Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua

Criador do tópico

Sedutor Alpha - MEMBRO EXCLUSIVO
#736978
Por OshoSomente através de decisões você fica cada vez mais cônscio, somente através de decisões você fica cada vez mais cristalizado, somente através de decisões você fica mais afiado. Do contrário a pessoa torna-se apática.

As pessoas vão de um guru para outro, de um mestre para outro, de um templo para outro; não porque sejam grandes buscadores, mas porque são incapazes de decidir. Assim eles ficam de um para outro. Essa é a maneira deles evitar comprometer-se.

O mesmo acontece com outros relacionamentos humanos: um homem fica de uma mulher para outra, vai mudando. As pessoas acham que ele é um grande amante; ele não é um amante de jeito nenhum. Ele está evitando, ele está tentando evitar algum envolvimento mais profundo porque com envolvimento mais profundo os problemas precisam ser enfrentados, e precisa passar por muito sofrimento. Assim a pessoa simplesmente joga seguro; a pessoa toma a decisão de nunca se envolver profundamente com alguém. Se você for muito fundo, você pode não ser capaz de voltar facilmente. E se você for muito fundo com alguém, outra pessoa irá fundo com você também; é sempre proporcional. Se eu for muito fundo com você a única maneira é permitir que você também vá fundo em mim. É um dar e receber, é um compartilhar. Então a pessoa pode ficar enrolada demais, e será difícil escapar e o sofrimento pode ser grande. Assim as pessoas aprendem como jogar seguro: basta se encontrarem superficialmente; um caso de amor do tipo bata e corra. Antes de ser agarrado, corra.

Isso é o que está acontecendo no mundo moderno. As pessoas se tornaram tão imaturas, tão infantis; elas estão perdendo toda a maturidade. A maturidade chega somente quando você está pronto para enfrentar a dor de seu ser; maturidade chega somente quando você está pronto para aceitar o desafio. E não há um desafio maior que o amor.
Viver feliz com outra pessoa é o maior desafio do mundo. É muito fácil viver pacificamente sozinho, é muito difícil viver pacificamente com outra pessoa, porque os dois mundos colidem, dois mundos se encontram... Mundos totalmente diferentes. Como é que eles são atraídos um pelo outro? Porque eles são totalmente diferentes, quase opostos, pólos opostos.

É muito difícil ser pacífico num relacionamento, mas esse é o desafio. Se você fugir disso, você foge da maturidade. Se você vai fundo nisso com toda a dor, e assim mesmo continua nisso, então pouco a pouco a dor se torna uma bênção, a maldição se torna uma bênção. Pouco a pouco, através do conflito, surge a fricção, a cristalização. Através da luta você fica mais alerta, mais cônscio.
O outro se torna como um espelho para você. Você pode ver sua feiúra no outro. O outro provoca sua inconsciência, trazendo-a para a superfície.
Você terá que conhecer todas as partes ocultas de seu ser e o caminho mais fácil é ser espelhado, refletido, num relacionamento.
Mais fácil, digo assim, porque não há outra maneira, mas isso é difícil, árduo, porque você terá que mudar através disso.

Quando você vem para um mestre, um desafio ainda maior se apresenta diante de você: você tem que decidir, e a decisão é para o desconhecido, e a decisão precisa ser total e absoluta, irreversível. Não é uma brincadeira de criança; é um ponto sem retorno. Surgem tantos conflitos. Mas não continue mudando sempre, porque essa é a maneira de evitar a si próprio. E você irá permanecer mole, você irá permanecer infantil. A maturidade não acontecerá a você.

Somente o desconhecido deve ter uma atração para você porque você ainda não o viveu; você ainda não andou por esse território. Mova-se! Algo de novo pode acontecer por lá.
Sempre decida pelo desconhecido, seja qual for o risco e você irá crescer continuamente.
Mas continue decidindo pelo conhecido e você fica se movendo repetidamente num círculo com o passado. Você prossegue repetindo-o; você se torna como um gravador gramofone.

E decida. Quanto mais cedo você o fizer, melhor. Adiamento é simplesmente estupidez. Amanhã você terá que decidir também, então porque não hoje? E você pensa que amanhã você será mais sábio do que hoje? Você acha que amanhã você estará mais vivo que hoje? Você acha que amanhã você estará mais jovem que hoje, mais renovado que hoje?
Amanhã você estará mais velho, sua coragem será menor; amanhã você será mais experiente, sua esperteza será maior; amanhã a morte estará mais perto; você começará a dar sinais e a ficar mais assustado. Nunca adie para amanhã. E quem sabe? Amanhã pode chegar ou pode não chegar. Se você tem que decidir você precisa decidir agora mesmo.


Osho, Extraído de: Dang Dang Doko Dang

ANÚNCIOS

Kïng

Pickup Artist

#736990 É de abrir as mentes, e os dois últmos parágrafos sensacionais. Obrigado S.A, como sempre, ótima contribuição. :ae
buneco - MEMBRO EXCLUSIVO
#737001 É Brother... Acho que não é imaturidade, mas é muito difícil manter relacionamentos no mundo contemporâneo, visto que estamos sempre evoluindo, crescendo e ... AMADURECENDO... E, mesmo se aprimorando em muitos aspectos há um que sempre não cuidaremos com TODO afinco... No caso do PUA... Uma relação mais séria... Vá por mim... Não há nada de bom em uma relação séria se tu não tiver outros aspectos BEM RESOLVIDOS! Mas, essa é a minha opnião...
Mahtheusz

Veterano - nível 10

#737018 Ótimo post cara. O mal da humanidade nos dias de hoje é exatamente isso . As pessoas têm tanto medo de sair do comodismo e buscar algo em que valha a pena empenhar tempo e esforço , que normalmente acabam se tornando cópias umas das outras .
Devemos nos comprometer sempre com a paz , interna e externa , uma vez que nada é singular nesse mundo.
Avatar pua
SPARTANO07

Aprendiz

#919040 Muito bom topico

87% dos nossos pensamentos são crenças negativas, quando nos deparamos com decisões , nosso cerebro sempre pensa em desistir por medo do desconhecido.
como diria Nelson Mandela

"Nosso grande medo não é o de que sejamos incapazes.
Nosso maior medo é que sejamos poderosos além da medida. É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos amedronta.
Nos perguntamos: "Quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso e incrível?" Na verdade, quem é você para não ser tudo isso?...Bancar o pequeno não ajuda o mundo. Não há nada de brilhante em encolher-se para que as outras pessoas não se sintam inseguras em torno de você.
E à medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo".

(Discurso de posse, em 1994)
LordePua

Veterano - nível 1

#962097 De fato, os relacionamentos estão cada vez mais difíceis, com o passar do tempo os divórcios aumentaram e torna-se praticamente impossível manter um relacionamento por um longo tempo.
Um dos maiores problemas enfrentados é o ego de uma parte do casal que vê a relação em um aspecto unitario e não como um todo, cabe a você tentar transformar sua relação se quiser mantê-la mas é fundamental que haja diálogo e cooperação entre os dois.
Se um dos dois não demonstra afeto suficiente no relacionamento é por falta de jogo do PUA ou simplesmente porque não há de fato amor na relação, mas tão somente o interesse, nesse último caso eu recomendo que não perca seu tempo em algo que vc vê que não terá futuro.

Abraço,
LordePua.