Membros normais não podem criar tópicos mas podem responder tópicos dos veteranos.


Ao atingir mais de 1 ano de cadastro ou envio de mais de 200 mensagens você automáticamente se torna membro veterano e pode postar nessa área.
Avatar pua
Navarrón

Aprendiz

#1086846
Sparkster escreveu:
Acho besteira pensar assim...

Este foi um caso isolado.

Como é que você pode sair por aí e pegar todo mundo e ainda sim prestar para um relacionamento e uma garota não?

Contudo, se formos falar apenas dessa menina, ótimo, você estava certo, pegou o feeling da coisa, mas esse conservadorismo empregado no geral acho bem contraproducente.

A mulher não precisa ter "hábitos libertinos" pra te trair, basta que alguém desperte determinadas emoções nela e ela não consiga se segurar (o que é comum, dado o caráter emocional delas).

Aproveite enquanto é "a sua vez", pois ninguém é dono de ninguém, então é apenas a sua vez com determinada menina, seja por algumas horas ou por décadas...


A questão aqui não seria, de pronto, julgar a mina por sair pegando geral, mas sim a maneira que ela expõe a canalhice dela.

Nós, homens, quando estamos na fase de sair passando o rodo (que eu acredito ser só uma fase, por ser um hábito que todo cara novo tem e que acaba não agregando nada), gostamos de passar essa imagem.

Agora, no caso das mulheres, é diferente. Há, de fato, mulheres que saem por ai pegando geral e não escondem o hábito, simplesmente seguem suas vidas, do mesmo jeito que tem muita mina por ai que se passa por boa moça, o que é infinitamente pior.

Bom, por mais que nos dois casos desenvolver algo com essas mulheres seja fria, prefiro mil vezes me envolver com uma vadia honesta do que com uma boa moça disfarçada, porque pelo menos sei onde estou pisando.

ANÚNCIOS

Avatar pua
Don Vittore - MEMBRO EXCLUSIVO
#1086850 Acho que o problema do PU é que há membros que sequer há relatos em seus perfis que comentam como se fossem o expert no assunto e, ainda por cima, tiram onda com os membros que um dia já passaram por uma decepção amorosa, sendo traído ou não (creio que quase todos aqui). Não tem como levar à sério comentários desses 'PUAs', que na verdade devem ser uns frustrados que descontam sua raiva anonimamente no fórum.
decin_bh

Veterano - nível 10

#1086851
Navarrón escreveu:
Sparkster escreveu:
Acho besteira pensar assim...

Este foi um caso isolado.

Como é que você pode sair por aí e pegar todo mundo e ainda sim prestar para um relacionamento e uma garota não?

Contudo, se formos falar apenas dessa menina, ótimo, você estava certo, pegou o feeling da coisa, mas esse conservadorismo empregado no geral acho bem contraproducente.

A mulher não precisa ter "hábitos libertinos" pra te trair, basta que alguém desperte determinadas emoções nela e ela não consiga se segurar (o que é comum, dado o caráter emocional delas).

Aproveite enquanto é "a sua vez", pois ninguém é dono de ninguém, então é apenas a sua vez com determinada menina, seja por algumas horas ou por décadas...


A questão aqui não seria, de pronto, julgar a mina por sair pegando geral, mas sim a maneira que ela expõe a canalhice dela.

Nós, homens, quando estamos na fase de sair passando o rodo (que eu acredito ser só uma fase, por ser um hábito que todo cara novo tem e que acaba não agregando nada), gostamos de passar essa imagem.

Agora, no caso das mulheres, é diferente. Há, de fato, mulheres que saem por ai pegando geral e não escondem o hábito, simplesmente seguem suas vidas, do mesmo jeito que tem muita mina por ai que se passa por boa moça, o que é infinitamente pior.

Bom, por mais que nos dois casos desenvolver algo com essas mulheres seja fria, prefiro mil vezes me envolver com uma vadia honesta do que com uma boa moça disfarçada, porque pelo menos sei onde estou pisando.


