Área exclusiva para artigos e debates focado a pessoas que estão namorando.
De tudo para saber como AGIR no namoro.
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#917596
eu4992 escreveu:
Ser escreveu:O Casamento ou Matrimônio é visto na Matrix como um belo vínculo estabelecido entre um homem e uma mulher - "Ah, o amor é lindo" (e também caro rs).

Alguns matrixianos afirmam que os homens não querem casar, mas, ao contrário disso o que eles dizem, os homens também pensam em casar, alguns até sonham, geralmente os que sonham são manginas.

Alguns homens que foram betas a vida toda estudam sedução para arrumar uma futura esposa, e a primeira "gatinha legal" que seduzem em pouco tempo ganha o título de noiva, mas diga-se de passagem: Seduzir é uma coisa, conviver é outra. Quando o cara começa a ter sucesso com as mulheres (no jogo em si) surge um novo problema (o problema agora não é mais dificuldade em pegar mulheres...), ele passa a ver as maldades femininas claramente, coisa que antes não via pela pouca intimidade com esses seres deliciosos e perigosos.

Existe a pergunta: Com que mulher, ou com que tipo de mulher casar ou pensar em casar?

As vezes é mais fácil responder, com que/qual mulher ñ casar rs

Eu sigo uma linha monogâmica e por ser de formação católica, sou favorável ao casamento, desde que não seja realizado com vadias. Mas, companheiros, tem muitas, mas muitas vadias no mercado (é a coisa mais comum de se encontrar), e o pior, elas querem casar, mesmo sem abandonar a vadiagem rs é por isso que alguns são radicais em afirmar - "uma vez vadia, vadia para sempre". Saibam que elas vão fazer de tudo para alcançar esse objetivo, até se fingirem de santas com maestria, e é nessa hora que os betas em ascensão ou simplesmente homens de bem "inocentes" caem nas redes delas e terminam chorando com dores de corno, dizendo: "Eu dei/fiz tudo para essa mulher, como ela foi agir assim?"

Se o cara pretende abrir mão de uma série de liberdades, comer a mesma mulher por toda vida (a mesma Bu..ceta, ou umas diferentes escondido sem liberdade, com medo da mulher que lhe dá pouco sexo descobrir rs), aturando sua TPM, depois menopausa, até ficar fisicamente como sua sogra, pelo menos que faça uma escolha decente, ter que aturar essa po..rra toda e ainda traições ou vadiagens é sacanagem!

As consequências de uma escolha mal feita para casamento são desastrosas para um homem, a começar pela perda de tempo, e se vocês tiverem filhos? Já pensaram nos desdobramentos disso? O emocional da criança abalado, pensão etc.

Muitas mulheres aparecem ai nos seus 25, 26 anos em diante desesperadas para casar, pois estão menos desejadas no mercado (chegando perto dos tão temidos 30 anos para elas), depois de por anos terem feito merda, trepado com vários, surgem com jogos sujos, atitudes reprováveis e uma série de manginões sem bolas correm para botar aliancinha nos dedinhos dessas donzelas, chamando-as de meu amor, quando não de "BB"...

Quer casar?

Avalie muito bem o passado e o presente da sortuda, muito do que ela fez no passado vai fazer no futuro quando tiver oportunidade, e se ela te trata como um lixo no namoro, vai te tratar como uma merda no casamento e por ai vai!

Bom: As mulheres para casar têm um passado razoável, fazem poucos jogos e têm bons atributos e virtudes...Difícil hein? Mas não creio ser impossível!

Porque estou falando nisso? Pq nesta semana um amigo se divorciou de uma vadia, e estou vendo o trabalho que essa merda dá. Depois falo mais sobre isso...

Abraço!


