Assuntos não relacionados ao tema principal do fórum.
Avatar pua
Wellcome

Aprendiz

#1032064 O relato é muito forte, hoje vejo que alguns conflitos que tenho do passado da minha namorada não chega nem 1% do seu relato. Ele se aproveitou da situação da sua namorada, e ela caiu, então querendo ou não ela tem culpa também. Mas não vamos falar nisso agora, ela é digna de pena, vc tentou fazer de tudo pra ajudar, só que agora vc não pode fazer mais nada, na sua situaçãu eu tiraria meu time de campo, e mais não tem como nem ser amigo dela pelo laço que vc construiu com ela. Se vc continuar com ela terá problemas futuramente, pois ela é uma pessoa funeravel por conta da depressão. Vc só tem 19 anos, uma vida pela frente. Vai curtir velho, tem mulheres tops por ae esperando um cara como vc.

Outra coisa vc pode tá pensando nossa, e ela vou deixar sofrer, mas coloca na ponta do lapis o quanto ela te fez sofrer com essa situação, ela tem ciência do que fez foi errado. Não tem como confiar nela mais, sempre vc vai levar esse peso, por isso não vale a pena.

Um abraço!!!! Melhoras ae, e volta pra contar qual decisão tomou.
decin_bh

Aprendiz

#1032066 Até entendo os parças desconfiarem também da garota, achando que ela pode ser uma vagaba. Mas como fica o fato dela se auto flagelar?
Isso seria apenas pelo fato dela ser sadomasoquista? Em fim... a história é extremamente nebulosa.
busso - MEMBRO EXCLUSIVO
#1032069 Vamos inverter os papeis....e se fosse o contrario...ele que tivesse traido com a psicologa e tivesse com depressão....Será que ela ficaria do lado dele???

Se ele ajudando ela....ficando do lado... ela fez isso......estava toda fria...dando sexo ruim...

A escolha é sua amigão =)
Avatar pua
BossDon

Veterano - nível 9

#1032070 Acho o forum incrivel , mas chega a assustar ler os comentarios aqui . Lamentavel !

Com os comentarios que eu li chego ate acreditar nesse famoso "cultura do estrupo" levantado pelas feministas .

No momento estou sem tempo , mas irei da o meu ponto de vista a respeito do assunto .

E antes de ir , queria ti PARABENIZAR pelo ser humano que vc é . :ajoelhar :ajoelhar :ajoelhar
Avatar pua
Opqf

PUA Avançado

#1032074
decin_bh escreveu:Até entendo os parças desconfiarem também da garota, achando que ela pode ser uma vagaba. Mas como fica o fato dela se auto flagelar?
Isso seria apenas pelo fato dela ser sadomasoquista? Em fim... a história é extremamente nebulosa.


Pessoas com síndrome de borderline, por exemplo, se autoflagelam para manter o companheiro perto dela nos momentos de desconfiança, daí utiliza-se essa tática pra manter ela perto. Isso devido a uma instabilidade emocional gigante. Pois bem, é isso o que eu acho. Vão me julgar? Vão, mas essa história tá muito mal contada e tem muitos pontos nebulosos sim.

Criador do tópico

GRibeiro

Aprendiz

#1032084 Aparentemente o tópico tomou o rumo se decidir se a mulher tem a culpa ou não. As pessoas começaram a discutir se eu devo perdoar ou não. Meus amigos, se vocês tem ou já tiveram uma conexão profunda com certa pessoa, você sabe que ela está mentindo. Sabe porque entende essa quebra de rapport, como aconteceu nos últimos meses. Finalmente eu sinto a conexão de novo, renasceu mais forte do que nunca. Eu sabia que tinha algo de errado, mas não peguei o celular dela, vasculhei facebook nem nada, porque apesar de tudo ela tem sua vida privada e eu também tenho.

