) e se reerguer superando-se nas derrotas, do que você virar refém de um sentimento que praticamente te torna nulo.

Comigo foi assim, minha história poderia ter sido diferente com simples atitudes, que naquela época, por mais "imatura" no sentido de ser realmente ter pouca idade, foi uma atitude que tenha sido foi de uma pessoa covarde... Incapaz de ir atrás dos teus objetivos, incapaz de ser verdadeiro e buscar a real felicidade.

Hoje sinto um carinho especial por ela, nada mais, me libertei daquilo e fui capaz de tirar essa lição e falar abertamente sobre aqui com vocês, como já a algumas pessoas nestas mesmas palavras, como disse a minha ex-namorada, que inclusive morria de ciúmes, como o atual namorado dela soube por ela e simplesmente tem um ÓDIO MORTAL de mim! heheheh

Tenho a certeza hoje de que esse tenha sido o primeiro tombo que lá atrás, foi resultado de uma soma de vários que me fizeram a chegar aqui, e a dizer hoje que consigo sim: superar, romper paradigmas, a compreender atitudes e erros dessa vida, levantar e não cair mais, pelo menos nos mesmos erros do passado.

E fico mais feliz ainda de saber que os erros na vida realmente servem sempre pra nos aprimorar em algo! Nada é em vão! Absolutamente nada!

Veja caro leitor, o Universo e a vida são curtos demais para lamentações!

Vamos!! Levante-se!!!

Pare de alimentar sentimentos que vão lhe tornar refém de si próprio!
Coloque um sorriso nesse rosto e Não desperdice as oportunidades!

E o Medo deixa de ser medo quando você o enfrenta!

Não seja refém do teu ego, se você quer ser feliz, vá atrás dos teus objetivos! MOVA-SE!

ATITUDE!!!

Eu digo de coração pra todos vocês que hoje posso dizer: EU SOU FELIZ!!!

Por que eu sei o que é isso!!!

E VOCÊ???? É FELIZ???

Espero que sim! :) de coração!


Abraços galera!

Creative Commons License Todos os direitos reservados e protegidos pela lei 9.610 de 19/02/98. Infratores terão de responder conforme lei dos direitos autorais.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Bellmiro

PUA EXPERT

#746441 Show !

Realmente que atire a primeira pedra quem nunca teve uma paixão, mesmo que de infancia.

São lições como essa de muito tempo atras que nos fazem mais homens, quando conheci o pu, vi as diversas situações que ja havia vivido antes e de ter perdido oportunidades por nao ter atitude, e isso me motivou a mudar...

Muito bom marcelo, abraço!
Avatar pua
J.Leo Bond - MEMBRO EXCLUSIVO
#746461 nossa posso com certeza afirmar que 70% do que você disse bate com minha historia quando eu era pequeno e tinha por volta de 9 anos na 5ª serie...paixonite que coisa...muito bom amigo...é sempre bom e ter o prazer de evoluir e nos tornamos pessoas melhores
Avatar pua
Albert Camus

Veterano - nível 10

#746463 Gostei por demais desse tópico.

Tive uma grande paixonite,de primeira a terceira série e um dia reencontrei ela no boate.
Ùnica diferença é que nunca fui amigo dela,sempre fui o nerd distante.
Depois de ler seu tópico,me deu vontade de contar,embora soe mais engraçado engraçado do que inspirador.
Avatar pua
Ryan Max

MEMBRO PROFISSIONAL

#746474 muito bom , eu acho que a maioria dos puas nesse fórum já tiveram uma paixonite na infância , eu tive uma também , velhos e bons tempos de inocência quando criança...

ótimo tópico...

forte abraço....
Avatar pua
Gabriel Rodrigues

MEMBRO PROFISSIONAL

#746475 Caramba Marcelo, revelando-se além de um grande jogador, um grande homem e agora escritor.

Todo mundo já teve sua paixão de infância, eu tive duas e que infelizmente carrego até hoje, pelo convivência contínua (somos colegas). E ver ela com um namorado gente fina, mas babaca, é de doer em pensar quando eu ouvia suas dores e não tentava nada demais.

Mas enfim, se aprende mais com os tombos mesmo como você disse, e foi com essa queda livre hehehe que eu encontrei o Pick Up, e hoje me sinto livre de tudo isso que me segurou no passado.

Abração!
Avatar pua

Criador do tópico

# T7 #

Entusiasta

#746866
Bellmiro escreveu:Show !

Realmente que atire a primeira pedra quem nunca teve uma paixão, mesmo que de infancia.