Artigo excelente Ser, entretanto, peço licença para deixar uma breve contribuição para reflexão:

Tenho notado nos últimos tempos um aumento muito grande no número de divórcios e, consequentemente, no número de homens que se ferram com pensão e outros problemas ligados a uma separação. Entretanto, tenho percebido que muitos caras que estão em ascensão acabam escolhendo para casar mulheres divorciads e com filho a tiracolo. Na última semana tomei conhecimento de dois casos de homens que estão a pouco tempo estabilizados em um bom emprego e já vão casar. Detalhe: as mulheres são divorciadas e na casa dos 32 anos de idade e tem crianças pequenas (uma de 03 e outra de 04 anos). Eu não faço a mínima idéia de como vai ser a vida desses caras, só sei que de um deles eu conheci a futura esposa e ela é super introvertida, fala pouco e não demonstra assim tanto carinho pelo cara. Ela é apenas socialmente agradável e nada mais. Algumas pessoas mais próximas dizem que ela oscila entre o cú doce ou ficar com cara de cú. Confesso que fiquei preocupado com o futuro deste meu amigo, mas, não vou dá conselho algum, pois, o cara tá apaixonado e depois eu é que fico mal visto na história. Enfim, tenho um ponto de vista sore esta situação, mas, deixo aqui para reflexão este fato. O que dizer dos homens que mal crescem na vida e já se casam com divorciadas que tem filho pequeno do antigo casamento? Deixo pra galera e você Ser fazer as devidas colocações. Abraços!!!


Interessantes esses dois casos companheiro e concordo com o que o beginner escreveu... Realmente não tem como fazermos ideia de como vai ser a vida desses caras, mas podemos imaginar que não será muito bom o que virá...frustrações etc etc, ficar na punheta é melhor que isso... É notório que elas estão com esses caras só pela ascensão que possuem, pois mulheres não aceitam betas sem um certo destaque... Na minha visão um home só deve casar com uma mulher com filhos, caso ele também tenha filhos, além de não ser favorável a um homem casar com uma mulher mais velha por uma série de motivos... Veja, o cara vai dar um valor a ela, assumindo sua filha, e ela ainda se dá ao direito de ficar fazendo doce, é isso que os betas recebem, vê se elas ficam de gracinha assim com os alfas, eles as botam logo pra correr, mas é como alguém falou - elas não respeitam homens que assumem o filho de outros... Penso que o cara que estão crescendo ou devem curtir, ou se são tranquilos firmarem com mulheres sem essas bagagens. isso não é maldade, elas tb são seletivas conosco, nós tb temos nosso direito...

ANÚNCIOS

eu4992 - MEMBRO EXCLUSIVO
#917602
Ser escreveu:
eu4992 escreveu:
Ser escreveu:O Casamento ou Matrimônio é visto na Matrix como um belo vínculo estabelecido entre um homem e uma mulher - "Ah, o amor é lindo" (e também caro rs).

Alguns matrixianos afirmam que os homens não querem casar, mas, ao contrário disso o que eles dizem, os homens também pensam em casar, alguns até sonham, geralmente os que sonham são manginas.

Alguns homens que foram betas a vida toda estudam sedução para arrumar uma futura esposa, e a primeira "gatinha legal" que seduzem em pouco tempo ganha o título de noiva, mas diga-se de passagem: Seduzir é uma coisa, conviver é outra. Quando o cara começa a ter sucesso com as mulheres (no jogo em si) surge um novo problema (o problema agora não é mais dificuldade em pegar mulheres...), ele passa a ver as maldades femininas claramente, coisa que antes não via pela pouca intimidade com esses seres deliciosos e perigosos.

Existe a pergunta: Com que mulher, ou com que tipo de mulher casar ou pensar em casar?

As vezes é mais fácil responder, com que/qual mulher ñ casar rs

Eu sigo uma linha monogâmica e por ser de formação católica, sou favorável ao casamento, desde que não seja realizado com vadias. Mas, companheiros, tem muitas, mas muitas vadias no mercado (é a coisa mais comum de se encontrar), e o pior, elas querem casar, mesmo sem abandonar a vadiagem rs é por isso que alguns são radicais em afirmar - "uma vez vadia, vadia para sempre". Saibam que elas vão fazer de tudo para alcançar esse objetivo, até se fingirem de santas com maestria, e é nessa hora que os betas em ascensão ou simplesmente homens de bem "inocentes" caem nas redes delas e terminam chorando com dores de corno, dizendo: "Eu dei/fiz tudo para essa mulher, como ela foi agir assim?"