Boa resposta.
Por isso eu sempre digo que não entendo esse ressentimento/ódio que muitos por aqui tem pelas pervertidas ou feministas. No fundo essas são autênticas e ótimas pra lances casuais. E cabe a quem se envolver seriamente com elas saber os riscos que corre.
Já as que passasm imagem boas moças de família, mas que por baixo dos panos são verdadeiras vadias, não merecem o mínimo de respeito.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086854
decin_bh escreveu:Boa resposta.
Por isso eu sempre digo que não entendo esse ressentimento/ódio que muitos por aqui tem pelas pervertidas ou feministas. No fundo essas são autênticas e ótimas pra lances casuais. E cabe a quem se envolver seriamente com elas saber os riscos que corre.
Já as que passasm imagem boas moças de família, mas que por baixo dos panos são verdadeiras vadias, não merecem o mínimo de respeito.


ah, a grande questão humana, como cantava o Dominguinhos: "Olha, que isso aqui tá muito bom. Isso aqui tá bom demais. Olha, quem fora quer entrar. Mas quem dentro não sai. Pois é", sacou?

Eu só posso ter a visão do que vivi quando estava na faculdade. Todos sabem que a maior parte do pessoal da engenharia passa mais tempo junto dos livros do que das mulheres. Lembro que alguns colegas se apaixonavam pela bonitinha do campus, que namorava todo mundo mas os rejeitava. Na cabeça dele ela fazia isso contra ele, dava pra todo mundo menos pra ele. Mas ele era exatamente quem pra reclamar? Cresça e apareça.
E quem comia essas garotas? ora, todo mundo. Pq ninguém queria casar com ela. queria trepar e um dia se aquietar quando achasse uma mulher de verdade. Ninguém levava ela a sério, mas ninguém queria casar com ela e ninguém a odiava, ela era apenas a putinha necessária de toda hora. Se você odeia não frequenta. Pq eu vou ficar discutindo feminismo com uma mulher que se eu tratar bem vou comer? Pra fechar as portas? E pq vou odiar o que elas pregam, se sei que o primeiro cara que tirar ela desta vida e bancar tudo vai fazer ela mudar de opinião? e pq vou ser trouxa de pagar tudo pra ela se ela não quer? e pq vou querer namorar com uma mulher que vai que quer meu dinheiro? e pq vou namorar com uma mulher que aceita um perdedor como eu? Pra que pensar tanto por uma foda? Vai lá fode e não perde tempo odiando. Pega o que elas tão dando no discurso. Você realmente acha que essas pessoas vão tirar seu emprego e sua tranquilidade? Se você estudar não serão essas pessoas que lhe tirarão... putz, não estudou, né? não pega mulher, né? sua ex vadia não lhe quer mais, né? vou ter que odiar alguém em troca.

Resumo: Se organizando todo mundo pode ficar mastigando. Eu gosto de puta, mas não vou casar com elas. Mas se eu odiar não vou trepar com elas.
E diferente do que o pessoal pensa, quanto mais parecer certinha, mas FDP vai estar sendo nas redes sociais.
Avatar pua
Raptor

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086856
Rica Villa escreveu:Todos sabem que a maior parte do pessoal da engenharia passa mais tempo junto dos livros do que das mulheres. Lembro que alguns colegas se apaixonavam pela bonitinha do campus, que namorava todo mundo mas os rejeitava. Na cabeça dele ela fazia isso contra ele, dava pra todo mundo menos pra ele. Mas ele era exatamente quem pra reclamar? Cresça e apareça.


E o que levava esses caras a serem rejeitados por essas que davam pra todo mundo? A idealização que eles faziam em cima delas?
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086857
Raptor escreveu:E o que levava esses caras a serem rejeitados por essas que davam pra todo mundo? A idealização que eles faziam em cima delas?


