Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua
rafaeluria
#1050277 Olá Senhores!

Esse é meu primeiro topico contritibutivo, existem varios tópicos sobre o conhecido Desafio NO FAP, mas não encontrei nenhum que realmente mostre um ponto de vista lógico da pratica, por isso resolvi escrever um pouco do que li durante as pesquisas e acrescentar um pouco com meu relato, espero que gostem!

Imagem


1 - Hora da historia triste - A motivação Imagem

Terminei um relacionamento de 2 anos recentemente, por conta propria, do dia pra noite terminei e boa... não estava me sentindo bem, perdi todas as habilidades sociais, baixa auto-estima, corpo fora de forma e grana curta. Sentia uma vontade de evoluir, ter aquela sensação da caça, de liberdade e putaria. Então adotei pela segunda vez, algo que eu chamo de modo Bushido pessoal, ou caminho do guerreiro interno (UP em desenvolvimento pessoal, que pretendo explicar em um futuro tópico).

Nesse "mode" procuro mudar totalmente meus hábitos e me tornar o mais produtivo possivel em diversas áreas que sejam relevantes. Comecei pela alimentação, treino e area profissional, obtive otimos resultados, porém, na social foi um desastre! Poucos contatos, sem aquela vontade antiga de conhecer gente nova, coragem pra ir a "caça, nem nada do genero, até os amigos de role sumiram, sem falar que cada oportunidade que aparecia, a Ex estava presente e conseguia me abalar com um ou outro pau no c*. Cada vez menos eu encontrava motivação para ser visto... e quem não é visto não é lembrado.

Apesar de obter resultados no desenvolvimento pessoal, ainda me sentia mau por não conseguir dominar o meu ambiente social. Foi então que voltei a frequentar a comunicade PUA pra encontrar uma motivação e os meios pra sair dessa "Bad trip". Em meio a artigos e relatos, eu conheci o Desafio no FAP, resolvi tentar sem compromisso.

Imagem


2 - A primeira tentativa :parado

Depois de ler sobre as mudanças da galera, fiquei animado e iniciei a NÃO PRÁTICA :louco .

Nos primeiros 7 dias, não observei nenhuma mudança, continuei mantendo a rotina.

A partir do 8 a 10º dia, ja observei algumas mudanças:

I - bundas me atraiam muito mais, qualquer HB que passava me hipnotizava, nunca havia passado por isso;
II - Passei a ter uma voz mais ativa no sentido de me impor mais e a sentia mais grave;
III - Não sentia AA na hora de conversar com qualquer estranho.

No 15º ao 20º dia comecei a ter recaidas mais ainda sentia beneficios:

IV - Muita concentração e animo pra cumprir os objetivos da semana; (conclui uma monografia "remunerada" de 40 paginas em 3 dias)
V - Inquietação... precisava conversar, sair de casa e ver gente!

Foi então que fiz a burrada de abrir um filme "educativo" pra me testar... e o resto ja devem saber.

Era um domingo, no final da noite, ainda iria planejar algumas coisas pra semana, mas depois do escorregão, resolvi deixa de lado, troquei o filme e dormi. Todo animo que eu tinha, foi pro ralo. :confuso Percebi então que realmente fazia diferença! Reação do meu cerebro:

Imagem




3 - O lado cientifico :legal

No dia seguinte resolvi pesquisar um pouco mais a fundo e descobri a lógica do No Fap.

Basicamente, precisamos entender como funciona nosso corpo e mente.

O corpo para se manter em equilibrio se utiliza de um mecanismo de sobrevivência (homeostase), que é responsavel por ajustar o meio interno de forma dinamica com o unico fim de sobreviver. Dentro desses ajustes, o que nos interessa é o sistema de recompensa, que fica a cargo da DOPAMINA.

A dopamina é responsavel por manter o corpo motivado pra receber recompensas.

De forma prática:
Seu corpo precisa de energia (calorias), logo faz você sentir aquela vontade de comer, você se movimenta até o mercadinho do tião da esquina e compra um chocolate ou qualquer coisa calorica, come e sente aquela sensação de tesão. Esse tesão é a dopamina, sem ela seu corpo não se motiva a atingir objetivos.