Se o cara pretende abrir mão de uma série de liberdades, comer a mesma mulher por toda vida (a mesma Bu..ceta, ou umas diferentes escondido sem liberdade, com medo da mulher que lhe dá pouco sexo descobrir rs), aturando sua TPM, depois menopausa, até ficar fisicamente como sua sogra, pelo menos que faça uma escolha decente, ter que aturar essa po..rra toda e ainda traições ou vadiagens é sacanagem!

As consequências de uma escolha mal feita para casamento são desastrosas para um homem, a começar pela perda de tempo, e se vocês tiverem filhos? Já pensaram nos desdobramentos disso? O emocional da criança abalado, pensão etc.

Muitas mulheres aparecem ai nos seus 25, 26 anos em diante desesperadas para casar, pois estão menos desejadas no mercado (chegando perto dos tão temidos 30 anos para elas), depois de por anos terem feito merda, trepado com vários, surgem com jogos sujos, atitudes reprováveis e uma série de manginões sem bolas correm para botar aliancinha nos dedinhos dessas donzelas, chamando-as de meu amor, quando não de "BB"...

Quer casar?

Avalie muito bem o passado e o presente da sortuda, muito do que ela fez no passado vai fazer no futuro quando tiver oportunidade, e se ela te trata como um lixo no namoro, vai te tratar como uma merda no casamento e por ai vai!

Bom: As mulheres para casar têm um passado razoável, fazem poucos jogos e têm bons atributos e virtudes...Difícil hein? Mas não creio ser impossível!

Porque estou falando nisso? Pq nesta semana um amigo se divorciou de uma vadia, e estou vendo o trabalho que essa merda dá. Depois falo mais sobre isso...

Abraço!


Artigo excelente Ser, entretanto, peço licença para deixar uma breve contribuição para reflexão:

Tenho notado nos últimos tempos um aumento muito grande no número de divórcios e, consequentemente, no número de homens que se ferram com pensão e outros problemas ligados a uma separação. Entretanto, tenho percebido que muitos caras que estão em ascensão acabam escolhendo para casar mulheres divorciads e com filho a tiracolo. Na última semana tomei conhecimento de dois casos de homens que estão a pouco tempo estabilizados em um bom emprego e já vão casar. Detalhe: as mulheres são divorciadas e na casa dos 32 anos de idade e tem crianças pequenas (uma de 03 e outra de 04 anos). Eu não faço a mínima idéia de como vai ser a vida desses caras, só sei que de um deles eu conheci a futura esposa e ela é super introvertida, fala pouco e não demonstra assim tanto carinho pelo cara. Ela é apenas socialmente agradável e nada mais. Algumas pessoas mais próximas dizem que ela oscila entre o cú doce ou ficar com cara de cú. Confesso que fiquei preocupado com o futuro deste meu amigo, mas, não vou dá conselho algum, pois, o cara tá apaixonado e depois eu é que fico mal visto na história. Enfim, tenho um ponto de vista sore esta situação, mas, deixo aqui para reflexão este fato. O que dizer dos homens que mal crescem na vida e já se casam com divorciadas que tem filho pequeno do antigo casamento? Deixo pra galera e você Ser fazer as devidas colocações. Abraços!!!


Interessantes esses dois casos companheiro e concordo com o que o beginner escreveu... Realmente não tem como fazermos ideia de como vai ser a vida desses caras, mas podemos imaginar que não será muito bom o que virá...frustrações etc etc, ficar na punheta é melhor que isso... É notório que elas estão com esses caras só pela ascensão que possuem, pois mulheres não ac eitam betas sem um certo destaque... Na minha visão um home só deve casar com uma mulher com filhos, caso ele também tenha filhos, além de não ser favorável a um homem casar com uma mulher mais velha por uma série de motivos... Veja, o cara vai dar um valor a ela, assumindo sua filha, e ela ainda se dá ao direito de ficar fazendo doce, é isso que os betas recebem, vê se elas ficam de gracinha assim com os alfas, eles as botam logo pra correr, mas é como alguém falou - elas não respeitam homens que assumem o filho de outros... Penso que o cara que estão crescendo ou devem curtir, ou se são tranquilos firmarem com mulheres sem essas bagagens. isso não é maldade, elas tb são seletivas conosco, nós tb temos nosso direito...


