Relatos pessoais, artigos, textos e vídeos para motivar qualquer um.
Avatar pua

Criador do tópico

Orion - O caçador - MEMBRO EXCLUSIVO
#974697 Fala aí amigos PUAS, não sei se criei o tópico na área certa, mas como estou precisando de motivação resolvi criar um tópico aqui, peço desculpas se errei á área.

Acontece que eu tenho notado a um certo tempo, que eu estou me tornando uma pessoa muito fria, e a cada dia que passa parece que eu me torno cada vez mais assim, e isso está sendo horrível pra mim, simplesmente os relacionamentos que tenho são sempre casuais, namorei apenas uma única vez e não deu muito certo. Estou precisando de um apoio, sei que para ser pua é preciso ser frio em determinado nível, mas isso tem feito com que eu me sinta um monstro sem sentimentos, se alguém tiver a indicação de um material que fale sobre isso, ou até mesmo quiser escrever uma mensagem de apoio, eu ficarei muito agradecido.

ANÚNCIOS

Avatar pua
BRUNOCAVALCANTE

Veterano - nível 10

#974718 Cara você não tem noção como eu queria ser assim,me apaixono muito facil e sofro com isso.
Apaixonar-se é enlouquecer,se apaixonar por alguem é sinonimo de entrega absoluta,os erros da pessoa viram acertos,se apaixonar é se doar, é correr contra o tempo, é se permitir e sem restrições, deixar transparecer o melhor que você possa ser,
é perder prazos, horários e tarefas importantes.


os sentimentos são como o mar,te seduzem mas podem te afogar.
Avatar pua
> BD <

Aprendiz

#974729 Assim irmão...

Ame a se mesmo

É importante você ter amor dentro de ti.
"Primeiro ame você, para depois amar o outro"
- Provavelmente você ja ouvio essa...

E oque quer dizer é simples: Se você não se aceitar, se você não olhar para o espelho e se sentir incrivel todos os dias, se literalmente você não se amar, como você vai conseguir amar outra pessoa?
Não da, não fuciona assim

Tenha um objetivo

Queira uma grande conquita se motive todos os dias para conquistar isto, e você estará mais feliz.
Estando mais feliz, aproveite este sentimento, é neste sentimento que você vai basear o seu amor

(Você se amando e estando feliz, falta apenas interagir com as pessoas e colocar toda esta felicidade, toda esta alegria e amor proprio para fora que você vai estar amando o proximo concerteza)

Se ainda não ajudou ainda tem mais dicas: :yaaah

Se coloque dentro do outro

-Caraca BD não intende nada..

Calma é simples, quando você for interragir com uma pessoa se coloque no lugar dela, sinta os sentimentos dela, se preocupe com ela.. Se importe.

Se você se importa com o outro, você vai criar um laço, que inerentemente, criará um sentimento

Seja positivo


Se você pensar positivo ajir positivo, você vai olhar a vida com um olhar mais positivo facilitando o amor alheio.


Ultima coisa

No PU é de fato interessante ser frio, porem você pode fazer que nem eu:

Você não vai ser frio, vai apenas parecer. Tu não é obrigado a demostrar tudo oque sente ou oque não sente, muito pelo contrario.

Sendo que não é nessesario você ser frio o tempo todo, se você fazer isto, (E nas outras habilidades do PU você estiver ruim) vai parecer umas pessoa negativa, que alem de afastar as pessoas, sub-comunica infelicidade propria, oque para uma mulher, é totalmente desisteressante.


Espero ter ajudado ai irmão tudo de bom na tua vida qual quer duvida manda um MP ou pesquisa na aba "Buscar"

Paz :ajoelhar
Avatar pua
maik1507

Aprendiz

#974731 Cara, estou exatamente assim também, não consigo sentir nada, as vezes fico meio sociopata, de um tempo pra cá isso vem acontecendo, parei de abordar e de conversar com todo mundo pq não vejo ninguém interessante, acho que fui rejeitado tantas vezes pelas pessoas que não sinto mais nada por elas :parado . Mas acho que isso num ponto é bom, vc foca mais na sua vida do que na dos outros
Luiz_Felipe13 - MEMBRO EXCLUSIVO
#974734 Tudo o que é exagero faz mal. Ser apaixonado faz mal e ser frio demais (no sentido de ser congelado) também faz mal. Tem que manter o equilíbrio.

Como os camaradas falaram aí em cima: se ame antes de querer amar alguém. Uma coisa a bíblia está certa nisso: "Ame o próximo como a si mesmo." Não é a mais e nem a menos, é igual. E também sempre analise quem realmente merece o seu amor.