A questão aqui não é se a história é nebulosa e mal contada. Tem detalhes que não foram expostos, como o fato do abuso do veterinário ter ocorrido quando ela tinha 11 anos. E o fato dela ter me contado isso no início do namoro. Tenho essas provas para mim mesmo a respeito disso e eu não acho necessário ficar me justificando para os colegas do fórum a respeito disso. Eu não quero discutir sobre a participação da culpa dela, LÓGICO que ela teve sua culpa. Não é discutível.

Não estou passando a mão na cabeça dela, não estou sendo irracional, tampouco estou sendo hipócrita. Eu investiguei isso a fundo, querem saber os detalhes? Daria um box de 4 livros com no mínimo 600 páginas cada. A maioria aqui vê como isso o motivo para terminar um relacionamento e nunca mais voltar, porque supõem que eu sou coitado, que sou beta e não sei o que fazer. Supõem também que estou com o emocional lá embaixo, correndo atrás de uma cachorra qualquer. Se pensam assim, estão completamente enganados.

Querem a verdade? Nunca me senti tão bem nos últimos 8 meses. Isso também serviu para me engrandecer como pessoa, me fez enxergar até onde as coisas vão, me fez ver que a vida não é aquele conto de fadas.

Opqf, no seu tópico pedindo uma ajuda motivacional eu falei exatamente disso. Eu não vejo essas tralhas como um fracasso. Eu vejo como algo que me fortaleceu, assim como mudou meu relacionamento milhões de vezes, já que nos últimos meses éramos um casal couch-potato. Só víamos séries, não saíamos para nada, ficávamos naquilo preso. E você sabe (ou deveria saber) que parar = morrer. Assim como você está desempregado, com problemas na família e etc, eu tive meu problema no relacionamento.

Já que querem colocar a culpa em alguém e colocar nome aos bois, então faremos. Veremos porque todos são culpados:

- Psicanalista: ao meu ver, não tem nem o que discutir. O papel dele é simples: atender o paciente e ajudá-lo a melhorar. PONTO. Não há detalhes sobre se ele quis ou o paciente quis. Então quer dizer que ele tem imunidade se a paciente é ninfomaníaca e deu de cima dele? Aí quer dizer que como a iniciativa partiu da paciente, ele está isento de suas responsabilidades éticas? Não. Eu lhes digo que se minha namorada tivesse arrancado a roupa e pulado em cima dele, o dever do profissional seria recusar isso tudo.

- Minha namorada: ela teve sua culpa. Ela que ligou para ele. Ela foi atrás dele. Ela não foi estuprada de forma violenta. Ele não forçou ela a nada. Exceto que foi induzida. Venham me falar sobre transar com um amigo depois, que ela não é mais confiável. Amigos, eu trabalho com a mentalidade de que relacionamentos abertos funcionam. Eu tenho um caralho de um tesão em transar com outras mulheres, não é porque eu estou namorando ou comprometido que vou deixar de gostar de lindas mulheres. Eu sou bem liberal quanto à isso e sim, em algum ponto de minha vida, eu teria um relacionamento aberto. Aí vocês vem me falar de corno conformado e afins. Estamos no século XXI, em 2016. Pessoas roubam milhões sentados em suas camas. A corrupção do governo nunca esteve tão em alta. As coisas mudam. Nós não trabalhamos sobre relacionamento aberto anteriormente, mas eu penso em propor para ela algum dia. Sexo é algo isolado, quando não envolve sentimentos e quando não envolve abusos. Eu não quero tornar isso uma discussão sobre o que é relacionamento aberto, o fato é que eu não concordo que isso seja literalmente uma traição.

- Eu: minha culpa é clara. Eu não investia no relacionamento, eu virei um merda. Literalmente, virei um merda. Não só no relacionamento, mas na vida, nas minhas ambições, em tudo. Desde agosto eu venho me aperfeiçoando a virando um homem cada vez melhor. Voltei para a academia, comecei a sair mais e a aproveitar minha vida. Eu tecnicamente ajudei o psicanalista a deturpar minha imagem. Mas admitiremos uma coisa: se essa baderna não tivesse acontecido, eu não teria me tornado um homem melhor e a conexão de meu namoro jamais voltaria.