Ser, quero agradecer a sua resposta e dizer que o seu comentário enriquece o tópico. Infelizmente eu nada posso fazer em relação a estes dois matrixinianos. Confesso que fiquei com pena de um deles, pois, a garota é super intorovertida, não demonstra amor e tem traços de egocentrismo. Sei que o cara estava todo feliz no evento social eu que eu o vi. Mas parece que todo castigo pra beta é pouco. Nesses tempos atuais que cada pessoa busque o bem mais precioso que é a informação e o conhecimento e saiba utilizá-lo de forma sábia para não se prejudicar na vida e na lida com as mulheres. Valeu Ser!!!

P.S.: Continuo a perguntar aos universitários, quais estratégias ou medidas podem ser tomadas para diminuir a carência afetiva e emocional que aflinge a tantos homens (inclusive puas aqui no forum)? Tenho visto muito cara entrando pelo cano por causa disso. Eu tenho o meu ponto de vista sobre o assunto, mas, quero ouvir as diferentes visões dos colegas do fórum para enriquecer o debate aqui no tópico.
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#917604 Podes crer meu caro eu4992 , estou revendo aqui agora para relaxar um filme que já vi a tempos atrás, se chama Sepultado Vivo, tem como ver na net, mostra o destino de muitos betas no casamento, recomendadíssimo. Se vc puder ver, conto com seus comentários...
beginner - DOADOR

PUA EXPERT

#917613
eu4992 escreveu:P.S.: Continuo a perguntar aos universitários, quais estratégias ou medidas podem ser tomadas para diminuir a carência afetiva e emocional que aflinge a tantos homens (inclusive puas aqui no forum)? Tenho visto muito cara entrando pelo cano por causa disso. Eu tenho o meu ponto de vista sobre o assunto, mas, quero ouvir as diferentes visões dos colegas do fórum para enriquecer o debate aqui no tópico.


O apaixonamento precisa ser combatido no início, e pela própria vítima. Ou seja, é preciso estar sempre alerta a si mesmo, quando aquelas fantasias de mulher perfeita começam a brotar na sua cabeça, quando você começa a achar que precisa da mulher X, que faria coisas por ela que talvez fossem alem do seu limite... Acende o alerta vermelho, porque é a paixonite batendo na sua porta. Como você mesmo disse, vários sedutores caem nisso. Esteja sempre ciente de que ninguém está imune a isso, não importa quanto tempo de jogo você tem. Eu mesmo este ano, depois de dois anos sem isso, comecei a apresentar estes sintomas, e pior, por uma mulher que tinha ficado comigo e me rejeitado posteriormente. Eu me afastei e trabalhei minha mente, é o único jeito que eu conheço.

Para combater a carência, preencha sua vida com metas, objetivos e claro com mulheres. Não é tratá-las como objeto! Procure conhecê-las, saber as singularidades de cada uma, e se encantar com o que tem de bonito em sua personalidade, sem fantasias idealizadas. Isso vai te permitir fazer elogios sinceros que vão aumentar ainda mais a conexão delas contigo, porque você será um dos poucos que as conhecerá tão profundamente. Aprenda a dar a cada uma o que elas precisam, sexo, surpresas, carinho, mas sempre dentro do que elas são. Elas adoram se sentir únicas e especiais. Faça o possivel para que voltem, mas se conscientize que não as possui, possui apenas os momentos com elas. Um dia cada uma delas vai sair da sua vida, mas acabe com a fantasia: se fosse namoradinha, não iria terminar? Ou se chegasse a casar, não poderia se separar também, com todos os problemas que eu citei antes?

Se o cara prefere ser monogâmico, é só fazer o que eu descrevi no paragrafo anterior com apenas uma mulher. Eu imagino que seja mais difícil, porque ele deixa de ter opções, passa a depender dela pra sexo, e talvez tenda a idealizar mais justamente para justificar esta escolha. Mas deve ser possível.

Agora voltando a sua pergunta original, como ajudar os amigos caindo nessa cilada? É triste vê-los caindo nisso e sabendo o que o futuro lhe reserva. Eu acho que não há o que fazer. Se com trabalho interno é duro, com sugestões vindas de fora é impossível. (Eu escrevi tudo isto acima para poder explicar este ponto) Muito mais fácil conseguir estragar a amizade. Se ele terminar com a mulher, aí sim é o momento de oferecer a pílula vermelha. A maioria das pessoas vai ficar com a azul mesmo. Mas você fez sua parte.