Falta de traquejo social. Uma coisa que o cara tem que aprender é que até a mais vadia escolhe.
Falta de assunto. Pensar pq ela dá pra todo mundo, que tu vai lá e usa uma fórmula aprendida num fórum e você vai conseguir.
Achar que ela quer dar pra você, apenas pq sentou do seu lado no ônibus e você conseguiu manter uma conversa de elevador. Depois ao vê-la de novo, acha que ela vai finalmente se apaixonar por você.
Carência. Ninguém fala com você e quando alguém que fala com todo mundo, finalmente fala, você logo pensa que é interesse.

Quem lembra daquele filme da sessão da tarde? "Debi e Loide", quando o Jim Carey se apaixona pela passageira da limusine e acha que ela tem interesse? Olha a postagem "10/10 da faculdade - relato de prática", eu fico pensando no que ele diz numa resposta "Dei pequenas kinadas nela como: Olho no olho, toque nas maos e ombros e mais nao foi suficiente", e só consigo pensar no constrangimento do filme, ainda mais que eles estavam reunidos para fazer um trabalho, e aqui volta na história do pessoal acreditar em enredo de filme pornô... Indo mais adiante, no filme do Jim Carey, lembro dele sonhando no dia que encontraria com ela, e como seriam um casal feliz junto dos amigos.
Avatar pua
Raptor

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086859
Rica Villa escreveu:
Falta de traquejo social. Uma coisa que o cara tem que aprender é que até a mais vadia escolhe.


Agora que vem, e o que você considera traquejo social?
Relações humanas é uma das coisas que considero mais complicadas no planeta.
Já fiquei com garotas meramente por estar em um circulo social e após isso elas não quererem mais nada. Passado um tempo depois que terminei um namoro a mesma garota que não me queria mais praticamente se jogou em mim de novo.
Já vi cara que não é um especialista social mas pegou a gostosa somente porque eles estavam em um meio em que ela não conhecia ninguém e ela não queria ficar sobrando.
Já fiquei com garota comentendo a maioria dos erros que alguém pode comenter ao tentar ficar com uma mulher.
Já vi cara que consegue ficar com uma mulher em um determinado contexto e em outro não conseguiria justamente porque tem outros caras melhores que ele.
O que você considera traquejo social? E o que você considera a melhor opção pra mulher, para fazer ela escolher um cara ao invés de outro?
Avatar pua
Navarrón

Aprendiz

#1086861
Rica Villa escreveu:
Quem lembra daquele filme da sessão da tarde? "Debi e Loide", quando o Jim Carey se apaixona pela passageira da limusine e acha que ela tem interesse? Olha a postagem "10/10 da faculdade - relato de prática", eu fico pensando no que ele diz numa resposta "Dei pequenas kinadas nela como: Olho no olho, toque nas maos e ombros e mais nao foi suficiente", e só consigo pensar no constrangimento do filme, ainda mais que eles estavam reunidos para fazer um trabalho, e aqui volta na história do pessoal acreditar em enredo de filme pornô... Indo mais adiante, no filme do Jim Carey, lembro dele sonhando no dia que encontraria com ela, e como seriam um casal feliz junto dos amigos.


Li esse relato hoje mais cedo e, puta que pariu. Pensei a mesma coisa. Fiquei até um tempo pensando no que escrever para o cara mas achei melhor ficar quieto.