E eu confesso aqui pra vocês: EU ME SINTO ÓTIMO. ÓTIMO MESMO. Vocês não sabem como é bom descobrir a verdade. Estou trabalhando em prol disso com minha namorada, que foi atingida sim pelo psicanalista. Pessoas que não entendem doenças como depressão jamais saberão do que estou falando. ÉTICA ESTÁ ALI POR UM PROPÓSITO. Foda-se se a mulher é ninfomaníaca, foda-se as intenções dela. O profissional deve ser profissional. Estávamos passando por um rombo no relacionamento. Ele se aproveitou disso e ponto. Ela teve culpa, eu tive culpa e ele teve culpa ao quadrado.

Se vocês acham que vou discutir sobre continuar o relacionamento, não vou. Vocês não estão aqui para ver o estado da garota, não são vocês que tem que passar por isso. É doloroso? É. Mas não vejo motivo de eu chutar a bunda dela e chamar ela de vadia.

E como um amigo disse ali em cima, isso chama-se cultura de estupro nos olhos do feminismo. Pessoas que pensam fechado como vocês que contribuem para que canalhas como esses saiam impunes. Eu sou contra o feminismo por ser radical, assim como sou contra o machismo. Temos diferenças biológicas, mas não deixamos de ter os mesmos direitos.

Pessoas também dizem para EU ABRIR OS OLHOS! Abram os olhos vocês, meus amigos. Vejam a escória que esse mundo está se tornando por pessoas egoístas como essas que pensam dessa forma. Reflitam.
kbza - MEMBRO EXCLUSIVO
#1032104 Primeiro: aparentemente você não se deu conta do que é um fórum... Um fórum é um local aberto a discussões. Se você botou o seu relato aqui, mas não está disposto a discutí-lo, o erro é SEU.

Segundo: todos que deram sua opinião aqui o fizeram no intuito de te ajudar a ter o melhor resultado pra você mesmo. Você está não só está ignorando isso, como tendo uma atitude arrogante afirmando que a nossa atitude de mundo é errada, que nós somos pessoas más, que estamos incentivando a "cultura do estupro" (que aliás, culpabiliza a vítima, caso completamente fora de questão nesse caso)...

A verdade é que você está julgando essa garota pelos SEUS OLHOS, e ignorando tudo que não te agrada. Aliás, o seu próprio discurso contraditório denuncia isso: antes você jamais traíria, agora você já pensava em relacionamento aberto; antes a vida era angustiante e você se sentia destruído por dentro, agora vive a melhor das vidas; o terapeuta que cometeu um abuso, e ela é vítima. Tudo numa tentativa vã de criar uma lógica em que você não seja o traído e encaixá-la novamente na sua vida. Não é porque você não quer ver, que não há algo de errado.

Além disso, você esqueceu-se de ver que ela não é boa pra ti, pois te largou, quando já estava melhor. Você provavelmente é uma muleta, e acredito MUITO que ela fará isso sem qualquer culpa quando voltar a ficar bem. Esse papo de conexão profunda, analizar BL e tudo mais está servindo apenas pra você se ater ao que você deseja. O fato é que ela viu você saindo e se divertindo, e teve medo de perder pra sempre. Comparou a própria vida com a sua, e viu que talvez fosse pior ficar sozinha (SÓ POR ISSO falou o que falou). Não fosse isso, muito provavelmente você ainda estaria chorando e implorando uma chance a ela, e ela continuaria frequentando motéis e a casa do terapeuta pra fazer sexo. Foi sua mudança de atitude que virou o jogo, não a consciência dela.