* Só um esclarecimento, pra quem não entendeu a referencia das pilulas. No filme matrix, em um momento Morpheus oferece a Neo a escolha de tomar a pilular azul e permanecer no mundo artifical, ou tomar a vermelha e descobrir a realidade por trás daquele mundo.
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#917616
beginner escreveu:
eu4992 escreveu:P.S.: Continuo a perguntar aos universitários, quais estratégias ou medidas podem ser tomadas para diminuir a carência afetiva e emocional que aflinge a tantos homens (inclusive puas aqui no forum)? Tenho visto muito cara entrando pelo cano por causa disso. Eu tenho o meu ponto de vista sobre o assunto, mas, quero ouvir as diferentes visões dos colegas do fórum para enriquecer o debate aqui no tópico.


O apaixonamento precisa ser combatido no início, e pela própria vítima. Ou seja, é preciso estar sempre alerta a si mesmo, quando aquelas fantasias de mulher perfeita começam a brotar na sua cabeça, quando você começa a achar que precisa da mulher X, que faria coisas por ela que talvez fossem alem do seu limite... Acende o alerta vermelho, porque é a paixonite batendo na sua porta. Como você mesmo disse, vários sedutores caem nisso. Esteja sempre ciente de que ninguém está imune a isso, não importa quanto tempo de jogo você tem. Eu mesmo este ano, depois de dois anos sem isso, comecei a apresentar estes sintomas, e pior, por uma mulher que tinha ficado comigo e me rejeitado posteriormente. Eu me afastei e trabalhei minha mente, é o único jeito que eu conheço.

Para combater a carência, preencha sua vida com metas, objetivos e claro com mulheres. Não é tratá-las como objeto! Procure conhecê-las, saber as singularidades de cada uma, e se encantar com o que tem de bonito em sua personalidade, sem fantasias idealizadas. Isso vai te permitir fazer elogios sinceros que vão aumentar ainda mais a conexão delas contigo, porque você será um dos poucos que as conhecerá tão profundamente. Aprenda a dar a cada uma o que elas precisam, sexo, surpresas, carinho, mas sempre dentro do que elas são. Elas adoram se sentir únicas e especiais. Faça o possivel para que voltem, mas se conscientize que não as possui, possui apenas os momentos com elas. Um dia cada uma delas vai sair da sua vida, mas acabe com a fantasia: se fosse namoradinha, não iria terminar? Ou se chegasse a casar, não poderia se separar também, com todos os problemas que eu citei antes?

Se o cara prefere ser monogâmico, é só fazer o que eu descrevi no paragrafo anterior com apenas uma mulher. Eu imagino que seja mais difícil, porque ele deixa de ter opções, passa a depender dela pra sexo, e talvez tenda a idealizar mais justamente para justificar esta escolha. Mas deve ser possível.

Agora voltando a sua pergunta original, como ajudar os amigos caindo nessa cilada? É triste vê-los caindo nisso e sabendo o que o futuro lhe reserva. Eu acho que não há o que fazer. Se com trabalho interno é duro, com sugestões vindas de fora é impossível. (Eu escrevi tudo isto acima para poder explicar este ponto) Muito mais fácil conseguir estragar a amizade. Se ele terminar com a mulher, aí sim é o momento de oferecer a pílula vermelha. A maioria das pessoas vai ficar com a azul mesmo. Mas você fez sua parte.

* Só um esclarecimento, pra quem não entendeu a referencia das pilulas. No filme matrix, em um momento Morpheus oferece a Neo a escolha de tomar a pilular azul e permanecer no mundo artifical, ou tomar a vermelha e descobrir a realidade por trás daquele mundo.


Análise perfeita! Parabéns!
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#917618 Acabei de ver este filme que recomendo aos nobres colegas: Sepultado Vivo. Tem como ver na Internet.

Mostra um homem beta, Matrixiano, indo até a ruina por conta do casamento com uma vadia. Esse filme me mostrou através da arte que casamento realmente pode ser algo perigoso, e pode inclusive levar homens a situações extremas...