O corpo trabalha da mesma forma, quanto a reprodução, seus genes querem sobreviver por mais tempo... e como conseguem? em outro ser. Logo, você ve aquela HB 9.... seu corpo entende que ela tem um bom ambiente pra reproduzir, devido a bunda fenomenal... você se motiva a querer transar com ela e então... comeu? puff... La vem a dopamina! Objetivo COMPLETO :yaaah

"Ta... entendi, mas o que essa caralha de dopamina tem a ver com parar o fap fap?"

É simples, seu cerebro se prostitui por dopamina, se você utilizar atalhos pra consegui-la, o prostituto passa a desligar a motivação e a vontade, e fica apenas no prazer, querendo sempre mais.

Em um estudo com ratos, foi comprovado que o excesso de dopamina faz com o mecanismo de sobrevivência não funcione corretamente. Neste estudo, ratos que receberam doses altas de dopamina, morriam de fome mesmo tendo comida dentro da gaiola. Foda né? Sabe aquela broxada que você tem medo? então ja deu pra entender né...

Funciona da mesma forma com a pornografia e a masturbação, seu cerebro vai diminuir sua motivação para reproduzir, logo a interação social fica defasada, afinal, você ja sabe se satisfazer, porque diabos vai fica sofrendo pra caçar?

Depois de entender todo esse processo me sinto mais motivado a cumprir o desafio, completo na data desse post a segunda semana e pretendo relatar os novos efeitos.

Imagem


Quem quiser contribuir, manda ver!
Deixo-lhes a frase:

O dever de todo homem é superar a si mesmo todos os dias, trabalhar incansavelmente para ser a melhor versão de si , desbravando o mundo, negando vícios com foco e sabedoria
.
Sugestões e criticas são bem vindos.

Um grande abraço!
Avatar pua
Hell Artist
#1050279 Olha cara, eu adorei seu tópico, ficou tudo bem explicado, e até acho que fez muito sentido pra mim. Posso até concordar por um lado e acho que talvez você esteja mesmo certo, vou experimentar e depois conto um pouco como foi.

Mas tem uma outra observação, "Era um domingo, no final da noite, ainda iria planejar algumas coisas pra semana, mas depois do escorregão, resolvi deixa de lado, troquei o filme e dormi. Todo animo que eu tinha, foi pro ralo. Percebi então que realmente fazia diferença! "

Como estudante de PNL, eu começo a ver que essas coisas podem sim fazer sentido, porque você deu sentido a elas(Você deu um significado simbólico gigantesco a ficar sem tocar uma, um significado que se não existisse, você não teria motivos pra ficar sem se masturbar). Tem todo um mecanismo de crenças e associações que você fez com seu cérebro (principalmente pesquisando, pensando, e lendo sobre o NOFAP) e que resultou nas formas como você se sentiu.

Mas eu tenho consciência sobre como o estado de privação, e de abundancia nos afetam. Então realmente acho que nos privar de tocar uma tenham alguns efeitos positivos sim.
Enfim, acho que no final é mais por opinião mesmo, sem regras.

Porque tem épocas em que to numa masturbação compulsiva (mesmo transando com algumas mulheres) e ainda sim tenho os efeitos que você disse, a disposição, a falta de AA, a obstinação etc. Acho que talvez tenha mais efeito diretamente nas áreas sexuais (alguns as vezes até negativo como a ejaculação precoce. O cara fica 1 mês sem bater uma, quando vai transar goza em 10 segundos.)

