Aqui é aonde Arquivamos as discussões e debates do PUABASE.
Apenas Membros VIPS
Organização sempre!
Avatar pua

Criador do tópico

Audax

Veterano - nível 6

#774720 A má-sugestão e o restabelecimento da confiança pode ser adquirida, desde que se ponha em prática certas normas:

uma reavaliação do eu;
substituição da má sugestão;
fortalecimento da idéia do êxito;
desenvolvimento de uma habilidade desusada em determinada tarefa;
estabelecimento de uma “conduta ousada”.

O primeiro passo para uma reavaliação do eu, consiste no indivíduo chegar à compreensão de “que vale mais do que pensa”. Precisa compreender que a sua matéria-prima mental é de melhor qualidade do que imagina e cultivar uma capacidade maior, um talento maior, uma habilidade maior, maior iniciativa e maior espírito de luta.” (pg. 97-8)

É chegado o momento de dar-se então o segundo passo para a completa extinção da “falta de confiança”: colocar no centro da mente a nova idéia do próprio valor, ou seja, controlar o centro da atenção cada vez que se enfrenta com uma relacionada com o sentimento da própria importância. De nada adianta, entretanto, pôr em ação a nova idéia se a antiga ainda esta predominando. A idéia antiga ganhará sempre. É necessário muita luta para que a nova idéia do eu predomine. Nesse caso, não deve haver na mente qualquer dúvida sobre a idéia nova, que deve ocupar permanentemente o centro da mente, bem como não se deve afrouxar a adoção de novos hábitos. É preciso deixar que a nova idéia governe o centro da consciência. Mantê-la firmemente por todo o tempo, nunca deixando lugar para a velha idéia de inferioridade. Automaticamente, então, as energias subconscientes entrarão em ação e a pessoa, de maneira segura, agirá ou passará a agir com confiança.

No princípio pode ser necessário um esforço muito grande para manter a nova idéia sem nenhuma dúvida sobre o seu valor e sua eficácia, pois a velha idéia lutará por competir com ela. Porém, à medida que a nova idéia aumenta em poder, o esforço necessário para mantê-la irá decaindo lentamente.

O terceiro passo para corrigir-se a falta de confiança é começar qualquer coisa nova que não exija muito esforço para ser vencida.
A primeira luta deve ser simples. Se existe obstáculos, estes devem ser fáceis de vencer. As lutas rudes somente são indicadas para as mentes vigorosas e não para os tímidos. Um objetivo conquistado facilita à pessoa a conquista da confiança em si mesma. Os obstáculos difíceis que cheguem depois são mais fáceis de serem vencidos com um pouco de confiança, ao contrário do princípio sem nenhuma confiança. É preciso dar ao tímido uma prova para triunfar – não uma prova para fracassar.

Outra ajuda preciosa para a conquista da confiança é deixar que a pessoa aperfeiçoe a sua tarefa até que tenha uma grande habilidade nela.
Assim, pois, uma ajuda necessária para uma pessoa tímida, consiste em criar deliberadamente um trabalho que consista numa bonita demonstração de habilidade. Isto será fácil de se conseguir numa tarefa que a pessoa tenha grande prática. Até então, a mesma tarefa havia sido feita grosseiramente. Que a pessoa faça esse trabalho então, de maneira a se orgulhar da sua habilidade. E teremos conseguido já um grande avanço no caminho da sua recuperação. É o que o espírito tímido precisa.

O último passo para a confiança em si mesmo consiste em o indivíduo adotar o que podemos classificar como uma “conduta ousada”, no sentido de fazer as coisas que nunca havia tentado fazer por falta de confiança no próprio valor.

A pessoa que sofre de falta de confiança deve ir até às pessoas desconhecidas em uma reunião e conversar com elas; entrar em uma Organização ou Indústria e solicitar o cargo desejado; tomar a dianteira, falando antes que as outras pessoas; falar em público sempre que tiver oportunidade; olhar aguda e profundamente as pessoas nos olhos sem medo.

Essa atividade ousada manterá a idéia do eu no centro do pensamento, ocupando aí um lugar proeminente. Não obstante, essa atividade ousada deve efetuar-se gradativamente, pois do contrário pode sobrevir o desânimo. É preciso, pois, agir com confiança até que a nova idéia se tenha estabelecido e a pessoa haja substituído uma maneira errada de olhar as coisas por outro tipo de conduta. A sugestão correta é agir como tivesse confiança. Logo virá a confiança real. O pensamento e a ação corretos, tarde ou cedo varrerão os velhos hábitos de falsa maneira de pensar e agir. E estará no caminho do êxito.


Artigos anteriores:

1. modulando-estados-mentais-de-pessoas-de-exito-t75462.html#p749829

2. 2-modulando-estados-mentais-de-pessoas-de-exito-otimismo-t75492.html#p750191

ANÚNCIOS

Avatar pua
Maracheco

Aprendiz

#774733 Vixi, ia postar no tópico de músicas. :P não da pra apagar

E antes ia postar aqui e deu a louca que acabe esquecendo.

Mas o que eu ia dizer é que você tem que encarar as pessoas e os fatos de frente.
Como eu dizia tentar estabelecer contato visual e/ ou cumprimentar todos, se fizerem cara de cu o problema é delas,
você não tem problema nenhum, você não ignora nenhum ser humano e quer estabelecer relações com todos.
E mesmo que você esteja com algum problema pessoal você não é o tipo de merda humana que tenta passar negatividade pros outros,
você se esforça para sentir-se bem e passar esse bom sentimento para os outros.
É o que estou fazendo, isso aumenta muito a auto-confiança.