São lições como essa de muito tempo atras que nos fazem mais homens, quando conheci o pu, vi as diversas situações que ja havia vivido antes e de ter perdido oportunidades por nao ter atitude, e isso me motivou a mudar...

Muito bom marcelo, abraço!


Com certeza. Acredito que a partir do momento onde refletimos sobre o nosso passado, entendemos o presente de maneira concreta e assim possamos planejar um futuro dentro da realidade, possibilidades. Possibilidades que são desperdiçadas geralmente são por isso, EGO, MEDO e FALTA DE ATITUDE.



J.Leo Bond escreveu:nossa posso com certeza afirmar que 70% do que você disse bate com minha historia quando eu era pequeno e tinha por volta de 9 anos na 5ª serie...paixonite que coisa...muito bom amigo...é sempre bom e ter o prazer de evoluir e nos tornamos pessoas melhores


Sim, sempre buscando o maior conhecimento possível. Quem nunca passou por isso? Todos praticamente. Cabe a nós, trocarmos experiências. Que muitíssimas vezes são bastante parecidas.

Albert Camus escreveu:Gostei por demais desse tópico.

Tive uma grande paixonite,de primeira a terceira série e um dia reencontrei ela no boate.
Ùnica diferença é que nunca fui amigo dela,sempre fui o nerd distante.
Depois de ler seu tópico,me deu vontade de contar,embora soe mais engraçado engraçado do que inspirador.


Se contar isso a ela for algo que te libertará, faça sem pretensão. :)

Ryan Max escreveu:muito bom , eu acho que a maioria dos puas nesse fórum já tiveram uma paixonite na infância , eu tive uma também , velhos e bons tempos de inocência quando criança...

ótimo tópico...

forte abraço....


Todos quando crianças passamos por isso. Lembro-me que quando encontrei umas amigas de infância na internet, duas delas disseram que gostavam de mim na infância, e eu nunca desconfiei. Talvez por gostar muito da menina do tópico. Dei brecha! heheh

Gabriel Rodrigues escreveu:Caramba Marcelo, revelando-se além de um grande jogador, um grande homem e agora escritor.

Todo mundo já teve sua paixão de infância, eu tive duas e que infelizmente carrego até hoje, pelo convivência contínua (somos colegas). E ver ela com um namorado gente fina, mas babaca, é de doer em pensar quando eu ouvia suas dores e não tentava nada demais.

Mas enfim, se aprende mais com os tombos mesmo como você disse, e foi com essa queda livre hehehe que eu encontrei o Pick Up, e hoje me sinto livre de tudo isso que me segurou no passado.

Abração!



Obrigado pelos elogios, acho que escrevendo esse artigo entrei num transe profundo. Foi como se eu voltasse no tempo e pudesse reviver aqueles momentos.

O tempo passa, e realmente o que nos resta é conservarmos essas lembranças e sempre ter uma boa história e lição para tirarmos dela e somarmos a outras pessoas. Talvez o motivo dela termos nos afastado foi justamente esse, o namorado ignorante dela. Lembro-me que um dia disse a ela, (foi ano passado isso)que as vezes penso na minha infância e infelizmente o que mais me entristece é saber que as pessoas crescem e mudam e nada é como antes.

Parecíamos desconhecidos... Ela disse que jamais me esqueceu, e que sempre me leva com ela. Eu, preferi ignorar. Mas levo comigo o aprendizado e o carinho apenas. Não deixa de ser recíproco e sensato.

Depois de um tempo conheci o Pickup e BINGO :)

jpfree escreveu:pqp..

desde pequenos somos assim... depois de "velhos' conseguimos enxergar realmente as coisas


Sim, por isso que sempre devemos ouvir os experientes de vida. Sempre tem algo a somar muito!


Enfim...

Valeu pelos feedbacks e elogios amigos! Tamo junto!
Avatar pua
beretta - MEMBRO EXCLUSIVO
#746944 Ai que texto mais lindo!
Voce era mó bonitinho ainda por cima, pensei que sofria bullying e por isso era tão inseguro.. Tadinho, mas nunca se sabe se vcs vão se encontrar de novo, né?
Eu espero que sim!
Avatar pua
[OMCM] M.E.L.O.C.R.O - MEMBRO EXCLUSIVO
#746950 Auuuuuuuuuuuul Auuuuuuuul Auuuuuuuuuuul \o/

Nunca omitam o que vocês sentem, é melhor você tomar um tombo (sendo rejeitado) e se reerguer superando-se nas derrotas, do que você virar refém de um sentimento que praticamente te torna nulo.


Imagem


Abraço MELOCRO