É impressionante como alguns caras, depois de ler algumas coisas fora de contexto aqui no fórum e não praticarem nada do que acham que aprenderam, se munem de uma falsa segurança e acham que são capazes de comer qualquer mulher em qualquer situação. Porém, ao enfrentarem a realidade essa ilusão de que se tornaram verdadeiros sedutores por terem lido sobre uma tecnica aqui ou ali cai por terra e acabam em crises de insegurança, igual ao do rapaz do relato, que mandou até mensagem pra garota perguntando porque ela deixou de seguir ele no insta.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086862
Raptor escreveu:Agora que vem, e o que você considera traquejo social?
Relações humanas é uma das coisas que considero mais complicadas no planeta.
Já fiquei com garotas meramente por estar em um circulo social e após isso elas não quererem mais nada. Passado um tempo depois que terminei um namoro a mesma garota que não me queria mais praticamente se jogou em mim de novo.
Já vi cara que não é um especialista social mas pegou a gostosa somente porque eles estavam em um meio em que ela não conhecia ninguém e ela não queria ficar sobrando.
Já fiquei com garota comentendo a maioria dos erros que alguém pode comenter ao tentar ficar com uma mulher.
Já vi cara que consegue ficar com uma mulher em um determinado contexto e em outro não conseguiria justamente porque tem outros caras melhores que ele.
O que você considera traquejo social? E o que você considera a melhor opção pra mulher, para fazer ela escolher um cara ao invés de outro?


Não sei responder sua pergunta. E isso me lembra uma namorada que considerava matemática e estatistica as coisas mais complicadas do planeta.
Tudo que você já viu ou passou, eu também vi e/ou passei. Sabe o que eu consegui ver disso? Que basta você estar no lugar certo na hora certa. O que você tem que multiplicar são as suas possibilidades de estar no lugar certo e com as pessoas certas. Não vou para um bar cheio de motoqueiros vestidos de couro com suas Harley Davidson. Pq não é meu estilo, e mesmo que me falassem que lá tá cheio de mulher querendo dar, eu vejo que a chance é muito pequena(sendo otimista) pq não tenho roupa de couro e nem moto. hehehehe
Quanto mais você souber sobre as mulheres, mais você vai saber que não sabe nada. Faça o que você pode fazer e conte muito com a sorte. Mas ajude a sorte.
Eu pessoalmente acho que a melhor forma de traquejo social, é estar onde você se sente bem. Conceitualmente se diz que traquejo social tem a ver com lidar bem com as diferenças que você encontra. Ora, pensando nisso, quanto mais perto das pessoas que você se sente igual, melhor você estará.
Você fez bons questionamentos. Muita coisa eu não sei responder. Pq talvez algumas coisas sejam tão naturais que não tem como entender.
Rica Villa

MEMBRO PROFISSIONAL

#1086864
Navarrón escreveu:Li esse relato hoje mais cedo e, puta que pariu. Pensei a mesma coisa. Fiquei até um tempo pensando no que escrever para o cara mas achei melhor ficar quieto.

É impressionante como alguns caras, depois de ler algumas coisas fora de contexto aqui no fórum e não praticarem nada do que acham que aprenderam, se munem de uma falsa segurança e acham que são capazes de comer qualquer mulher em qualquer situação. Porém, ao enfrentarem a realidade essa ilusão de que se tornaram verdadeiros sedutores por terem lido sobre uma tecnica aqui ou ali cai por terra e acabam em crises de insegurança, igual ao do rapaz do relato, que mandou até mensagem pra garota perguntando porque ela deixou de seguir ele no insta.


Pessoal aprende a dirigir com simulador e já quer ser campeão da Indy500.
E tem muita mulher pro cara treinar. Alguém diria que seduzir uma gordinha não é vantagem nenhuma, já que ela está desesperada e vai ficar com qualquer um. Põe em prática isso pra ver que o cara sem traquejo não consegue levar nem a pior da festa. Adianta falar? Tem cara que quando conseguir pegar a melhor da festa não vai saber nem beijar, de tanto tempo que ficou só pensando como seria. Escalone suas atitudes e saiba como se portar em cada lugar que for. Só isso já vai mudar muita coisa. Imagina que essa HB 10/10 apenas viu o que vê em todos, esse é mais um que me olha como se quisesse me comer. Por incrivel que pareça o contrário é que vai lhe dar pontos. Se não for com elas será com as outras colegas. Fato é que saber o que fazer na hora e nos lugares certos ajuda muito. Kinar uma mulher pode ser problemático até dento de uma balada. Imagina na casa dela fazendo trabalho de faculdade?