Relatos pessoais, artigos, textos e vídeos para motivar qualquer um.
Felipe Moraes

#700064 Olá PUAs!
Irei resumir minha história nos relacionamentos até hoje:

HISTÓRIA DE VIDA - 0~16 anos – INNER nível 0

Eu era gordo, muito zuado na escola (único lugar social que eu frequentava).
De 15 para 16 anos vi que precisava mudar algumas coisas. Foi quando resolvi fazer uma dieta forçada, onde perdi 15 kilos em 2 meses, voltando a um peso razoável. 65kg com 1,69m.

1º Beijo e ficadas – 16~18 anos

Beijei a primeira vez com 16 anos uma HB8 de 14.
Eu ainda soube que meu amigo tinha pagado R$ 5 pra ela ficar comigo (humilhação).
Na hora travei, e acredite, ela que me agarrou. Eu não sabia o que fazer.
Fiquei traumatizado com tamanha zuação sofrida depois. Meu segundo beijo foi uma HB8, que eu conheci quando criança, mas ela tinha se mudado para outra cidade, e agora voltou. Bem na época de carnaval. Fiquei com ela algumas vezes e terminei por ciúmes (betisse).
Depois comecei a ir em algumas baladas com uns amigos, e de vez em quando ficasse com alguma HB7~7,5~8.

CONHECIMENTO PUA – 18 anos

Nessa mesma época de começo de baladas, eu estava procurando algo mais, uma explicação mais lógica de como ficar com uma desconhecida. Pesquisei no google algo como “como pegar mulheres”, e eis que veio o “quero pegar todas”. Excelente site na época, me abriu algumas visões, mas eu precisava de algo mais específico, pois não tinha experiência e nenhuma teoria. E de repente vejo um link para o PUABASE, não pensei duas vezes e entrei no site, me apresentei e fui lendo os livros. Li o MM duas vezes, o THE GAME, alguns de PNL, MAGIC BULLETS (um mm atualizado) e vários outros.
MINHA MENTE FOI ABRINDO.

1ª Transa – 2 dias antes do meu aniversário de 19 anos. No dia 10/02/2012.

Depois de algum tempo no pua, e de ter melhorado minha vida social, eu e mais dois amigos fomos para uma balada de uma cidade vizinha. Chegamos muito cedo e começamos a beber na frente da balada (era na praia). Eis que passam um 3 set, HB8/8/8,5, olham e meu amigo lança um sorrisinho cafa, elas corresponderam e passaram denovo, e denovo, na terceira vez elas chegam em nós, no direct, perguntam nome, onde morávamos, e começaram a beber com a gente... Entramos na balada com cada uma, e ficamos cada um com uma lá dentro. Saimos um pouco depois e fomos pra praia. Eu não sabia o que fazer. Um amigo já estava no meu carro comendo uma. O outro (fui saber depois) estava comendo a outra atrás de um banheiro público. E eu, perdi a virgindade na praia mesmo, atrás de um morro de areia.

Melhorei muito e busco melhorar mais, desde 10/02/2012 até hoje 01/09/2012, comi 9 HBs.
HB8 – HB8,5* - HB8,5 – HB7,5 – HB 7 – HB9 – HB8 – HB8,5 – HB8,5
*(já tinha ficado 4 meses em 2011, e terminei, voltei depois da minha primeira vez determinado a comer ela, namorei por 3 meses, comi várias vezes, mas ela terminou comigo, eu não soube administrar a relação.)

O QUE FAÇO HOJE EM DIA:
Trabalho de manhã e a tarde, as 19h vou pra faculdade, saiu as 22:30h e vou pra academia.
Domingo faço aula de dança tradicionalista (shot, vaneira, chamamé...)
Nesses 3 principais lugares (faculdade, academia, dança) onde frequento, tento fazer o máximo de social possível.

Irei tentar postar cada relato de campo, porém não tenho muito tempo, o tempo que resta estudo para a faculdade.


Obrigado PUA!

ANÚNCIOS

Avatar pua
Devourer

PUA Avançado

#712818 Mano eu antigamente era muleke doido kkkk, perdi o bv com 8 anos para uma gata de 27 anos, e quando completei 9 anos eu já tinha dado o primeiro FC em uma garota mais nova que eu um ano, irmã do meu melhor amigo de infância.

Aos 10 anos eu já era bad guy, mais quando completei 13 anos fui para outra escola onde eu sempre era humilhado por outros colegas, por que eu não era nada bonzinho com eles, logo eu brigava todo dia as vezes eu quebrava mesas na cabeça de uns, e eu tinha a fama de muito ruim, quando eu sofria essa porra de bullying eu sempre revidava com uma agressão pior que os outros, logo comecei a ter contato com muitas mulheres e do nada me transformei em beta.

Aos 15 anos fui pro ensino médio, já beta tinha vergonha de tudo, não gostava de conversar com ninguém, não queria saber de ninguém, passava o dia estudando física, química, literatura e etc.... cabei ficando doido kkkkkkkk, logo eu sentia prazer em humilhar todos, minhas notas eram muito altas eu fazia isso pra me vingar agabei virando um CDF e um BETA que só queria humilhar as mulheres.

Sentia prazer em ser melhor que todos, comecei a jogar jogos online e gatar dinheiro real por causa dos jogos passava o dia inteiro no computador passei dos 16 aos 21 anos quase todas as horas vagas jogando tinha dia que eu passava 3 dias vidrado só jogando.

Com o passar dos anos jogando direito meu pensamento ficou rápido de mais, isso não é bom por que eu tenho umas teorias muito loucas, e meu pensamento e muito previsível mais o lado bom é que eu fiquei bom em PNL aqui no PUABASE.

Quando entrei na faculdade eu já era um nerd não dava em cima das meninas e não conversava com ninguém mas depois quando passei a conversar com elas descobri que eu me relacionava muito fácil com mulher e foi ae que eu me apaixonei por uma colega de classe muito próxima de min.

Depois disso um amigo meu ficou sabendo e veio com essa conversa de paixonite e me mostrou o PUA BASE depois disso passei uns 3 meses lendo a teoria, acabei me desapegando dela, hoje ela me elogia de mais por ter mudado, hoje não sinto nada por ela poderia sentir alguma coisa por qualquer mulher do mundo menos por ela, acabou se tornando uma das melhores amigas e ta sempre me ajudando e quebrando meu galho.

Hoje quando converso com essa amiga ela sempre fala ''Eu queria só uma coisa, saber o que se passa tanto nessa cabeça'' ela fala isso por que ela sabe que eu penso extremamente rápido, se alguém fala perto de min de alguma penso em frações de segundos eu tenho várias hipóteses de quem seja e acabo eliminando várias e consigo acertar quem é, loucura de mais kkkkkkkkk, mas me dedico sempre ao PUA BASE e estou ficando melhor a cada dia melhor.

Outra coisa passei a ser muito elogiado e assediado e eu não sei me comportar diante disso.