E quanto ao fato de você ter culpa... Que culpa você tem? Do que? De estar desanimado com a vida? Fala sério, cara... Se ela assumiu um compromisso, a responsabilidade é só dela. Se ela agiu errado por que foi induzida, ainda assim, ELA AGIU errado. O erro é foi ela ter interpretado que você era uma pessoa ruim. Não se culpe por uma pessoa pensar mal de você: OS PENSAMENTOS são do outro, e não seus. Se há erro, a culpa não é sua (e você NÃO tem controle NENHUM sobre isso). Fora que, comparativamente, como já falaram, mulheres não aceitariam essa desculpa, se fosse do lado contrário; bem como uma mulher de maior nível não faria o que ela fez só por o cara estar desanimado com a vida.

Acorda pra vida. Seu discurso está carregado de emoções, e você está se esquivando da razão (que talvez entre em conflito com seus desejos pessoais). E presta mais atenção no que os outros falam, pois EU (pelo menos) disse pra você pesquisar as coisas mais a fundo antes de tirar qualquer conclusão, e não que tinha a solução de tudo. Claramente, você está agindo e pensando precipitadamente.

Quer continuar com ela, continua. Mas com o quadro das coisas BEM MONTADO, e não com a versão de apenas uma pessoa (que também é interessada no resultado de como tudo vai acabar).

Não seja bobo. Daqui a pouco vai acreditar que nós é que somos os inimigos.

Abraço
Avatar pua
G15

Aprendiz

#1032112 Olá, GRibeiro.

Se você está realmente feliz por que você veio aqui pedir a nossa opinião? Eu não te conheço, Ribeiro, mas como companheiro PUA eu vou escrever de coração (como faço aqui com todas as minhas respostas) para tentar ajudá-lo com o meu ponto de vista.

Você como estudante PUA, sabe que as mulheres gostam de poder falar que "as coisas aconteceram" - elas se esquivam de responsabilidades como aquelas que o Alpha as levou para o apartamento, daquelas que o Alpha as beijou, o resumo da estória é sempre: "... estávamos lá e simplesmente aconteceu, nós (Insira aqui, beijamos/transamos/ficamos/etc)".

Ela pode ter sido induzida, sim. Ela pode ter sido sugestionada, sim. Você mesmo disse, o livro "The Sexual Key" te ensina a fazê-lo. Mas a sedução só ocorre se houver insatisfação. Mas ela transou com o sujeito, então estou dizendo que você não a satisfazeu sexualmente? Não. O sexo pode ter sido só a ponta do iceberg - estamos falando de emoções, fetiches, conforto, experiências e etc.

Eu só quero que você abra os olhos, porque ela (ao meu ver) não é a vítima que diz em quem ser e talvez você esteja perto de mais dela para enxergar isso. A dor de perdê-la pode estar anestesiando qualquer pensamento de deixá-la e inibindo o seu raciocínio lógico.

Na minha visão, terminar com ela é um remédio amargo para evitar uma futura amputação. Você está criando laços cada vez mais profundos, que deitam-se ao lado de uma bomba que você não sabe se vai explodir a qualquer momento.
Avatar pua
ThEGoDFatheR

Veterano - nível 6

#1032114
kbza escreveu:Primeiro: aparentemente você não se deu conta do que é um fórum... Um fórum é um local aberto a discussões. Se você botou o seu relato aqui, mas não está disposto a discutí-lo, o erro é SEU.

Segundo: todos que deram sua opinião aqui o fizeram no intuito de te ajudar a ter o melhor resultado pra você mesmo. Você está não só está ignorando isso, como tendo uma atitude arrogante afirmando que a nossa atitude de mundo é errada, que nós somos pessoas más, que estamos incentivando a "cultura do estupro" (que aliás, culpabiliza a vítima, caso completamente fora de questão nesse caso)...