É claro que se a mina te ignora, esnoba, etc... você terá que ser frio com ela. Agora se ela realmente se importa contigo, mostra que gosta de você mesmo, não há nada demais você ser um pouco recíproco com ela também, mas nunca a mais do que ela. Lembre-se: "Ame o próximo COMO (IGUAL) a si mesmo."

Espero ter ajudado rs....
Avatar pua

Criador do tópico

Orion - O caçador - MEMBRO EXCLUSIVO
#975155 Pessoal agradeço a cada um que disponibilizou o seu tempo para vir aqui comentar, li a resposta de todos vocês. Não teria como deixar de citar a resposta do BD, que falou tudo que eu precisava ouvir.
Avatar pua
Millenium

Aprendiz

#975159 Não sei se vou te ajudar o bastante, mas teve uma época que eu me senti bem semelhante ao que você está sentindo agora, e penso que iria querer que alguém pelo menos tentasse dar uma luz para mim, e me dissesse o que vou te dizer. Repito, não se se vou realmente te ajudar, mas eu vou tentar.

Teve uma vez que eu briguei com meu pai, indo para casa, dentro do carro. Eu gritava, fazia todas os gestos faciais de raiva e desprazer, mas era uma expplosão sem explosão. É isso o que você sente? Quero dizer, parece que mesmo quando você passa alguma emoção, tudo parece artificial?

Eu tive várias teorias sobre isto. A primeira delas era que a minha solidão e meu isolamento estava diminuindo as minhas capacidades emocionais, e eu estava começando a ver tudo pelo espectro da racionalização. E sabia que isto estava ligado ao meu maior medo, e, creio eu, o pior de todos: O medo de amar.

Não digo que é mentira. Mas afirmo que não é verdade. Ou ao menos não toda ela.

Pense bem, eu tenho medo de amar, mas qual é a minha desculpa? Um trauma de infância? E até quando um fato pode perseguir alguém?

Por um certo momento, esta resposta me pareceu satisfatória, por ser a desculpa perfeita. Eu sou uma espécie de sociopata, mas culpa do meu trauma de infância. Ponto final. E creio que você também deve ter uma desculpa, ou pensado em uma. É perfeito. E pensava que a manutenção disto era minha falta de atitude de encarar meu medo e meus fantasmas interiores. E agora vem a reviravolta, que descobri mais tarde:

E se eu te dissesse que não é sua falta de atitude que mantém seu coração de pedra, mas a atitudes que você comete reiteradamente, e que cria o ciclo vicioso de nunca sair de sua zona de conforto? E se eu te dissesse que tudo, inclusive seu trauma de infância, pode ser justificado por tal atitude? E se eu te dissesse que você nunca desconfiaria dela?

Ok, sou meio dramático, admito. Então vou lhe dizer o que causa sua frieza emocional: Masturbação/Internet/Jogos/Qualquer-outro-vício-relacionado. São estas atitudes. E você pode estar acenando a sua cabeça de lado a lado neste exato momento, mas antes que o faça, assista este vídeo:

<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/wSF82AwSDiU" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

Legal? Mas ainda não é o suficiente.

Concordamos que a presença destas atitudes te faz mal, mas se você ficar sem elas sem um tempo, talvez você tenha basicamente abstinência e mais sofra do que tenha alguma recuperação. Então substitua estas atitudes que antes você tinha por novas, como ler, correr, fazer academia, ou qualquer outra coisa que você goste de fazer que envolva a vida REAL, e não a VIRTUAL. Além destas, recomendo MUITO a fazer o desafio Stylelife, que fará você sair da sua zona de conforto e a adquirir novos hábitos e visão de si mesmo. Aqui está o link: para-ter-sucesso-obrigatorio-fazer-stylelife-t53546.html

Faça o desafio ao seu tempo.

Ah, e escute algumas PNLs, que você encontrará aqui no site mesmo.

Creio que fazendo o que estou lhe mostrando, você voltará "a sentir", nem que seja um pouco, depois de uma semana. Mas para isto você tem que estar realmente disposto a mudar. Você quer isso?

Porque não é com um pensamento sábio, como "A coragem não é a ausência do medo, mas sim o que fazemos apesar dele", "Ame a ti mesmo como você ama os outros", (pois, para você somente soará como autopiedade), ou até mesmo ter filosofias de vida em mente, como o Carpe Diem. Nada disso vai realmente ajudar. Tudo começa quando você muda seus hábitos, que consequentemente muda seu jeito de ser e de ver a si mesmo. Estou lhe dando o começo. Se você começar isto e realmente lhe ajudar, peço para que me envie uma MP. Gostaria de saber se te ajudei de verdade.

Boa sorte, e até a próxima ;)