Só uma observação mesmo, compartilhamento de pontos de vista!
Abraços!!
Avatar pua
ZeArt
#1050289 Gostei do post cara, bastante didático.
Testei o NOFAP por bastante tempo, cheguei a ficar 8 meses e algus dias no desafio, e vou te falar uma coisa, VALE MUITO A PENA!
O desafio NOFAP é como tentar se tornar vegetariano, no começo é terrível, você sente muito a falta daquilo, se sente fraco, indisposto, AA absurdo, acaba que passa a sentir esses defeitos muito mais forte do que antes do NOFAP, mas é questão de 1 semana pra se adaptar. Uma semana depois você já começa a voltar como era antes do desafio, e a partir daí é só evolução.
Benefícios que notei em mim: Voz engrossou, pele melhorou, ganhei um pouco de massa muscular (sou bem magro), fim da AA, a qualidade das minhas conversas melhoraram, minha produtividade na escola na época tinha melhorado, fiz novos amigos, enfim, a vida deu um UPGRADE.
Depois de bastante tempo no desafio, você nem sente mais vontade de voltar a antiga vida, mas no meu caso resolvi voltar pra ver o que acontecia, se os benefícios que eu estava percebendo iriam desaparecer, ou se eram "permanentes".
Relato: A minha timidez sumiu permanentemente, e acho que isso se dá porque a timidez é psiológico, então se você quebra uma barreira que havia só na sua mente, você percebe que nunca houve uma barreira real, daí você adquire aquela habilidade. Então, uma coisa eu digo: Mesmo que não pretenda passar o resto da vida no NOFAP, tente por pelo menos alguns meses, pois muitas habilidades que você desenvolver no NOFAP, você vai carregar pro resto da vida contigo.
É isto.
eu4992
#1050292 Post muito didático e comentários bastante elucidativos. Um tópico que agrega valor e faz a galera refletir sobre um tema que vira e mexe aparece no fórum. Parabéns ao autor do tópico e a toda a galera que agregou valor a ele com comentérios inteligentes e sinceros sobre tema. Muito bom!
Avatar pua
rafaeluria
#1050293
Hell Artist escreveu: Como estudante de PNL, eu começo a ver que essas coisas podem sim fazer sentido, porque você deu sentido a elas (Você deu um significado simbólico gigantesco a ficar sem tocar uma, um significado que se não existisse, você não teria motivos pra ficar sem se masturbar). Tem todo um mecanismo de crenças e associações que você fez com seu cérebro (principalmente pesquisando, pensando, e lendo sobre o NOFAP) e que resultou nas formas como você se sentiu.

Porque tem épocas em que to numa masturbação compulsiva (mesmo transando com algumas mulheres) e ainda sim tenho os efeitos que você disse, a disposição, a falta de AA, a obstinação etc. Acho que talvez tenha mais efeito diretamente nas áreas sexuais (alguns as vezes até negativo como a ejaculação precoce. O cara fica 1 mês sem bater uma, quando vai transar goza em 10 segundos.)...


Realmente Hell, faz todo sentido seu ponto de vista... mas levaria o sistema de crenças, mais como um adicional e não como fator determinante, devido a explicação bioquimica que percorri durante toda a pesquisa, eu não coloquei no tópico, porque é bem tecnico e chato pra k7 de ler hahaha, tentei apenas facilitar e colocar de forma mais comum pra galera.

Mas valeu pelo feed irmão, proximo passo depois de completar o desafio, é mergulhar na PNL, valeu!
Avatar pua
rafaeluria
#1050294
ZeArt escreveu:Gostei do post cara, bastante didático.
Testei o NOFAP por bastante tempo, cheguei a ficar 8 meses e algus dias no desafio, e vou te falar uma coisa, VALE MUITO A PENA!

Relato: A minha timidez sumiu permanentemente, e acho que isso se dá porque a timidez é psiológico, então se você quebra uma barreira que havia só na sua mente, você percebe que nunca houve uma barreira real, daí você adquire aquela habilidade. Então, uma coisa eu digo: Mesmo que não pretenda passar o resto da vida no NOFAP, tente por pelo menos alguns meses, pois muitas habilidades que você desenvolver no NOFAP, você vai carregar pro resto da vida contigo.
É isto.


Sou teu fã cara hahahaha, em 20 dias os sonhos com as HBs ja me ferravam! mas dessa vez eu consigo.

Isso que eu queria, relatos iguais o seu, a tendencia é essa, Evoluir e adquirir novas habilidades, sabendo os beneficios, ja da pra usar esse conhecimento de forma inteligente.

Valeu pelo feed!
lucasgrds
#1050311 O lance do NoFap é se ocupar com outra coisas que te interessem
Focar naquilo que realmente importa.
Esse negócio de contar os dias acho errado, é uma preocupação a mais pra você.
Avatar pua
Reginaldo Souza
#1050592 Antes de eu conhecer esse desafio do no-fap, eu já praticava a abstinência da masturbação, pois eu tinha percebido que meu corpo ficava com mais testosterona quando eu estava nesse processo, sendo assim ajudando em perder a timidez, melhorando as caracteristicas masculinas (Por exemplo a voz), e aumentando o desejo por mulheres, entre outros beneficios.