A verdade é que você está julgando essa garota pelos SEUS OLHOS, e ignorando tudo que não te agrada. Aliás, o seu próprio discurso contraditório denuncia isso: antes você jamais traíria, agora você já pensava em relacionamento aberto; antes a vida era angustiante e você se sentia destruído por dentro, agora vive a melhor das vidas; o terapeuta que cometeu um abuso, e ela é vítima. Tudo numa tentativa vã de criar uma lógica em que você não seja o traído e encaixá-la novamente na sua vida. Não é porque você não quer ver, que não há algo de errado.

Além disso, você esqueceu-se de ver que ela não é boa pra ti, pois te largou, quando já estava melhor. Você provavelmente é uma muleta, e acredito MUITO que ela fará isso sem qualquer culpa quando voltar a ficar bem. Esse papo de conexão profunda, analizar BL e tudo mais está servindo apenas pra você se ater ao que você deseja. O fato é que ela viu você saindo e se divertindo, e teve medo de perder pra sempre. Comparou a própria vida com a sua, e viu que talvez fosse pior ficar sozinha (SÓ POR ISSO falou o que falou). Não fosse isso, muito provavelmente você ainda estaria chorando e implorando uma chance a ela, e ela continuaria frequentando motéis e a casa do terapeuta pra fazer sexo. Foi sua mudança de atitude que virou o jogo, não a consciência dela.

E quanto ao fato de você ter culpa... Que culpa você tem? Do que? De estar desanimado com a vida? Fala sério, cara... Se ela assumiu um compromisso, a responsabilidade é só dela. Se ela agiu errado por que foi induzida, ainda assim, ELA AGIU errado. O erro é foi ela ter interpretado que você era uma pessoa ruim. Não se culpe por uma pessoa pensar mal de você: OS PENSAMENTOS são do outro, e não seus. Se há erro, a culpa não é sua (e você NÃO tem controle NENHUM sobre isso). Fora que, comparativamente, como já falaram, mulheres não aceitariam essa desculpa, se fosse do lado contrário; bem como uma mulher de maior nível não faria o que ela fez só por o cara estar desanimado com a vida.

Acorda pra vida. Seu discurso está carregado de emoções, e você está se esquivando da razão (que talvez entre em conflito com seus desejos pessoais). E presta mais atenção no que os outros falam, pois EU (pelo menos) disse pra você pesquisar as coisas mais a fundo antes de tirar qualquer conclusão, e não que tinha a solução de tudo. Claramente, você está agindo e pensando precipitadamente.

Quer continuar com ela, continua. Mas com o quadro das coisas BEM MONTADO, e não com a versão de apenas uma pessoa (que também é interessada no resultado de como tudo vai acabar).

Não seja bobo. Daqui a pouco vai acreditar que nós é que somos os inimigos.

Abraço


Fantástico! +1 aí no seu comentário.

O cara vem dizer agora que o estupro foi com 11 anos. É um fato tão importante que seria a primeira coisa que ele iria descrever lá no começo do tópico.
E mais um monte de contradições por aí.

Sua namorada é uma aproveitadora depressiva e vc um cara fraco emocionalmente que jogou sua felicidade nas costas dela, ou seja, não importa o que acontecer, ela é vítima e você está aí pra ajudá-la.
Pra ir pra cama com outro cara e ficar fria com você não teve depressão, não teve culpa, não teve estupro, não teve nada, né?

Acorda pra vida filho.
Avatar pua
BossDon

Veterano - nível 9

#1032126 Vou deixar aqui uma reflexão para aqueles que acham que a garota tem culpa :

1° Vamos supor que ela não tenha esse historico de problemas relatado pelo autor do texto ( Depressão , abuso infantil , probelmas familiares ) .

2° Ela sem esses problemas mencionados, decide fazer uma visita pro psicologo apenas para fazer um orientação profissional .

Quais as chances do psicologo , usando dos mesmos argumentos que o psicanalista de convencer a garota a largar o cara e manter relação sexual com ele ?!?