"Joanna, esposa do rico Clint, se envolve com um médico. Pouco tempo de romance foi o suficiente para desejarem o dinheiro de Clint, bem como a sua morte! Joanna o envenena e, achando que ele estava morto, o enterra! Ao acordar, Clint se vê desesperado e, de dentro do caixão, cava sua saída! Clint então se esconde e, de perto, acompanha os passos da dupla, na tentativa de se vingar."

Trailer:



Mas detalhe, sou totalmente contra a vingança...
eu4992 - MEMBRO EXCLUSIVO
#917728 Gostaria de agradecer as respostas e dicas dadas pelo Ser e pelo Begginer aos meus questionamentos aqui neste tópico. Acredito que as contribuições dos dois enriqueceram o debate e fizeram com que o tópico ficasse melhor e mais rico em informações.

Ser - Irei assistir ao filme e depois vou deixar aqui a minha opinião e análise. Em breve estarei postando.
Begginer- Brilhante a sua análise uma verdadeira aula para Puas de todas as idades.

Colegas continuem a movimentar este tópico, pois, o conhecimento compartilhado gera desenvolvimento e aprendizagem não somente para quem lê, mas também, para quem compartilha. Valeu galera!!!
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#917813
eu4992 escreveu:Gostaria de agradecer as respostas e dicas dadas pelo Ser e pelo Begginer aos meus questionamentos aqui neste tópico. Acredito que as contribuições dos dois enriqueceram o debate e fizeram com que o tópico ficasse melhor e mais rico em informações.

Ser - Irei assistir ao filme e depois vou deixar aqui a minha opinião e análise. Em breve estarei postando.
Begginer- Brilhante a sua análise uma verdadeira aula para Puas de todas as idades.

Colegas continuem a movimentar este tópico, pois, o conhecimento compartilhado gera desenvolvimento e aprendizagem não somente para quem lê, mas também, para quem compartilha. Valeu galera!!!


Estamos aqui para isso!

Abração, irmão!
eu4992 - MEMBRO EXCLUSIVO
#918249
Ser escreveu:Podes crer meu caro eu4992 , estou revendo aqui agora para relaxar um filme que já vi a tempos atrás, se chama Sepultado Vivo, tem como ver na net, mostra o destino de muitos betas no casamento, recomendadíssimo. Se vc puder ver, conto com seus comentários...


Cara, como prometido, assisti o filme. Analisando de forma bem fria ele é uma metáfora de muitos relacionamentos modernos. O diretor Frank Darabont criou uma história de terror que aparentemente é uma indireta em relação a muitos casamentos. No filme, os personagens principais possuem características que nós já conhecemos bem.

Clint Goodman é o beta provedor que vive dentro da Matrix dos relacionamentos e está casado com Joana. Ela é a mulher hipergâmica e que está entediada com o seu estilo de vida. Buscando glamour, luxo e fortes emoções ela se envolve com o médico da cidade (o cafa da história) e planejam dar fim em Clint para ficar com o dinheiro dele. O plano de envenenamento não dá certo e, de dentro do caixão, Clint acorda e consegue fugir. Ao descobrir tudo o que aconteceu ele resolve partir para a vingança com direito a um final bizarro e digno de filme B.

O processo de busca de vingança de Clint pode ser visto como um momento de cartase ou mesmo de desabafo para muitos homens que foram enganados. Clint se transforma no alter ego de muitos matrixinianos que buscam na violência uma forma de dar vazão a dor emocional deixada por suas companheiras. Percebe-se também que Joana era a razão de ser e existir de Clint, pois, um homem menos apegado e mais realista poderia evitar a violência e dar a volta por cima de outros modos.

Apesar de ser despretensioso e ser um filme de terror de baixo orçamento, “Sepultado Vivo” é um recado indireto para muitos homens e um convite a reflexão sobre o tema casamento. Particularmente, não gostei da obsessão de Clint por vingança e vi nela uma forma de dar vazão a algum trauma de quem escreveu o roteiro da história, entretanto, muito cara matrixiniano traído vai se identificar e gostar disso. Não por acaso, o filme foi produzido no formato tele filme e exibido para o público “povão” nas TV's dos Estados Unidos. Vale a pena assistir pela reflexão e também para constatar através de um produto da mídia que vários ensinamentos passados por você Ser, aqui no Puabase, são a mais pura realidade. Tanto que até o cinema os transforma em filmes.

Ser, aqui finalizo a minha análise desejando a você paz e bem e que continue a nos brindar com os seus excelentes artigos e comentários. Abraços!!! :ae
Avatar pua

Criador do tópico

Ser - MEMBRO EXCLUSIVO
#918450
eu4992 escreveu:
Ser escreveu:Podes crer meu caro eu4992 , estou revendo aqui agora para relaxar um filme que já vi a tempos atrás, se chama Sepultado Vivo, tem como ver na net, mostra o destino de muitos betas no casamento, recomendadíssimo. Se vc puder ver, conto com seus comentários...


Cara, como prometido, assisti o filme. Analisando de forma bem fria ele é uma metáfora de muitos relacionamentos modernos. O diretor Frank Darabont criou uma história de terror que aparentemente é uma indireta em relação a muitos casamentos. No filme, os personagens principais possuem características que nós já conhecemos bem.

Clint Goodman é o beta provedor que vive dentro da Matrix dos relacionamentos e está casado com Joana. Ela é a mulher hipergâmica e que está entediada com o seu estilo de vida. Buscando glamour, luxo e fortes emoções ela se envolve com o médico da cidade (o cafa da história) e planejam dar fim em Clint para ficar com o dinheiro dele. O plano de envenenamento não dá certo e, de dentro do caixão, Clint acorda e consegue fugir. Ao descobrir tudo o que aconteceu ele resolve partir para a vingança com direito a um final bizarro e digno de filme B.

O processo de busca de vingança de Clint pode ser visto como um momento de cartase ou mesmo de desabafo para muitos homens que foram enganados. Clint se transforma no alter ego de muitos matrixinianos que buscam na violência uma forma de dar vazão a dor emocional deixada por suas companheiras. Percebe-se também que Joana era a razão de ser e existir de Clint, pois, um homem menos apegado e mais realista poderia evitar a violência e dar a volta por cima de outros modos.

Apesar de ser despretensioso e ser um filme de terror de baixo orçamento, “Sepultado Vivo” é um recado indireto para muitos homens e um convite a reflexão sobre o tema casamento. Particularmente, não gostei da obsessão de Clint por vingança e vi nela uma forma de dar vazão a algum trauma de quem escreveu o roteiro da história, entretanto, muito cara matrixiniano traído vai se identificar e gostar disso. Não por acaso, o filme foi produzido no formato tele filme e exibido para o público “povão” nas TV's dos Estados Unidos. Vale a pena assistir pela reflexão e também para constatar através de um produto da mídia que vários ensinamentos passados por você Ser, aqui no Puabase, são a mais pura realidade. Tanto que até o cinema os transforma em filmes.

Ser, aqui finalizo a minha análise desejando a você paz e bem e que continue a nos brindar com os seus excelentes artigos e comentários. Abraços!!! :ae


Fala meu camarada!

Muito boa análise! ´

Eu também não apreciei a obsessão dele por vingança, no entanto reconheço que a traição feminina gera em muitos homens desiludidos pensamentos obsessivos mesmo, o q é um erro fatal!

Agora veja no que dá um homem querer dar um castelinho para uma vadia viciada em emoções, ela acaba sendo capaz de tudo para recuperar as fortes emoções que não sente mais na tranquilidade do casamento, creio q a maioria não vá tentar matar o homem (pelo menos fisicamente), mas vai fazer coisas que geram prejuízos para o homem.

Têm tb outros detalhes que me chamam atenção no filme, como:

- Ela é uma mulher fútil, que só vive fumando e reclamando da vida, é ingrata e mesmo assim é vista como um anjo - O cara ta cego pela paixão;

- Ele é um homem bom, trabalhador, honesto, dedicado, mas uma vadia não sabe reconhecer isso, elas só têm olhos para si mesmas;

- Na discussão ela se faz de vítima e ele cede, os betas acreditam nos dramas que elas criam;

- O cara sendo super romântico no ato sexual com uma vadia de marca maior chegando a dizer que a ama;

- Ela querendo matar ele, mas para despistar lhe ofereceu "bom sexo" - É a capacidade de dissimulação feminina em ação, usando o sexo como meio de chegar aonde quer;


Abraço camarada!